O que fazer em Gramado? Um roteiro completinho de 5 dias por esta cidade mágica


Gramado, sem dúvida alguma um dos melhores destinos do nosso país para curtir um momento em família.

“Lá estava eu, hipnotizado com a apresentação que acontecia em  frente a rua coberta.  Todos os dias há uma cerimônia emocionante que antecede o acendimento das luzes da cidade durante o natal luz, onde é narrada a magia do natal em um teatro realmente encantador.

De repente, as luzes da cidade toda se acendem e começa cair na rua espumas que simulam neve, os olhos de todos que assistem aquele espetáculo brilham. Não só os das crianças. As pessoas sorriem, se abraçam e todos parecem voltar a infância, realmente um momento emocionante, que me fez em Gramado, depois de mais de 30 anos vividos sentir a  verdadeira magia do Natal com toda sua força e intensidade.”

Com todas esta emoção inicial, quero citar, o que é imperdível na cidade. Estarei aqui desconsiderando as atrações de Canela e região, mas estas estarão disponíveis no blog: www.queromochilar.com.br. Por tanto, passe lá para mais informações.

Vamos lá…

O que é imperdível neste cidade fascinante?

1- Explorar a pé Avenida Borges de Medeiros.

Esta é a principal e mais movimentada avenida da cidade. É nela também que estão muitas das principais atrações centrais.

Andar por ela já um passeio super agradável, por podermos admirar a organização e a beleza da arquitetura. Algo tão peculiar e diferente do que somos acostumados, que não tem como não observar. O passeio pela Borges de Medeiros na época do Natal Luz é ainda mais especial, pois a Avenida fica toda enfeitada e ainda iluminada durante a noite.

Aconselho realmente começar seu tour explorando a Borges Medeiros, além de começar a entender Gramado, é lá que você encontrará o centro de informações turísticas, lugar ideal para começar a se planejar para os próximos dias, pegar dicas e mapas. O CAT fica no cruzamento da Avenida das Hortênsias com a Borges Medeiros.

Agora vamos dar uma volta nesta bela avenida comigo…

2- Quero Mochilar Gramado

Neste passeio, andando por esta avenida você encontrará alguns termômetros enormes. Gramado é famoso também pelo seu frio, e eles são mais atrativos no inverno da cidade, mas nem por isso menos interessante no verão, não é mesmo?…rs.

2.1- Quero Mochilar Gramado

Foto: Eu e meu maninho nos termômetros – Há vários pela cidade.

Ainda caminhando na Avenida Borges de Medeiros você irá encontrar o Largo da Borges, um centro de compras parecido com um mini shopping, ideal para compras. Na verdade não achei nada demais aqui, mas quem interessar, o Largo funciona diariamente das 10h00 às 20h00.

2.2- Quero Mochilar Gramado

Foto: Fachada do Largo do Borges.

Quase em frente ao Largo da Borges está um dos lugares mais famosos e procurados da cidade:  A Rua Coberta.

Rua Coberta

Horário de funcionamento: As lojas ficam abertas até às 19h00, já os cafés e restaurantes muitas vezes funcionam até 00h00.
Entrada: Acesso livre

Esta é uma pequena rua fechada para veículos coberta por um aro de ferro cheio de planta, e que durante o Natal Luz fica iluminada com vários pisca pisca. As fotos noturnas aqui não saem legais por causa das luzes, mas o lugar é show de ver com os próprios olhos.

2.2.1- Quero Mochilar Gramado

Foto: Entrada da Rua Coberta.

2.2.2- Quero Mochilar Gramado

Foto: Interior da rua coberta.

Aqui há vários ótimos restaurantes, quiosques vendendo ingressos das atrações da cidade e também locais para você tirar aquela foto clássica de porta retrato. Claro, que por ser o coração da cidade os restaurantes são um pouco caros, mas aqui é um lugar fantástico para passar o tempo.

2.2.3- Quero Mochilar Gramado

Foto: Ao lado da rua coberta estão várias destas estátuas de soldados e uma área de playground para a molecada.

Em frente a rua coberta fica o Palácio dos Festivais.

Palácio dos Festivais

É aqui que acontece o show de acendimento de luzes durante o Natal Luz e é também onde ocorre o festival de cinema de Gramado, um dos maiores eventos cinematográficos do Brasil. É nesse lugar também que funciona o  cinema da cidade.

