Lugares misteriosos para conhecer no Canadá

Não há nada melhor do que viajar e conhecer destinos que ofereçam experiências incríveis e ainda há quem goste de incluir nessa lista de experiências, lugares misteriosos com histórias e lendas que envolvam o oculto e o sobrenatural.

Se você é uma dessas pessoas, saiba que o Canadá pode ser seu próximo destino. Além das belezas naturais e do povo canadense que é muito hospitaleiro, o país possui diversos destinos com lugares que, segundo a crença local, são “assombrados”.

Para entrar no país, todo viajante precisa atender estes requisitos e solicitar a eTA (Autorização Eletrônica de Viagem). Mais informações sobre como obter a eTA você encontra em eta-canadavisa.com.br.

Pronto para viver fortes emoções? Então confira a lista dos 7 lugares misteriosos do Canadá:

A velha fábrica de espaguetes em Vancouver

Antigo bonde dentro do restaurante The Old Spaghetti Factory no bairro de Gastwon em Vancouver no Canadá – Foto: Venture Vancouver / (CC BY-ND 2.0)

A The Old Spaghetti Factory é uma rede de restaurantes ao estilo italiano dos Estados Unidos e Canadá. A primeira unidade da rede foi fundada em Portland, no Oregon (EUA) em 1969. A maioria dos restaurantes da rede estão em locais históricos instalados em prédios antigos renovados apresentando na decoração objetos de antiquários. A característica mais proeminente de cada restaurante é um bonde com assentos dentro.

Em Vancouver, no Canadá, mais precisamente no animado bairro de Gastown, está instalada uma das unidades do restaurante e por lá durante décadas, moradores compartilham histórias de avistamentos de fantasmas.

Dentre as histórias que envolvem o The Old Spaghetti Factory está a da presença do condutor do bonde “Número 53”. De acordo com o site especialista no bairro, o Gastown.org, o condutor teria morrido numa colisão subterrânea bem abaixo do restaurante. Muitos dizem que os funcionários já avistaram o fantasma do condutor em uniforme completo dentro do bonde instalado no local.

E o mundo sobrenatural é animado no restaurante: dizem que um homem com cabelos ruivos “flamejantes e com uma tendência para travessuras” perambula pela cozinha sussurrando os nomes dos funcionários.

Uma garçonete que de tão assustada renunciou ao emprego quando viu o que considerou o fantasma de um menino correndo pelo restaurante. Ele também dobraria talheres, mas quando membros da equipe falaram sobre com o gerente, os talheres anteriormente dobrados voltaram ao normal.

Ocorreu ainda a visão do fantasma de uma jovem sentada à mesa perto da frente do restaurante segurando um balão. “Um amigo do gerente geral afirmou ter mantido uma longa conversa com o fantasma, mas quando outra pessoa se aproximou da mesa ela desapareceu.”

O The Old Spaghetti Factory de Vancouver fica na 53 Water St, BC V6B 1A1, Canadá.

Casino Regina

Entrada frontal do Casino Regina, uma antiga estação de trem convertida em um cassino, no centro de Regina, Saskatchewan, Canadá. Foto: Drm310 / Wikimedia Commons (CC BY-SA 3.0)

Antigamente foi uma estação de trens e na atualidade é um prédio histórico, lar de espíritos fantasmagóricos. Os funcionários do cassino afirmam que ouvem vozes regularmente, observam portas que abrem e fecham sozinhas e ainda dizem que há coisas que simplesmente somem!
Além disso tudo, esses mesmos funcionários juram que alguns fantasmas aparecem no porão, onde antigamente havia prisioneiros retidos.

O Casino Regina fica na 1880 Saskatchewan Dr, Regina, SK S4P 0B2, Canadá.

The Empress

Fachada imponente do Hotel Empress em Victoria, British Columbia , Canadá – Foto: Miladlaferrari / Wikimedia Commons (CC BY-SA 3.0)

Um dos hotéis mais antigos (1908) e emblemáticos de Victoria, no estado de British Columbia é o Fairmont Express. O castelo da Era Eduardiana é um hotel luxuoso com mais de 460 quartos, a maioria com vista para o porto da cidade e parece que pelo que contam, os fantasmas adoram passear pelo local.

São relatos de portas e janelas fechando e abrindo sozinhas, campainha de elevador tocando quase todo o tempo (embora não haja ninguém chamando o equipamento) e até de uma noiva fantasma percorrendo os corredores do hotel em busca do noivo.

Se tiver curiosidade o Fairmont Express fica na Government Street, em frente ao porto. É um dos ícones da cidade.

Banff Springs Hotel

Prédio do Banff Springs Hotel isolado em meio a paisagem de inverno no Banff National Park em Alberta, Canadá – Foto: James Levy / Wikimedia Commons (CC BY-SA 3.0)

Como em outros hotéis “mal-assombrados” mundo afora, no Fairmont Banf Springs há relatos de portas e janelas que se fecham sozinhas, mas que se tornam brincadeira de criança perto de outras 2 lendas do local:

A primeira é a história de um assassinato ocorrido no quarto 873 do hotel, que inclusive já foi lacrado com tijolos e feito para se parecer com o resto da parede do corredor. Por lá uma família teria sido assassinada e alguns hóspedes e funcionários relatam ter visto aparições fora do quarto, muitos acreditando portanto serem os fantasmas dos membros desta família.

