Ir para conteúdo

Dicas de Noronha + experiência de ter ido sozinha.


lilisst

Posts Recomendados

  • Membros

Fui no fim de agosto de 2011

 

DICAS PARA TODOS

▫ Noronha tem muitas épocas, a época dos surfistas, dos pescadores, dos velejadores, dos mergulhadores e a do agito (esta última: meio/fim de dezembro –meio de janeiro)

 

Os melhores meses para mergulhar são agosto e setembro, quando não costuma ter “swell” (ondas no mar), mas no dia em que eu cheguei teve uns ventos não esperados que deixou a água péssima para mergulho por uns 3 dias. As “operadoras” de mergulho cobram e fazem o passeio mesmo que a visibilidade esteja péssima. Ainda bem que deu para ir no meu penúltimo dia e a visibilidade estava boa.

 

Não se pode mergulhar no mesmo dia em que vai andar de avião.

 

Quem tem sinusite crônica importante, como é o meu caso, deve tratar antes de mergulhar. À princípio, essas pessoas só devem mergulhar com liberação do médico. A minha sinusite é séria, mergulhei, valeu muito a pena, mas não recomendo e não sei se faria de novo. Senti dor no rosto, na cabeça, ouvidos e dentes, além de tontura (que pode realmente acontecer nesses casos), de forma que tive medo de fazer todo o tempo que eu tinha direito e não pude ir muito fundo.

 

▫ fiz um curso de mergulho na Atlantis (R$ 880, 2 aulas teóricas, 2 práticas), foi legal. Adorei conhecer os equipamentos e ter a oportunidade de ficar com a resipiração bem natural no dia do mergulho, além de pedir ao instrutor que me levasse um neoprene extra pq senti frio na piscina, imaginem no mar. Não fiquei com a sensação de que mergulhar sem um treinamento antes fosse seguro, mas ouçam também quem fez só o “batismo”. Mulheres muito friorentas, peçam um neoprene bem espesso, já que talvez eles não disponibilizem 2 para o batismo.

 

▫ Seu Rubens (81-99178152) é uma atração à parte. Peguei “táxi” (buggys, independentemente do destino, 15-20 reais geralmente) com ele no último dia, 3 vezes. É um senhor calmo sabe TUDO de Noronha, de toda a história, arquitetura das casas, vegetação, fenômenos da natureza, com um enfoque sempre interessante. Quem quiser, pode fazer o ilhatur no buggy com ele por R$ 300,00, espaço para 4 pessoas. Desvantagem é só o sol o dia inteiro, mas se ligue, em vez de escutar forró brega o dia inteiro, vc vai ter um papo super legal. Eu não fiz o ilhatur, mas seu Rubens disse que nas agências têm as land rovers e vi umas pick-ups com o fundo coberto que não parecia ser muito legal. Se for fazer com agencia, pergunte qual seria o carro.

 

▫ pizzaria “Na moita”, o ambiente é especial, não tem parede, é um lugar bem charmoso (nessa época aberto até 22:30h, pizza grande – 38 reais)

 

▫ fim de tarde – forró legal na praia da Conceição

 

▫ Noronha tem rapel! Eu fiz, adorei a experiência, mas não sei se a empresa (ATM, procurar Neto, se informe no tamar) tem alguma certificação (se é que existe certificação pra isso, sei que a Atlantis é certificado pelo INMETRO). Para dizer a verdade, gostei de conhecer o rapel e fazer a trilha, mas para deslizar na corda mesmo só os experientes, tem que ter uma técnica especial com a corda que eu não peguei, mas valeu a pena.

A trilha tem um pouco de dificuldade, mas não tanta, é difícil graduar. Vá de calça comprida que seja bem maleável para evitar a picada das “cafifas” (umas formigas minúsculas) e para não ralar as pernas.

