Trilha do Arco do André é inaugurada no PN Cavernas do Peruaçu


No próximo sábado (18), o Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, no norte de Minas Gerais promove a caminhada inaugural da trilha ‘Arco do André’. São cerca de 8Km de extensão (e 7 horas de duração) nos quais o caminhante poderá maravilhar-se com mirantes naturais únicos e cavernas monumentais.
De acordo com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), o Arco do André é uma trilha com propósito mais aventureiro, onde os visitantes poderão ter contato mais próximo e direto com o rio Peruaçu, com o carste e com as matas primárias no interior da unidade. As subidas e descidas íngremes e em terrenos acidentados exigem algum esforço e um maior nível de condicionamento físico por parte do visitante – diferentemente dos outros atrativos do Parque. Além disso, a trilha tem como maior característica a baixa intervenção e rusticidade, o que tem potencial para atrair um público diferenciado – além de possibilitar a estadia de pelo menos um dia a mais do turista na região.

Foto: Fernando Tatagiba/ICMBio.
Arco do André | Foto: Lia Rezende/Divulgação ICMBio.

A trilha foi estruturada de forma conjunta por brigadistas, voluntários e condutores ambientais. Segundo o chefe da unidade Rafael Pereira Pinto, ela foi pensada e implantada no âmbito do acordo de cooperação com o Instituto Ekos Brasil. “Ela gerará mais emprego e renda para as comunidades do entorno do Parque. Acreditamos que essa trilha tem potencial para estar entre as mais incríveis do Brasil”, ressalta Rafael.

Gruta dos Cascudos | Foto: Rafael Pereira Pinto/Divulgação ICMBio.

O parque

Mirante do Mundo Inteiro | Foto: Lia Rezende/Divulgação ICMBio.

O Parque Nacional Cavernas do Peruaçu foi criado em 1999 com o objetivo de proteger o o patrimônio geológico e arqueológico, amostras representativas de cerrado, floresta estacional e demais formas de vegetação natural existentes, ecótonos e encraves entre estas formações, a fauna, as paisagens, os recursos hídricos, e os demais atributos bióticos e abióticos da região norte do estado de Minas Gerais.
A unidade se destaca também pelas riquezas espeleológicas (com mais de 180 cavernas catalogadas; suas formações e cavidades atingem até 100m de altura) e arqueológicas (com inúmeros sítios com pinturas rupestres datadas de até 9 mil anos atrás).
O parque compreende as cidades de Januária, São João das Missões e Itacarambi. Tem acessos fáceis e estradas pavimentadas que levam até sua sede na BR 135, km 155, Comunidade do Fabião I, Januária – MG.
A sede do parque está a 45Km da cidade de Januária, onde chegam ônibus de Belo Horizonte ou Montes Claros (onde fica o aeroporto mais próximo), por exemplo.

Outros atrativos

Gruta do Janelão | Foto: Edward Elias/Divulgação ICMBio.

Além da nova trilha, o parque nacional conta com diversas atrações naturais como a Gruta do Janelão, onde está a maior estalactite do mundo, a ‘Perna da Bailarina’; a bela e ornamentada Lapa Bonita; a Lapa do Boquete, onde foram encontrados alguns sepultamentos e é possível verificar a presença de um silo pré histórico; a Lapa dos Desenhos, onde há um caminho margeando o rio Peruaçu, com exuberante mata e onde é possível observar toda a riqueza das pinturas do parque; a Lapa do Rezar que reúne toda grandiosidade do cânion do rio, abrigando também um sítio com pinturas rupestres bem conservadas e os Caminhos da Lapa do Caboclo e Carlúcio, com pinturas exclusivas do Vale do Peruaçu, mirantes e trilhas pela mata.
Os níveis de dificuldade dos percursos vão de leve a pesado e o tempo estimado para visitação varia entre 1h30 (Lapa do Boquete, ida e volta) a 7h (Arco do André, ida e volta).
A unidade pode ser visitada durante todo o ano. De novembro a abril é época de chuvas, período no qual o verde predomina na paisagem; já de maio a outubro, é seca e a paisagem pode ficar bastante acinzentada.
O clima é bastante quente independente da estação.
Para acessar os roteiros do parque é necessário veículo motorizado, próprio ou alugado. Clique aqui para ter acesso à lista de condutores credenciados.
O parque funciona de segunda a domingo, das 8h às 18h, sendo que a entrada nos atrativos é permitida até às 15h.
Para visitar este parque nacional é preciso fazer um agendamento junto à gestão da unidade, através do e-mail [email protected] enviando este formulário (aqui) preenchido.

Para mais informações, fotos e detalhes sobre o Parque Nacional Cavernas de Peruaçu e seus atrativos clique aqui.
Mais informações sobre a nova trilha, aqui.

Com informações do ICMBio.


Deixe um comentário

Log in

Esqueceu a senha?

Forgot your password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Fechar
de

Enviando Arquivo…