Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

nnaomi

Um final de semana prolongado em Caldas e Poços de Caldas

Posts Recomendados

Período: 09 a 11/07/2010

Cidades: Caldas, Poços de Caldas

 

Caldas é uma cidade bem pequena, caracterizada pelo conjunto, praça e igreja matriz, ao redor do qual se desenvolve a cidade. Aparentemente a cidade não tem muito que oferecer aos turistas, que vão direto ao distrito de Pocinhos do Rio Verde, que concentra as atrações turísticas, entre elas o Balneário e algumas cachoeiras.

 

Poços de Caldas, conhecida como "Cidade das Rosas", é uma cidade típica mineira, com belas praças, fontes, um coreto charmoso, passeios de charrete, artesanatos e doces. Ideal para passar um final de semana com a família, principalmente as crianças e os avós. É bem calma e tranquila, mas fica lotada na alta temporada e feriados, devido à proximidade com SP. Foi freqüentada pela nata da sociedade, por isso tem construções de destaque, como hotéis, cassinos e balneários.

 

Confira abaixo as dicas e o relato de viagem. Ficamos hospedados na Pousada Santa Rosa, em Poços de Caldas. DDD da cidade é (35).

 

A cidade

Poços de Caldas fica no sudoeste do estado de Minas Gerais, na divisa com o estado de São Paulo, fazendo divisa com as cidades de Andradas, Bandeira do Sul, Botelhos, Caldas, Campestre, Caconde, Águas da Prata e Divinolândia. Possui cerca de 151 mil habitantes (dados de 2009) e área de 544 Km². Apresenta clima tropical de altitude com temperatura média de 15ºC e 21ºC, no inverno e verão, respectivamente.

 

Caldas é vizinha de Poços de Caldas e também de Andradas, Ibitiúra de Minas, Santa Rita de Caldas, Campestre e Bandeira do Sul. Possui cerca de 15 mil habitantes (dados de 2009) e área de 714 Km². Apresenta clima tropical de altitude

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Poços de Caldas está localizada a cerca de 470 Km da capital Belo Horizonte e a 260 Km da cidade de São Paulo.

 

Rodoviária, Av. Mansur Fraya, s/n, 3714-1940

Terminal de linhas urbanas, Esq. Av. Francisco Salles e R. Assis Figueiredo, 3729-9030

Aeroporto, Av. Alcoa, Km 7, 3697-2313, a 6Km do centro, acesso de carro e de ônibus-linha Conjunto Habitacional/Jd Kennedy

Caldas está localizada a cerca de 26 Km de Poços de Caldas

 

Rodoviária, Praça Dr. Paiva Oliveira, 390, Centro, 3735-1178

Ponto de Táxi, Praça Dr. Paiva Oliveira, 427, Centro, 3735-1153 / 3735-1632 / 3735-1509

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O período de final de dezembro a meados de fevereiro e o mês de julho é alta temporada, portanto há mais movimento na cidade, bem como nos feriados.

 

Em Caldas, há a Festa da Uva, em Janeiro, e a Festa do Biscoito, em Julho.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

No centro:

 

- Praça Pedro Sanches com o Palace Hotel, o Thermas Antônio Carlos, o monumento “O Estado de Minas ao Brasil”, o monumento ao Dr. Antônio Carlos e o coreto, que é palco de serestas, chorinhos, violeiros aos finais de semana, quando casais dançam em volta. Ao redor do Thermas, funciona uma Feira de Artesanato e uma exposição, que é conhecida, se não me engano por Expo Arte de Rua

- Palace H., Praça Pedro Sanches, 118, 0800-35-1188 / 3722-3636 / 1922 / 1928

- Thermas Antônio Carlos, Praça Pedro Sanches, 3697-2317, ter-sáb das 8-12h e 16-21h e dom das 8-12h. Não é cobrada taxa para visitação, apenas utilização dos serviços hidroterápicos, como banhos, duchas, saunas, massagens e outros

- Fonte Vereador Eduardo Paiva, Praça Mj Luiz Loyola, ao lado das Thermas, iluminada à noite vira um belo chafariz

- Praça Dr. Eliziário Junqueira, ao lado do Thermas, com o Calendário Floral e um complexo de fontes, formado pela Fonte do Leãozinho ao meio e a Fonte Pedro Botelho, Mariquinhas e Chiquinhas ao lado. Nos finais de semana, à tarde, o complexo de fontes torna-se um salão de dança

