Rio que “desaparece” será primeiro atrativo aberto ao público no Parna da Serra da Bodoquena


O Parque Nacional da Serra da Bodoquena (Parna da Serra da Bodoquena), unidade de conservação que tem mais de 20 anos foi inaugurado oficialmente no último dia (11). A informação é do portal MidiaMax.
Com mais de 77 mil hectares e abrangendo as cidades de Bonito, Bodoquena, Jardim e Porto Murtinho, região conhecida pelas lindas cachoeiras e rios de águas cristalinas será aberto à visitação pública em janeiro de 2021.
Segundo o Campo Grande News, o primeiro atrativo do parque a poder ser visitado será a Trilha do “Rio Perdido”, “que leva esse nome por ser um rio que ‘desaparece’ quando entra em um sumidouro, chamado também de caverna, e reaparece a 1,2 mil metros depois”, explica a publicação.
Ainda de acordo com o site, a trilha de 3,5Km começa no sumidouro. No percurso há um deck/mirante de onde os visitantes podem contemplar as águas cristalinas que ganham incríveis tons esmeralda.
Citando o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) que administra a unidade, o jornal informa que o parque irá receber inicialmente até 70 pessoas por dia, entre 8h e 17h. Os que vão para observação de aves podem entrar às 4h e um comunicado com antecedência deve ser feito pelo condutor (guia) ao ICMbio.

cachoeiradabocadaonca bodoquenaMS flavioandre mtur

Vista da Cachoeira da Boca da Onça, em Bodoquena, uma das várias belas cachoeiras da região | Foto: Flávio André/MTur.

A visita ao parque será feita com agendamento através de sistema do Governo Federal. O link será divulgado quando o parque estiver liberado para a visitação a partir de janeiro.
As visitas só poderão ser feitas com guia credenciado pelo ICMBio e os preços cobrados pelo profissional podem variar já que o local oferece atividades variadas como trilhas, banho de rio, passeios de bicicleta e observação de vida silvestre. A atividade de canoagem está sendo estruturada para ser oferecida futuramente.
Os guias locais cadastrados pelo instituto são profissionais do turismo e entre eles há também biólogos, jornalistas, professores, pesquisadores, entre outros.

O Parque Nacional da Serra da Bodoquena fica a 266Km de Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul.

A foto (da home e) que traz até este post e aparece mais acima é de vista da Cachoeira da Boca da Onça, em Bodoquena. É meramente ilustrativa. Fotos de alguns dos pontos da Trilha do Rio Perdido podem ser vistas na matéria do Campo Grande News e também no site do Fotógrafo de Natureza, Hudson Garcia.


Comunidade de ajuda mútua entre viajantes independentes e mochileiros. No ar desde 1999, tem dicas e informações e mais de 10.000 relatos de viagens publicados. Ganhador do Prêmio 'Influenciadores Digitais' por dois anos consecutivos. Aqui no blog traz histórias inspiradoras e notícias relacionadas ao universo viajante.

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

      Deixe uma Comentário

      Mochileiros.com
      Logo