Conheça o “pior” hostel do mundo


O Hans Brinker, hostel da cidade de Amsterdã, na Holanda (com unidade também em Lisboa, em Portugal) poderia ganhar um prêmio no quesito criatividade. Intitulando-se “o pior hostel do mundo” já foi notícia mundo afora por conta de sua publicidade online.
Empregados grosseiros, falta de toalhas e água quente e os quartos sujos são alguns dos destaques do “há mais de 40 anos, paraíso para os mochileiros”.
Situado em pleno centro da capital holandesa, perto do Museu Van Gogh o site do hostel também ressalta outras de suas qualidades: “não temos piscina, nem serviço de quarto ou suíte nupcial, nem academia ou spa, mas nossos quartos são baratos. Temos um bar numa cave mal iluminada e sem ventilação, recepção 24h e 500 camas”.
Dentro das ação de marketing, um folheto “informativo” explicava como a sujidade do ambiente ajudaria o sistema imunológico do hóspede que acabava de chegar. Nele incluíram ainda um saquinho plástico com poeira, insetos e pelos – para no caso de você se deparar com algum lugar muito limpo.

hans01

Uma estadia por lá irá aumentar seus anticorpos | Foto: Divulgação.

hans02

O lugar está muito limpo? Resolva esse problema! | Foto: Divulgação.

hans013

Simpatia é a alma do hostel | Foto: Divulgação.

hans018

Recepção prestativa | Foto: Divulgação.

hans011

O melhor em ignorar suas queixas… | Foto: Divulgação.

hans010

em incomodá-lo e… | Foto: Divulgação.

hans012cortado

excelente em perder sua bagagem | Foto: Divulgação.

Facilidades

hans09

Papel higiênico, toalha, cerveja, banho e secador de cabelos “ecológicos” | Foto: Divulgação.

hans016

Amenities disponíveis | Foto: Divulgação.

hans015

Foto: Divulgação.

Preocupação com a infraestrutura

hans014

Agora mais quartos sem janela | Foto: Divulgação.

hans017

😀 | Foto: Divulgação.

Sem dúvida a melhor das estadias

hans07cortado

Foto: Divulgação.

É tudo marketing

Claro que você percebeu que tudo não passa de brincadeira. Os responsáveis pela divulgação do hostel mandaram muito bem; afinal, com isso eles conseguiram propaganda espontânea em blogs e sites de viagem de todo o mundo, principalmente nos voltados ao público mochileiro.
Na verdade, os comentários (de quem já ficou hospedado por lá) em um dos mais utilizados sites de reserva de hospedagem do mundo, o Booking.com são positivos e ressaltam os bons café-da-manhã, atendimento e localização do hostel. Na plataforma ele recebe nota 6,9 (de 0 a 10), baseada em 1.042 avaliações.
Abaixo algumas fotos do Hans Brinker em Amsterdã:

hansvdd00

Foto: Divulgação.

hansvdd02

Uma das áreas sociais do hostel | Foto: Divulgação.

hansvdd03

Pátio externo | Foto: Divulgação.

hansvdd04

Foto: Divulgação.

hansvdd05

Foto: Divulgação.

hansvdd01

Bar | Foto: Divulgação.

hansvdd06

Bar | Foto: Divulgação.

Você pode saber mais sobre o hostel no site, Facebook e ou via Booking.com (onde há comentários de quem já ficou hospedado por lá).


Tags:

Claudia Severo de Almeida

Jornalista, há 20 anos escreve sobre Turismo Backpacker/Mochileiro e viagens independentes. Participou do corpo de júri especializado do Prêmio 'O Melhor de Viagem e Turismo' (categoria Hospedagem - Hostel). Cocriadora do site Mochileiros.com.

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

      Deixe uma Comentário

      Mochileiros.com
      Logo