 

▫ fiquei na pousada da Mana (100 reais a diária, na Vila dos Trinta) e adorei. A d. Mana e a d. Nete são super gente boa e amei a decoração da pousada, bem “clean”,toda branquinha com uns quadros legais, o quarto a mesma coisa, tudo bem limpo, só não gostei do cheiro forte de naftalina do guarda-roupa deste quarto,que era o 1º quarto de todos, se forem pra lá, evitem este quarto ou perguntem se eles botaram naftalina recentemente, rsrs. O café da manhã é super variado e gostoso, mas não tem suco, tem leite, café e chocolate em pó. A pousada fica perto de um mercado, o que é bom para comprar as garrafas de água mineral.

 

▫ restaurante Quentinha do Valdênio (próximo à pousada da Mana). Comida caseira, com 15 reais come até duas pessoas que não esteajm com muita fome.

 

▫ sobre as palestras do Tamar – informe-se do tema antes para ver se será imperdível. Dizem que a do tubarão e a que fala da ilha são ótimas, mas que tem outras que não tem nada haver com a ilha, tipo animais que não tem na ilha. Cheguei no fim de uma que o tema era “bioconstrução” e ngm gostou, mas, de verdade, fiquei curiosa por ter visto toda. Qualquer pessoa pode se voluntariar e dar uma palestra lá.

 

▫ não fui pro forró do cachorro, mas dizem que chega todo mundo de repente à meia-noite, rs.

 

▫ leve: repelente (não tem tanto mosquito), snorkel e máscara se tiver (aluguel 15 reais/dia). O snorkling na praia do Sancho é legal. Se tiver só a máscara leve, eles te dão um descontinho no mergulho também.

 

▫ estive recentemente lá e os dois caixas 24h estão quebrados. Meu Banco é o do Brasil e não consegui tirar dinheiro.... Lá tem o banco Santander, então quem tiver conta neste banco pode ficar tranqüilo.

 

▫ olhe pro céu. Não lembro de ter visto um tão estrelado...

 

▫ não deixem de ler este relato fantástico: fernando-de-noronha-o-paraiso-existe-sim-t59469.html, que acabei de ver...

 

▫ é possível pagar a taxa ambiental pelo site noronha.pe.gov.br, dizem que chegando lá nas épocas muito movimentadas tem uma fila considerável

 

A PARTE “FARSA” DE NORONHA

▫ Fiquei pensando num post aqui do mochileiros de que Noronha era uma farsa e sob uma ótica, a dos barcos a motor cheio de gente bebendo e fumando é mesmo, mas fugindo disso aí, dá pra entrar em contato de verdade com a natureza. Bem outra coisa me fez lembrar do post da farsa: Pensei que quem ousasse a falar sobre a ilha seria só gente super bem treinada, mas nesses passeios a barco, tem uns guias que não sabem absolutamente nada de nada (o único que eu fiz (o “do entardecer”) foi com a Atalaia, a empresa mais conhecida, mas que talvez não seja a melhor). Pensei que houvesse uma reciclagem permanente de guias, mas me disseram que basta fazer um curso de 10 dias, não apurei os fatos, mas me deparei com duas “tontas” como guias neste passeio, uma que não sabia de nada ensinando a outra a mentir quando lhe fosse perguntado coisas que não sabia. Triste... Eles venderam esse passeio dizendo que veríamos golfinhos, mas não vimos nenhum. Tem um passseio pela manhã para isso, mas vi aqui nos mochileiros depois que voltei que o barco incomoda muito os golfinhos...

 

INDO SOZINHA....

