Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Gregoriano

Chile de carro - Santiago - Litoral - Vale Central - Região dos Lagos e Vulcões - Chiloé c/ fotos

Posts Recomendados

Após muitas consultas a relatos, roteiros e dicas de passeios, sempre úteis em nossas viagens, achamos justo compartilhar nossa trip com todos do site mochileiros. Aproveitamos as férias (DEZ 09 /JAN 10) e partimos para o Chile, onde viajamos 18 dias por um país repleto de belezas naturais, um povo muito educado, pescados maravilhosos, o kuchen (sobremesa de folheado com frutas vermelhas), além de seus bons vinhos e claro, os Andes, obra prima da natureza.

 

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20111008173508.jpg 500 375 Santiago]Santiago - Palácio de La Moneda[/picturethis]

 

Roteiro:

SP - Santiago (LAN)

Santiago - Viña del Mar, Reñaca - Valparaiso (carro)

Santiago - Curicó - Los Angeles - Pucon - Valdivia - Puerto Varas - Puerto Mont - Isla de Chiloé (carro)

Puerto Mont - SP (Lan)

 

20111008174143.jpg

 

Santiago: - Moraríamos nesta cidade tranquilamente!! (por que tranquilamente?).

Com todos os atrativos de uma cidade grande, só que com ritmo de cidade média (moramos em São Paulo), Santiago oferece a seus moradores e visitantes muitos passeios, metrô, museus, faculdades, catedrais, restaurantes, vinícolas (próx. da cidade), praças, cerros com vista panorâmica, mercado municipal, bares noturnos, etc... limpa, plana, e com a pré cordilheira logo ali , emoldurando a metrópole. Vai atravessar a rua, o carro pára, você atravessa, no início estranha, depois percebe como seria bom se aqui fosse assim também! Usamos muito o metrô, fácil e seguro.

Vale a pena ficar na cidade pelo menos 4 dias inteiros.

Plaza das Armas - fomos de metrô até a Plaza, ponto histórico da cidade, movimentada, cheia de estudantes, turistas, limpa, segura, cercada de bancos, escritórios, restaurantes, bares e barracas de rua. Lá visitamos a Catedral de Santiago, o prédio dos Correios, com arquitetura e museu interessantes. Entramos na Prefeitura, o pátio interno é muito bonito. O coreto da praça é ponto de encontro de praticantes de xadrez que passam horas jogando.

Visitamos o Museu de Arte Pré Colombiano.Calle Bandeira, 361. Muito bom.

 

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20111008202242.jpg 500 375 Legenda da Foto]Museo Pré Colombiano - Chile[/picturethis]

 

Conhecemos o Pálacio La Moneda e visitamos tb o Centro Cultural Palácio La Moneda no sub-solo da Plaza Libertad. Em frente ao La Moneda assista a troca da guarda, fica lotado de turistas, é diferente.

Suba nos dois cerros da cidade, O Cerro Santa Lucia, localizado no centro e o Cerro San Cristóvan, em Providencia, ambos com visuais imperdíveis da cidade e da Cordilheira dos Andes .

Passeamos pelo Parque Arauco no bairro de Las Condes e aproveitamos para conhecer o Shopping Parque Arauco, gigantesco.

Caminhamos bastante pelos Calçadões Ahumada e Huérfanos no centro, lá estão localizadas várias casas de câmbio com boas cotações.

Experimentamos e aprovamos o famoso sanduíche BarrosLucco , carne de vaca ou porco com queijo e palta (creme de abacate). Provamos o Motte com Huesilhos (espécie de refresco com pêssegos e cereal) e elegemos o do Cerro San Cristovan o mais gostoso de todos.

Passeie pelas ruas do bairro Paris Londres, atrás da Igreja e Convento de S.Francisco, aproveite para comprar morangos, pêssegos, damascos e cerejas, frescos e deliciosos, vendidos em barraquinhas ao lado da igreja.

 

Dica: Bar Arcano (noite) Gral.Salvo, 88 Bairro de Providencia.

Dica: Não deixe de comprar nos supermercados (Santa Isabel/Eltite) os ramons (presuntos) de vários tipos : o tradicional, o acaramelado, o ahumado (defumado) e o artesanal. Achamos muito mais gostosos que os nossos, aproveite e leve um vinho.

