Ir para conteúdo

Férias em Itacaré e Morro de São Paulo - 8 dias


Posts Recomendados

  • Membros

Olá galera!!!!

 

Em janeiro fiz uma viagem de férias saindo de Vitória - ES para Itacaré e depois Morro de São Paulo e na época o mochileiros.com me ajudou muito, muito mesmo com informações e relatos!!!! e não podia deixar de dar o meu depoimento aqueles que também precisam de um help na hora de planejar a sua.

obs: desculpe-me a demora em fazer o relato, mas depois que se volta das férias, parece que o trabalho triplica rsrsrs

 

Vamos lá:

Minha viagem começou dia 19/01/12, mais precisamente as 02:00 da manhã. Saímos, eu, meu namorido e meus sogros de São Mateus (ficamos lá algumas horas na casa do meu cunhado). Saímos embaixo de muita chuva pela BR 101 até o trevo que dá acesso a Ilhéus e depois pegamos a BA001 para Itacaré e a chuva dava pequenas tréguas. Ficamos em Itacaré do dia 19 a 23/01/13.

 

RESUMO SOBRE A VIAGEM NESSE PERÍODO:

- Fiquei no Albergue o Pharol - Muito bem localizado - no final da Rua da Pituba - a rua mais movimentada onde tudo acontece e todos se encontram.

SOBRE O ALBERGUE - O que mais gostei foi que apesar de ser albergue, eles oferecem quartos de casal com ar/banheiro/ varanda/frigobar - como se vc estivesse mesmo numa pousada e a varanda fica de frente para a rua Pituba. Preço ótimo, e atendimento muito bom (os atendentes são muito simpáticos). Eles disponibilizam uma cozinha coletiva, mas nem usamos para tomar café, pois ali perto tem várias padarias.

PASSEIOS E PRAIAS - Nos 4 dias em que ficamos fizemos 3 passeios, os dois primeiros com a empresa Bicho Preguiça (recomendo!!!):

* 4 praias + cachoeira de Tijuípe - todas as praias muito belas e o passeio não é cansativo. A van nos deixa na primeira praia do passeios e nos busca somente na última praia - Itacarezinho para nos levar até a cachoeira.

As praias são lindas e ficamos em torno de 1 a 1:30 em cada praia para descansar e curtir o visual que é lindo!!!

DICA 1: comer a melhor tapioca de Itacaré na Praia do Havaizinho.

DICA 2: A maioria das praias não tem infraestrutura de restaurante, algumas tem apenas barraca com alguns lanches, então, melhor levar umas barrinhas / biscoitos / frutas na bolsa.

DICA 3: Com exceção de Itacarezinho, as outras praias paga-se apenas em dinheiro, portanto, vá preparado.

O que mais gostei dos passeios foram as Trilhas que nos levam a cada praia - são fáceis, apesar das várias subidas e o visual é lindo!!!!

No final da última praia, que é Itacarezinho a van nos leva para a cachoeira de Tijuípe - paga-se 5,00 para entrar. Eu não gostei muito da cachoeira não... ela é muito funda, água mega ultra hiper gelada e achei até um pouco perigosa (tinha muita gente num espaço pequeno), de qualquer maneira, faz parte do passeio e é interessante conhecer.

VALOR DO PASSEIO - 40,00 P/ pessoa + 5,00 para cachoeira

* Passeio a cachoeira da Usina e Jeribucaçú - Um dia inteiro de passeio que vale a pena: primeiro uma trilha em meio a mata com descida bem íngrime de mais ou menos 30 minutos até a cachoeira, e essa sim, vale a pena ir... água muito gostosa (não é gelada) e dá pra nadar com tranquilidade. Depois do banho na cachoeira, é hora de andar andar andar andar muiiiiito (sem exagero) até Jeribucaçú. Eu não cronometrei o tempo, até porque o visual é muito bonito e vc esquece do tanto que tem de andar, mas é mais de uma hora de caminhada, passamos por ladeiras bem íngremes, descidas tão íngremes quanto, travessia de rio, mangues (claro que paramos para descansar e tirar muitas fotos) e enfim chegamos a uma praia linda!!!!!

