Ir para conteúdo

Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''la pedrera''.



Mais opções de pesquisa

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Mochileiros.com

  • Perguntas e Respostas
    • Perguntas Rápidas
    • Perguntas e Respostas & Roteiros
    • Cupons de Desconto
  • Relatos de Viagem
    • Relatos de Viagem
  • Companhia para Viajar
  • Equipamentos
  • Trilhas e Travessias
  • Nomadismo e Mochilão roots
  • Outras Formas de Viajar
  • Outros Fóruns

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


Sobre mim


Ocupação


Próximo Destino

Encontrado 1 registro

  1. Olá Mochileiros! Segue o relato da minha trip solo pelo Uruguai, espero poder ajudar no planejamento de sua futura viagem. Vou primeiro separar em tópicos os gastos na viagem e depois faço o relato de cada dia. Passagens áreas: Rio x Montevidéu (Ida e volta) – Cia área GOL – R$ 682,27 Ônibus: Montevidéu x Punta Del Este – UYU 282 Punta Del Este x Montevidéu – UYU 298 Montevidéu x Colônia Del Sacramento – UYU 363 Colônia Del Sacramento x Montevidéu – UYU 367 Uber: 14.09 – AV. Daniel Fernández Crespo 1776, x Rodoviária Tres Cruces – UYU 92 15.09 – Rodoviária Tres Cruces x Hostel BO! – UYU 140 16.09 – Hostel BO! X Che Lagarto – UYU 130 18.09 – Mercado Del Puerto x Che Lagarto – UYU 153 19.09 – Che Lagarto x Hospital Britânico – UYU 78 19.09 – Hospital Britânico x Che Lagarto – UYU 79 19.09 – Che Lagarto x Aeroporto – UYU 611 Alimentação: 09.09 – Mc Donalds aeroporto – UYU 192,62 10.09 – La Barca (Shopping Punta) – UYU 240 11.09 – Doner (Shopping Punta) – UYU 325 12.09 – Almoço – UYU 300 – Jantar – UYU 250 13.09 – Almoço – UYU 150 14.09 – Jantar – R$ 44,00 15.09 – Jantar – UYU 503 16.09 – Restaurante – L’egregor – UYU 360 17.09 - Almoço – UYU 361 18.09 – Almoço – UYU 290 19.09 – Não comi nada nesse dia porque passei mal com gastrite. Hospedagem: Punta Del Este – Hostel El viajero – 2 Diárias – UYU 682 La Pedrera – Hostel Piedra Alta – 1 Diária – UYU 400 (Não lembro o valor exato) Cabo Polônio – Hostel Lobo – 1 Diária – UYU 500 Punta Del Este – Hostel El Viajero – 1 Diária – UYU 340 Colônia Del Sacramento – Hostel Del Rio – 1 Diária – R$ 52,50 Montevidéu – Hostel Bo! – 1 Diária – UYU 570 Montevidéu – Hostel Che Lagarto – 3 diárias – UYU 1800 (Não lembro o valor exato) Outras Despesas: Aluguel carro: US$ 110 (3 Diárias) Combustível : UYU 1840 Pedágio – UYU 85 x 2 = UYU 170 Estacionamento em Cabo Polônio – UYU 190 Câmbio: 09.09 – 16:59 –Cambio 18 – Punta – Reais 8,55 14.09 – 11:23 – Cambio Uruguay – Punta – Reais 8,20 14.09 – 12:03 – Aeromar – Punta – 8,70 15.09 – 16:07 – Varlix – Colônia – Reais 7,20 16.09 - 10:37 – Cambio Casa Central – Montevidéu – Reais 8,80 Saques: 09.09 – Aeroporto : UYU 6,47 16.09 – Av. 18 de Julio, Montevidéu – UYU 8,67 17.09 – Colonia, Montevidéu- UYU 8,81 Tarifa Banred UYU 177,60 por saque O Banco Santander me cobrou 24,20 de tarifa por saque IOF 6,38% Museus: Museu Del Mar: UYU 190 Casa Pueblo: R$ 30,00 Teatro Solis: UYU 90 Palácio Salvo: UYU 200 1º dia – 09.09 - Sábado Meu voo saiu 09:15 do RJ e Chegou às 12:25 em Montevidéu. Eu tinha feito um esboço de um roteiro, sabia mais ou menos as coisas que iria fazer, mas não estava engessado, ou seja, poderia mudá-lo, e realmente isso foi acontecendo por vários motivos que veremos mais adiante. No aeroporto liguei o wifi e comecei a pesquisa o que fazer, minha ideia era ir pro centro de Montevidéu trocar dinheiro e depois ir para a rodoviária Três Cruces e pegar o ônibus para Punta Del este. Eu já tinha reservada uma diária no Hostel El Viajero nesse sábado. Foi então que percebi que fazer isso seria contramão. Seria mais fácil ir pra Punta direto do aeroporto, pois havia no aeroporto uma cabine da COT (empresa de