- Parque José Afonso Junqueira, com a Fonte Luminosa, a Fonte Martinico do Prado, o Palace Casino, atualmente em reformas, o Teleférico e o Café Concerto, no antigo prédio da Biblioteca Centenário

- Palace Casino, Parque José Afonso Junqueira, seg-sex das 8-18h, sáb das 8-17h e dom das 8-12h, mas atualmente em reformas

- Teleférico, Parque José Afonso Junqueira, 3697-2304, seg, qui, sex das 14-17h30, sáb das 10-17h30, dom e fer das 9-16h

- Fonte Martinico do Prado, ao lado do Palace Cassino, radioativa, 17C

- Praça do Xadrez, R. Junqueiras, s/n, tabuleiro com peças gigantes de xadrez que podem ser manuseadas pelos jogadores, Máquina Centenária de Asfalto

- Praça Martinho de Freitas Mourão ou Praça da Urca com o Museu Histórico e Geográfico de Poços de Caldas e o Relógio de Sol

- Museu Histórico e Geográfico de Poços de Caldas, na mansão "Villa Junqueira", Praça Martinho de Freitas Mourão, 3697-2197, ter-sex das 9-11h30 e das 13-17h, sáb das 13-17h e dom das 8-12h. Mobília dos primeiros moradores, fotografias da passagem de pessoas importantes como D. Pedro II e Juscelino Kubitschek

- Praça Getúlio Vargas com o Espaço Cultural da Urca, as charretes, um monumento e o Relógio Floral

- Espaço Cultural da Urca, Praça Getúlio Vargas, centro, 8-18h, réplica do Cassino da Urca do Rio de Janeiro, antiga casa de jogos, atual teatro e salões para exposições artísticas

- Santuário N. Sra. de Fátima. Mirante, vista panorâmica. Missas: seg-sáb às 17h e dom às 8h30 e às 17h30

- Praça Dom Pedro II (Praça dos Macacos), R. Barros Cobra. Com fontes, o Balneário Dr. Mário Mourão e a Ponte da Felicidade

- Fonte dos Macacos, Praça Dom Pedro II, as águas sulfurosas e termais nascem do solo a 41ºC

- Balneário Dr. Mário Mourão, Praça Dom Pedro II, 3697-2316. Visitação: qua-seg das 7-12h e 15-18h e dom das 7-11h30. Não é cobrada taxa para visitação, apenas a utilização dos serviços

- Basílica N. Sra da Saúde – Igreja Matriz, Praça Monsr Faria de Castro. Missas: seg-sáb às 7 e 18h, dom e dias santos às 7, 9, 10h30, 15 e 18h30

- Igreja de Sto Antônio (1882), R. São Paulo, construída em pau-a-pique, é a primeira de Poços. Visitação: ter das 13-18h

- Igreja de São Benedito. Visitação: ter, qui e sáb às 20h

- Mercado Municipal, R. Pernambuco, s/n, seg-sáb das 7-18h e dom das 7-12h. Melhor local para compra de doces, queijos, cachaças, geléias, frutas, artesanatos, especiarias, flores e outros produtos

- Fonte das Rosas, Praça Brasil, ao lado do Mercado Municipal

- Fonte Antônio Rubbo, em frente à Prefeitura, abriga três fontes: Sinhazinha, D. Amélia e José Jacob. As duas primeiras são medicinais e a última é apenas mineral

- Fonte Santana, Av. Francisco Salles junto ao H. Nossa Senhora de Fátima, radioativa, 17C. Não vi, acho que não existe mais

- Fonte dos Amores, acesso pela R. Piauí, seg-sex das 8-17h30 e aos sáb, dom e fer das 8-18h. (1929), radioativa, aflora a 17ºC

- Igreja de São Domingos, 15 vitrais, mosaico de São Domingos de Gusmão recebendo o rosário de Maria. Missas às 19h, exceto às qua, dom às 8h30, 11h e 18h

- Fonte Frayha, R. Amazonas, esquina com a R. Pernambuco, propriedade particular só dá para ver o muro, não vale a pena, 17ºC

Mais afastadas:

 

- Chalé Cristiano Ozório de Oliveira e Casa da Cultura, R. Teresópolis (paralela a R. Aquidauana), 90, Bairro Jardim dos Estados, 3722-2776, ter-dom das 13-18h, construído em 1894, foi uma das primeiras residências da cidade. Exposições e projeções de vídeos, aberto ao público, sendo necessário confirmar presença, ligando antes para o local

