10 dicas para viajar de trem pela Europa com tranquilidade


Com viagens de avião cada vez mais baratas, viajar de trem pode parecer perda de tempo ou dinheiro. No entanto, se você souber se planejar bem, pode economizar uma boa grana em passagem e com a bagagem. Isso porque as empresas oferecem diversos descontos e não há limite peso ou de malas nos trens europeus.
Outras vantagens de viajar de trem pela Europa incluem ver a paisagem, a economia em transfers do aeroporto para o centro da cidade, e o conforto de viajar com mais espaço e tempo. Além disso, você pode mudar o roteiro espontaneamente, sem precisar se preocupar com reembolso de passagens de avião.
Mas viajar de trem não é comum no Brasil, por isso seguem as dicas mais importantes na hora de planejar uma viagem de trem pela Europa.

1- Compre a passagem antecipadamente

Há diversos sites na internet e aplicativos para comprar passagens de trem. Estes são normalmente bastante confiáveis mas, se você estiver com dúvidas, pode ir direto ao site da empresa em questão. Na Alemanha, por exemplo, a Deutsche Bahn é a responsável por trens de longa distância, enquanto na França é a SNCF, e assim por diante. Passagens antecipadas também podem ser compradas direto no guichê da estação.

Trem ‘regional' da Deutsche Bahn | Foto: Bahn.com

2- Conheça os passes para vários países

Duas empresas vendem passes para quem vai cruzar diversos países: a Eurail e a InterRail. Você pode escolher comprar por tempo (15 dias, 21 dias ou 1, 2 ou 3 meses) ou pelo número de zonas que vai cruzar, sendo que cada zona corresponde a um número de países. Estes passes são válidos em 17 países europeus e se você tem menos de 26 anos, ganha um Youth discount.

Foto: Divulgação/@eurail

3- Descontos especiais

Dependendo do seu trajeto e do tempo de viagem, vale à pena comprar passagens de ponto a ponto – de uma cidade à outra. Nesses casos, fique atento à descontos especiais para grupos, de fim-de-semana, feriados e outros. Só perguntar no guichê que os atendentes – geralmente super solícitos – te dirão qual a melhor escolha.

Foto sob licença Creative Commons/Maxpixel

4- Imprima sua passagem

Caso você compre a passagem online, tenha certeza de que terá bateria no celular ou tablet no momento do embarque. Os mais precavidos podem imprimir as passagens e viajar sem preocupação.

Foto: Andrew Bowden/Flickr-Creative Commons.

5- Trens lentos, rápidos e super rápidos

Existem alguns tipos diferentes de trens pela Europa e a diferença está normalmente na velocidade. Para mochileiros, que não têm tanta preocupação com o tempo, é recomendável pegar os trens mais lentos, pois são mais baratos.

Um dos trens “interregionais rápidos” da Deutsche Bahn | Foto: Bahn.com

6- Comer e beber

Dê uma olhada no tipo de trem em que você vai viajar e pesquise sobre restaurantes à bordo. Em viagens mais longas há pelo menos uma lanchonete ou um carrinho com salgadinhos e outras guloseimas. O bom de viajar de trem é que você sempre pode levar um lanche na viagem, o que é importante para quem é vegetariano ou tem restrições alimentares.

Foto: Jennifer Latuperisa-Andresen/Unsplash.

7- Você pode reservar um assento

Até 10 minutos antes da partida do trem, você pode reservar um assento e viajar mais tranquilo. A reserva vale à pena para quem viaja em grupo, ou quem não quer ter que levantar no meio do trajeto ao descobrir que outra pessoa reservou o lugar onde você está.

Foto: Jessi Pena/Unsplash.

8- Ache a plataforma certa

Achar o portão certo em aeroportos é relativamente fácil, mas estações de trem são mais complicadas. A Hauptbahnhof (estação principal) de Berlim, por exemplo, tem diversos andares e uma sinalização complicada, por isso lembre-se de chegar à tempo para pegar o trem certo. Como passam vários trens pela mesma plataforma em um curto intervalo de tempo, isso garante que você não vai entrar no trem errado e partir para a Polônia, quando seu destino era a França.

Área da estação de King's Cross – Londres | Foto: Michal Parzuchowski/Unsplash.

9- Valide sua passagem

Dependendo do tipo de passagem e do país, será preciso validar seu ticket na estação de trem. Há máquinas nas plataformas onde você insere o papel para ser carimbado com a data e hora. Isso é muito importante porque não fazê-lo acarreta multas altíssimas. Portanto, verifique no guichê de informações para ter a certeza de viajar tranquilo.

Não validar seu ticket gera multas altíssimas | Foto: Christian Dubovan/Unsplash.

10- Viaje com segurança

Trens são uma forma super segura de viajar, perdendo apenas para os aviões neste quesito. Em relação ao furto de pertences, no entanto, é preciso ficar atento à sua mochila e objetos de valor. Como os trens têm pouco espaço na cabine para guardar malas, há compartimentos no final do vagão para armazenar bagagens maiores. Lembre-se de levar documentos e eletrônicos contigo na mochila pequena, relaxe e aproveite a viagem!

Foto: Jay Dantinne/Unsplash.

Texto: Mariana Eberhard.
A foto (da home e) que traz até este post é de Veerasak Piyawatanakul/Pexels.


2 comentários em “10 dicas para viajar de trem pela Europa com tranquilidade”

  1. Observação referente ao ponto 5:
    Viajar de ICE ( o mais rápido ) pode ficar mais barato do que andar com trens locais (devagar e não muito confortável), se compra antecipado.

    Responder
  2. Gostaria muito de receber mais informações de como viajar com segurança pela Europa sozinha. Ser mochileiro é bom demais!!!

    Responder

Deixe um comentário