Ir para conteúdo
natielima

2 semanas Laos + Bangkok (3 dias) - na terra dos milhões de elefantes

Posts Recomendados

Ano passado quando eu e meu marido resolvemos ir à Ásia levou um certo tempo para decidir o destino. Não tinhamos muito tempo para planejar a viagem e teríamos apenas 2 semanas de férias para fazer a viagem. Depois de muito pesquisar por acaso sempre via tópicos sobre o Laos em diferentes foruns; o país foi me ficando cada vez mais simpático, as pessoas falavam muito bem das suas experiências de viagem ali. Por isso resolvemos ir ao Laos. Encontramos um pacote barato com um bom roteiro, uma viagem curta mas que valeu muito a pena pelas experiências e pelo o que vivenciamos.

 

O pacote incluía vôo Munique - Bangkok (moro na Alemanha) , 2 dias em Bangkok, depois vôo até Vientiane. O trecho que viajamos não foi longo , não pudemos visitar o sul etc mas deu pra ver e fazer muita coisa:

 

-Bangkok

-Vientiane

-Vang Vieng

-Luang Prabang (3 dias em Luang Prabang, 2 dias no Elephant Village e mais 1 dia em Luang Prabang)

-Bangkok

 

Nosso vôo era com a Etihad com conexão em Abu Dhabi. A companhia achei muito boa, o aeroporto em Abu Dhabi um tanto caótico e o vôo para Bangkok atrasou 2 horas... depois de quase 18 horas de viagem no total chegamos em Bangkok:

 

sorvet.jpg.9683a2e8be7ac5b77b5328701445e636.jpg

 

Nosso hotel ficava perto da famosa Khao San Road, como chegamos a noite fomos dar uma volta e comer alguma coisa.

 

IMG_3939.JPG.cf8d801eb0028ea356ded20370eba5c4.JPG

 

No dia seguinte tinhamos o dia inteiro em Bangkok, nosso vôo para Vientiane saia as 20.30 da noite. Aproveitamos para fazer um pouco de sightseeing:

 

DSC03163.JPG.511e8d311eaee2c62a7729d41353e250.JPG

 

 

DSC03195.JPG.702213ce1dd36899ad5f7155fc9228dd.JPG

 

DSC03229.JPG.d9ea04705a76b0a128c68ae75bf562d4.JPG

 

DSC03257.JPG.709fade960fc8b945ae4fdeaf48017b8.JPG

 

DSC03460.JPG.5dd439d478cae72a87befa45e63530ab.JPG

 

DSC03390.JPG.605d5ed45194cdb111889ae0e45bb71f.JPG

 

Á noite fomos para o aeroporto para pegar o vôo para Vientiane com a Lao Airlines:

 

IMG_4103.JPG.f6e555029251073e70126c02020b0432.JPG

 

IMG_4110.JPG.00cf7eb738dbbaf353cfc551552506c5.JPG

 

IMG_4118.JPG.fd0dbf2f4c9aa4ee80a4a426c857f53c.JPG

 

Chegamos as 22 horas no nosso hotel em Vientiane, fizemos o checkin e depois saimos para dar uma volta só para ter uma primeira impressão da cidade. Nós estamos um pouco cansados e também os restaurantes , bares tem que fechar até a meia noite então voltamos logo para o hotel.

 

O hotel em Vientiane era Vayakorn Inn (http://www.vayakorn.biz/), localizado na região central praticamente ao lado do Wat Mixai e Wat Ong Teu, há 10 metros de uma das ruas principais (Rue Setthathilath) . Gostamos do hotel, aliás dos hoteis em que ficamos no Laos ; funcionários sempre prestativos (mesmo que ás vezes não falavam muito bem inglês), bonito ambiente , tranquilos.