- Recanto Japonês, Bairro Jardim dos Estados, 8-18h, Casa de chá: sex-ter das 9-12h e das 14-18h, caramanchão, cópia existente nos jardins do palácio imperial japonês Katsura-Rikyu, em Kyoto, quiosque, lago artificial com carpas coloridas. Fonte dos Três Desejos: Amor, Saúde e Inteligência, trilhas para caminhadas ecológicas

- Pedra Balão, na Serra de São Domingos, das 7-22h, quiosque das 9-18h. Compreende um conjunto de grandes pedras sobrepostas, com cerca de 10m, de onde se avista uma paisagem impar. Bar, lanchonete, quiosque com lembranças do local, mini-curral possibilita ao turista tirar leite ao pé da vaca e realizar passeios a cavalo

- Parque Municipal da Serra de São Domingos, acesso pela R. Assis Figueiredo, 3,5Km (ou teleférico), trilhas, salto para parapente. Teleférico, Cristo Redentor e Aquário de Poços de Caldas

- Cristo Redentor, a 1.686 m, o segundo maior do Brasil. Acesso pelo teleférico ou por estrada asfaltada. A pé, o início da trilha fica dentro da Fonte dos Amores. Algum turista comentou que era possível ir do Cristo até a Pedra Balão e depois subir uma montanha íngreme bem à frente com formações rochosas que pareciam ser a borda mais alta de uma imensa cratera. Entretanto, o pessoal do CIT disse que não era possível ir a pé do Cristo até a Pedra Balão, não conferi

- Aquário de Poços de Caldas, seg-sex das 9-17h, sáb das 9-19h e dom das 9-17h

- Parque Municipal Antônio Molinari, Av. João Pinheiro, 5h30-21h30. Acesso a pé ou de bicicleta (pela ciclovia), por charretes ou de pela linha de ônibus urbano - Jardim Country Club I e II. Área verde com playground, equipamentos de ginástica artesanais, pista de cooper e de bicicross, quadras, quiosques e lago artificial, em meio a canteiros de rosas, hortênsias e pinheiros

- Ciclovia e calçadão, 1.313m de extensão, acompanhando o curso do Ribeirão de Caldas, na Av. João Pinheiro

- Country Club, 8-18h, com horto florestal, quadras de tênis, basquete, vôlei, peteca, futsal, piscinas, quadra de bocha, playground, mini-zoológico e lago artificial

- Represa Bortolan, na saída Poços/São Paulo, Km 8, ônibus linha Bortolan/CBA. Esportes náuticos, jet-ski, lanchas, passeios de escuna, pedalinhos e pesca esportiva

- Ilha do Mel

- Cachoeira Véu das Noivas, acesso pela Av. João Pinheiro (estrada para Águas da Prata), Km 5, ônibus linha Bortolan/CBA – Marco Divisório, a 5Km do centro, seg-sex das 8-17h30, aos sáb, dom e fer das 8-18h. Três quedas sendo que a principal tem 10m de altura por 15m de largura. Trenzinho faz passeios dentro do parque, feira de artesanato funciona no antigo restaurante das 9-18h, artesanato diferente e barato. À noite tem iluminação especial na cachoeira

- Cascata das Antas, das 8-17h30, sáb, dom e fer das 8-18h. O acesso ao local pode ser de carro, ônibus, linha Bortolan, e charrete

- Represa Saturnino de Brito

- Parque Temático Walter World, sáb, dom e fer das 10-18h, 3722-2220. Acesso de carro, ônibus linha Conjunto Habitacional/Jd Kennedy e de bonde, que sai do Hotel Nacional, mas que não tem horário definido por depender do fluxo de passageiros. Praça das Nações, shopping aberto com construções típicas de nove países, Casa Country, Castelo Encantado com brinquedos eletrônicos, circo, museu, estação de trem, hidrovia, e praça de alimentação. O parque conta, também, com um ambulatório e fraldário

- Campo de Golfe, Bairro Jardim Aeroporto, a 5Km do centro, acesso ao local é de carro e de ônibus, linha Conjunto Habitacional / Jardim Kennedy. Visitação: ter-sex das 8-18h e aos sáb, dom e fer das 7-19h, entrada franca e para jogar se paga uma taxa

- Fonte Santa Theresinha, em frente ao cemitério, água mineral, própria para o consumo

- Fonte da Vila Cruz, R. Biajo Varalo, Bairro Vila Cruz, radioativa, 17C

- Fonte do Monjolinho, Praça Tiradentes, Bairro Monjolinho, radioativa e de ação diuréticas

- Bosque Monjolinho, acesso de carro ou ônibus, linhas Aparecida/Santo André, Quisisana, 7-18h

