Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''quênia''.



Mais opções de pesquisa

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Mochileiros.com

  • Perguntas e Respostas
    • Perguntas e Respostas
    • Destinos - Perguntas e Respostas
  • Relatos de Viagem
    • Relatos de Viagem
  • Companhia para Viajar
  • Equipamentos
  • Trilhas e Travessias
  • Nomadismo e Mochilão roots
  • Outras Formas de Viajar
  • Outros Fóruns

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


Sobre mim


Ocupação

Encontrado 2 registros

  1. Bom dia!! Pessoal, alguém que queira dividir um safari Massai Mara nos dias 24,25 e 26 de julho deste ano?!
  2. Olá pessoal! Viajei sozinha por 30 dias pelo Continente Africano, passando por 3 países e 5 cidades. Segue abaixo um pouquinho dessa experiência fantástica: - Passagens: Rio x São Paulo / São Paulo x Joanesburgo / Joanesburgo X São Paulo - Total R$ 2.760,00 Latam e TAAG (Tive que comprar a passagem principal por agencia pq estava sem cartão, mas encontra-se promoções em voos diretos super em conta) Joanesburgo x Cape Town - R$ 174,00 pela Mango / Cape Town x Joanesburgo - R$ 275,00 pela Kulula Joanesburgo x Nairobi / Nairobi x Zanzibar / Zanzibar x Joanesburgo - R$ 1.600,00 pela Kenya Airways África do Sul Joanesburgo Fiquei somente 1 dia e meio e minha intenção era conhecer Soweto e o Museu do Apartheid, foi só intenção pq deu tudo errado kkkkk! Me perdi, peguei trânsito e ouvi mais de 4 vezes dos motoristas do Uber: O que você veio fazer aqui sozinha nessa cidade perigosa?hahahahha. Fiquei no bairro Maboneng, descolado e revitalizado mas confesso que não me senti segura em alguns momentos. Hospedagem por lá indico o Curiocity Backpakers, hostel animado, boa estrutura e preço acessível ( R$ 48,00 a diária em dormitório feminino). Do aeroporto até lá peguei o Gautrain, trem bala feito pra copa do mundo super moderno e realmente rápido. Cape Town Hospedagem: Fechei um intercambio pela Ci Intercambio na escola EC- R$ 3.500,00 por 2 semanas em casa de família, café e jantar. Adorei poder conviver com uma familia muçulmana sul africana, seus costumes e dar aquela melhorada no idioma. A escola é ótima, bons professores e ensino dinâmico. Transporte: Se faz muita coisa à pé, mas o transporte público funciona bem. Eu usei muito o Uber, é barato e prático. Alimentação: Come-se muito bem por lá. Diversas opções de gostos e bolsos. Indico o Waterfront por ter vários restaurantes, lojas e um visual lindinho para passar o dia/noite. Clima: Fui em setembro e peguei temperaturas bem baixas. Os dias eram lindos e ensolarados mas o vento ajudava aumentar o frio. O que não deixar de fazer: Table Mountain (R$ 65,00)- Passeio obrigatório e visual incrível! Passeio pelo Cabo da Boa Esperança/Cape Point/Praias dos Pinguins/Muizenberg (geralmente as agências fazem esses lugares em um único tour adicionando um ou outro lugar. Fiz com o pessoal da escola e alugamos 2 vans, o que saiu mais em conta) Vinícolas (Existem passeios exclusivos para as cidades de Franschhoek e Stellenbosch onde estão concentradas as maiores e mais famosas vinícolas. Mas eu decidi pegar o tour de um dia do ônibus vermelho https://www.citysightseeing.co.za/ por R$ 39,00 e conheci a vinícola Groot Constantia. Foi super legal, o lugar é lindo e paguei cerca de R$ 18,00 pela degustação de 5 vinhos + taça de brinde. O ônibus passa por mais 2 vinícolas, além do jardim botânico e praias lindíssimas) Lions Head- A subida da montanha é bem acessível para não profissionais e sedentários como eu haha e a vista é espetacular! Bairros que valem a visita- Bo Kaap(casinhas coloridas), Sea Point, Praias de Muizenberg, Camps Bay Geral: - A moeda é o Rand (1 Rand = 0,23 centavos de real). Levei