Fui sozinha e foi bem doloroso no começo, não estava com o espírito tão aberto para ter viajado sozinha realmente, mas no final, gostei de ter ido. No 1º dia, fiz o passeio de barco do qual falei acima e tive a "sorte", ainda por cima, de ir no barco eu + 6 casais... a ida foi horrível ninguém falava com ninguém e eu espremida entre aqueles casais com um humor maravilhoso tendo que ouvir a nossa maravilhosa guia dizer “vou tirar uma foto sua agora pra vc botar no orkut, Orkut não hahaha, facebook”. Eu pensei, meu Deus, o público disso aqui é gente que só vem pra posar pra uma foto e ir embora? A verdade é que os casaizinhos do barco se mostraram super simpáticos e me fizeram me sentir mais confortável na volta. Deu até pena depois de não vê-los mais... Fiquei relativamente amiga de 2 meninas, mas não dava mais pra mim, um casalzinho italiano exagerava no cuidado comigo e me fazia me sentir uma idiota, rs... Ah, quem quiser fazer passeio a barco lembrem do dramin! Tinha mesmo que encarar uma programação sozinha, então procurei o curso de mergulho, o rapel e fazer snorkling nas melhores praias. No curso de mergulho, o instrutor me deu muitas das dicas acima, no rapel conheci uma capixaba gente boa e combinamos de camminhar pelas praias e jantar juntas e no meu último dia, na praia do Sancho, fui fazer snorkling e de novo encontrei pessoas super cuidadosas. Um guia me orientou a ficar no raso, meio que numa piscina, quando voltei pra casa, vi isso aqui no mochileiros:

"Então ... o fato é que independente do swell, algumas praias como o Leão e o Sueste possuem correntes bem rápidas traiçoeiras, que levam banhistas desavisados para o mar aberto ... tem alguns casos de banhistas do Boldró (se não me engano até um deles foi um bombeiro) que foram levados por uma dessas correntes, e os corpos só foram encontrados nas proximidades de Fortaleza ..."

Tive a sorte de ficar amiga de uma família do amazonas que estava com uma família dos EEUU, todo mundo muito legal e fui pra mais longe com eles, deu pra ver alguns cardumes lindos e alguns viram uma tartaruga. Bem, eu imaginava que iria encontrar milhões de cardumes juntos, como a gente vê em fotos, mas depois da decepção inicial é muito bom se dedicar e curtir a beleza de cada peixe...

 

 

Bem, agradeço a todos os mochileiros que postam aqui, foram muito boas as dicas de vcs e espero ter contribuído também. :)

Editado por Visitante
Link para o comentário
  • Colaboradores

lilisst

 

Muito bom o relato. Pena voce ter se sentido meio mal por ter ido sozinha, mas olhando por outro ponto de vista, as vezes faz um bem... Se fosse o Trota, ja estaria enfarado de tanta solidão. Suas dicas foram muito boas, para quem curte mergulho e esportes que exigem mais força fisica. (o que definitivamente não é o meu caso, até encaro, mas entre uma praia estirado na areia e um rapel...). Coloca as fotos que porventura tiraste ai...

Link para o comentário
  • Membros

Oi, Arlan, obrigada! A solidão foi difícil no início, mas no fim foi gostoso sair sozinha por aquelas praias quase desertas... Um sensação boa de liberdade. As suas fotos estão fantásticas. Tentei colocar as minhas, mas estão com resolução maior que o permitido pelos mochileiros. Como eu faço para reduzir, vc sabe?

Link para o comentário
  • Colaboradores

lilisst

 

Olá. terás que usar um editor de imagens. No meu caso eu uso o Corel Photo Paint. Tem varios de graça na Net, procura por editores de imagem no Baixaki que tu encontra. Ai voce reduz o numero "de pixel" da imagem. Este é o problema de uma maquina com muitos mega pixel... as imagens ficam imensas. Se voce nãoconseguir, podes enviar os arquivos para mi que eu reduzo para ti. ([email protected])

 

Trotta

 

Sózinho... no frio... pois éh. Fica ai todo se querendo para as guria do site... Tomara que tu leve uma chave de pernas em Noronha em Dezembro que te entorte a espinha!

Link para o comentário
  • Membros

Arlan, muito obrigada! Quando eu tiver um tempo, vou tentar baixar este programa. Se não der certo, te falo.

Trotta, tel da Pousada da Mana - (81)3619-1240. Acho que quanto antes vc reservar uma pousada, melhor o preço que pode conseguir, porque vai ter mais opções. O guia 4 rodas faz uma seleção das melhores e diz os valores de cada uma nas diferentes estações, a dica da P. da Mana vi lá.

Link para o comentário

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...