Ir para conteúdo
samanthavasques

Vale do Loire - Guia de Informações

Posts Recomendados

[info][align=justify]Este tópico é um Guia do Vale do Loire que está sendo construido com informações de viagens realizadas pela equipe do site e também com informações de usuários que foram postadas nos fóruns relacionados ao tema aqui no Mochileiros.com. Os vídeos foram selecionados dos sites Youtube e Google Vídeo e servem apenas para ilustrar o guia. Este guia é atualizado periodicamente.

 

O Mochileiros.com é uma fonte gratuita de informações para viajantes de língua portuguesa e a contribuição de todos os membros é muito importante.

 

Veja como contribuir com o Guia do Vale do Loire:

Faça perguntas ou deixe suas dicas no Tópico: Vale do Loire - Perguntas e Respostas[/align][/info]

Compartilhar este post


Link para o post

[align=justify][t1]Vale do Loire[/t1]

O Vale do Loire corresponde à região irrigada pelo Rio Loire e seus vários afluentes, no centro da França. A região, conhecida como o “jardim da França”, é famosa principalmente pelos seus castelos e seus vinhedos, mas é certo que eles não seriam o que são sem o céu e a paisagem do local.

 

map_loire.gifloiremapachateauxru5.gif

 

 

[t1]História[/t1]

A região do Vale do Loire ganhou importância política durante a Guerra dos Cem Anos entre França e Inglaterra, quando os nobres franceses lá buscaram refúgio, longe de Paris. A partir de então, príncipes, grandes senhores e ministros compraram terras e construíram seus castelos, fazendo com que a região florescesse. Com o fim da guerra, foi a partir do Vale do Loire que o rei Luís XI comandou a reconstrução da França.

Seu filho, o rei Carlos VIII abriu as portas do Vale do Loire à influência da Renascença italiana, que conheceu em suas viagens. Seus sucessores, das casas Valois, Bourbon e Orleans, reforçaram a união entre as duas civilizações e houve um remodelamento dos castelos, que passaram do estilo medieval que até então predominava para o renascentista.

Após o retorno do poder para Paris, o Vale do Loire conservou seus privilégios de estância real.[/align]

Compartilhar este post


Link para o post

[align=justify][picturethis=http://france.archiseek.com/centre/indre_et_loire/tours/images/basilique_saint_martin_lge.jpg 225 336 Basílica Saint Martin em Tours][t1]Principais cidades[/t1]

 

[t3]Orleans[/t3]

Primeira cidade do reino depois de Paris, Orleans foi libertada por Joana d’Arc, a donzela de Orleans, durante a Guerra dos Cem Anos. Igrejas, conventos, palácios carcterísticos e velhas residências, até mesmo o nome das praças e das ruas, tudo fala do rico passado da cidade.

Os mais importantes pontos turísticos da cidade são a Catedral Sainte-Croix, a casa de Joana d’Arc, o Hotel de Ville e a Pont de l’Europe sobre o rio Loire.

 

 

[t3]Tours[/t3]

Cidade romana fundada no século I, onde ainda é possível ver os vestígios de sua antiga muralha. Entre os jardins, os vinhedos e casas do campo foram construídos pouco a pouco, mosteiros e novos bairros, que se unificaram formando a cidade.

As principais atrações de Tours são a Catedral St. Gatien (Catedral de Tours), a Basílica Saint Martin e o centro histórico da cidade (Le Vieux Tours) incluindo a Place Plumerau. Também é possível caminhar na beira do Rio Loire, que corta a cidade.

Foto: Basílica Saint Martin em Tours, Archiseek[/picturethis][/align]

Compartilhar este post


Link para o post

[align=justify][t1]Principais Castelos (Chateaus)[/t1]

 

Além dos castelos citados abaixo, existem dezenas de outros que estão abertos a visitação, listamos apenas os mais procurados.

Para informações sobre entradas, horários de funcionamento e localização, acesse o website dos castelos.

 

 

[picturethis2=http://www.castles.francethisway.com/images/chateau-amboise.jpg 375 281 Amboise][t3]Amboise[/t3]

http://www.chateau-amboise.com/

O castelo de Amboise deve parte de sua fama a um de seus habitantes: Leonardo da Vinci. Lá ele viveu parte de sua vida, e até hoje seu corpo está lá enterrado na capela St. Huberts. Além disso, Leonardo trabalhou em outro castelo próximo, o Clos Lucé. Atualmente, apenas 1/5 do castelo original continua de pé, apresentando uma coleção de mobília renascentista.