2.3- Quero Mochilar Gramado

Foto: Este é o Kikito, símbolo do festival de cinema e está dentro do palácio dos festivais.

Ainda quando andar pelas calçadas da Avenida Borges de Medeiros, não deixe de observar o chão. Como em Hollywoody que há a calçada da fama, aqui eles bolaram algo parecido e pelo caminho você encontra as mãos de vários artistas nacionais.

2.4.1- Quero Mochilar Gramado

Foto: A mão de Xororó.

Logo em frente a rua coberta e ao lado do Palácio dos festivais, não tem como não notarmos a bela igreja de Pedra da cidade.

Igreja Matriz São Pedro Apóstolo

Horário de funcionamento: A entrada na igreja é restrita a horários durante o dia.

Consultar horário das missas: Aqui.

Entrada: Acesso gratuito.

A Igreja foi erguida em 1942 com pedras de basalto, na área onde havia originalmente uma pequena capela de madeira. Sua arquitetura é românica e vem da herança alemã-bávara da cidade. Em seu interior há belos entalhes de madeira no teto e uma torre do sino de 46 metros de altura. Os sinos tocam no começo das missas.

Não deixe de entrar na Igreja que é linda por dentro. Durante o dia e a noite a paisagem é totalmente diferente, e contemple as duas. Durante o dia você pode admirar melhor os jardins e presépio, e é bem prazeroso descansar em seus bancos e curtir a paisagem. A noite o encanto fica com a iluminação.

2.4.9- Quero Mochilar Gramado

Foto: A beleza da Igreja de Pedra.

7- Quero Mochilar Gramado

Foto: Interior da igreja.

Na beira da fonte na frente da igreja, há estátuas alinhadas representando os 12 apóstolos e ainda do outro lado destas estátuas um belo presépio, que penso só ficar em exposição durante o Natal Luz.

2.5- Quero Mochilar Gramado

Foto: Os 12 Apóstolos.

2.5.1- Quero Mochilar Gramado

Foto: Presépio em frente a Igreja.

Neste mesmo dia, curti esta área durante o dia, e depois voltei a noite. Pra mim não só a cidade, mas também a igreja fica ainda mais bela e encantadora durante a noite.

8- Quero Mochilar Gramado

Foto: Igreja durante a noite.

No fundo da igreja, indo pelo lado direito, está a famosa Fonte do Amor Eterno, onde os casais apaixonados penduram seus cadeados simbolizando que seu amor esta selado em quanto ele ali se mantiver.

8.1- Quero Mochilar Gramado

Foto: Bom lugar para fazer juras de amor.

Ao lado da igreja tem ainda a Rua das Renas, que é um charme e ótima para criançada.

2.4- Quero Mochilar Gramado

Foto: As renas na sua rua.

Depois de entender a cidade e passar por todos estes lugares, cheguei no meu objetivo: O CAT – Centro de informações turísticas. Aqui peguei mapas, informações e dicas e então fiz o caminho de volta para casa, ainda admirando a bela Avenida da cidade.

Fiz umas duas horas de passeio, e já eram em torno de 17h30, a programação agora era tomar banho, me trocar e sair a tempo de assistir o show de luzes que começava ás 20h30.

Show de acendimento das luzes

Horário: Diariamente durante o Natal Luz (Final de outubro a inicio de janeiro) às 20h30.

8.9- Quero Mochilar Gramado

Foto: Palácio dos festivais onde ocorre o show de acendimento de luzes. Fica em frente a Rua Coberta.

A principal dica para assití-lo é chegar cedo, para ficar bem próximo do teatro. Acabei chegando atrasado umas 20h35, 5 minutos, pouco, não é?, mas 1/3 da atração já havia acontecido.

O acendimento da cidade é pontual. Inicia com um teatro onde começam a falar da magia do Natal. Aparece até o Papai Noel, contam histórias e as crianças deliram. De repente, acendem as luzes da árvore da avenida, então da igreja de pedra e depois de toda a cidade.

9-- Quero Mochilar Gramado

Foto: O Show de acendimento das luzes no palácio dos festivais.

10- Quero Mochilar Gramado

Foto: A Magia do Natal.

No fim ainda simulam uma neve com espuma, e ai que todo mundo vira criança, inclusive eu…

11- Quero Mochilar Gramado

Foto: “Nevando” em Gramado.

