Ir para conteúdo
THAIS CARNEIRO1502428960

Viagem pelo Perú em casal - Fev/2013

Posts Recomendados

Olá pessoal, vou relatar os pontos mais relevantes da viagem ao Perú que fiz com meu namorado em fevereiro/2013.

 

O Perú tem lugares incríveis, porém deixa a desejar no atendimento ao turista. Eles cobram o valor que querem em hotéis, objetos, passeios e transportes, temos que barganhar preços o tempo todo e chega uma hora que cansa tanta pechincha, eu confesso que cheguei a me irritar com isso rs. ::grr:: A higiene também não é o forte dos peruanos, para se dormir ou comer num lugar razoável, tem que pagar mais por isso. :?

A maioria dos taxis são velhos e carros comuns também fazem corrida, não sei se são clandestinos, eu não os usei. A maioria das ruas não possui identificação do nome, assim como os comércios, casas e lojas não possuem a identificação do número. Como o GPS é artigo de luxo rs, o resultado disso são as várias voltas de taxi pela cidade até o taxista encontrar o local de destino rs. Ainda bem que não tem taxímetro!!! Rs... :roll: Então a dica é SEMPRE levar o mapa do hotel.

A problemática da agua quente é comum na maioria dos hotéis e o café da manhã é sempre basicão, eles chamam de café-continental, que consiste em café com leite e pão com margarina em quantidade moderadíssima rsrsrs. ::bad::

A primeira impressão assusta um pouco, mas depois vc acostuma com os problemas e até acha graça, fora que as paisagens compensam o estresse rs. :lol:

Levamos 500 Dólares que foram bem úteis, pois os hotéis costumam cobrar em dólar e ao fazer a conversão para Novo Sol, eles pegam pesado no cambio, aliás o cambio para o pagamento é bem maior que o cambio para o troco. :oops: A dica é reservar o hotel na moeda local ou pagar em dólar mesmo. Trocamos Novo Sol no aeroporto do RJ para pagar as primeiras despesas, no Perú sacamos moeda local nos caixas eletrônicos com cartão de débito internacional. Qualquer caixa com a bandeira Plus ou Cirrus dá pra sacar dólar ou novo sol, a taxa de cambio é bem melhor que nas Casas de Câmbio e cobra apenas R$ 10,00 de taxa por saque. Outra dica, não troque muito dinheiro no Brasil pq perde-se muito com taxas e variação cambial, saque dinheiro no Perú com seu cartão de débito ou cartão múltiplo. Alguns lugares cobram taxa com pagamento em cartão de crédito.

Não fizemos seguro viagem e levei uma pequena farmácia na mochila e para o mal a altitude. O chá de coca é porreta, mas meu namorado não se adaptou ao chá e passou mt mau. Fui na farmácia e comprei o tal do Soroche Pill. Pesquisei o google a origem e a composição do remédio e não achei nadaaaaaa, dizem que é fabricado no fundo de um quintal e eu não duvido disso, mas ele funciona!!!! :D

Os hotéis reservei pelo booking , sempre consultando a opinião do TripAdvisor.

Compramos as entradas para Machu Picchu e WaynaPicchu através da agencia Pirwa, com Bus para Aguas Calientes e Guia em espanhol.

O bilhete de trem nós compramos pelo site da Peru Rail. Eles pediram para passar a cópia do cartão de crédito, enviamos por e-mail , mas acabaram cobrando em duplicidade. Fizemos contato com a empresa e o valor foi estornado, sem nenhum problema, custou USD$ 49,00 cada trecho.

É importante levar protetor solar, manteiga de cacau e creme hidratante, clima castiga a pele. Também levei capa de chuva, botina impermeável, casaco corta vento e roupa de frio. Mas no litoral faz calor durante o dia, então shorts e regatas tb serão uteis.

 

Bom, agora vou falar um pouco dos lugares, começando por Lima. Chegamos em Lima de madrugada, pernoitamos no hotel Pay Purix, pq bem cedo pegaríamos o avião para Cusco. Foi a maior furada, a diária para casal no booking custou USD$ 21,00, mas nos cobraram SOL$ 57,00. Podíamos perfeitamente ter dormido no aeroporto, todo mundo faz isso, fora que o hotel é muito caro para o que oferece, os funcionários péssimos, além do taxista ter cobrado SOL$25,00 pela corrida que valia no máximo SOL$ 5,00. Foi mancada nossa!!! ::putz::

 

Em Cusco ficamos no Hotel Best Western Los Andes de América,a diária para casal custou USD$ 40,00, fica a 5 minutos da Plaza de Armas (a pé). Foi o melhor o hotel da viagem em todos os sentidos. ::otemo::

Amei a cidade de Cusco e Machu Picchu então, nem se fala. Subimos WaynnaPichu as 10h, é super cansativo, mas nada de absurdo, pensei que fosse pior e olha que sou sedentária. O visual é de tirar o folego , só demos mole de começar a explorar Waynna pelo final e não tivemos energia para dar volta e passar na tal caverna que o pessoal comentou.