R$ 1.000,00 e troquei tudo por lá, o que valeu a pena! - A cidade é fantástica e tem inúmeras coisas para fazer além de tudo o que falei. Vale pesquisar em sites e blogs se você pretende ficar mais dias e fazer coisas diferentes. - No geral é bem seguro andar por lá, valendo sempre a dica de não andar muito tarde da noite me lugares pouco movimentados etc - Não é necessário visto - É obrigatório apresentar o cartão de vacinação internacional de febre amarela Quênia Hospedagem: Não reservei nenhum hotel por lá, porque me dividi entre trabalho voluntário e safari. No projeto Hai Africa fiquei por 3 dias, eles levam alimentação e educação às crianças de uma comunidade de lá e é simplesmente maravilhoso presenciar a transformação que provoca na vida daquelas pessoas. Eu conheci a fundadora do projeto, a brasileira Mariana Fischer e fiquei na casa que ela mantém nos fundos da escola, dentro da comunidade. Ela não recebe mais voluntários por conta própria, mas tem agencias parceiras que estão indo pra lá. Sugiro entrar em contato no instagram ou facebook do projeto : @haiafrica. Safari- Fechei com a Kenya Walking Survivor Safari. $ 299,00 por 2 dias com direito a 2 games drive, toda a alimentação e transporte. Clima: Fui em setembro e as manhãs eram frias mas ao longo do dia fazia calor. Geral: - A moeda é o Xelim Quêniano (1 Xelim = 0,031 reais) - Gastei menos de 100,00 dólares em 5 dias com transporte e alimentação (Lembrando que alguns dias comi em casa, mas no geral os gastos por lá não são exagerados) - Brasileiros precisam de visto que é tirado no aeroporto mesmo por 50 dólares. Tânzania Fiquei 1 semana por lá, na Ilha de Zanzibar: PARAÍSO! Hospedagem: Minha primeira foi na cidade, em Stone Town- Zenji Hotel (Amei! Hotel bem localizado, funcionários simpáticos e ótimas instalações). $ 47,00 na diária com café - cerca de R$ 150,00 Segunda hospedagem : Praia de Paje- Me arrependi de não ter ficado mais noites, a praia é super tranquila , quase deserta e o hostel é maravilhoso (Original Teddys Place), com quartos feitos de folhas de bananeira e chão de areia. Paguei 28,00 dólares na diária com café da manhã. Terceira hospedagem: Praia de Nungwi no lado norte da ilha- A praia é linda mas é bem turística e badalada. Fiquei no Homeland Swahili Lodge, 14 dólares a diária com café. Não é tão perto da praia, mas o dono (Crazy Man o nome dele hahaha) oferece transporte grátis para qualquer uma das praias. Geral: -A moeda é o Xelim Tanzaniano (1 Xelim = 0,001 Real). Levei menos de 100 dólares para os 5 dias que fiquei por lá para hospedagem+alimentação e transporte, no final fiquei meio apertada mas o custo de vida lá é baixo e vc consegue comer de frente para o mar pagando cerca de 10 dólares. - Brasileiros precisam de visto que é tirado no aeroporto mesmo por 50 dólares. - Em Stone Town é legal se perder por entre as vielas e casas com portas de madeiras espetaculares - O povo é muito simpático e pronto para ajudar mas fujam dos "beach boys" que ficam oferecendo desde passeios à drogas (?!) - Para mulheres sozinhas é seguro, só meio irritante ás vezes a abordagem dos caras querendo ser seus amigos. - Tem vários passeios pelas praias, mas como minha intenção era fazer absolutamente nada nesses dias, só fui na Prision Island. Lugar lindo onde encontramos as tartarugas gigante s e centenárias (15 dólares o barco até lá e 4.00,00 xelins para ir na parte das tartarugas, menos de 2 dólares) - O transporte é feito basicamente por táxi à preços negociáveis e Dala Dala, o transporte local que faz um mix entre carro de boi/caminhão/lata de sardinha e demora cerca de 2 horas para ir do centro até as praias ahahhaahhaha muita aventura por menos de 3 dólares. - Clima: Calooooorr
×
×
  • Criar Novo...