Ficamos tão empolgados, eu, minha mulher e minha mãe que perdemos até a criança…kkkk. Juro, é bem legal ficar no meio das espumas. Sei que não tem nada demais na verdade, mas foi um momento bem especial, mesmo depois do estresse que rolou com meu pai por perdermos o Demétrius…kkkk

11.1- Quero Mochilar Gramado

Foto: Mama fazendo selfie…rs!

Depois de voltar a infância…rs, ainda passeamos um pouco em família pela Igreja novamente e depois paramos para jantar em um restaurante alemão chamado Rasen Platz, ótimo, que fica no final da rua coberta, alias o chopp aqui é excelente.

4- Quero Mochilar Gramado

Foto: Banda tocando musicas alemãs.

Depois deste momento agradável, fomos embora caminhando tranquilamente pelas belas e iluminadas ruas de Gramado, a cada passo uma visão diferente, um enfeite novo descoberto, como disse, só de andar na rua aqui você já está se divertindo. Agora, descansar, que o próximo dia promete e tem uma programação bem cheia.

12-- Quero Mochilar Gramado

Dia 02 – Canela + Gramado.

No segundo dia sugiro conhecer o Parque Estadual do Caracol e algumas atrações de Canela e Gramado que fica no trajeto. Descreverei somente as atrações de Gramado, e deixarei as demais para o post específico de Canela que colocarei no blog, ok.

Atrações de Canela que conciliei neste dia:  Chocolate Florybal, Museu dos Beatles, Mundo a Vapor e o Centro de Canela.

Agora senta que lá vem mais história…

Com o dia cheio, acordamos cedo, pois queria chegar no Parque Estadual do Caracol no primeiro horário, ás 9h00.

Antes precisávamos tomar café da manhã, e pensamos em ir na praça das Etnias.

Praça das Etnias

Horário de funcionamento: Segunda a sexta das 9h00 às 12h00 e das 13h00 às 18h30. Sábados e domingos das 9h00 às 18h30.

Casa do Colono: Produção de cucas e pães nos fornos: quartas, sextas, sábados e domingos.

Entrada: Acesso gratuito.

Esta é uma pequena praça onde está a famosa Casa do Colono, um local onde fabricam as deliciosas e famosas Cucas e mais vários outros tipos de biscoitos e doces caseiros. Tudo é delicioso.

De inicio, achei que aqui era tipo uma padaria, mas não. Aqui é simplesmente um lugar que vende os produtos. Então meu café da manhã não deu certo, mas sai cheio de doces e cucas daqui.

Não saia de Gramado sem experimentar estas cucas, custam R$ 8,00 cada e são deliciosas, pra mim, a melhor é a de uva.

4.10- Quero Mochilar Gramado

Foto: Esta é a praça das etnias. Cheguei cedo demais e estava tudo fechado…rs.

5- Quero Mochilar Gramado

Foto: Os doces deliciosos da Casa do Colono.

5.1- Quero Mochilar Gramado

Foto: As Cucas – Deliciosas!!!!

Rua Torta

Quando for até a praça das etnias aproveite para passar pela Rua Torta, uma rua super interessante e curiosa, que acabou virando um dos pontos turísticos da cidade. Passar lá é rapidinho, e não comprometerá em nada seu tempo, além de render fotos interessantes.

6- Quero Mochilar Gramado

Foto: Rua Torta.

Gramado é repleta de coisas para fazer, e como disse é uma cidade planejada para famílias. As atrações encantam as crianças, os pais e até os jovens casais sem filhos, que é o meu caso… rs.

Vou citar aqui neste post os lugares que consegui conhecer neste dia conciliado com Canela, todos na Avenida das Hortênsias.

Então vamos lá…

Museu de Cera – Dreamland

Horário de funcionamento: Diariamente das 08h00 ás 18h00.

Entrada: R$ 80,00

Este é uma das melhores atrações da cidade, mas eu não cheguei a entrar, pois estava R$ 120,00 por pessoa no dia que fui, e achei um exagero sem tamanho cobrar uma taxa desta. Este é um museu com várias personalidades mundiais e nacionais em tamanho real feitas em cera. Vi uma delas no palácio dos festivais e a perfeição é tamanha que até assusta.

O que vale a pena para conhecer este museu é comprar o ingresso com antecedência e em promoções de combo, que oferecem a entrada de até 5 outras atrações por R$ 134,90.

