Ir para conteúdo

Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''caçapava do sul''.



Mais opções de pesquisa

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Mochileiros.com

  • Perguntas e Respostas
    • Perguntas Rápidas
    • Perguntas e Respostas & Roteiros
    • Cupons de Desconto
  • Relatos de Viagem
    • Relatos de Viagem
  • Companhia para Viajar
  • Equipamentos
  • Trilhas e Travessias
  • Nomadismo e Mochilão roots
  • Outras Formas de Viajar
  • Outros Fóruns

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


Sobre mim


Ocupação


Próximo Destino

Encontrado 2 registros

  1. Morotin

    Minas do Camaquã

    Minas do Camaquã É uma pequena vila distrito da cidade de Caçapava do Sul, que surgiu a partir de 1865 com a descoberta de jazidas de cobre trazendo empresas de mineração para a localidade. É um lugar muito bonito com muitas formações rochosas chamadas de Guaritas, o local fica 60 Km de Caçapava do sul e 300 Km de Porto Alegre. Para quem gosta de escalar é um bom lugar, pois tem muitas pedras com as vias prontas e outras para se conquistar. Ainda perto da cidade de Caçapava do Sul, cerca de 13 km tem a famosa pedra do segredo onde também se pode praticar escalada, e muitas outras nas redondezas. Tem trilhas para fazer e atividades aquáticas para o verão, e a natureza exuberante. Eu tive a oportunidade de visitar em uma curta oportunidade, mas quero voltar para acampar e fazer umas trilhas para visitar algumas cavernas e pedras da região. Quem precisar de mais informações é só avisar. Abraços.
  2. Feridão de Carnaval/2018, visitando parentes em Santa Maria da Boca do Monte/RS, e que destinos optar? Por minha mente corriam vários destinos inexploradas, como: Visitar a cidade das Pedras Preciosas (Ametista do Sul/RS), ou a Maior Queda D'Água longitudinal do Mundo (Derrubadas/RS), mas como o passeio não dependia exclusivamente de minha vontade, e esses destinos demandavam mais de 500 km de estrada, minhas opções ficaram restritas a região centro do estado. Então o jeito foi negociar com a patroa, e dei as seguintes opções a ela. 1) Poço Azul em Ivorá/RS; 2) Pedra do Segredo em Caçapava do Sul/RS; 3) Usina do Quebra Dente em Quevedos/RS ou 4) Balneário da Toca da Tigra em Santana da Boa Vista. E a escolhida foi... Pedra do Segredo - um conjunto de cerros formado por conglomerados e arenitos ferruginosos, com aproximadamente 100 metros de altura-. E "Sefomos"! Eu minha esposa, e minha cunhada, fazer trilha em Caçapava do Sul, a mais ou menos 1 hora de Santa Maria. Caçapava é realmente um destino esplendido no centro do Rio Grande, possuindo lugares incríveis como as Guaritas, Minas do Camaquã (destino já conhecido), e o Parque da Pedra do Segredo; além do patrimônio histórico, pelo fato de ter sido umas das capitais Farroupilhas. A viagem foi tranquila, e no centro da cidade paramos para umas fotos em frente a Casa VX, uma residência em estilo exótico, com colunas gregas; e em frente existe uma estatua bem divertida, conhecida como o Burrico do Nóca. Depois foi seguir para o interior sentido Lavras do Sul. Andamos uns 5 km pelo asfalto, depois há uma placa e mais alguns km por estrada de chão, razoável, existem placas até indicar 2 km para a Pedra, depois não mais. E óbvio nos perdemos um pouco, até pelo fato de ir acompanhando as formações rochosas do lado esquerdo da estrada, após andar uns 10 km e nada. Fui forçado a pedir informações, e me indicaram que teria que voltar, e chegar em uma casa do lado direito da estrada, com troncos de arvores caídos na frente. Foi o que fizemos, e chegamos na casa, onde fomos recepcionados por alguns escaladores. E atrás da casinha, as incríveis formações rochosas, que para muitos se assemelham ao rosto de dois gorilas, algo bem surreal. O local tem esse nome, pois reza a lenda que é na Pedra, que teria sido enterrado em segredo o líder indígena Sepé Tiarajú, ao lado do tesouro dos padres jesuítas. Lendas a parte. O parque é uma concessão pública, mas esta em vias de troca de administração, então não ha guias no momento. Mas fomos orientados a seguir as trilhas, que são auto-guiadas, e teríamos que ir costeando a rocha, por uns 2 km de subida, chegando ao topo da pedra, e depois descer pelo campo mais 5 km de caminhada. O início da trilha é tranquilo, indicado por placas, fomos subindo algumas escadarias feita na pedra outras na terra. Até chegar a primeira caverna: Caverna da Escuridão: A caverna é legal, e tem que usar lanterna para explora-la. Entramos um pouco, mas por falta de informação não fomos até o fim da caverna, que segundo o site turismocacapavadosul.com.br, possui um túnel com extensão de 60 metros que atravessa a pedra e chega a sua parte mais elevada. Assim, continuamos subindo pela trilha, até a 2ª caverna: O Salão das Estalactities: É bem maior que a primeira, possuindo um grande afloramento, e sendo um bom lugar para descanso, e fotos. Segue o baile, e continuamos subindo até a 3ª caverna, que e para mim é a mais legal de todas a: Percival Antunes: Que recebeu esse nome em homenagem a seu descobridor. Localizada a uns 35 metros de altura, proporcionando uma visão incrível da região. Ficamos por ali um tempo curtindo a paisagem. Depois tentamos subir seguindo a trilha e fazer a volta na pedra como indicado, mas não conseguimos, pois as trilhas estão um pouco sujas, e faltam placas a partir desse ponto, talvez pela falta de manutenção. Enfim... tivemos que voltar, e como o tempo estava para chuva, nos demos por satisfeitos. E essa foi nossa exploração da Pedra do Segredo, um excelente destino para quem gosta de fazer uma trilha, contato com a natureza, e conhecer pontos exóticos de nosso Rio Grande. Mais fotos: Rota: Blog:http://rotasetrips.blogspot.com.br
×
×
  • Criar Novo...