Exploradores encontram “mundo subterrâneo” na Antártica


Exploradores da Expedição Antártica Ucraniana (UAE) encontraram vários lagos, um rio e uma caverna com três andares na ilha Galindez, onde estão baseados na Antártica. Por ali conheciam uma entrada para a caverna em frente à estação costeira da ilha, que por alguns anos ficou bloqueada quando uma geleira se deslocou para o oceano. As informação são do Sputnik.
De acordo com a publicação, após várias tentativas para encontrarem uma nova entrada para a caverna os exploradores encontraram outra abertura em uma antiga base britânica, que revelou a descoberta.

Foto: Ministério da Educação e Ciência da Ucrânia.

No piso inferior da caverna o grupo encontrou um lago e um rio congelados e um imenso salão com cerca de 12 metros de altura, 8 de largura e 30 de comprimento. Em um bloco de gelo 20 metros abaixo da superfície eles encontraram uma pena de pássaro que disseram não pertencer a um pinguim. A amostra foi enviada à Ucrânia para análise.
Abaixo mais fotos da descoberta divulgadas pelo Ministério da Educação e Ciência da Ucrânia.

Foto: Ministério da Educação e Ciência da Ucrânia.
Foto: Ministério da Educação e Ciência da Ucrânia.

Você pode fazer uma viagem para a Antártica – não essa do subterrâneo, a não ser que você seja um esforçado e sortudo pesquisador ucraniano… Aqui, o capitão Charlie Flesch fala um pouco sobre.

Antártida ou Antártica?

Para algumas pessoas, tão curioso quanto a descoberta dos exploradores ucranianos é a forma correta de se referir ao continente gelado. De acordo com o site Vestibular, as duas formas (Antártida ou Antártica) estão certas, mas alguns estudiosos acreditam que antártica seja o mais adequado já que viria do grego Antarktikós, que quer dizer “anti-Ártico”, “do outro lado do Ártico”. Mais sobre, aqui.

Com informações do Sputnik.


Deixe um comentário