15- Quero Mochilar Gramado

Reino do Chocolate Caracol

Horário de Funcionamento: Domingos à Sextas-feiras – das 8h30 às 18h30. Sábados e Feriados – das 8h30 às 19h30.

Entrada: R$ 18,00.

Duração: 30 minutos.

Este lugar é bem próximo ao museu de Cera, e dá para aproveitar para fazer os dois no mesmo momento. A Caracol é um dos chocolates mais famosos de Gramado, e conhece-la é bem interessante.

Durante o passeio começamos com as instruções e a história do local, e depois as crianças tem a oportunidade de criarem seu próprios chocolates, deixar ele endurecendo e pegar no final do passeio.

Pulamos esta parte de fazer o chocolate e fomos direto para o tour, que começa com um vídeo que simula uma volta no tempo, para entendermos a história e importância do chocolate no mundo. A criançada adora esta volta no tempo.

Depois que abre a “máquina do tempo”, vamos passando por vários cenários, e o passeio todo é interativo. Conforme você vai passando, você vai apertando a mão de um boneco, e dai escuta a história, faz cafuné no cachorro e assim vai. Achei a dinâmica bem interessante para criançada.

IMG_9074

Foto: Entrada do Reino do Chocolate.

_MG_9075

Foto: Vemos a fabricação e a criançada pode fabricar seu próprio.

_MG_9092

Foto: Saímos da máquina do tempo e vamos direto para este corredor de Cacau.

_MG_9095

Foto: Ao longo do caminho vamos escutando a história dos bonecos.

Super Carros

Horário de funcionamento: Diariamente das 09h00 às 19h00.

Entrada: R$ 40,00 – Valor com simulador.

Duração: 45 minutos – sem volta no carro.

Esta é uma atração que os apaixonados por carro irão amar. Aqui é tipo um museu moderno com carros esportivos, de luxo e de corrida. Há também simuladores e uma loja de roupas esportivas. Quem quiser, por um preço bem salgado, que vai variar de acordo com o modelo do carro e fica na faixa de R$ 300,00 reais, pode dar uma volta e dirigir um destes magníficos veículos por 15 minutos.

Lá dentro ainda há a opção de entrar em um simulador, que a molecada pira, são aproximadamente 10 minutos de muito balanço das cadeiras e ainda uma simulação de neve com espumas.

17- Quero Mochilar Gramado

Foto: Entrada do Super Carros – Avenida das Hortências.

17.0- Quero Mochilar Gramado

Foto: Só assim pra chegar perto de um deste mesmo… rs.

17.1- Quero Mochilar Gramado

Foto: Olha esta Ferrari, que coisa linda.

Quando estávamos em frente ao museu de cera, ganhamos uma volta neles, se assistíssemos a “pequena” apresentação de um novo empreendimento da cidade, mas como eu já conhecia esta história, deixei pra lá… tempo é algo valioso em viagens.

Eu achei esta atração muito cara para o que proporciona, e penso que só vale a pena para pessoas que realmente são apaixonadas por carros.

Borá lá…

Então, estas foram as atrações de Gramado que consegui conhecer no meu segundo dia. Ainda no final deste mesmo dia, voltei para Canela, onde conto detalhes no post específico.

À noite, em Gramado, consegui assistir o show de acendimento novamente, desta vez mais próximo e mais cedo. Vi completo, e a sensação ainda foi a mesma.

Ainda tive uma noite super agradável, e a fechei na Taberna MF, um lugar caro, mas com cervejas artesanais deliciosas.

Dia 03 – Snowland.

No terceiro dia se dedique ao Snowland, e como abre tarde, aproveite para conhecer mais duas atrações imperdíveis: o famoso Mini Mundo e o Lago Negro.

Mini Mundo.

Horário de Funcionamento: Diariamente das 09h00 às 17h00.

Entrada: R$ 36,00 – É possível pagar meia entrada.

Esta atração fica um pouco mais afastada do centro, e no caminho para o Lago Negro, portanto ótimo conciliar os dois como eu fiz.

O Mini mundo é um espaço feito de maquetes de vários cenários conhecidos do mundo. O trabalho é tão bem feito e rico de detalhes, que daria para passar o dia lá para observar tudo. Achei um passeio caro também, por ser rápido, mas as maquetes são realmente belas e vale a pena conhecer.