 

 

Hospedagem: Bairro Providência (ótima localização e seguro) Hotel Presidente - http://www.presidente.cl

 

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20111008174355.jpg 500 375 Legenda da Foto]Santiago Plaza de Armas[/picturethis]

 

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20111008174711.jpg 500 375 Legenda da Foto][/picturethis]

 

20111008202451.jpg

 

20111009094409.jpg

 

20111009094507.jpg

 

20111009094640.jpg

 

20111009094808.jpg

 

20111009094852.jpg

 

20111009094939.jpg

 

 

Viña del Mar - Reñaca - Valparaiso

 

Alugamos um carro e fomos passar o dia no litoral do Pacífico.

 

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20111009095109.jpg 500 375 Legenda da Foto]Viña del Mar [/picturethis]

 

Viña del Mar é uma cidade balneária muito parecida com cidades como Guarujá e Camboriú, para quem gosta de lugar sofisticado, com prédios, muita balada e bastante infra, ok, o que fizemos de melhor por lá foi conhecer o Museo Francisco Fonck, http://www.museofonck.cl . Na entrada do museu há uma estátua de um MOAI trazido direto da Ilha de Páscoa, museu muito interessante.

Na cidade tem um luxuoso cassino para quem quiser apostar. Caminhamos pela cidade e pela orla marítima, se preferir pode fazer o trajeto em elegantes carruagens puxadas por cavalos bem cuidados. No verão Viña fica lotada de jovens atrás de shows e eventos espalhados pela cidade.

 

20111009095024.jpg

 

 

Reñaca, bela praia ao norte de Viña, suas construções, espalhadas morro acima em forma de escada (tipo arquibancada), lembram Ubatura-SP.

O atrativo maior é a praia (água fria), com calçadão para passear na orla, curtindo o mar, a arquitetura da cidade, seu povo e seu comércio, vale uma passada rápida.

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20111009095212.jpg 500 375 Legenda da Foto]Reñaca[/picturethis]

 

 

Dalí rumamos para a pitoresca e singular Valparaíso, cidade portuária, declarada pela Unesco - Patrimônio da Humanidade. Você vai gostar muito ou não, aqui vale o que cada um sente, nós gostamos muito, pena que não passamos a noite para ver a cidade iluminada . Capital Federal do Chile, abriga o Congresso Nacional e o Palácio do Presidente. A cidade promove a maior queima de fogos do país na noite de reveillon.

 

20111009095258.jpg

 

20111009095355.jpg

 

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20111009095940.jpg 375 500 Legenda da Foto]Valparaiso cidade baixa[/picturethis]

 

Passeios pelos funiculares e ascensores (toda a cidade é servida destes transportes) te levam da cidade baixa pra cidade alta, e vice-versa, parando em mirantes estratégicos com vistas maravilhosas. Vale a pena conhecer o Paseo 21 de Mayo, Plaza Sotomayor em frente ao Mercado do porto e Matriz del Salvador, Fundacion Pablo Neruda -La Sebastiana, museus , etc.... deixamos o carro estacionado e saímos a pé!

 

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20111009095741.jpg 375 500 Legenda da Foto]Valparaiso[/picturethis]

 

Caminhamos muito pelas cidades baixa e alta, com os ascensores e funiculares fomos de um cerro a outro. No Cerro Alegre descobrimos, por acaso, na Almirante Montt, 532, o Malandrino Il Pizzaiolo, pequeno restaurante no segundo andar de um casarão, peça as pizzas e o vinho da casa, muito bom!

 

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20111009095543.jpg 500 375 Legenda da Foto]Pizza em Valparaiso[/picturethis]

 

Dica 1: Café de Iris no Paseo Atkinson, 110, local agradável, cafeteria, comida rápida e vista panorâmica.

Dica 2: El Desaynador Breakfast, Almt. Montt, 399 http://www.eldesaynador.cl , padaria típica de Valpo, legal.

No fim do dia voltamos para Santiago e jantamos no Bairro Bela Vista.