O passeio ao Vale Sagrado nós contratamos com a agencia Lorenzzo Aventuras, por sinal uma excelente agencia. O proprietário, Lorenzzo, além de muito atencioso e honesto, sempre dá dicas e orientações para quem o procura, mesmo que não feche os passeios. A agencia é especializada em aventuras e faz umas excursões diferenciadas. Para quem quer ir para MP por trilha, eles fazem uma trilha alternativa de 4 dias com caminhada, bike e tirolesa. Nós contratamos um guia particular com a agencia para aproveitar melhor os lugares, o custo beneficio foi perfeito e usamos ônibus municipal para locomoção que é bem mais barato, porém pouco confortável e limpo, mas valeu !! rs. O guia foi 10, além de conhecer muito bem a história de todo o local, era gente boa pra caramba. Indico muito o Bruno (guia) e a agencia Lorenzzo Aventuras (em Cusco). ::otemo::

 

Pernoitamos dois dias em aguas Calientes, primeiro ficamos no Hotel Wachuma B&B, fica a 2 minutos da estação de trem, a diária do casal custou USD$ 40,00. As camas eram mega desconfortáveis e o gerente mora no último andar hotel, então para chama-lo era necessário tocar a campainha e era bem complicado para dormir com o barulho ::ahhhh:: . Mudamos para o hotel ao lado, Hotel Inti Punku Inn a dona fez um preço bem camarada , SOL$ 50,00 (sem café da manha), e o hotel era melhor que o anterior.

 

Em Puno ficamos no Hotel Cordelius Turistico , a diária para casal custou USD 35,00. Achei fraco para um hotel 3 estrelas, a agua demorou para esquentar e deixou a desejar na limpeza :? . O seu diferencial é proprietária, dona Adelia , show de bola. É razoavelmente perto da plaza de armas e rodoviária (uns 10 min de taxi). Contratamos Bus, Guia, Barco e entrada para as Islas Taquile e de Uros em Cusco pela agencia Pirwa. Poderíamos ter comprado o passeio em Puno, mas achamos mais cômodo chegar lá com tudo pronto. A agencia Lorenzzo oferecia um passeio a Puno bem mais interessante, mas o Bus só partiria no dia seguinte e não queríamos pagar mais uma diária de hotel em Cusco.

 

Em Ica ficamos no Hotel Las Flores, mt bom, simples, limpo, pessoal bacana, só pecou no café da manha (fraquíssimo). Fica um pouco distante da lagoa de Huacachina (uns 12 min de taxi), a diária do casal custou USD$ 60,00. Compramos as passagens de Bus em Puno pela Cruz Del Sur, mais caro pq tinha wi-fi (que não funcionou), mas mt confortável. Contratamos o passeio de Bugge na lagoa de Huacahina e ganhamos 15 minutos de passeio de barco a remo na lagoa de cortesia. Preferimos fazer o passeio no último horário para ver o por do sol, foi simplesmente sensacional. Nunca vi um céu tão lindo. O passeio foi fantástico, as dunas são gigantes, parece um imenso deserto, vale muito a pena ir a Hucachina, eu amei 8) . De Ica para Paracas fomos de taxi, que nos cobrou SOL$ 60,00, quase o mesmo preço do Bus.

 

Em Paracas ficamos no Hotel Muca House Backpacker novinho, limpo, mas péssimos em serviço. O pessoal é até legal, mas o negócio não funciona por falta de organização mesmo, eles são bem amadores :oops: . O hotel fica na frente da praia, pertinho do cais, compramos o passeio a reserva de Paracas e Islas Ballestas com eles. A diária do casal custou USD$ 50,00, com o pior café da manha que já tomei na vida. Paracas é mt pequena, então dá pra pesquisar bastante, coisa que nós não fizemos por preguiça rs. O passeios é mt bom, porém como todo passeio guiado, mt rápido, mal dá pra tirar fotos, mas valeu. Ah , se oferecerem o guia que fala português, certifique-se sobre o transporte que ele irá usar. Ele é mt atencioso, já morou no Brasil, mas o Bus dele é um lixo de rodas...fuja!! rs. ::bad::

 

De volta a Lima, ficamos no Hotel Mariel e no Hotel Faraona, ambos a 1 hora (de taxi) do aeroporto, bons hotéis, limpos e confortáveis, mas mt caros. Ficam em Miraflores, uma graça de lugar, porém td mt caro. Fomos apenas na igreja Franciscana, tem um cemitério subterrâneo nela, mt show.... Estávamos exaustos e meu namorado recebeu a noticia do falecimento de uma pessoa da família, não havia mt clima para passeios. :cry:

 

Em anexo está a planilha com todos os custos.

 

Bom, é isso! Espero ter ajudado com as informações.

 

Abraços.

 

THAIS

PLAN CUSTOS PERU.PDF

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ola Thais

 

Parabéns pelo relato da viagem!!!Mas é assim mesmo, uma viagem para o Peru é uma aventura!!!Neste momento estou me lembrando que agora dia 16.04 estava em Cuzco, e no dia seguinte estaria em viagem para Puno, que saudade! Espero que esta não seja somente a sua primeira e unica viagem ao Peru e, que nos próximos anos você volte a retornar naquela região mágica.Meus sentimentos ao seu namorado pela perda de um membro de sua família.Um abraço para vcs dois.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


×