18- Quero Mochilar Gramado

Foto: Entrada da atração.

18.1- Quero Mochilar Gramado

Foto: Uma visão geral do Mini Mundo.

18.2- Quero Mochilar Gramado

Foto: Os criadores tomaram cuidado até com os detalhes das pessoas nos cenários, há momentos que você vê gente dentro das casas. Observe tudo, sempre tem algo para te surpreender.

18.4- Quero Mochilar Gramado

Foto: Entre as maquetes há alguns cenários brasileiros, como a igreja São Francisco de Ouro Preto.

18.5- Quero Mochilar Gramado

Foto: Show não? Até os carros na frente fazem parte do cenário.

18.6- Quero Mochilar Gramado

Depois do Mini mundo era hora de ter um momento de romantismo com meu amor no Lago Negro.

Lago Negro

Horário de funcionamento: Aberto todos os dias e 24 horas por dia.

Entrada: Gratuita – Só pagamos o pedalinho.

Pedalinho: Valor: R$ 30,00 / casal – 20 minutos de passeio.

O Lago Negro é uma área aberta de entrada gratuita e que faz parte dos cenários mais conhecidos de Gramado. Lá é possível fazer piqueniques, admirar as hortênsias e andar de pedalinho pelo lago. Um passeio rápido, mas que renderá lindas fotos.

O lago está um pouco afastado do centro, mas o caminho todo é bem sinalizado e você pode chegar facilmente.

Aqui há uma estrutura de restaurantes e várias lojas de souvenirs.

19.1- Quero Mochilar Gramado

Foto: Lago Verde, ops Negro..rs.

19- Quero Mochilar Gramado

Foto: Entrada para o pedalinho.

Acabamos, mesmo achando caro, passeando no pedalinho. Afinal de contas, não dá para resistir a esta paisagem. E foi um momento super especial, romântico e agradável. O lago é super bonito, e rodeado por belas hortênsia, o que rende belas fotos para seu álbum.

19.3- Quero Mochilar Gramado

Com esses passeios atrasei um pouco, e acabei chegando no Snowland em torno das 11h00, o que não recomendo fazer.

O Snowland é uma atração imperdível e a mais cara de Gramado, recomendo você ir no primeiro horário e ficar o dia todo por lá, já que fecha cedo, ás 17h00.

Snownland

Horário de funcionamento: De Quinta a segunda das 10h00 às 17h00.

Atrações: Montanha de neve e pista de patinação até 16h30

Aberto às quartas feiras somente em julho, novembro, dezembro e 1a quinzena de janeiro

Entrada: Valores de acordo com a temporada de turismo.

  • Baixa Temporada: R$ 129,00 adultos / R$ 99,00 crianças.
  • Alta temporada R$ 169,00 adulto e R$ 139,00 criança

Estacionamento: R$ 25,00

O Snowland é o maior parque de neve indoor das Américas e sem sombra de dúvida uma das atrações imperdíveis de Gramado, e se engana quem pensa que só crianças se divertem aqui.

Esta atração está um pouco mais afastado da cidade e para chegar até lá você tem que pegar a BR que vai para Porto Alegre e andar por 5 km. O lado bom é que você passa pela entrada da cidade e este caminho é lindo, todo florido e repleto de hortênsias.

Esta era uma das atrações que eu mais estava curioso para conhecer. Por estar na alta temporada eu estava com medo das filas, e eu tinha razão.

Como disse, cheguei um pouco tarde, e já no estacionamento tive que deixar o carro bem distante e andar uns 400 metros. O Parque tem um estacionamento próprio enorme, mais achei caro. Penso que seria totalmente justo o valor do estacionamento estar incluso no ingresso, pois geralmente vamos em família e já gastamos no minimo uns 500 reais para estar ali, mas minha opinião não interessa…rs.

Tive sorte que neste dia eu já havia comprado meu ingresso com antecedência pela TourOn, pois a fila para comprar estava enorme, e creio que as pessoas que não se programaram perderam um bom tempo na fila para entrar.

Como eu e minha família tinhamos os ingressos em mãos, nosso registro foi rápido. Ahh, uma dica importante, não esqueça de levar seus documentos, ok.

