Europa considera passe digital de saúde para ajudar a restaurar as viagens


Dadas as diferentes situações em relação aos testes e vacinações contra Covid-19 no mundo e as variadas regras colocadas para lidar com a pandemia, a Europa estuda implementar um “Passe Verde Digital” para ajudar o Turismo transfronteiriço e a estimular a recuperação econômica.
Segundo informações do Lonely Planet, os detalhes sobre o passe devem ser divulgados no próximo dia 17 e apesar de facilitarem as viagens entre os países membros parece que não será algo obrigatório aos viajantes.
Se implementado, o passe também pode dar acesso a locais de entretenimento e hospitalidade e atrações para visitantes, segundo a publicação.
A questão divide os estados membros. Há preocupações sobre privacidade e questões de discriminação. A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen garantiu que o passe “respeitará a proteção de dados, segurança e privacidade”.
Em seu perfil no Twitter, a presidente da Comissão Europeia diz que a proposta legislativa para a criação do Passe Verde Digital será apresentada ainda este mês. Ela comentou que o objetivo do documento digital é por exemplo, fornecer prova de que a pessoa foi vacinada e informar o resultado de exames para quem ainda não conseguiu se vacinar.

A foto (da home e) que traz até este post é de Christian Lue/Unsplash.


Comunidade de ajuda mútua entre viajantes independentes e mochileiros. No ar desde 1999, tem dicas e informações e mais de 10.000 relatos de viagens publicados. Ganhador do Prêmio 'Influenciadores Digitais' por dois anos consecutivos. Aqui no blog traz histórias inspiradoras e notícias relacionadas ao universo viajante.

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

      Deixe uma Comentário

      Mochileiros.com
      Logo