- Bosque Ipê, acesso de carro ou ônibus, linhas Country Club/Jardim São Paulo, Jardim São Paulo/São João, Nova Aurora, 7-18h

- Represa do Cipó ou Lindolpho Pio da Silva Dias, às margens da Rod. do Contorno

- Santuário Mãe Rainha, Km 8 da Rod. do Contorno, 9-17 h, e missa aos dom

- Shopping Minas Sul, Av. Sílvio Monteiro Santos, 180, 3697-4000

 

Cristais:

 

- Bonora, Av. João Pinheiro, 414, 3722-1243. Não é aberta pra visitação

- Ca D’oro, Av. João Pinheiro, 1919, 3714-1990. Peças sofisticadas, na loja um visor permite observar a fabricação. Visitação: seg-sáb das 8h30-18h, dom das 9-12h30

- Veneza, Av. Mansur Frayha, 611, 3714-1951. É aberta para visitação, porém é preciso agendar com antecedência

- São Marcos, Av. Silvio Monteiro dos Santos, 3600 (depois do Shopping), Ponte Preta, 3714-1892. Peças mais populares. Visitação: seg-sáb das 8-11h e das 13-14h. Loja, Praça Pedro Sanches, 135, 3722-2178, seg-sáb das 9h-18h, dom das 9-13h

 

Sabonetes:

 

- Perfumaria Sarandi Ltda, Av João Pinheiro, 404, Vila Cruz, 3721-3294

- Antares Cosméticos Ltda, Av. João Pinheiro, 856, 3714-5433

- Raízes Sabonetes e Cosméticos Ltda, Av João Pinheiro, 1176, Vila Cruz, 3721-9934

- Terra Brasil Cosméticos e Sabonetes, Av João Pinheiro, 1268, Vila Cruz, 3722-9111

- Aromas Indústria e Comércio Ltda, R. Tamoyo, 257, Vila Togni, 3714-2514

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

No centro:

• Igreja Matriz de N. Sra. do Patrocínio. Quadro "Anunciação à Virgem Maria"

• Igreja do Rosário

• Fazenda Experimental EPAMIG, na entrada da cidade, bela sede. A uva, o figo, o pêssego e o morango são presenças fortes no cenário da economia do município. Latitude S. 21° 91'71"- Longitude W. Gr. 46° 38'58"

• Pedra do Coração, a 1.350m. Seguir R. Dr. Vital Brasil, R. Capitão Pio da Silva, R. Capitão Augusto Ribeiro e estrada de terra em direção à Reserva da Serra da Pedra do Coração. Chega-se a trecho pavimentado de cerca de 100m até a trilha que dá acesso à Capela de Sta. Bárbara. Do local, pode-se ver a formação rochosa em forma de coração, além da vista panorâmica de Caldas

 

Em Pocinhos do Rio Verde:

• Fonte Amorosa, na entrada do Grande Hotel Pocinhos, Av. Rio Verde, 3428, Latitude S. 21° 92'87"- Longitude W. Gr. 46° 41'99"

• Parque Balneário Dr. Reynaldo de Oliveira Pimenta, Av. Rio Verde Km 5, Latitude S. 21° 93'33"- Longitude W. Gr. 46° 42'16", fontes São José, Samaritana e Rio Verde, salas de sauna a vapor, banhos de hidromassagem e imersão, pista de cooper, grande piscina de água mineral, atualmente desativada

• Morro do Galo, fácil acesso, mais fácil que a igreja do Coração, ideal para caminhadas. Saindo da Praça Paiva de Oliveira, seguir R. Dr. Vital Brasil, Av. Jerônimo da Silva Loures, Av. Rio Verde até o Balneário. A partir daí, seguir por uma trilha atrás do Balneário, em subida íngreme, por 1Km. Capela de Santa Terezinha. Cruzeiro iluminado à noite. Vista de 360º de Pocinhos do Rio Verde, do Parque Balneário e da estrada da Cachoeira, entre outros