Dentro do Snowland há uma ótima estrutura e acabamos que a primeira coisa que fomos fazer já que não tínhamos tomado café, foi almoçar. O lado bom foi que estava vazio o restaurante, pois aqui, poucos almoçam meio dia, já que vem de um café da manhã farto de um hotel.

Dentro do Snowland há várias áreas, e daria um post só para falar delas.

O parque é dividido em 4 partes principais:

  1. Entrada: Onde além do cadastro inicial, você tem alguns simuladores, guarda volumes e brincadeiras como escavação.
  2. Primeiro Andar: Galeria de Lojas: Aqui há várias lojas, onde você pode comprar lembranças e roupas de frio. Nesta área também há a pista de patinação, onde você pode praticar o esporte e assistir a shows de profissionais, com horários pré estabelecidos.
  3. Praça de Alimentação: Há vários restaurantes e lojas de guloseimas aqui. Fome você não passa.
  4. Montanha de Neve: Atração principal, onde há os brinquedos, neves, e você tem que colocar uma roupa especial para acessar (inclusa no ingresso).

20- Quero Mochilar Gramado

Foto: Corredores do primeiro Andar.

20.1- Quero Mochilar Gramado

Foto: Pista de Patinação de gelo.

Substituímos o café por um almoço, já que estava frio, uma sopa caiu super bem. E ainda tinha um sonzinho para acompanhar. Escolhemos uma restaurante do segundo andar e que tem uma vista incrível para a Montanha de Neve, uma pena que as fotos não ficam tão boa de lá, mas a vista é ótima.

21- Quero Mochilar Gramado

Montanha de Neve

Este é o ponto máximo da visita. Como estava lotado quando fui, peguei uma fila enoooorme, e levei em torno de uns 40 minutos para entrar. Há fila de prioridades, não tinha visto sinalização, para que meus pais pudessem entrar mais rápido, mas conforme cheguei mais perto da entrada vi.

Quando chegamos, pegamos um conjunto de roupa próprio para aguentar o frio, que chega a ser de até -5 graus, no kit vem: Calça, jaqueta, luva e calçado. Você deixa a bolsa e o calçado em um guarda volume (gratuito) e dai pode entrar.

Chegando lá é só alegria, acho que a primeira coisa que todo mundo faz é pegar na neve…rs. Meu maninho deitou e rolou literalmente lá, segundo ele era um sonho…rs.

21.5- Quero Mochilar Gramado

Foto: Família ainda na empolgação.

21.7- Quero Mochilar Gramado

Foto: O termômetro marcando zero grau.

21.6- Quero Mochilar Gramado

Foto: A criançada pira…

21.8- Quero Mochilar Gramado

Foto: Um momento mais que especial em família.

Na frente há uma parte de escorregador menor para as crianças, e atrás da parte das crianças os adultos também podem se divertir no tubing, descendo em boias com os amigos.

Ainda do outro lado a uma descida individual em boia em um tubo escuro, bem legal. Pena que estava tão lotado neste dia que mal dava para repetir.

21.9- Quero Mochilar Gramado

Dicas práticas para o dia no Snowland:

  • Como começa ás 10h00, vá com um café da manha reforçado para não precisar almoçar, e fazer só um lanchinho por lá mesmo. Os restaurantes são caros e em temporada pode perder mais de uma hora se for querer almoçar.
  • Vá agasalhado, que mesmo fora da Montanha de Neve, também é bem friozinho.
  • Leve com você cachecol, gorro, touca, protetor de orelha e qualquer outro acessório de frio, pois irá precisar.
  • Evite pegar a neve, as luvas são finas, e quando molhadas depois de um tempo você não aguenta de tanto frio nas mãos.
  • Não precisa ir com calça especial: fui de jeans e foi tranquilo com a roupa que me ofereceram, o que passei frio foi nas mãos, pés e pescoço, ahhh e meu nariz e orelha quase congelaram.
  • O esqui ou snowboard, deve ser agendado na chegada, então decida antes de entrar – Ah esta é uma atração paga.
  • Você tem direito a uma entrada na montanha de neve, mas penso que ninguém consegue ficar mais que duas horas naquele frio, com uma hora lá dentro começamos literalmente a congelar…rs.
  • Equipamentos eletrônicos podem apresentar problemas por causa da baixa temperatura, mas logo volta ao normal.

Acabei que sai um pouco antes das 17h00, devido o parque estar muto lotado, mas recomendo como disse tirar o dia todo para ficar aqui, pois vale.