 

 

Início da viagem para o sul do chile - Ruta 5 Panamericana

 

20111008184248.jpg

 

 

Curicó:

Pequena cidade localizada a 170Km da capital, no Vale Central , onde estão os melhores vinhedos do país, são mais de 15 espalhados pelo vale.

Cidade muito agradável, serve de base para os tours aos vinhedos. Os passeios podem ser organizados por agências ou por conta própria (se beber não dirija), no Chile os Carabineiros (Polícia) não dão moleza! Fomos parados diversas vezes nas estradas, ficamos mais tranquilos quando percebemos que são muito honestos e adoram brasileiros. Levamos a PID, permissão internacional para dirigir, não pediram nenhuma vez, só a carteira nacional de motorista foi suficiente.

Vai conhecer os vinhedos e beber vinho? - o lugar é Curicó!

 

20111009144855.jpg

 

20111009144522.jpg

 

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20111009100049.jpg 500 375 Legenda da Foto]Calçadão de Curicó [/picturethis]

 

Ficamos hospedados no Hotel Turismo Curicó -(http://www.hotelturismocurico.cl) - lá você poderá utilizar os serviços da agência do vinho (escritório no hotel), vale a pena contratá-los para os passeios (pode experimentar vários vinhos....eles te trazem de volta pro hotel são e salvo!).

Vimos um lindo pôr-do-sol num pequeno cerro, visual muito bonito da cidade e do Vale Central!

A Praça Central , com suas árvores centenárias, é outro atrativo desta simpática cidade que foi muito afetada pelo terremoto de 2010. Hoje em dia é possível ver sinais da destruição em algumas construções. Estivemos antes do terremoto.

 

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20111008184908.jpg 375 500 Legenda da Foto]Igreja cidade de Curicó [/picturethis]

 

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20111008184529.jpg 500 375 Legenda da Foto] Vista cidade de Curicó e Vale Central[/picturethis]

 

 

Los Angeles (520Km Sul - de Santiago)

 

20111009100204.jpg

 

Mais ao sul, a caminho da região dos lagos e vulcões, você vai passar por Los Angeles, cidade bem maior que Curicó.

O que tem de melhor nesta cidade é o Parque Laguna del Laja, distante 80Km (Leste), possui estação de esqui na encosta do Vulcão Antuco, com trilhas incríveis (fácil acesso), cachoeiras, saltos e áreas de descanso para pique nique. Há tb um imenso lago, formado por erupções vulcânicas, de intensa cor verde esmeralda, onde vimos muitos chilenos com seus barquinhos de lazer, velejando pra lá e pra cá, com o maravilhoso Vale da Lua acima (chega-se de carro ), cercado por montanhas de lavas, lagos, cachoeiras e picos nevados, além do vulcão, que já vale o passeio.

Dica 1: mesmo que em Los Angeles esteja quente e com Sol, leve agasalho.

 

20111009100308.jpg

 

20111009100656.jpg

 

No pé do vulcão tem infra-estrutura (básica) de restaurante/bar e cabanas (feitas de toras de madeira) para alugar, se já não estivéssemos hospedados no hotel da cidade, ficaríamos 1 noite lá, são cabanas tipo Daniel Boone, quer água quente e lareira acessa? vai cortar lenha.... Dia maravilhoso!

 

20111009100752.jpg

 

20111009101130.jpg

 

20111009100930.jpg

 

20111009101021.jpg

 

Hospedagem: Hotel Diego del Amagro,(http://www.diegodealmagrohoteles.cl) localizado na saída da cidade, no início da estrada que leva ao parque.

Café da manhã delicioso.

Dica 2: vale mais a pena jantar no restaurante do hotel do que procurar um restaurante bom na cidade, não perca tempo... aproveite para descansar!

 

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20111008185500.jpg 500 375 Legenda da Foto]Parque Nacional Laguna del Laja - Los Angeles[/picturethis]

 

 

Pucón: (870Km Sul - de Santiago)

 

20111009101732.jpg

 

Deixamos a Ruta 5 e fomos em direção ao Leste (Região dos Lagos), para a linda, sofisticada e agitada cidade de Pucon (espécie de Campos do Jordão), preparada para receber turistas muito exigentes. Pucón não é exatamente uma cidade barata, mas valeu conhecê-la.