• Areião, Bacião e Piscina, Av. Rio Verde Km 4, Latitude S. 21° 92'36"- Longitude W. Gr. 46° 42'24" (Bacião). Três pontos do Rio Soberbo, com águas de tonalidade azul. O Bacião possui queda d'água de 5m de altura. Tem esse nome devido à grande bacia que se forma após a queda, porém devido a profundidade, não oferece segurança para natação. Na época de chuvas, o volume d'água aumenta muito, o que já é bastante significativo nos outros períodos. Na área, encontram-se animais soltos. Seguindo o rio há também piscina natural em área bastante rochosa. Apesar de estar em área particular, pode ser visitado. Areião, acesso é feito por trilha passando em um pequeno trecho dentro de mata fechada. Neste local, o rio soberbo faz uma curva fechada, tendo em uma das margens uma areia grossa, com mais ou menos 20m de extensão e variando de 1 a 3m de largura. A areia adentra o rio que por isso é raso no local, sendo propício à natação. A largura do rio varia de 5 a 7m e pode-se pescar lambaris. A água é fria e de cor turva em função da areia escura. A vegetação do entorno é de mata fechada, tendo uma clareira do lado da Praia

• Cascata Antônio Monteiro, a 2Km de Pocinhos, Latitude S. 21° 94'85"- Longitude W. Gr. 46° 41'55". Saindo da praça Paiva de Oliveira seguir R. Dr. Vital Brasil, Av. Jerônimo da Silva Loures e Av. Rio Verde. Após o balneário seguir em estrada de terra por cerca de 2Km até a cascata. Foi construída barragem formando pequena queda, seguida de piscina natural de fundo pedregoso que oferece perigo para banhos. Logo após, segue-se à queda principal com 10m de altura por 6m de largura, formando poço que deságua sobre as rochas no leito do rio em corredeiras e pequenas quedas até o seu nível normal. Às margens há areas para churrasqueiras, bancos, trilhas, pequenos mirantes e 6 duchas naturais

 

Mais afastadas:

• Pinguela do Burro, ponte sobre o Rio Pardo, feita de pranchas de madeira presas a um cabo de aço, com cerca de 1m de largura, 20m de altura e 30m de comprimento

• Pedra Branca, a 1.850m de altitude, ponto mais alto da região, a 15Km a partir de Pocinhos e mais 4Km de caminhada, cerca de 1h30 de subida a pé. Grutas, cavernas e formação rochosa. Tem cachoeira no meio do caminho, requer guia

• Cachoeira dos Duendes, no caminho da Pedra Branca, entrando a direita no sentido Alto das Estrela, próximo ao alambique do Izaltino, a 10Km de Pocinhos do Rio Verde

• Cachoeira do Capitão, bairro Fazenda do Engenho, próximo a fábrica de doces Jofeca, a 1 Km do centro. Partindo da Praça Paiva de Oliveira, passando pela Praça Mello Viana, praça Paulino Figueiredo, praça da Bandeira, entrando na R. Expedicionário Miguel Rachid, em uma estrada de terra, sentido chácara do Engenho, queda de 15m. Mais acima, podemos observar outra bancada, com uma queda de 9m. As duas bancadas possuem uma queda principal e um braço lateral, além de pequenos degraus que favorecem uma mini cascata. Essa água abastece a cidade

• Cachoeira da Margarida, Bairro do Fins dos Campos, a 22 Km do centro, acesso por Al. Dr. Nelson de Paiva, BR-459 (sentido Pouso Alegre), entrar à esquerda na estrada de terra para São Pedro de Caldas, indo em direção à fins dos Campos por mais 16Km. Andar a pé em torno de 15min em estrada e trilha. No Rio Capivari, queda com 8m. Antecedendo a queda, vemos um pequeno poço, seguido de corredeiras, entre grandes blocos de pedras. O volume de água é bastante significativo, correnteza forte, não propício à natação. Após a queda, encontra-se um lago bastante profundo e pedregoso. A vegetação do local é de pequena mata-galeria junto a uma das margens. Do outro lado, a vegetação é rasteira com bastantes pedras. Piaus, lambaris e tabaranas são pescados pelos moradores locais e, por ser uma área particular, deve ser visitada com guia local e com autorização do proprietário

• Cachoeira da Rapadura, acesso pelo Km 31 da BR 459 para Pouso Alegre (percorrer cerca de 6 Km), entrar à esquerda na estrada de terra para São Pedro de Caldas indo em direção a Fins dos Campos por mais 19 Km. A estrada vai até a 100m da cachoeira. Bom local para acampar. Está localizada no Rio Capivari, e dista de Caldas 25Km. Acesso complicado devido à falta de sinalização local e ao trecho de chegada, que é muito íngreme, requer guia. Anda-se uns 50m em meio a um matagal até se avistar um grande poço que se forma antes da queda principal que, sobre grande laje de pedra tem 30m de altura por 10m de largura. A partir daí, a água, bastante volumosa, continua correndo sobre grandes pedras, formando um tobogã de grande altura. No poço ou na piscina natural, há possibilidade de banho e pesca de piratininga. A água é fria e de cor turva, local é bastante pedregoso. A vegetação de um lado da queda é de mata fechada e do lado de onde se tem acesso, é rasteira e suja. Em propriedade particular, necessária autorização para visitá-lo. Há animais soltos no local

