Ibitipoca terá que reduzir visitações pela metade


O Parque Estadual do Ibitipoca, um dos mais visitados de Minas Gerais, terá que reduzir pela metade seu número de visitantes diários. A medida faz parte de um acordo entre o Ministério Público estadual e o gestor do parque, o Instituto Estadual de Florestas (IEF). As informações são do jornal Tribuna de Minas.
Segundo a publicação o parque recebia mais de 1.200 visitantes por dia e agora deverá receber até 600. O acordo visa garantir que o turismo ecológico local seja realizado de forma sustentável e por consequência a preservar a unidade.
O número de visitas poderá ser reavaliado em 180 dias e alterado à medida que os compromissos assumidos forem cumpridos. Dentro deste prazo o IEF deverá avaliar a capacidade do parque, diagnosticar os impactos e apontar soluções para os eventuais problemas encontrados, bem como promover melhorias a fim de preservar os ecossistemas e a saúde e segurança dos seus visitantes.
O parque deverá contar com sistema eletrônico de venda de ingressos na portaria (que é manual) e cancela eletrônica. No prazo de 360 dias o IEF deverá implantar um sistema de vendas de ingresso on-line.

Foto: Divulgação/PEIbitipocaoficial

Febre amarela

Vale lembrar que desde fevereiro de 2018 o Parque Estadual do Ibitipoca só permite a entrada de visitantes que esteja com seu cartão de vacina atualizado e que assinem um termo de responsabilidade. Mais sobre, aqui.

Com informações do Tribuna de Minas.

Mochileiros.com

Comunidade de ajuda mútua entre viajantes independentes e mochileiros. No ar desde 1999, tem dicas e informações e mais de 10.000 relatos de viagens publicados. Ganhador do Prêmio 'Influenciadores Digitais' por dois anos consecutivos.
Aqui no blog traz histórias inspiradoras e notícias relacionadas ao universo viajante.
Mochileiros.com

Deixe um comentário