Maioria dos argentinos reprogramou para o fim do ano ou deixou em aberto viagem ao Brasil

O Brasil é o principal destino internacional para os argentinos e 85% deles reprogramaram suas viagens ao país. A informação foi divulgada pelo site argentino, Cronista que consultou as maiores agências de viagem locais, Despegar, Almundo e Avantrip.

“A maioria escolheu uma nova data próxima ao fim do ano; não se cobra pela troca [não há cobrança pela alteração de data da viagem]. Outros 15% deixaram a viagem em aberto para escolher uma data dentro de alguns meses e outros pediram o reembolso, mas este é o menor dos casos”, comentou a Almundo ao Cronista.

Na Avantrip, 30% dos turistas reprogramaram a viagem ao Brasil para novembro ou dezembro como data de partida.
Com a pandemia de coronavírus as agências de viagem registraram zero vendas, mas segundo a publicação algumas já começam a registrar o reinício de buscas em seus sites. “Algumas pessoas se animam em sonhar em viajar e olham as possibilidades, mas isso ainda não se concretiza em compras”, confirmaram Almundo e Avantrip à publicação.

Já o Despegar disse que desde o início da crise suspendeu a venda a certos destinos e datas e que não têm promoções ativas, mas que sim, existem possibilidade de compra e maior flexibilidade nas políticas de mudanças, sobretudo a partir do segundo semestre porém, ainda assim não há demanda.
O setor do Turismo foi imediata e altamente impactado pelo coronavírus em todo o mundo.

Vista da Pedra da Gávea, no Rio de Janeiro, cidade que é um dos cartões-postais do Brasil | Foto: Luciola Vilella/MTur.

Deixe um comentário