Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

rgoliveira

Reveillon em Berlim

Posts Recomendados

DSC_0065.JPG.0aef38cbb179380468492dc669eaf201.JPG

 

Reveillon em Berlin

A festa de réveillon mais fria e mais animada das nossas vidas!

 

Dezembro de 2009 foi um dos nossos últimos meses na Dinamarca. Nosso retorno para o Brasil estava marcado para fevereiro de 2010. E depois de um ano na Europa e muitas viagens, essa seria a nossa última oportunidade de viajar antes da partida. Com o coração na mão e a nostalgia antecipada de deixar o velho continente pra trás, estávamos decididos: escolheríamos um novo destino, inédito nessa temporada na Europa, e iríamos fazer dessa a melhor viagem e o melhor réveillon da nossa vida!

 

Meta estabelecida, comecei a busca na internet. Os únicos países que ainda não tínhamos visitado mas ainda constavam na nossa wishlist eram da Escandinávia. Ok, então, vamos passar o réveillon na Escandinávia. Beleza pura! O único problema é que esses países simplesmente não tinham réveillon de rua. Suécia, Noruega, Finlândia e nem mesmo a Dinamarca... A Escandinávia tem um jeito peculiar de comemorar a virada do ano: jantares íntimos na casa de amigos ou familiares e, depois, cama, ou festas caras, impagáveis por nossos bolsos mochileiros. Duas justificativas para isso: cultural e, óbvio, o frio. Quem, por cargas d’água, vai pra rua, no dia 31 de dezembro à meia noite, na escuridão do inverno do norte da Europa, nevando, tomar rajada de vento congelante na cara? Só nós, brasileiros bobos, buscando novidade!

 

Bom, cancelamos a virada do ano na Escandinávia e fomos googlar outros destinos! Eis que o mago Google nos traz uma solução incrível: Reveillon em Berlim, na lista dos TOP 10 melhores réveillons do mundo. Uma festa de rua para dois milhões de pessoas, com queima de fogos em um dos principais pontos turísticos da cidade, o Portão de Brandenburgo. E o melhor, um destino novo (conhecíamos a Alemanha, mas não tínhamos ido a Berlim ainda), e há 5 horas de trem da nossa casa. Nem precisaríamos concorrer pelas passagens aéreas nessa época do ano.

 

Destino definido, hora dos preparativos. Reserva dos tickets no site do trem alemão DB (http://www.bahn.de): tickets esgotados para as datas que queríamos. Oh my goodness! E agora? Por sorte, depois de horas a fio no site do DB, fiz várias combinações e tentativas, mudei a cidade de partida, a estação de chegada, o horário e o tipo de tarifa e conseguimos! Uhul! Reserva de hostel: todos esgotados. A cidade estaria lotada por causa do réveillon. Também, depois de váaarias horas de busca e combinações arranjei um hostel por noite (ficamos 3). Eu sei que é pauleira, mas em nome da virada do ano no Portão de Brandenburgo, valeria a pena a loucurinha!

 

Chegamos em Berlin no dia 31/12/2009. A cidade estava cheia, muito movimento, muita animação, todos empolgados (do jeito alemão de ser empolgado, claro) para a virada! Dava gosto de andar por lá, principalmente porque tínhamos saído da pacata Dinamarca para essa festa. Berlim é uma cidade incrível, cheia de opções para todos os gostos, como uma boa capital europeia, porém, extremamente organizada: museus, baladas, festas, festivais de rua e muita, muita gente do mundo inteiro! Nos alocamos no hostel e fomos passear pela cidade. Todas as atrações turísticas ficam abertas. Então, foi uma boa oportunidade para conhecer bem Berlim.

 

A Festa de Réveillon:

Os alemães realmente sabem como celebrar Sylvester – como eles chamam o evento. Eles vão pra rua cedo e a festa só acaba na manhã seguinte. Fomos pra rua no início da noite, descemos próximo ao parlamento alemão e já avistamos a imponência do edifício e muitas, muitas pessoas indo em direção ao Portão de Brandenburgo, todos com sua garrafa de champagne, preparados para a virada. A festa no Portão tinha como opção enfrentar a fila da roda gigante pra tentar entrar no brinquedo na hora da virada (e ver os fogos de cima – o que deve ser o máximo) ou ir para o meio da galera curtir o show com muita música eletrônica e alguns artistas pops europeus.

Ficamos muito surpresos com a animação dos alemães e com o tanto de álcool que eles bebem nessa época do ano (talvez é o que justifica toda essa animação?). Apesar dos milhares, milhões na rua, não teve empurra empurra e, mesmo bêbados, não vimos briga nem confusão, só muito alemão barulhento e animadinho! Próximo da meia noite, contagem regressiva e um show de 30 minutos de fogos de artifício no céu. É realmente uma festa belíssima, pra curtir e celebrar a virada do ano de uma maneira especial!

 

Uma amiga alemã que conhecemos no Peru esse ano, nos disse que essa festa de réveillon é tradicional na Alemanha e todos assistem pela TV. Muitos vêm de longe só pra ir pra rua pra ver o show da virada! Me lembrou a nossa tradicional virada em Copacabanda, que também está na mesma listinha dos TOP 10 melhores réveillons do mundo.

 

Se gostou e quer ir, dicas importantes:

 

1. Decida com antecedência: não faça como nós. Assim, você não terá problemas para achar passagens de trem e quartos de hotel/hostel disponíveis.

2. A festa é de rua: vá com coração aberto para entrar no clima da muvuca. Os alemães são festeiros (os mais festeiros que vimos na Europa), bebem muito, fazem muito barulho (acredite!) e na volta para o hotel, tenha paciência. Os trens ficam lotados, você vai ter que esperar por um vagão vazio, com frio, com sono e cansado!

3. Proteja-se do frio: não é a Escandinávia, mas faz frio pra caramba. Vá bem agasalhado e com o pé protegido. Depois de muitas horas no frio, meu pé ficou duro, congelado! Tive que derretê-lo na água quente quando cheguei no hostel (rsrsrs)!

4. Aproveite: uma das festas de virada de ano mais bonitas do planeta tem quer ser aproveitada na sua plenitude. Não é todo ano que você terá essa chance!

 

Quando voltar, não deixe de contar como foi a sua virada.

Feliz 2014! :)

Raquel

 

DSC_0037.JPG.2ce6fd9fdbd9fec1fbe6242eec0eefec.JPG

Compartilhar este post


Link para o post

Obrigada pelo relato, Raquel! Iremos passar lá a virada de 2014-2015 espero ser bem interessante!

 

irei serguir suas dicas. Ainda bem que nosso hotel da pra ir andando até o portão, pleo menos a espera do metro sera evitada!

 

Abraço

 

Eliane

Compartilhar este post


Link para o post

Em 06/08/2018 em 13:50, juassreuy disse:

Uhuuullllll
2018/2019 será minha vez! Top o post, adorei!

@juassreuy olá amigo, tudo bom? 

Como foi seu réveillon? fez relatos? estou pensando quase que ja decretado passar 2019/2020 lá e gostaria de saber como anda a virada por lá. 

abraço

Compartilhar este post


Link para o post

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.



×
×
  • Criar Novo...