 

 

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20111009101242.jpg 500 375 Legenda da Foto]Playa Grande - Pucon

 

A cidade é linda, no pé do Vulcão Villarica, cercada por lagos, montanhas com neve eterna e florestas preservadas

O maior atrativo da cidade é o Vulcão Villarica (dá para ver uma fumacinha branca sair dele) e o Parque Nacional Huerquehue.

Diversos passeios de aventura podem ser contratados nas agências espalhadas pela avenida principal, é um vai e vem de pessoas na cidade o dia todo agendando passeios.

Infelizmente nos 4 dias que lá ficamos, 3 foram debaixo de muita chuva e não foi possível subir no vulcão nem conhecer um dos melhores parques nacionais do Chile....vamos ter que voltar....

Mesmo chovendo muito fomos ao Parque Nacional Huerquehue, e vimos pela janela do carro, um pouco deste maravilhoso parque que atraí tantos visitantes. O Parque é enorme, para se ter uma idéia do tamanho, existem trilhas que demoram 7 dias para serem vencidas (estrutura de camping e cabanas no percurso), famílias inteiras praticam trekking pelas trilhas no verão. Na parte mais alta do parque visual do Lago Caburga, Tinquilo e do Rio Pucon.

 

20111009101439.jpg

 

20111009101528.jpg

 

Se voltar cansado do passeio, que tal mergulhar numa piscina natural de água quente? Em Pucón você tem várias opções de termas, algumas sofisticadas outras bem rústicas. Fomos na Termas de Huife, (http://www.termashuife.cl) muito bonita, com piscina coberta e descoberta, caminho Pucón - Huife, Km 33.

 

 

20111017172247.jpg

Termas de Huife - Pucon[/picturethis]

 

Dica: se não quiser desfrutar as termas com crianças, adolescentes e familhão, opte por um horário mais cedo, evite final de tarde e noite (balada de jovens) se essa for a sua...

 

Você vai notar espalhados pela cidade, semáforos e rotas de fuga usados em caso de erupção vulcânica, sim, o vulcão esta ativo!! Os lagos são formados pelas erupções, suas praias são de pedrinhas vulcânicas, diferente das praias que estamos acostumados neste lado dos Andes.

 

Outra atração são as vistosas flôres de papel feitas artesanalmente e vendidas numa barraca na entrada da cidade.

 

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20111009101905.jpg 500 375 Legenda da Foto]Perro - A parede é aquecida - Pucon[/picturethis]

 

Hospedagem: Grand Hotel Pucón ,(http://www.granhotelpucon.cl) localizado na playa grande ao lado da playa chica, hotelzão com serviço muito bom e um café da manhã sensacional!!!. Pode escolher quarto virado para o lago ou para a cidade com vista do vulcão. Dica: peça quarto reformado (tivemos que cambiar nuestra habitacion , nos colocaram num quarto para fumadores....horrível).

Fomos embora de Pucón com aquele sentimento de "Temos que voltar com Sol...algum dia").

 

20111009101335.jpg

 

Dica 1: Na cidade vc pode comprar batata frita na hora e servida em saquinhos. (pequenas lojinhas) delícia.

Dica 2: Restaurante Los Lagos, Miguel Ansorena, 302 - gostoso e preço justo, comemos o filet a lo Pobre (carne de vaca com ovos fritos e cebola).

Dica 3: El Arriero de Tijuana, Miguel Ansorena, 303 - Experimentamos a famosa cazuela (sopa tradicional) acompanhada de vinho, claro!

 

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20111008185749.jpg 500 375 Legenda da Foto]Pucon e o Villarica[/picturethis]

 

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20111008185948.jpg 500 375 Legenda da Foto]Parque Nacional Huerquehue- Pucon [/picturethis]

 

Saindo de Pucón , - existe outra opção de caminho para quem vai voltar à Ruta 5 (Panamericana) e ir com destino as cidades da Região dos Lagos e Patagônia:

Utilizamos estradas secundárias que passam por cidadezinhas encantadoras, banhadas por lagos, praias de pedrinhas vulcânicas e areia preta, onde pudémos apreciar a paisagem com montanhas, vulcões, lagos , sítios, fazendas, celeiros com animais, enfim, cenários que tiraram nosso fôlego!