Outro relato é o da aparição de uma noiva em chamas. Segundo levantou o Haunted Rooms, a história é de que a noiva tenha morrido tragicamente depois de seu vestido ter sido atingido pelo fogo da vela que ela carregava enquanto subia a escada do local. Incapaz de apagar o fogo e em pânico, ela teria tropeçado e rolado escada abaixo quebrando o pescoço. “Seu fantasma foi visto dançando no salão de baile em um vestido de noiva. Em alguns relatos as pessoas viram chamas no vestido enquanto ela dançava, noutros ela estava na escada de onde caiu…

O Banff Springs Hotel fica na 405 Spray Ave, Banff, AB T1L 1J4, Canadá.

Fort Garry Hotel

Prédio do Fort Garry Hotel em Winnipeg, Manitoba, Canadá – Foto: Jessica Losorata / Wikimedia Commons (CC BY-SA 4.0)

Além de todo conforto e comodidades oferecidas por hotéis de sua categoria, este hotel que fica em um belo prédio na cidade de Winnipeg, capital do estado de Manitoba tem um quarto famoso, o 202. Sangue pingando das paredes, fantasmas aos pés das camas e aparições pelos corredores são alguns dos relatos do Fort Garry Hotel.

Segundo o site especializado, ‘Haunted Rooms’, uma mulher teria cometido suicídio no “Quarto 202” muitos anos atrás após ouvir sobre a morte de seu marido em um acidente de carro. Existem vários relatos sobre o “quarto assombrado”. Entre eles o de “funcionários relataram ter visto sangue escorrendo pelas paredes e convidados testemunharam a aparição de uma mulher com um manto pairando ao pé de sua cama. Durante uma estadia no quarto 202 em 2004, a ex-parlamentar liberal de Ontário, Brenda Chamberlain, afirmou que foi acordada pela sensação de alguém se deitando com ela, duas vezes!”, contam.

O Fort Garry Hotel fica na 222 Broadway, Winnipeg, MB R3C 0R3, Canadá.

A mansão Keg

Euclid Hall (The Keg Mansion) na Jarvis Street, Toronto, Canadá – Foto: SimonP / Wikimedia Commons (CC BY-SA 3.0)

Hoje, além de uma bela experiência gastronômica a The Keg Mansion em Toronto tem no menu também aparições fantasmagóricas: basicamente são a de crianças correndo e brincando nos andares superiores e na cozinha do local.

Um pouco mais assustadora e triste seria a do fantasma de uma empregada que se enforcou quando uma das donas da casa, Lillian Massey, morreu.
A casa foi construída em 1867 por Arthur MacMaster, sobrinho do empresário William MacMaster. Em 1882 foi comprada por Hart Massey sendo propriedade da família até 1915, quando foi legada ao Victoria College, uma faculdade da Universidade de Toronto; já foi estação de rádio, galeria de arte e restaurante. Desde 1976 é o The Keg, ou o Keg Mansion (Mansão Keg).

O edifício era inicialmente conhecido como Euclid Hall, um edifício histórico proeminente no centro da cidade. Fica na 515 Jarvis St, Toronto, ON M4Y 2H7, Canadá.

Château Frontenac

O Château Frontenac visto do Terrasse de Lévis, Canadá – Foto: Bernard Gagnon / Wikimedia Commons (CC BY-SA 4.0)

Com vista espetacular do Rio São Lourenço, o Chateau Frontenac, hotel-castelo foi inaugurado em 1893 recebeu este nome em homenagem ao Conde de Frontenac, que foi governador da Nova França (1672-1682 e 1689-1698).

Há relatos de pelo menos dois fantasmas circulando pelo prédio que é um dos mais imponentes da província do Quebec. O fantasma número 1 é o do próprio homenageado. O local foi casa de Louis de Buade (Conde de Frontenac e de Palluau) e parece que o cavalheiro do século 17 ainda “anda” por lá… A lenda é de que ele esperava em casa sua noiva que vinha do exterior para vê-lo, mas acabou morrendo durante a espera. “Acredita-se que seu fantasma assombre os corredores do chateau até hoje, ainda esperando por seu amor há muito perdido”, comenta o Haunted rooms.

Já o fantasma número 2 é o de uma mulher vestindo uma camisola branca que pode ficar dando uma olhadinha em você enquanto você dorme. Não há mais relatos sobre de quem seria esse fantasma.
Este hotel histórico faz parte de uma lista dos “Hotéis de luxo mais assustadores do mundo” feita pela Forbes em 2016.

O Chateau Frontenac fica na 1 Rue des Carrières, Québec, QC G1R 4P5, Canadá.

Deixe um comentário