Mirante dos Canyons em Capitólio cobrará taxa de visitação


A visita ao famoso Mirante dos Canyons, em Capitólio (MG) que era gratuita passará a custar R$ 20 por pessoa a partir do próximo dia 1º de março. De acordo com o Portal Capitólio Canastra, os proprietários “iniciarão um trabalho prévio de apoio contínuo, controle e segurança, em uma primeira fase das melhorias estruturais ecológicas e adequadas ao turismo de natureza no Mirante dos Canyons, bem como em suas cachoeiras”.
A informação foi dada também pelo Portal Onda Sul.
O ponto turístico fica próximo à rodovia MG-050 e receberá infraestrutura inicial para o controle de visitantes. As medidas foram definidas conjuntamente pela Prefeitura de Capitólio, Ministérios Públicos Federal e Estadual, Polícia Rodoviária, Departamento de Estradas de Rodagem – DER/MG, Concessionária AB Nascentes e a empresa Canyons de Minas, proprietária do terreno de 128 hectares onde se situa o mirante.

 

 Vista do Mirante dos Canyons | Foto: capitolio.mg.gov.br

Recentemente a prefeitura de Capitólio anunciou que em março começarão as obras para implantação do Balneário Municipal do Turvo, onde entre outras instalações haverá espaços para quiosques de venda de produtos variados.
“Desde quando o fluxo de turistas em Capitólio ‘explodiu’, vivemos um lado bom desse fenômeno, que é a oportunidade de emprego e renda para as pessoas. Mas, por outro lado, enfrentamos também um grande crescimento dos problemas relacionados a essa situação.
Um dos problemas que estamos vivendo é a ocupação desordenada, sem controle, por inúmeros ambulantes nas áreas ao lado da rodovia MG-050, que pertencem ao DER-MG. Muitos deles comercializam alimentos preparados sem nenhuma condição de higiene, devido à precariedade do local, sem água e esgoto. E isso salta aos olhos de quem passa pelo Mirante dos Cânions e pela Ponte do Rio Turvo.”, diz trecho do comunicado que pode ser lido aqui.

Mochileiros.com

Comunidade de ajuda mútua entre viajantes independentes e mochileiros. No ar desde 1999, tem dicas e informações e mais de 10.000 relatos de viagens publicados. Ganhador do Prêmio 'Influenciadores Digitais' por dois anos consecutivos.
Aqui no blog traz histórias inspiradoras e notícias relacionadas ao universo viajante.
Mochileiros.com

30 comentários em “Mirante dos Canyons em Capitólio cobrará taxa de visitação”

  1. acho impressionante a cabeça das pessoas dizendo que pagar pelo que antes era de graça, é bom. Parece eleitores de um certo politico.

  2. Muito bonito os lugares,a taxa de visitação é
    aceitável a um preço acessível, eu acredito sim que com a arrecadação irão adequar no mínimo as necessidades básicas dos turistas, contudo essa cobrança imediata somada com o nível baixo do lago, atualmente (35%) pode ser que deteriore o turismo na região no momento.

  3. Lugar lindo porem desordenado.sem controle de pessoas ,qualquer um cobra entrada e se faz de dono do local …Se ao menos ao cobrar entrada os locais tivessem minimo de estrutura e seguranca ..comum ver pessoas arriscando sua vida sem ninguem para orientar sobre os riscos…fica dica ….

  4. Há muitos anos passados, voltando de Divinópolis a Ribeirão Preto, passei por aí e tinha três pessoas (também viajantes) observando o local. Muito sossegado. Recentemente, ao retornar de Patrocínio a São Paulo, lembrei-me do local e resolvi passar por lá. Tinha umas duzentas pessoas, uma comprida fila, todo mundo querendo tirar selfie sobre uma pedra, a maioria comendo sanduíche, bebendo refrigerante, e jogando restos de lanche, papéis, plásticos e garrafas ‘pet’ em toda a extensão da trilha e no local, além daqueles que, abertamente, utilizavam as moitas como sanitário. Retornei à estrada e continuei viagem, lamentando a degradação daquele local. É preciso regular (cobrando ou não) o acesso ao mirante, antes que ele seja apenas uma memória em fotografia.

  5. Estive em janeiro em Capitólio, realmente é um lugar lindo!!! Acho válido a cobrança, mas antes disso deveriam pensar em colocar uma boa estrutura no mirante, pois não há segurança nem infraestrutura para os visitantes Pq cobrar visitação da maneira como é hoje simplesmente é exploração.

  6. Viagem a Capitólio tem que ter muito dinheiro. As hospedagens são poucas e caras. O turista não tem pra onde correr porque todas são caras ( devem ter combinado ). Todas as cachoeiras pagas. ( Entre 30 a 40 reais, por pessoa. Quer dizer 4 pessoas R$160,00, só pra tomar banho de cachoeira, que muitas vezes nem foi cachoeira era um rio com piscina natural. Realmente muito legal, mas com certeza poderia ser mais barato. Imagina multiplique por várias cachoeiras q vc irar conhecer , fica caro.) acho que deveria ser pago, mas não um valor tão alto. Se você for no passeio de barco no cânion, nem precisa gastar o dinheiro com o mirante.
    Eu fui a Capitólio e fiquei em Piumhi.( Muito mais barato e há dez minutos de carro. Lá não houve exploração)

    • Estive em Capitólio realmente lugar lindo já que querem cobrar devem pensar em uma boa instrutura principalmente colocarem banheiro que é essencial.