Nestas pequenas cidades tivémos contato direto com descendentes dos índios Mapuches, antigos donos desta região do Chile, esse contato com o interior do Chile e seu povo, muito diferente do pessoal da capital, enriqueceu bastante nossa viagem!

Cidades que passamos neste trajeto: Lincan Ray (25Km) , Panguipulli (38Km) distantes de Pucón, passando pelos lagos: Cafafquen, Panguipulli, Riñhue e pelos vulcões: Lanin e Quetrupillan.

 

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20111009102008.jpg 500 375 Legenda da Foto]Panguipulli e Lago Lican Ray[/picturethis]

 

20111009102102.jpg

 

20111009102144.jpg

 

 

De lá resolvemos conhecer Valdívia (litoral do Pacífico) , e fomos para oeste, andamos cerca de 120Km e chegamos na cidade de Valdivia.

 

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20111009102430.jpg 500 214.285714286 Legenda da Foto] Valdivia[/picturethis]

 

A principal atração é o Mercado Fluvial às margens do rio Valdívia, onde leões marinhos, focas, gaivotas, mergulhões e pássaros disputam restos dos peixes que são jogados fora pelas peixarias do mercado. É possível ficar horas observando tudo o que acontece neste movimentado lugar. Há várias espécies de mariscos, peixes, frutos do mar, temperos , iguarias e outras comidas exóticas que não temos aqui no Brasil.

 

20111009102229.jpg

 

20111009102316.jpg

 

Um resto de peixe é lançado para o alto e....tchum...passou uma gaivota e pegou no ar, o leão marinho fica com aquela cara de cadê? -tava na minha boca....é muito interessante ver aqueles animais enormes, alí, pertinho de você.

 

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20111008190301.jpg 500 375 Legenda da Foto]Mercado Fluvial - Valdivia[/picturethis]

 

Valdívia nos pareceu um bom lugar para dormir, não foi nosso caso, almoçamos em uma lanchonete tradicional, na praça central, chamada Schopdog, lá bebemos as famosas cervejas artesanais, feitas por colonos e o chope alemão, pena que estava dirigindo e tomei apenas 1 caneca...ona. Retornamos para a Panamericana (45km) e seguimos em direção a Puerto Varas - 1100 km sul de Santiago.

 

 

Puerto Varas é uma linda cidade à margem do Lago Llanquihue com diversas atrações e belezas naturais.

 

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20111008190611.jpg 500 375 Legenda da Foto]Puerto Varas[/picturethis]

 

 

Ficamos hospedados no Hotel Lincarayen (http://www.hotelicarayen.cl), a beira do lago LLanquihue, próximo ao cassino ,bem localizado! O hotel tem cheiro de torta alemã que acabou de sair do forno! sensacional!

 

20111009103715.jpg

 

Dica: Restaurante Donde El Gordito - Curantos, Pescados, Mariscos e Carnes, na Calle San Bernardo, s/n , ao lado do mercado central, lembro até hoje do sabor de meu prato, um salmão com molho de camarão e gorgonzola, inesquecível!

 

20111009103631.jpg

 

O vulcão Osorno - 1hora de carro - é a maior atração da região, majestoso, com neve eterna no pico, é uma ótima opção de passeio. Chegamos de carro até a base do teleférico onde subimos até o pico, com neve mesmo no verão. A vista é belíssima, pode-se ver o Lago Llanquihue, o oceano Pacífico, a Cordilheira dos Andes e a cidade de Puerto Varas. Imperdível essa subida.

20111009103552.jpg

 

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20111008190821.jpg 500 375 Legenda da Foto]Lago Todos Los Santos - cidade de P.Varas - oceano Pacífico[/picturethis]

 

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20111008191244.jpg 500 375 Legenda da Foto]Vulcão Osorno [/picturethis]

 

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20111008191438.jpg 500 375 Legenda da Foto]Lago Todos los Santos e Pontiagudo - P.Varas[/picturethis]

 

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20111008192618.jpg 500 375 Legenda da Foto]Puerto Varas[/picturethis]

 

No Parque Nacional Vicente Rosales, caminho para o Osorno, destaque para o Saltos de Petrohué, onde fortes corredeiras de água cor verde esmeralda podem ser admiradas por caminhos em passarelas de madeira e trilhas na mata completam o passeio. Gostamos muito desse lugar. O parque possui lojinhas de artesanato e WC.