Foto: Amboise, Visit France[/picturethis2]

 

 

[picturethis=http://www.castles.francethisway.com/images/chateau-blois.jpg 163 250 Escadaria espiral de Blois][t3]Blois[/t3]

http://www.chateaudeblois.fr/

Sua principal peça arquitetônica é a escada em espiral construída na ala François I. O castelo serviu de residência a vários reis franceses e foi nele que, em 1429, Joana d’Arc recebeu a benção do Arcebispo de Reims, antes de partir para combater os ingleses em Orleans.

Foto: Escadaria espiral de Blois, Visit France[/picturethis]

 

 

[picturethis2=http://www.castles.francethisway.com/images/chateau-chambord.jpg 375 281 Chambord][t3]Chambord[/t3]

http://www.chambord.org/

Chambord sem dúvida está entre os castelos com a mais bela arquitetura, além de possuir dimensões colossais. O castelo foi construído com diversas torres, que representam uma vila inteira, e constituem uma bela vista dos seus terraços. Também chama atenção a arquitetura interna, como as abóbadas ornamentadas e as escadas, uma delas uma escadaria dupla em espiral que, diz-se, foi projetada por Leonardo da Vinci, e dá acesso aos três pisos do castelo.

Foto: Chambord, Visit France[/picturethis2]

 

 

[picturethis=http://www.voyages-in-provence.com/chenonceau.jpg 336 240 Chenonceau sobre o Rio Cher][t3]Chenonceau[/t3]

http://www.chenonceau.com/

Também conhecido como o Castelo das Damas, por ter sido construído e habitado por mulheres importantes da história francesa, como Catarina de Medici. O castelo Chenoceau é muito famoso pela beleza de sua paisagem, tendo sido construído sobre o Rio Cher, afluente do Loire. O castelo é circundado por um agradável jardim e um parque.

Foto: Chenonceau sobre o Rio Cher, http://www.voyages-in-provence.com/[/picturethis]

 

 

[picturethis2=http://www.symbolesdefrance.fr/includes/content_jdm_framework/contenus/images/el_455_image_2/domaine-cheverny.jpg 410 280 Aposento de Cheverny][t3]Cheverny[/t3]

http://www.chateau-cheverny.fr/

O castelo de Cheverny é uma exceção por não apresentar influência renascentista. O principal atrativo deste castelo é seu interior, muito bem decorado com mobília da época. Além da família Hurault, também habitam o castelo dezenas de cães de caça, um outro atrativo. É possível visitar o canil e até mesmo presenciar o banquete diário dos cães às 17 horas.

Foto: Aposento de Cheverny, Symboles de France[/picturethis2]

 

 

[picturethis=http://www.chateauvillandry.com/IMG/jpg/au_fil_des_saisons/chateau/l_chateau_ete.JPG 350 232 Jardim da Cozinha em Villandry][t3]Villandry[/t3]

http://www.chateauvillandry.com/

Este foi um dos últimos castelos a ser construído no Vale do Loire, em 1596, durante a Renascença. O castelo é famoso principalmente pelos seus jardins em estilo inglês, que foram construídos no século XIX em substituição aos jardins tradicionais. O jardim é dividido em quatro: o Jardim da Cozinha, o Jardim do Amor, o Jardim da Música e o Jardim das águas. É possível visitar apenas os jardins ou fazer a visita combinada dos jardins com o interior do castelo.

Foto: Jardim da cozinha em Villandry, http://www.chateauvillandry.com/[/picturethis][/align]

Compartilhar este post


Link para o post

[align=justify][t1]Como chegar ao Vale do Loire[/t1]

 

[t3]De Paris para Orleans[/t3]

Trem: SNCF (1:10) saindo da Gare Austerlitz para a Gare Orleans.

Rodovia: A10, cerca de 1 hora

 

[t3]De Paris para Tours[/t3]

Trem: TGV (1 hora, saindo da Gare Montparnasse) ou trem normal SNCF (2 horas, saindo da gare Austerlitz e passando também por Orleans e Blois)

Rodovia: A10 passa entre Tours e St Pierre des Corps, onde há a saída que leva ao centro de Tours. A viagem de 240 Km dura cerca de 2 horas.

 

É possível conhecer os castelos da região saindo de Tours ou diretamente de Paris. Para fazer o passeio por conta própria é necessário o transporte por carro, já que não há trens conectando os diversos castelos, que são distantes. A outra opção é contratar uma visita guiada em uma agência. Em Tours pode-se comprar o pacote na central de turismo que fica em frente à estação de trem, consulte o site da Secretaria de Turismo de Tours para se informar sobre as agências que fazem as excursões.[/align]

Compartilhar este post


Link para o post

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.



×
×
  • Criar Novo...