Turista italiana é detida por vandalismo em Torres del Paine


A direção regional da Corporación Nacional Forestal (CONAF) em Puerto Natales, no Chile apresentou denuncia contra uma turista italiana por dano a imagem em entorno natural. Elisa Sandrini, 28, turista que fazia parte de um grupo de escaladores italianos fez um desenho em uma rocha em área do Parque Nacional de Torres del Paine.
Segundo nota da CONAF, a própria autora do desenho se apresentou à corporação pedindo desculpas e se mostrando arrependida. Ainda no comunicado feito no dia 17/01/2020, informavam que não havia sido possível encontrar vestígios da pintura na rocha, mas que a denúncia se sustenta em sua publicação nas redes sociais (Instagram), bem como no reconhecimento por parte da autora que se ofereceu para ir ao local limpar a pedra que teria sido pintada com uma tinta que pode ser apagada com água. No dia seguinte (18) o desenho foi encontrado por guardas do parque.
A CONAF ressalta que a mulher integrava um grupo de escaladores italianos, que contavam com a devida permissão para efetuar escalada na Torre Central do Parque Nacional de Torres del Paine e que o grupo havia sido orientado sobre o que é permitido e proibido fazer dentro da unidade.

Lamentando o ocorrido, o perfil do Tompkins Conservation publicou foto do desenho feito pela italiana:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Tompkins Conservation Chile (@tompkinsconservationchile) em

Imprensa local fala em mais de um desenho. Outro italiano foi expulso do parque

O portal BiobioChile.cl traz hoje (20) a notícia de que um turista italiano foi surpreendido por guardas do parque Torres del Paine tentando apagar uma pintura sobre uma rocha. O homem faz parte do mesmo grupo de Elisa. Eles comentam que o ato seria para tentar evitar que a compatriota pudesse ter ainda mais problemas.
Os guardas verificaram que o italiano, além de caminhar fora das trilhas demarcadas, não tinha mais autorização para estar ali desde 31/12/2019 e por isso acabou sendo expulso do parque.
Elisa foi denunciada por dano simples e aguarda uma audiência de saída alternativa para o dia 22/01/2020 segundo informações do BiobioChile.cl.

“Não sou um monstro”

Outra publicação do BiobioChile.cl traz algumas declarações de Elisa, que diz ter recebido muitas mensagens de ódio e até incitação ao suicídio e comentários ofensivos pessoais que nada tem a ver com o caso. “Não sou um monstro”, enfatiza dizendo que quando fez a pintura (enquanto esperava os amigos que estavam escalando), recolheu muita sujeira ao redor da pedra pintada.
Ela pediu “amavelmente” que não falem mal do grupo de escaladores, afirmando: “eles não estavam comigo quando fiz essa coisa tão estúpida”.


3 comentários em “Turista italiana é detida por vandalismo em Torres del Paine”

Deixe um comentário