Gêmeos rodam o Brasil de Kombi levando arte por onde passam


Os irmãos gêmeos André e Davi Forecchi deixaram o “santo lar materno” – como falam da casa da mãe – em 2017. Desde então, à bordo da Djanira (a Kombi deles) partiram de Aracruz, no litoral norte do Espírito Santo em busca de “Vida”. “Dizem que a jovialidade é uma qualidade muito mais interna do que externa e nós, decidimos fazer um bom uso desse momento único, dessa oportunidade singular que é estar vivo e decidimos abandonar nossos cursos universitários e uma provável vida de carreira de sucesso em prol de se aventurar pelas estradas brasileiras”, comentam. Começava aí o projeto Osviajero.
Natural numa jornada como esta, muitas descobertas e aprendizado surgiram intensamente na estrada e eles foram se adaptando. “Diante da vida simples que escolhemos tivemos a oportunidade de ter um bem muito precioso: tempo”. Com este tempo, além de conhecer o país eles conseguem se dedicar a projetos sociais por alguns lugares por onde passam e espalhar arte, que é de onde tiram o dinheiro para os gastos do dia a dia, para a gasolina e manutenção da Kombi, estes dois últimos os “mais altos custos e daqueles que não temos como fugir”.

Os viajero em alguma estrada do sertão baiano | Foto: Divulgação.

André e Davi promovem intervenções artísticas em locais públicos, restaurantes, pontos de ônibus, bares, ruas, hospitais e “onde houver uma ou mais pessoas aglomeradas, passamos nosso chapéu”.
Um dos inúmeros momentos inesquecíveis da jornada dos irmãos se deu no norte de Minas Gerais, às beiras do Parque Nacional das Cavernas do Peruaçu. “Ali nasceu nosso projeto ‘Palito de Fósforo’. Com ele levamos contação de histórias, música, dinâmicas integrativas e muita brincadeira a mais de de 600 crianças de Minas, Bahia, Pernambuco, Paraíba, Ceará e Maranhão. Tudo de forma gratuita”.
Com um projetor Betec, na Paraíba começaram o projeto ‘Cinema Bandoleiro’, que levou para quase 500 pessoas de comunidades afastadas um pouco de cinema, muito riso e entretenimento. Tudo com amor, boa vontade e “uma tela de projeção caseira, o projetor e energia fotovoltaica”.

“Cinema Bandeleiro” no povoado de Santo Amaro -Maranhão | Foto: Divulgação.

Algo que já está na vida deles há quase 7 anos é a meditação. Com 5 almofadas simples levadas no bagageiro da Djanira, a dupla também promove a prática em grupo em alguns pontos por onde passam.
A dupla e a Djanira são sustentados com Arte de rua, mas já contam com alguns apoiadores que acreditam no projeto. Você pode conhecer mais e ser um dos apoiadores também acessando o apoiase/osviajero, o canal deles no YouTube e o Instagram.

A Kombi “Djanira” em Jericoacoara – Ceará | Foto: Divulgação.
Projeto Palito de Fósforo – Escola EVOT – João Pessoa – Paraíba | Foto: Divulgação.

“Como construir uma casa completa dentro de uma Kombi”

André e Davi escreveram durante a viagem, na própria Kombihome um “manual” com o passo-a-passo de como construir “uma casa completa dentro de uma Kombi”, incluindo chuveiro, banheiro seco, sistemas voltaico e hidráulico, etc. O e-book está à venda, aqui.

“Somos a luz de um palito de fósforo, é verdade, mas sabemos que nenhuma escuridão pode com ela. E palitos de fósforos juntos brilham mais forte!” – Os Viajero.


1 comentário em “Gêmeos rodam o Brasil de Kombi levando arte por onde passam”

Deixe um comentário