 

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20111008192116.jpg 500 375 Legenda da Foto]Saltos de Petrohué - P.Varas[/picturethis]

 

20111009103515.jpg

 

Mais próximo a Ensenada,à margem do Lago LLanquihue, encontra-se a Laguna Verde, também de cor verde-esmeralda, encravada no meio da mata, chegamos por uma trilha bem sinalizada que começa no estacionamento . Vale uma passada.

 

20111009103430.jpg

 

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20111009103906.jpg 500 375 Legenda da Foto]Laguna Verde - Ensenada - P.Varas[/picturethis]

 

 

Fizemos um passeio muito bom que foi dar a volta no Lago LLanquihe- 195 km - cidades que valem muito a parada pois possuem arquitetura, costumes e tradições tipicamente alemãs : Frutillar, Puerto Octay e Ensenada.

 

20111009103023.jpg

 

Frutillar, a mais bonita das três, com vista privilegiada para o Osorno, é conhecida como a "cidade musical", pois é lá que acontece o festival mais importante de música do Chile, no recém inaugurado Auditório Musical de Frutillar. Aproveite para experimentar o Kuchen, típica torta alemã com frutas vermelhas da região, demais!

20111009103137.jpg

 

20111009103221.jpg

 

 

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20111008192830.jpg 500 375 Legenda da Foto]Frutillar - P.Varas[/picturethis]

 

Vale uma parada no Museu Colonial Alemão, a céu aberto, muito bonito e germanicamente arrumado.

 

20111009103059.jpg

 

Dica 1: Restaurante Alemão Espantapajaros, Quilanto, km 6 desde Frutillar a P.Octay , imperdível, estilo self-service ou tenedor libre (comida e bebida), comemos e bebemos muito bem, a especialidade da casa é o javali no espeto. A churrasqueira é comandada por um alemão tamanho 3 X 2, igualmente exagerado é o tamanho do espeto do javali, uns 3 metros de comprimento, imagine o tamanho da churrasqueira . Linda casa feita em madeira e vidro com jardim e vista para o Osorno, ideal para um descanso depois da insanidade cometida a pouco ... e antes de voltar para a estrada e ter que dirigir. Esta estrada que circunda o lago é de asfalto e muito tranquila!.

 

20111009103301.jpg

 

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20111008191832.jpg 500 375 Legenda da Foto]Vista do Restaurante Espantapajaros -P.Octay [/picturethis]

 

 

Puerto Octay, 30 km de Frutillar, margem norte do lago. Lá passeamos a pé pela praia Baia Centinela, conhecemos um guia chileno, no centro de informações turísticas, que nos deu uma aula completa (completa mesmo) sobre os vulcões do chile e do mundo. Muito interessante o que aprendemos. E assim terminou a volta no lago. Voltamos para o hotel e aquele cheiro de torta de enlouquecer, gostoso era saber que no café da manhã do dia seguinte iríamos comê-la.

 

 

 

Pueto Montt

 

Utilizamos uma estrada secundária para ir de Puerto Varas a Puerto Montt , evitando assim, o pedágio da Panamerica.

Puerto Montt a 16 km sul de P.Varas - 1116km de Santiago, lá fica o Aeroporto El Tepual (o maior e mais importante da região), cidade grande, com importante e movimentado porto (passagem e partida de navios e barcos para a Antartica e resto do mundo).

 

20111009102537.jpg

 

Visitando a cidade, nos fez lembrar a topografia de Salvador, com cidade alta e cidade baixa. Para turismo, o que interessa esta na parte baixa, lá fica o porto e o Mercado Angelmó, lugar movimentado e divertido, possui restaurantes, bares e barracas com vários produtos da região, vimos uma cebola do tamanho de uma bola de futebol, acreditem! Mexilhões e frutos do mar gigantes, um lugar muito interessante com arquitetura inglesa. Perto dali existem barracas que vendem artesanatos, roupas típicas, lembrancinhas de viagem, presentes com lápis lázuri (pedra azul semi-preciosa) , e tudo o que for possível imaginar.