 

IMG_4138.JPG.369ce6f20083e09063bb698b3db792cb.JPG

 

Fomos então descobrir a cidade. Começamos pelos templos perto do hotel:

 

DSC03502.JPG.f134e16319ecacd379f8bb5368ffe470.JPG

 

DSC03486.JPG.86e041a6d628485032d8eb5f9d930458.JPG

 

DSC03497.JPG.b746f402b3c84156e9abde3ceb2eae83.JPG

 

DSC03519.JPG.5aeb11692a61c2fb28475279e7a0ad8d.JPG

 

 

Vientiane apesar de ser a capital me pareceu uma cidade pacata com ares de cidade do interior do Brasil. A cidade tem cerca de 210 mil habitantes. Fomos ao Laos agora em Abril que é o mês mais quente do ano, as temperaturas durante o dia ficavam na média de 36 a 38 graus (mas nada incomum para brasileiros...) . Interessante observar também que apesar de estar muito quente o céu estava quase sempre encoberto por fumaça, já que nessa época muitos agricultores queimam os campos. Mas não sentimos cheiro de fumaça nem algum tipo de desconforto.

 

DSC03513.JPG.a5eec46582b998e108b92894179d7fec.JPG

 

DSC03567.JPG.93a6d1ef4aac1d5672c878ceea4f9fb4.JPG

 

DSC03580.JPG.2da8e676dc7230ea26155731e44497a7.JPG

 

O símbolo religioso e nacional mais importante do Laos, Pha tuat luang, uma stupa budista do século 16

 

DSC03592.JPG.ffaa988cc0a6a012adac2dff9ff51679.JPG

 

DSC03591.JPG.6b4718277af1ff1c981b923ef7d3e8e8.JPG

 

DSC03598.JPG.34c66dd6438df8668cbec0b2c653d0cc.JPG

 

DSC03615.JPG.45ee5006f5afa6929d4bcdc6f42ccbb0.JPG

 

No nosso segundo dia em Vientiane fomos ao parque Xieng Kuang, mais conhecido como Buddha Park. Fica há 25 quilômetros de Vientiane, fomos de tuk tuk. O Buddha park foi iniciado em 1958 e contém cerca de 200 esculturas budistas.

 

DSC03703.JPG.01c30c0c4a72a791b055af0885f7ba46.JPG

 

DSC03693.JPG.3171bb7a8110647d1bebaa7fee4a9313.JPG

 

DSC03691.JPG.973f4a1bdc3037d42898b6d642bd000a.JPG

 

Voltando a Vientiane aproveitamos para relaxar um pouco , passear pela cidade e terminar o dia com um bom jantar e Beerlao

 

DSC03676.JPG.7b3d7f0eae550534ff68d63a7df76e0b.JPG

 

No dia seguinte fomos de Van de Vientiane a Vang Vieng. São 150 quilômetros, levou mais ou menos 3 horas. Vang Vieng ficou conhecida há alguns anos atrás como party city, onde centenas de adolescentes ocidentais faziam festas,bebiam, ficavam meio doidos (em alguns restaurantes eram oferecidos os pratos na versão "happy" - onde eram adicionadas maconha ou cogumelos, ópio etc) ... depois que alguns morreram fazendo tubing (por estaram bêbados) o governo começou a combater o abuso de drogas e depois de alguns anos a situação se tornou mais calma. Muitos turistas incluem Vang Vieng para aproveitar a natureza e atividades outdoors que são oferecidas. Nós tinhamos só 2 dias então aproveitamos para relaxar e andar de bicicleta .

 

IMG_4258.JPG.f6ce55b8bc8af16dc91515b4f8047f31.JPG

 

O ano novo é comemorado com muita água. O ano novo lao , Boun Pi Mai, é comemorado no meio de Abril. As pessoas ficam nas ruas com barris e pistolas d´água e ficam jogando água nos passantes (durante o Pi Mai é impossível se locomover nas cidades sem ficar molhado...) . É uma forma de se puricar simbólicamente e se despedir do período de seca já que o período de Monsun deve ser atraído dessa forma. Nos templos as pessoas jogam água nas estátuas de Buda, em cidades como Vientiane e Luang Prabang há paradas nas ruas.

