Ir para conteúdo

Fim de semana em Penedo, RJ


betapsg

Posts Recomendados

  • Membros

Meu marido e eu ficamos hospedados no “Hotel do Papai Noel”. Limpo, confortável, ótimo café da manhã, perto do centro, mas distante para ir a pé à noite. Um pouco caro, mas compramos um daqueles cupons de desconto, então o preço foi muito bom. O hotel fica decorado o ano todo com motivos natalinos, uma graça!

 

Chegamos na sexta-feira dia 23 de novembro de 2012, eu queria ir nessa época do ano para pegar cachoeira e para ver a cidade decorada para o Natal. Estava um calor absurdo, ótimo para um bom banho de água gelada, mas a cidade não estava decorada como eu esperava, só o “Shopping Pequena Finlândia” tinha uma árvore de natal e luzes pelos corredores, que se apagavam às 22:30h, deixando a cidade sem decoração de natal.

 

Almoçamos no restaurante “A Mineirinha” (na Rua das Mangueiras, a principal de Penedo), um bom self service com preço justo. Depois fomos nas “Três Cachoeiras”, que na verdade é um rio com algumas quedinhas d’água que formam umas piscininhas. Fica bem perto do centro, é só ir seguindo pela Rua das Mangueiras que rapidinho chega lá. É bem frequentada pelo moradores e deu para refrescar o calor.

 

Mais tarde, lanchamos um strudel na “Casa do Chocolate” (na Av. Casa de Pedra), que estava tão gostoso quanto outros da minha cidade, mas pelo triplo do preço, portanto não recomendo.

 

À noite, comemos uma linguiça recheada com queijo na “Casa do Fritz” (em frente ao Shopping Pequena Finlândia) que estava uma delícia!

 

No sábado dia 24/11/12, fomos visitar o Camping do CCB da Serrinha do Alambari. (Saindo de Penedo, vire à esquerda em direção à Visconde de Mauá, siga por 4 km até o Portal da Serrinha à esquerda. Depois siga por cerca de 5 km em estrada de chão até o Camping). O CCB há muito tempo vem enfrentando uma crise e seus campings não são mais tão frequentados como antigamente. Como prevíamos, não havia ninguém acampado, mas você pode passar o dia lá pagando uma taxa de R$6,30 por pessoa.

 

[picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20121210195948.gif 500 384.71849866 Mapa CCB] Mapa para chegar no camping CCB da Serrinha do Alambari.[/picturethis]

 

O camping é um dos mais lindos da rede, é cercado por dois rios que se encontram em um ponto, por isso, onde quer que você esteja no camping, você sempre escuta aquele barulhinho gostoso de água correndo. Há várias trilhas e pontos para banho, dizem que são os poços mais lindos da região. Depois de atravessar todo o camping, fomos guiados pelo cão Nico por uma trilha de 10 minutos até o Poço das Esmeraldas, o mais lindo e famoso do camping. A água é cristalina e quando o sol bate, o poço fica verde esmeralda. Vale muito a pena ir lá, um local de imensa beleza natural e paz.

 

Depois o cão Nico nos levou a uma piscina natural muito boa que fica na entrada do camping, perto da cantina. Lá outras pessoas aproveitavam o dia para se refrescar também. A cantina serve uma comidinha caseira a peso (onde almoçamos bem), os banheiros estavam limpos e os funcionários são muito receptivos. Portanto, vale a pena passar um dia inteiro no camping da Serrinha!

 

Mas como ainda queríamos conhecer o Parque Nacional do Itatiaia (volte para a via Dutra, siga sentido São Paulo, entre em Itatiaia e siga as placas até o Parque – não tem erro) e já passava das 14h, deixamos o camping e fomos até lá. Paga-se R$11 por pessoa, é possível tomar banho de cachoeira até às 16:30h e o parque fecha às 17h. O parque é enorme, há restaurante, hotéis, mirantes e muitos atrativos naturais, mas como chegamos lá com um tempo bem apertado, conhecemos apenas a Cachoeira Maromba, muito bonita, com água supergelada, mas é claro que eu não ia deixar de dar um mergulho! Um homem nadou até a queda e depois teve muita dificuldade para sair, já estávamos todos preocupados quando finalmente ele conseguiu subir numa pedra, pular e nadar de volta.

 

Enfim! Como o camping, o parque também é um lugar que merece um dia inteiro de visitação. Mas isso se o tempo estiver quente e você gostar de curtir cachoeiras. No tempo frio, dá para visitar os dois lugares em um dia só, ou mesmo visitar apenas o Parque do Itatiaia, onde há mais atrativos visuais, já que deve ser muito frustrante ver um poço tão lindo quanto o das Esmeraldas do camping e não poder mergulhar por causa do frio.

 

Lembre-se sempre que não há salva-vidas em nenhum desses lugares, portanto não dê bobeira se o tempo estiver com cara de chuva.

De volta a Penedo, fomos bater perna no Shopping Pequena Finlândia. Na pracinha em frente à Casa do Papai Noel, comi um fondue de churros ma-ra-vi-lho-so! Um copo de chocolate derretido e um churros para você mergulhar e se deliciar! Depois meu marido foi tomar cerveja importada no bar Wein Stüble, dentro do shopping, enquanto eu olhava as lojinhas (achei todas bem sem-graça e não comprei nada).

 

Eu provei os chocolates de várias fábricas e o mais gostoso disparado foi o Tontulakki Suklaat, que fica logo na entrada do Pequena Finlândia. Fuja desse lugar, ou você vai sair de lá gordo e pobre!

 

De lembrança, comprei pastas de bacalhau, de truta e de salmão e também uma deliciosa geleia de pétalas de rosas na Eci, mas infelizmente ela está se aposentando e fechando a loja. Mas encontrei similares em uma loja do Shopping dos Duendes, só não sei se são tão gostosos quanto os delas, mas é que o teremos agora.

 

À noite, jantamos no restaurante Aglio e Olio (R. das Velas 220) e gostamos muito. A chuva caiu durante toda a noite e na manhã do dia seguinte, então ficamos no hotel até a hora do check out e depois almoçamos no Rei das Trutas, (Rua das Mangueiras), gostoso, mas caro. E aí acabou-se nossa visita a Penedo.

 

O que não deu tempo de fazer: visitar o museu finlandês, ir no baile finlandês no sábado à noite, andar de quadriciclo, conhecer a Cachoeira de Deus e a Pedra Sonora, tomar chocolate quente com barrinha.

 

Não tomei sorvete finlandês (pois só ouvi reclamação de lá - caro e sem graça), não comi fondue (porque não curto mesmo), não fui no Pico do Penedinho (pois não conheço ninguém que tenha gostado de ir lá) e não entrei na Casa do Papai Noel (acho que só vale a pena para quem está com criança).

 

A cidade de Penedo é bonitinha, mas não passa disso. Há muito comércio, mas nada de muito interessante. O que eu gostei mesmo foi das cachoeiras dos lugares próximos. Para quem gosta de sentir frio e fazer nada, escolha um bom hotel e aproveite o inverno. Para quem gosta de contato com a natureza e um bom banho de cachoeira, vá no verão. Mas não vá com muita expectativa, pois em questão de beleza arquitetônica, Penedo é realmente a prima pobre de Campos do Jordão.

Link para o comentário

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...