ônibus) que vendia passagem pra Punta. Fiz a besteira de sacar dinheiro no caixa eletrônico do aeroporto, podia ter trocado o dinheiro no cambio, podia ter pagado no cartão, menos isso, porque a cotação desse caixa eletrônico, se revelou a pior que vi em toda a viagem . Ao menos saquei apenas UYU 400. A ideia do saque no aeroporto surgiu ao ler num blog que sacar no Uruguai não é ruim, e as cotações costumam ser boas, percebi que isso vale pra lugares como no centro de Montevidéu, mas não vale para o aeroporto, fica a dica. Almocei no Mc Donald’s do aeroporto, conforme mencionei lá acima foi UYU 235 e teve desconto de UYU 42, total pago de UYU 192 no cartão. (Até o momento no cartão está R$ 22, a fatura ainda não está fechada). Esse desconto que mencionei acima, refere-se ao IVA 18,5% (Imposto de valor agregado, equivalente ao nosso ICMS). Esse desconto acontece quando se paga no cartão de crédito em restaurantes, e hotéis. Peguei o ônibus dás 14:45 e chequei por volta de 17h em Punta, fui ao câmbio e troquei o dinheiro por uma cotação aceitável de 8,55. Cheguei no Hostel El Viajero, que fica bem pertinho da rodoviária em Punta (dá pra ir andando de boa com o mochilão), tomei banho e fui dormir, estava exausta precisava descansar. 2º dia – 10.09 - Domingo Nesse dia não fiz o que tinha planejado, por que choveu, ventou, e não dava pra fazer muita coisa. Esse dia eu tinha reservado de ir a Piriápolis, tinha pesquisado que lá tem uns Cerros bonitos, mas como o tempo não ajudou, e esses passeios precisavam de tempo bom, resolvi não ir pra lá. Enfim, fica pra próxima viagem. Pra não dizer que foi um dia perdido, fui andando do hostel até o shopping de Punta, e comprei o chip da antel para ter internet no celular. A noite estive no Cassino Conrad que é bem pertinho do Hostel, dá pra ir a pé. Não joguei porque não gosto, mas foi interessante a visita. 3º dia – 11.09 – Segunda-feira Nesse dia eu fui ao monumento Los dedos, estava ventando muito, quase fui carregada, hahaha. Em seguida aluguel o carro (melhor coisa que fiz), e fui ao farol de Punta, após fui a Casa Pueblo, e por fim ao Museu Del Mar. Casa pueblo é bem legal, vale a pena ir, tanto pelo visita ao Museu quanto pela vista. Museu Del Mar pode passar batido, parece um deposito de coisas velhas, rs, pra mim só valeu a ida pelos esqueletos de baleia que nunca tinha visto. No hostel El Viajero conheci o Philipe. Como nós dois queríamos ir a Cabo Polônio, e eu disse que iria alugar um carro, ele se interessou em me fazer cia e assim poderíamos dividir as despesas. Cheguei depois das 16h no hostel e não tinha nenhum restaurante aberto pra comer, tive que ir novamente ao shopping de Punta almoçar. Essa é a parte chata de baixa temporada, Punta fica abandonada. Voltei ao hostel busquei o Philipe e fomos rumo a La Pedrera, cidade próxima a La Paloma, onde eu tinha 2 reservas. Chegamos no Hostel Piedra Alta já era tarde acredito que umas 19:20, depois que guardamos nossas coisas, fomos direto ao mercado que fechava as 20h. Numa cidade com 225 habitantes, em baixa temporada, há de se esperar que não tenha muitas opções de mercado e restaurantes, hahaha. Jantamos uma massa pronta de ravioli, acompanhado de um um vinho tinto uruguaio. O hostel cheirava Cannabis e tinha uma plantinha, que acredito que seja, mas como não sou conhecedora do assunto, não sei, rs. Ainda assim adorei o lugar, bem roots, mas bastante acolhedor. Eu tinha duas reservas nesse hostel, mas quando disse que estava querendo dormir em Cabo Polônio a recepcionista me devolveu o valor da segunda diária que eu já tinha pago. Isso não é comum, fiquei encantada com a cordialidade. 