  7. Um roubo…um.absurdo! Cobram taxas de 320,00 pra onibus entrar lá dentro isso se estiver com reserva de almcoo lá! Cobram pelas cachoeiras lá,agora cobrar pra tirar uma foto no mirante? 20,00? Que absursoooooo ..daki uns dias vão cobrar pelo ar de lá ! Explloracao e o passeio de lancha? 90,00 por pessoa! Uma vergonha isso!

    • Voltei de lá tem dois dias.
      De fato a represa é belíssima, mas pude constatar um turismo exploratório e desordenado.
      No passeio de lancha o piloto mal parou nos locais de foto. Ele deu prioridade aos tais bares flutuantes.
      As visitas às cachoeiras são todas pagas, e pela falta de estrutura do local, achei os valores abusivos.
      Visitei o Mirante dos Cânions (cobraram entrada), e apesar da vista ser deslumbrante, o local é escorregadio, achei super perigoso.

  8. Parabéns pela iniciativa de organizar melhor o turismo em Capitolio. A natureza está sendo destruída por um turismo desordenado. Algo precisa.mes.o ser feito.
    Quando a pessoa que me antecedeu fala em turismo exploratório, a organização e estruturação poderá resolver isso.

  9. Parabéns pela iniciativa! Fui em janeiro lá e realmente achei a infra estrutura do local sem nenhuma segurança para o visitante. Se é para melhorar acho louvável a cobrança. Afinal é turismo…

  10. Infraestrutura adequada é necessária com certeza. Por ser um ponto turístico tão famoso, estranhei que já não tivesse.

  11. Estive lá e não gostei nenhum pouco tive que pagar $390,00 para o ônibus ficar no acostamento da rodovia sem segurança nenhuma para os visitantes.

  12. Estive em Capitólio essa semana, paisagem linda porém sem segurança. Caminho para cânions muito perigoso. Realmente falta estrutura e organização, mas 20,00 é exploração. Afinal a natureza é de graça e a atração já traz turismo que traz benefícios para cidade e prefeitura.

  13. R$ 20,00 é muito caro.
    Soma se a isso refeições, passeios, hospedagem numa família de 4 pessoas..
    Fora outros lugares que pagam para entrar.
    É o capitalismo separando as classes.

  14. Isso é uma palhaçada e um Tapa. Na Cara do povo seus aproveitadores foi só começa a ir mais gente que começam a cobrar taxas e mais taxas desde quando os Canyons precisa de manutenção? aquilo foi construido e mantido por deus e pela natureza.. deixa os ambulântes trabalhar seus safados tudo agora é taxa principalmente la na cascatinha que até la vcs estão cobrando sem vergonhas canalhas..

  15. O lugar realmente é lindo ….e quando fui em janeiro desse ano …Estava sendo cobrado 10.00 reais pra visitar a cachoeira na primeira parada na estrada.

    • Viagem a Capitólio tem que ter muito dinheiro. As hospedagens são poucas e caras. O turista não tem pra onde correr porque todas são caras ( devem ter combinado ). Todas as cachoeiras pagas. ( Entre 30 a 40 reais, por pessoa. Quer dizer 4 pessoas R$160,00, só pra tomar banho de cachoeira, que muitas vezes nem foi cachoeira era um rio com piscina natural. Realmente muito legal, mas com certeza poderia ser mais barato. Imagina multiplique por várias cachoeiras q vc irar conhecer , fica caro.) acho que deveria ser pago, mas não um valor tão alto. Se você for no passeio de barco no cânion, nem precisa gastar o dinheiro com o mirante.
      Eu fui a Capitólio e fiquei em Piumhi.( Muito mais barato e há dez minutos de carro. Lá não houve exploração)

  16. Fui a Capitólio esses dias. Natureza exuberante. Povo hospitaleiro. Porém falta muita infraestrutura. A cidade não comporta o número de turistas que está recebendo. Vale a pena conhecer!

    • Absurdo é o ataque a língua portuguesa…”abisurdo”…desqualifica qualquer comentário…ademais é cabível a cobrança visto a falta de educação dos ambulantes que deveriam se responsabilizar pela limpeza do local e garantir a sequência do negócio, ao invés disto, visam o lucro imediato sem se dar conta que a fonte vai secar por culpa deles…e dos visitantes sem educação, salvo os que tem consciência e sustentabilidade! O local de acesso é propriedade privada!!

      • Fui a Capitólio em Janeiro fiquei no hotel do Chalé do queijo.Estava em obra mais amei!Povo amável e na conversa boa conseguimos uma diária legal.Fui no centro e o jovem rapaz responsável a nos orientar sobre que passeios podiamos fazer sem gastar muito,pois somos 4 fez um roteiro top.Aproveitamos bem Capitólio….comemos numa pizzaria top…agora em relação ao kenio realmente precisa ter uma infraestrutura melhor por conta de segurança e limpeza.Apesar de achar tudo limpo,pelo menos não vi ninguém jogando lixo…galera super educada …mais conforme aumenta o turismo sempre terá os despreocupados com a natureza infelizmente. Agora cobrar R$20,00 fica puxado sim…e ambulantes é necessário desde que tenha lixeiras e organização. Legaliza a galera pra ficar bom pra todos !!O povo precisa trabalhar.O passeio de barco R$ 90,00 que paguei por 3 horas.Curti bem e foi o suficiente. Passou disso fica enjoativo…precisa melhorar na infraestrutura com banheiros principalmente. Mais vale a pena ir em Capitólio lugar lindo!!!Quero voltar …Capitólio deixa um gostinho de quero mais rsrs .Oohh lugar gostoso!!

    • Infraestrutura adequada é necessária com certeza. Por ser um ponto turístico tão famoso, estranhei que já não tivesse.

Deixe um comentário