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Poços de Caldas

• P. Santa Rosa, R. Santa Catarina, 375, 3721-3110. Bem simples, acredito ser mais frequentada por quem está viajando a trabalho do que a turismo. Pontos negativos: não tem estacionamento, instalada num casarão antigo, as instalações do quarto e banheiro também são antigas; banheiro pequeno, louças antigas, sem box; piso de pedra ardósia deixa o quarto muito gelado. Pontos positivos: apesar da simplicidade, café da manhã é caprichado e valor da diária mantém-se constante, não flutua com os feriados e alta temporada, ou seja, é boa opção nesses períodos

 

Outras opções:

• H. Alvorada, R. Minas Gerais, 569, Centro, 3722-1456

• H. Salvador, R. Doutor Francisco Faria Lobato, 120, Centro, 3721-8268 / 7364

• H. Estância de Poços, Pça. Getúlio Vargas, 22, 3721-8612, em frente ao Relógio Floral

• Balneário H., Pça. Dom Pedro II, 150, 3722-2631

 

Caldas

Outras opções:

• Hotel Fazenda Itacor, R. Alto Coqueirinho, 229, Centro, 0800 351020 / 3735-1006

• P. Chácara Tambasco, Estrada da Cascata Antônio Monteiro, s/n, a 800m do Balneário, 3735-2405 / 1513

• Grand Hotel Pocinhos, Av. Rio Verde, 3428, 3735-1505, a 4Km do centro

• Paradiso Hotel, Av. Rio Verde, 1751, 3735-1285, a 2Km do centro

• Hotel Rio Verde, Av. Rio Verde, 4285, 3735-1501 / 1504

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Poços de Caldas

• Polako Pizza Grill, R. Rio Grande do Sul, 1172, self-service com grelhados. Ambiente agradável, comida ótima, várias opções, a feijoada do sábado estava ótima, o torresmo uma delícia

• L'Itália Self Service, R. Prefeito Chagas, 224, self-service por Kg. Ambiente agradável, à noite tem pouca opção, mas o almoço é bem recomendado

• Bepi Restaurante, R. Prefeito Chagas, 271, mini-rodízio de grelhados. É bom, tem variedade de saladas e pratos quentes, o torresmo estava ótimo

• Sorveteria Micasita, em frente ao Thermas

 

Outras opções:

• Rest. Fazenda do Osório, Rod. Poços/Palmeiral, Km 1,5 (próximo a Rodoviária e Cascata das Antas), 3714-1504 / 9107-8943, comida mineira, diar almoço, jantar por encomeda [email protected] É bem recomendado

• Pampa Churrascaria, Av. José Remígio Prézia, 683, 3722-6379. É bem recomendado

• Cantina do Araújo, R. Assis Figueiredo, 1075 , 3722-1015. Era bem recomendado, mas me disseram que a qualidade caiu nos últimos tempos

• Kolesterol, R. Rio Grande do Sul, 552, 3721-4308

• Rest. Fenícia Ltda, R. Assis Figueiredo, 1179, 3722-1984

• Rest. Ruth's Self Service, R. Assis Figueiredo, 1406, 3722-3147

• Universo da empada, R. Rio de Janeiro. É bem recomendado

• Sorveteria e Lanchonete Mimi Ltda, Av. Francisco Salles, 106, 3722-6523

• Sorvetes Zero Grau, R. Rio de Janeiro, 318, 3722-3313

 

Caldas

• Restaurante Café & Pão de Queijo, Praça Dr. Paiva de Oliveira, local simples, mas agradável, PF simples, mas saboroso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Contatos úteis de Poços de Caldas:

• CIT, Centro, 3697-2306, [email protected]

• Secretaria Municipal de Turismo e Cultura, Av. Francisco Salles, 343, Centro, 3697-2300, [email protected]

• Prefeitura Municipal, Av. Francisco Salles, 343, Centro, 3697-2000, [email protected]

 

Contatos úteis de Caldas:

• Prefeitura Municipal de Caldas, 3735-1578

• Informações Turísticas, 3735-1333

 

Links úteis:

