Ir para conteúdo

LENÇOIS MARANHENSES - FEVEREIRO/2013


Andréia Jesus

Posts Recomendados

  • Membros

LENÇÓIS MARANHENSES – FEVEREIRO/2013

 

Eu e meu marido estivemos em Barreirinhas/MA entre os dias 03 a 07/02/2013. Foi uma ótima viagem, apesar das lagoas estarem secas. Espero que as informações ajudem outros mochileiros.

 

TRANSPORTE: Nosso voo chegou em São Luis por volta das 14:00 h e é claro que não havia nenhuma van ou ônibus para Barreirinhas nesse horário. Então pegamos o maldito do táxi (R$ 20,00 para 5 km) até a rodoviária, compramos a passagem pela CISNE BRANCO, http://www.cisnebrancoturismo.com.br/, R$ 30,00 e depois pegamos o ônibus que passa em frente à rodoviária com destino ao terminal que fica bem próximo ao Centro Histórico. Fomos até o tão falado Centro Histórico e não vimos nada mais do que muita sujeira, poucas lojas abertas e muitos bêbados e indigentes pelas ruas próximas. É uma pena que o lugar esteja tão largado às traças!

 

Voltamos para a rodoviária e aguardamos até as 19:30 a saída do ônibus para Barreirinhas. O ônibus saiu na hora, mas se um cachorro levantasse a perninha na estrada, o infeliz do motorista parava! Enfim, prepare-se para uma longa viagem e também para não dormir nada, pois é um tal de parar, abrir a porta, falar com os passageiros, fechar a porta, seguir viagem, parar novamente e assim vai. Chegamos em Barreirinhas perto da meia-noite e no ponto final já haviam táxis esperando para levar o povo para as pousadas. Se você não conhece o lugar, não tem a menor idéia de onde fica sua pousada, é melhor pegar o táxi, mesmo que seja para andar algumas quadras (como foi nosso caso) e pagar cerca de R$ 10,00.

 

A volta para São Luis fizemos com uma van que foi agendada pelo Bruno da pousada São José (R$ 40,00 por pessoa – proprietário GUILHERME – J.G. TRANSPORTE E TURISMO, fones: (98) 9975-3995 e 9164-7558). Essa van saiu de Barreirinhas por volta das 09:30 h, depois de passar por vários lugares pegar outros passageiros e encomendas (isso mesmo, viajamos com mais 5 sacos de uns 50 kg de castanha!). Apesar de todas as paradas, foi bem melhor do que o ônibus, pois chegamos em São Luís por volta das 13:00 e ainda fomos deixados direto no aeroporto. O Sr. Guilherme informou que no horário da tarde realmente não tem vans disponíveis para Barreirinhas, mas se ligar para ele, pode ser que consiga alguma que esteja voltando e dê para encaixar. Não custa tentar, pois é melhor do que ficar esperando horas sem fazer nada.

 

HOSPEDAGEM:

 

Nos hospedamos na Pousada São José, http://saojosepousada.com.br/. O lugar é muito tranquilo e limpinho. O quarto para casal possui ar condicionado (que mais parece um motor de Kombi de tão barulhento, mas pelo menos resfria!), frigobar e chuveiro elétrico. O café da manhã é bom, sempre tem suco (2 tipos), pães (2 tipos), frutas (normalmente mamão, melão, melancia, banana, abacaxi, manga, sendo sempre 2 tipos por café), geléias, café, leite, tapioca (se não estiver na mesa, peça que eles preparam na hora).

 

LAGOAS:

 

As únicas que não estão secas são as do PEIXE e da ESPERANÇA, sendo que a do PEIXE estava com aproximadamente 1 m de água. Já a da ESPERANÇA não seca nunca, pois é alimentada pelo rio.

 

VALORES DE PASSEIOS:

 

Fizemos os passeios pela agência SÃO PAULO (http://saopauloecoturismo.com.br), fone: (98) 3349-0079. Agência muito responsável, carros em bom estado e se você fizer pacote dos passeios, sempre consegue um desconto.

 

LAGOA DO PEIXE: R$ 50,00 – Fazer esse passeio à tarde, para ver se consegue pegar o pôr do sol (Não tivemos essa sorte, o tempo sempre nublava no final da tarde. Isso que fomos 2 vezes para a lagoa!).

 

LAGOA DA ESPERANÇA: R$ 60,00 – Fazer à tarde também, vai que rola um pôr do sol (também não tivemos sorte).

 

CIRCUITO CABURÉ: R$ 70,00 – O dia todo (prepare-se para as crianças que ficam esperando os barcos para despejarem as informações até a entrada do Farol, só até o portão, pois elas não podem entrar. É um ataque bravo, mas não custa dar um trocado, só o esforço para falar tão rápido já compensa!)

 

FLUTUAÇÃO RIO FORMIGAS: R$ 50,00 – Meio dia e é melhor ir pela manhã (flutuação muito tranquila, o rio é lindo, transparente, mas a meu ver é muito rápido, passa-se mais tempo chacoalhando na Toyota do que no rio!).

 

 

 

ALIMENTAÇÃO:

 

Almoçamos e jantamos algumas vezes no TÁ DELÍCIA, restaurante por quilo (fica pertinho da praça do Trabalhador, atrás do Centro de Artesanato). Comida variada e caseira. Teve até arroz de cuxá (se vc não conhece, experimente, é uma delícia!) Além disso tem um buffet de sorvetes regionais muito bom.

 

Jantamos também no A CANOA, restaurante bom, mas com preço bem mais salgado. Além dos pratos regionais, eles também tem pizzas com preços mais acessíveis.

Link para o comentário
  • 9 meses depois...

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...