4º dia – 12.09 – Terça-feira Demos uma caminhada na praia de La Pedrera, onde tem um barco naufragado. Philipe entrou na água, mas eu nem cogitei essa hipótese, hahaha. Em seguida fomos para La Paloma, lá fomos até o farol, e depois almoçamos. Por fim fomos a Cabo Polônio, deixamos o carro estacionado e pegamos o ônibus (leia-se pau de arara) das 13:30. Ficamos hospedados no Lobo Hostel Bar. Local bem agradável, não há energia elétrica, mas tem água quente no chuveiro pois é a gás. Também é possível carregar o celular. Ahhh o que falar de Cabo Polônio... lindo, lindo e roots, rs. Amei aquele lugar, amei os lobos marinhos, amei o farol, a praia, o hostel, a vibe, enfim amei tudo, hehehe. 5º dia – 13.09 – Quarta-feira Pegamos o pau de arara pela manhã. Chegando no estacionamento, pegamos o carro, e fomos a Punta Del Diablo. O tempo não estava muito bom, tiramos umas fotos e seguimos a Rocha. Em Rocha almoçamos um chivito imenso, rs, em seguida fomos para a Bodega Garzon. No caminho passamos em Jose Ignacio, mais uma cidade com farol. Pernoitamos em Punta no Hostel El Viajero. 6º dia – 14.09 – Quinta-feira Entregamos o carro na locadora, em seguida pegamos o ônibus para Montevidéu. Ao chegarmos em Montevidéu, decidimos ir logo para Colonia Del Sacramento, onde chegamos somente a noite. Esse dia foi apenas de translado. 7º dia – 15.09 – Sexta-feira Colônia del Sacramento foi inicialmente uma colônia Portuguesa. Espanhóis e Portugueses revezaram diversas vezes a posse da cidade. Diante disso é possível ver a arquitetura desses dois países caminhando pelas ruas de Colônia. Uma manhã inteira, andamos por toda a cidade, ela é bem pequena. A tarde pegamos um ônibus de volta a Montevidéu e pernoitamos no Hostel BO. Esse hostel é super underground e fica pertinho da Ciudad Vieja. 8º dia – 16.09 – Sábado Demos uma volta na Ciudad Vieja pela manhã e almoçamos por lá. A tarde Philipe foi pro aeroporto, eu ainda dei uma volta na Plaza da Independência e fiz uma visita guiada ao Teatro Solis. A noite fui pro Che Lagarto, tinha reservado três diárias. Chegando no Che lagarto encontrei com a Stefani, a conheci no El Viajero na quarta-feira e marcamos de ir juntas a Feira Tristán Narvaja no domingo. 9º dia – 17.09 – Domingo Tomamos café e fomos a feira Tristán. A feira é uma loucura, tem fruta ao lado das roupas, é tudo junto e misturado, mas é sensacional. Tem uma parte de livros também, como nós duas gostamos bastante de livros ficamos loucas, hehehe. Após a feira fomos ao estádio centenário, chegamos lá por volta de 13h mas não conseguimos entrar, pois era dia de jogo, e que jogo, o clássico Peñarol e Nacional. Voltamos a Av. 18 de Julio e fomos andando até a Rambla. Fomos até um local onde havia várias pessoas pescando e assistimos ao por do sol. Nesse dia andamos 16 km, hahaha. 10º dia – 18.09 – Segunda-Feira A Stefani foi embora pela manhã. Duas brasileiras que estavam no quarto comigo me disseram que tinha uma loja na Av. 18 de Julio com roupas de frio em liquidação. Eu que amo uma liquidação e roupas de frio, não resisti e fui lá fazer umas comprinhas. E realmente estava barato comprei três casacos pesados mais uma blusa de lã por UYU 1899. Fui andando até a Ciudad Vieja. Fiz a visita guiada ao Palacio Salvo, e depois fui ao Mercado Del Puerto comprar uns souvenirs. 11º dia – 19.09 – Terça-Feira De madrugada passei bastante mal de gastrite , resolvi usar meu seguro viagem, e fui encaminhada para o hospital Britânico que fica a 1km do Che Lagarto. Fui muito bem atendida tanto pela médica quanto pelo enfermeiro que era gaúcho inclusive. Meu vôo foi às 16:55. Fui bem cedo para o aeroporto para fazer umas comprinhas no free shop, hehehe. Assim terminou minha trip no Uruguai. Voltei apaixonada por esse país e pelos Uruguaios que foram muito receptivos. Espero um dia poder voltar.
×
×
  • Criar Novo...