Prefeitura de Poços de Caldas

Portal Poços na rede.com

Circuito Pocos

Pocinhos do Rio Verde - Minas Gerais - Brasil

Pocinhos do Rio Verde - Caldas/MG

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

• acesso pelo sul de MG, via Lorena-Itajubá ou via São Bento do Sapucaí-Brasópolis, a estrada é típica da região montanhosa mineira, bonita, com um visual incrível, mas estreita, sinuosa, com poucos pontos de ultrapassagem e exige paciência atrás de algum caminhão ou carro velho; situação inevitável. Os trechos, que ficam mais na serra, são os piores, pois normalmente são bem estreitos, sem acostamento e podem ter neblina em certas épocas do ano. Entretanto, no geral a estrada estava boa, asfalto bem conservado, pintado e sinalizado, apenas alguns trechos o asfalto estava remendado e irregular, mas buracos eram raros e geralmente pequenos, não havia nenhuma cratera no meio da pista. Não é de difícil orientação, basta saber quais as cidades você tem que passar e ir seguindo a sinalização. Normalmente, todas as bifurcações têm indicações das cidades para as quais conduzem. Meu lema é: na dúvida siga em frente. A viagem não é longa, em distância, mas torna-se longa em tempo, pois passa-se por dentro de algumas cidades, de forma que lombadas, semáforos e trânsito urbano diminuem a velocidade do percurso e mesmo nas estradas, não há como andar muito depressa

• passe no CIT, o atendimento é muito bom e vale a pena pegar um mapa e dicas gerais

• não tem muito que fazer na cidade, além de caminhar pelas praças, experimentar água das fontes, passear de charrete, olhar artesanato e os cristais e, à noite, dançar em volta do coreto. À tarde também tem dança em volta da Fonte do Leãozinho. Bom para passar um final de semana com a família, principalmente com crianças e avós

• a cidade fica bem movimentada nos feriados, devido à proximidade com SP

• para quem quer sossego, não vá quando estiver acontecendo o ENAF, pois a cidade fica lotada de estudantes, que provocam algum agito

• hotéis/pousadas trabalham com opção de pensão completa ou apenas café da manhã, mas na alta estação e feriados, a maioria trabalha só com pensão completa

• tem pousadas/hotéis desde os bem simples aos mais sofisticados

• se ficar no centro, verifique se hospedagem tem estacionamento, pois é difícil parar nas ruas, não há vagas suficientes. Em estacionamento, gasta-se cerca de 25,00 por dia

• a Av. Francisco Salles, perto da prefeitura e terminal rodoviário, não parece ser um local agradável pra ficar hospedado, o que normalmente acontece nas cidades, mas pode ter sido apenas impressão

• as principais atrações ficam no centro, mas há algumas mais afastadas. Se não quiser ir de carro, veja com seu hotel/pousada o city tour

• atrações culturais no Espaço Cultural da Urca, Museu Histórico e Geográfico de Poços de Caldas e Casa da Cultura

• a maioria das fontes que vi era de água sulfurosa, a fonte da Praça Dom Pedro II (Praça dos Macacos) tinha água viscosa, então achei melhor não provar, visto que algumas são indicadas apenas para uso externo. Essas águas são medicinais e não convém tomá-las indiscriminadamente. Havia uma plaquinha numa das fontes informando que é possível buscar orientação na Secretaria de Saúde da cidade. Para quem quer beber uma água mineral gostosa, isto é, sem gosto nenhum, há algumas fontes no centro, como a Fonte do Leãozinho, ao lado do Thermas, e a Fonte Martinico do Prado, ao lado do Palace Casino

• nos feriados, vá ao teleférico logo de manhã, pois à tarde forma fila grande

• no Parque José Afonso Junqueira há um parquinho para as crianças e o charme era a “roda pequena”, uma mini roda gigante com 6 cadeirinhas movida por força humana e com uma longa fila de criancinhas esperando a sua vez

• disseram que o Parque Walter World é bom para quem tem crianças e que, à noite, rola uma festa Julina boa. Não conferi

• ao redor do Thermas, funciona uma feira de artesanato. Lá tem uma barraca com aqueles joguinhos, tipo quebra-cabeça, que você tem que desmontar, por exemplo, tirar uma argola do meio de fios e/ou barras, que parece impossível à primeira vista

• há um corredor de lojinhas que contornam o andar térreo do Palace Hotel. Tem muitas malhas e trabalhos manuais, vi uns edredons de patchwork muito lindos, feitos com o maior capricho

• em volta das praças, há várias lojas de artesanato, doces e souvenirs

• dizem que o melhor lugar para comprar artesanato é na Cachoeira do Véu das Noivas, mas não conferi