Na volta, passamos pela entrada de Gramado, aquele portão enorme e lindo, e que vale uma paradinha para foto.

Pórtico de Gramado

O pórtico esta na saída para Porto Alegre, que é o caminho para o Snowland.

22- Quero Mochilar Gramado

Foto: A foto praxe – Eu também quero…rs.

Fomos daqui direto para mais uma atração, aquele friozinho deu vontade de comer chocolate.

Mundo do Chocolate Lugano

Horários de funcionamento: Diferentes horários.

  • Domingos à Sextas-feiras – das 8h30 às 18h30.
  • Sábados e Feriados – das 8h30 às 19h30.

Entrada: R$ 35,00. Há meia entrada para crianças, idosos e estudantes.

Sabe aquelas esculturas enormes de chocolate que vemos nas fotos de Gramado, então, elas estão aqui.

Esta é uma atração super interessante, onde vamos acompanhando a história do chocolate sendo contada enquanto observamos belas esculturas todas feitas de chocolate, algumas com até 500 quilos do produto.

No final do tour ainda há uma farta e deliciosa degustação com muita variedade dos chocolates Lugano, um dos mais famosos de Gramado. Há desde chocolate derretido branco e preto, a tabletes de vários sabores.

Ainda para quem quer saber mais, há um cinema contado mais histórias desta delícia.

13- Quero Mochilar Gramado

Foto: A pirâmide do Egito toda de chocolate.

13.0- Quero Mochilar Gramado

Foto: Anubis – Também de chocolate.

13.1- Quero Mochilar Gramado

Foto: China de chocolate…rs.

13.2- Quero Mochilar Gramado

Foto: Olha a riqueza de detalhes. Uma obra de arte, não??

13.3- Quero Mochilar Gramado

Foto: Mais chocolate.

13.4- Quero Mochilar Gramado

Foto: Um elefante de 1,20m e 350 kg de chocolate.

Terminei este dia ainda com um fondue, que conto mais abaixo. Muita gordisse para um dia só, mas inesquecível…rs

Dia 4 – Serra Gaúcha.

Em um dos dias aproveite para fazer o passeio de Maria Fumaça e conhecer a região de Bento Gonçalves.

Dia 5 – Gramado.

Despeça com mais algum passeio antes de ir, recomendo: O Mundo Encantado

Horário de Funcionamento: Diariamente das 09h00 ás 17h00.

Entrada: R$ 14,90

Duração: Meia hora.

Esta é uma atração também muito interessante, lembra um pouco o Mini mundo. Aqui você irá aprender sobre a colonização e a cultura do estado, a influência alemã e italiana nas construções e costumes. Cada cenário é explicado por um dos guias, sendo assim, é uma aula e aprendemos bastante.

Vários cenários da cidade e do estado são retratados em miniatura também, e assim como no mini mundo são perfeitos e com uma riqueza de detalhes de cair o queixo.

13.9- Quero Mochilar Gramado

Foto: Entrada do parque.

14- Quero Mochilar Gramado

Foto: História da colonização do Rio Grande do Sul.

14.1- Quero Mochilar Gramado

Foto: Lindas paisagens.

14.3- Quero Mochilar Gramado

Foto: Todos os cenários são ricos em detalhes e bem explicados pelos guias.

14.4- Quero Mochilar Gramado

Foto: O interior de uma casa do inicio do século 20.

14.5- Quero Mochilar Gramado

Foto: Uma réplica do Canyon mais famoso do RS – Itambezinho.

14.6- Quero Mochilar Gramado

Foto: A entrada de gramado e várias outras atrações da cidade também tem réplica aqui.

Daqui, neste dia voltei para Santa Catarina, encantado e apaixonado por esta região do nosso país que eu levei tanto tempo para conhecer.

Fui embora mais a história destes dias e as dicas continuam em mais três posts:

  • Parque Estadual do Caracol
  • Canela
  • Serra Gaúcha – Passeio de Maria Fumaça.

Corrá lá no Blog e confira, além dos posts citados, este mesmo post de Gramado esta lá com custos e mais sugestões. Ainda você encontrará um roteiro prontinho resumido em PDF pronto para impressão: www.queromochilar.com.br.

 


Deixe um comentário

Log in

Esqueceu a senha?

Forgot your password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Fechar
de

Enviando Arquivo…