Dicas para viajar aos EUA com dólar alto


Os Estados Unidos continuam sendo referência mundial, possuindo também a moeda mais forte do planeta. Se você pretende viajar para lá em épocas que o dólar está em alta, é fundamental ter ainda mais cuidado com os gastos. Aqui iremos falar sobre dicas para adotar durante a sua viagem internacional, para não se arrepender depois.

Baixa temporada

Normalmente quando o dólar sobe bastante, demora para baixar. Então, se você deseja viajar para os Estados Unidos nestes períodos, o melhor a fazer é procurar a baixa temporada. A época de Natal é a mais procurada, seguida pelos meses quentes, então os meses intermediários são uma. Assim você economiza dinheiro na viagem e tempo nas filas dos pontos turísticos.

Grand Central Terminal – New York | Foto: Meriç Dağlı/Unsplash.

Não ande de táxi

Os custos com deslocamentos dentro da cidade que você está visitando estão entre os maiores gastos da viagem, por isso, é fundamental evitar o máximo possível. Em algumas cidades americanas será interessante alugar um carro, em outras poderá aproveitar o transporte público. O Lyft é um aplicativo para o compartilhamento de carona que funciona em quase 60 cidades norte-americanas.

Deslocar-se com táxi pode encarecer muito sua viagem | Foto sob licença Creative Commons.

Cuidado com as refeições

Falou em comida americana logo vem à cabeça o fast-food, com hambúrgueres e batatas fritas. Mas, não é bem por aí. Se você der uma boa pesquisa, antes mesmo de embarcar no avião, poderá encontrar diversas alternativas de restaurantes bem indicados para fazer as suas refeições e economizar uma grana.
Outra alternativa é comprar água e outros tipos de alimento nos supermercados e levar para o seu quarto do hotel. Ainda sobre os restaurantes, prefira os que os povos locais comem, não no de turistas, onde a mesma comida tem um preço bem mais elevado. Saiba também as referências destes locais.

Comprar alguns alimentos no supermercado é uma boa opção para ajudar na economia e você ainda conhece um pouco mais dos produtos consumidos no local | Foto sob licença Creative Commons.

Evite excesso nas compras

Quem viaja para os Estados Unidos certamente vai querer fazer algumas compras. É preciso tomar cuidado com algumas questões, por exemplo, o preço que estará na prateleira não é o mesmo que você irá pagar, porque o indicado ali ainda não possui os impostos. Aliás, estes impostos variam conforme a cidade, sendo que Miami cobra 7,5%, uma das menores taxas.
Outra dica importante em relação as compras é fazer uma pesquisa de preços, faça isso quando ainda estiver no Brasil, conferindo o valor do item em diferentes lojas, assim, saberá se vale a pena fazer essa aquisição no exterior. Outra alternativa é comprar em um site e pedir para enviar até o seu hotel, assim sai mais barato do que na loja física.

Foto sob licença Creative Commons.

Tenha um roteiro planejado

A sua viagem para os Estados Unidos tem que começar ainda o Brasil. Uma das primeiras coisas a ser feita é montar um roteiro. Tenha em mente quantos dias você vai passar no exterior, assim pode montar uma rota com os locais que irá visitar. Se possível, deixe de lado os passeios mais caros, a não ser que sejam os mais importantes da cidade. Fazendo isso, irá economizar com o câmbio do dólar.

Foto sob licença Creative Commons.

Compra do dólar

Mesmo em épocas de alta, é possível conseguir comprar dólar por um preço mais barato. Tenha no seu celular aplicativos que indiquem quando o pregão baixar. Alguns centavos já irão fazer a diferença, principalmente se a compra for grande. É importante sempre estar atento. Se possível, vá comprando aos poucos, assim a economia será maior.

Foto sob licença Creative Commons.

Seguro viagem

O seguro viagem é algo fundamental para quando você deseja sair do Brasil. Com ele, terá direito a coberturas que envolvem gastos hospitalares e médicas, também o cancelamento da viagem, bagagem perdida, acidente de voo, e outros problemas que podem acontecer e atrapalhar os seus planos. O valor geralmente é calculado em dólar e fica mais caro nos períodos de alta, mesmo assim, continua sendo importante e em alguns países você só pode entrar se tiver um.

Foto: Rawpixel/Unsplash

Escolha da hospedagem

Assim como as refeições, é importante tomar cuidado com a escolha do hospedagem. Hoje essa tarefa é bem simples, já que existem diversos sites com notas. Procure por opções baratas e com notas altas. Se possível, realize o pagamento de maneira adiantada, quando o preço do dólar estiver mais baixo, porque na data que você viajar poderá ter subido ainda mais.

Foto: Bernard Hermant/Unsplash

Ligações para o Brasil

As ligações internacionais continuam caras, mas com a tecnologia ficou bem mais fácil a comunicação. Hoje em dia existe o WhatsApp e o Facebook que permitem chamadas por vídeo. Se for ligar para algum telefone, pode fazer isso via Skype, porque o gasto é menor comprando créditos. Aliás, a comunicação como um todo está mais fácil, praticante em todos os pontos dos Estados Unidos haverá uma conexão com a internet.

Foto sob licença Creative Commons.

Este é um publieditorial.
Texto: Equipe Câmbio Store.
Fotos sob licença Creative Commons.


Deixe um comentário

Log in

Esqueceu a senha?

Forgot your password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Fechar
de

Enviando Arquivo…