• o Mercado Municipal, segundo dicas do pessoal, tem a melhor variedade de doces, queijos, cachaças, vinhos, sucos de uva com o melhor preço. Realmente isso é verdade, dentro do mercado, os diversos boxes ofereciam vários produtos a preços convidativos. Como era sábado, tivemos que atravessar a feira livre antes de chegar ao mercado. A feira é como outra qualquer, tem mais frutas, verduras e legumes. Aproveite para ver a Fonte das Rosas, na Praça Brasil, que fica ao lado

• disseram que queijos e vinhos das lojas na Represa Bortolan são mais caros e com qualidade inferior se comparados aos das lojas no centro. Não conferi para ver se informação procede

• vi um bocado de lojas na R. Prefeito Chagas, R. Rio de Janeiro e R. São Paulo

• dizem que a cidade é um bom local para comprar malhas e calçados, mas não conferi

• vi vários restaurantes e cafés charmosos na R. Prefeito Chagas e R. Rio Grande do Sul. Gostei do Rest. Polako

• no CIT disseram que é mais fácil encontrar um grelhado do que um tutu à mineira, por causa da proximidade com SP. Quando pedi indicação de restaurante de comida mineira, me passaram um panfleto do Rest. Fazenda do Osório

• em frente ao Palace Casino e teleférico, há vários trailers de lanches e no centro, há vários restaurantes self-service mais simples também. Entretanto há restaurantes sofisticados, bem como os próprios hotéis trabalham com opção de pensão completa

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

• aparentemente a cidade não tem muito que oferecer aos turistas, que vão direto ao distrito de Pocinhos do Rio Verde, que concentram as atrações e os hotéis

• no centro não tem CIT, passei na prefeitura, mas fomos informados que não havia nenhum mapa ou folder e que o CIT ficava no balneário, em Pocinhos do Rio Verde

• acredito que seja melhor ficar hospedado em Pocinhos do Rio Verde do que no centro. Os hotéis trabalham com opção de pensão completa

• no centro tem mais bar e lanchonetes simples, pelo menos não vi nenhum restaurante mais turístico. Acredito que em Pocinhos do Rio Verde deva ter mais opções, mas não tive oportunidade de averiguar

• parece que o balneário concentra as atrações a sua volta. Não visitamos o balneário, pois infelizmente estava fechado no horário de almoço e só reabriria às 15h, dessa forma, não foi possível garimpar mapas, folders e informações turísticas. Andamos pelo local e encontramos vários turistas, que provavelmente estavam hospedados pela redondeza e aproveitavam o local arborizado e agradável para caminhar e relaxar. Parece que não tem muito mais o que fazer por ali além de descansar. Há três fontes, no local e algumas cachoeiras nas proximidades

• tentamos ir ao Morro do Galo. Partimos por uma estrada asfaltada e depois de paralelepípedos, atrás do balneário. Passamos por um hotel, acho que o nome era Hotel Ipê, sempre subindo, mas depois a estrada termina e ficamos em orientação. Paramos em uma casa e perguntamos, pois há uma estradinha de terra do lado direito que parece conduzir à Capela de Santa Terezinha. No entanto, o pessoal disse que a estrada conduzia a propriedade particular e tinha cachorro, que não era para passar por ali, que tinha que voltar e pegar uma trilha antes de uma casa de cor amarela, se não me engano. Voltamos, mas vimos que ao lado da tal casa, havia um caminho cheio de mato, indicando que não era usado. Na dúvida, voltamos até o balneário. Encontramos com outros turistas e perguntamos da capela, mas a moça disse que não tinha ido ainda, mas que tentaria mais tarde e o caminho era por ali mesmo e ela tentaria perguntar no Hotel Ipê

• andei apenas no balneário, então não sei dizer se tem comércio local, tipo lojas de souvenir, essas coisas para turista

• a Festa do Biscoito, acontece em julho, ao lado do balneário. Provei o famoso biscoito de Caldas, mas não vi muita graça, é um biscoito de polvilho ou de vento, como é chamado por aqui, mas parece que eles inventaram algumas receitas, recheando o biscoito com pernil, linguica, etc. Entretanto fomos embora à tarde e não ficamos para a festa, que seria à noite, para experimentar as novas modalidades

• disseram que uma das principais atrações são as adegas, responsáveis pela Festa da Uva que acontece em janeiro

• disseram que a cidade é um bom local para comprar sucos de uvas, doces e biscoitos

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...