Nesta rua, em frente as barracas, vimos alguns pubs e bares , bem pitorescos, frequentados por Marinheiros.

 

20111009102649.jpg

 

20111009102745.jpg

 

20111009102845.jpg

 

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20111008193009.jpg 500 375 Legenda da Foto]Mercado Angelmó - Puerto Montt[/picturethis]

 

Da praça de alimentação do shopping, é possível apreciar a vista parcial da cidade, do porto e da baía de P.Montt , vimos um belíssimo pôr do sol. Voltamos para o hotel, jantar e cama.

 

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20111008200505.jpg 500 375 Legenda da Foto]Puerto Montt [/picturethis]

 

Arquipélago de Chiloé - 100km sudoeste de P.Varas - A travessia do canal é feita por balsas que demoram em torno de 1 hora para ligar a cidade de Pargua, no continente à Chacao em Chiloé.

Cidades que conhecemos : Ancud , vale a pena conhecer as ruínas do Fuerte Ahui, com vista para o mar e para os fiordes de Ancud. Dizem que só tem lá e na Irlanda.

Castro, 88km de Ancud -sul- , as atrações são as igrejas construídas totalmente em madeira, declaradas Patrimônio da Humanidade pela Unesco e as inúmeras construções em palafita, nada demais, um comércio de rua, praça central e museu com feira de artesanatos.

Consideramos o passeio ao arquipélago legal, porém, muito caro (levando em conta a distância percorrida e o valor da balsa). Achamos Ancud e Castro cidades muito simples e sem a estrutura das outras cidades que passamos, foi difícil até achar um restaurante (mediano) para almoçar. Valeu pela travessia do canal onde pudemos ver focas, leões marinhos, pinguins e aves.

 

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20111008200825.jpg 500 375 Legenda da Foto]Travessia Canal Chiloé [/picturethis]

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20111008201225.jpg 500 375 Legenda da Foto]Chiloé[/picturethis]

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20111008201402.jpg 500 375 Legenda da Foto]Ancud - Chiloé[/picturethis]

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20111008201541.jpg 500 375 Legenda da Foto]Ancud - Chiloé[/picturethis]

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20111008201704.jpg 500 375 Legenda da Foto]Castro - Chiloé[/picturethis]

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20111008201827.jpg 500 375 Legenda da Foto]Igreja de Madeira - Castro - Chiloé[/picturethis]

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20111008202012.jpg 375 500 Legenda da Foto]Igreja de Madeira - Castro - Chiloé[/picturethis]

 

Voltamos para P.Varas e comemoramos nossa viagem com um jantar delicioso no restaurante Donde El Gordito, melhor comida da viagem.

 

20111009103756.jpg

 

Estradas (Carreteras) :

Ruta 5 Panamericana (sul) - Excelente estrada, bem sinalizada e com muitos pedágios. Achamos a estrada muito segura, bem policiada, com poucos caminhões, os automóveis respeitam o limite de velocidade e há vários postos de combustível com lanchonete e wc por toda a estrada.

Visualmente a viagem é muito agradável e tranquila, ao longo da estrada existem áreas de descanso, vimos que as famílias chilenas costumam parar nestas áreas.

 

 

No dia seguinte, após devolver o carro no aeroporto de P.Montt, regressamos para o Brasil.

 

20111011180252.jpg

 

Esperamos que este relato seja útil e boa viagem!

No total rodamos com o carro - 3.200 km

 

Ps: Aguardem! - próximo relato - Argentina - Bs As - Ushuaia - El Calafate - Mendoza - Dez 10 / Jan 11

20111009192400.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi,

Primeiramente parabéns pelo relato. Ficou bonito, agradável de ler e útil...

Pretendo ir para o chile em 04/14. E pretendo ficar 4 dias em Curicó (gosto bastante de vinhos), para visitar algumas vinícolas. Tem como vc me indicar as melhores por lá?

 

Obrigado um abraço e

 

"Boas Viagens !!!"

 

Alessandro Espelocini

Florianópolis

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

Entre para seguir isso  

×