Ficamos bastante tempo lá - é difícil falar de tempo num lugar desses porque o visual te faz esquecer completamente da hora hehehe.

DICA: Lá não tem restaurante, mas existem várias barracas que oferecem desde almoço completo, com peixe assado na brasa até outras com tapioca, crepes e outros lanches. Aceitam apenas dinheiro.

Para ficar na praia, a melhor opção, se não quiser fritar no sol, é alugar cadeira e sombrinha, alugamos a nossa por 20,00 (duas cadeiras e uma sombrinha bem grande).

Depois de horas de descanso e belas fotos, além de um revigorante banho de mar com ondas fortes (pra mim rsrsr) é hora de enfrentar a subida (dessa vez por outro caminho) para voltar para casa.

DICA: Leve água e vá preferencialmente de tênis porque tanto para ir quanto pra voltar o caminho é cansativo... eu, sinceramente, não me cansei porque sou acostumada a fazer exercícios, mas várias pessoas que estavam conosco no passeio se sentiram bem cansadas e ofegantes porque como disse: a subida é longa e íngreme.

VALOR DO PASSEIO - 40,00 P/ pessoa ( se não me engano) + 6,00 para entrar na cachoeira.

* Passeio a Prainha: Deixamos meu sogro e sogra na praia da Ribeira - a praia tem excelente infraestrutura e vários restaurante na beira da praia e até pretendíamos ir sozinhos até a Prainha, mas um garçom disse para irmos com guia pois o caminho não é fácil... lá fomos nós pagar mais 20,00 por pessoa (lá vc paga por tudo!!!! - sem exagero). Mas ainda bem que pagamos, o guia foi muito atencioso e realmente, eu achei difícil o caminho até essa praia, as trilhas enganam pois tem muita bifurcação e sem sinalização, só mesmo quem conhece para chegar até lá. Dizem que é perigoso tbm ir sozinho por causa de assaltos na região, mas eu não achei perigoso não, talvez porque havia muito movimento de turistas. A trilha é fácil, mas demora um pouquinho, passamos por um riacho e alguns mirantes para tirar belas fotos

E bem que dizem que a Prainha é considerada a praia mais bonita de Itacaré - realmente é verdade, apesar de pra mim todas serem lindas, a Prainha tem um Q a mais... não sei explicar exatamente o que ela tem, mas é linda!!!!! Viemos embora depois de umas 2 horas por lá, fomos porque começou a chuviscar e já estávamos com fome - lá tem apenas uma barraca com lanches.

 

NOITE EM ITACARÉ: A Rua da Pituba é mágica: confesso que no primeiro dia achei a cidade horrorosa, quando se chega, toma um susto com os bairros da periferia porque é muito feio e quando chegamos estava tudo fechado, lá os restaurantes abrem ao 12:00. Mas a noite, a cidade se transforma: a rua da Pituba é linda: os restaurante são lindos e charmosos, e a rua se enche de gente bonita, a maioria falando espanhol hehehe (cambada de argentinos invadindo lá rsrs). Ficamos andando pra cima e pra baixo nessa rua, praticamente fazendo buraco, pois não cansamos de andar por ela, cada vez que subíamos ou descíamos reparamos em algum restaurante ou lojinha que ainda não havíamos visto.

COMER EM ITACARÉ: Ninguém passa fome lá, tem de tudo!!! O que eu recomendo:

- Pizzas e massas: Casa das Massas - a pizza mais gostosa e fininha que comi até hoje, ainda sinto o gosto dela rsrsrs.

- Almoço: tem vários restaurantes por lá self service e a comida é deliciosa.

- Deve ter mais tapiocaria do que padaria naquele lugar, muitas mesmo e uma delícia!!! Cada lugar com um preço diferente... mas a mais gostosa realmente é da barraca que comi no Havaizinho, barata e deliciosa, as da Pituba são bem mais caras (em torno de 10,00 enquanto na praia, custou 4,00).

 

 

É isso... fiz apenas um "pequeno resumo", que não foi tão pequeno assim, mas gostaria de escrever muito mais coisa, porém, ninguém vai ter coragem de ler de tão grande que será.

De alguém quiser dicas de lá, me envie um email que faço questão de ajudar!!!

 

próximo relato: viagem para Morro de São Paulo.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...