 

DSC03812.JPG.5fd2f6816c8b282f4834d8f661cb683f.JPG

 

Em Vang Vieng ficamos no Ban Sabai Bungalow (http://www.inthira.com/); diretamente ás margens no rio Nam Song com uma vista maravilhosa

 

DSC03821.JPG.767c5ae2fd6023b008a631a6360b14e8.JPG

 

DSC03823.JPG.13ab59bc767882ab056fe3e34d0411e0.JPG

 

DSC03824.JPG.d50c523c373f987fc5ca698f80ef598d.JPG

 

Em Vang Vieng fomos andar pelas redondezas e também fizemos um passeio de bicicleta em meio à paisagem bucólica.

 

DSC03832.JPG.568175d716b5b8a4c860b60088c6032d.JPG

 

DSC03837.JPG.28eb41286acde70cb8a9a9365b332704.JPG

 

DSC03856.JPG.810165cc497ed3eb7503fde4719c295b.JPG

 

DSC03981.JPG.7e77cde76f200857bbfeab923003b345.JPG

 

DSC03992.JPG.f49be363a222ca41d6d1bbf8f191fcd3.JPG

 

DSC04021.JPG.be577f9c453ceddff21954951b652d87.JPG

 

DSC04026.JPG.ee39fae9e3c980e88f65012f4b858b1b.JPG

 

De Vang Vieng fomos a Luang Prabang , de novo de Van. 256km em 5 horas! As estradas estão em más condições e vão por montanhas literalmente o tempo todo. A paisagem é deslumbrante, mas são curvas e mais curvas por todo o caminho.

 

estar.jpg.99d18a1efee4e14b8e3e0c8602cd00b8.jpg

 

menina.jpg.40f3dc8cb0f0d6368f738a97d12c9539.jpg

 

Chegamos as 15 horas em Luang Prabang , pegamos um tuk tuk até o hotel e apesar de ser um percurso de normalmente menos de 5 minutos acho que demorou quase 10 minutos porque a rua principal estava cheia de carros / pick up jogando água uns nos outros / nas pessoas nas calçadas, enfim, chegamos ao hotel ensopados, rs..

 

DSC04048.JPG.a82f5d1193d74913626f42c575130a8d.JPG

 

DSC04034.JPG.7c648844b6b8c792ffc38b5c26645902.JPG

 

DSC04053.JPG.b216c4a60a647e81ba3e56f78c47b0b1.JPG

 

DSC04109.JPG.c581af1f7d2239b8bbb2f368650abed5.JPG

 

DSC04117.JPG.95ef1ce0b0890fe3365d2e66e4d7b919.JPG

 

Luang Prabang tem 47.000 habitantes, era a capital do Reino do Laos até 1975, quando a monarquia foi extinta. Em 1995 Luang Prabang foi tombada como patrimônio da humidade pela Unesco. A cidade fica entre o rio Mekong e Nam Khan. As atrações da cidade são os cerca de 30 wats (templos) , o museu nacional (antiga residencia real), o monte That Phousi, passeios de barco no rio Mekong; nos arredores de Luang Prabang há cachoeiroas e cavernas para se visitar. Chegamos no último dia oficial do Pi Mai, por isso no dia seguinte as pessoas já não estavam mais jogando água umas nas outras, mas as celebrações nos templos continuaram por mais 4 ou 5 dias.

 

Em Luang Prabang ficamos no hotel Villa Saykham, bem central e tranquilo: http://villasaykhamhotel.com/ .

 

Uma coisa que eu queria muito fazer em Luang Prabang era visitar a "Living Land Farm" : http://www.livinglandlao.com/ . É um sítio comunitário onde as pessoas da comunidade trabalham platando arroz , legumes, fazendo cestas e chapéis de palha. Turistas podem fazer uma tour das 9 até meio dia, meio dia e meio, onde se aprendem os passos para o cultivo de arroz desde a escolha do grão até preparar o solo, colheita etc. Apesar de eu não ter muito jeito nem com jardinagem me interessei porque gosto de coisas do campo, de regiões rurais etc. O guia, Mr. Lee, era muito simpático, extrovertido e explicava muito bem, todos no grupo podiam por a mão na passa . O arroz cultivado no sítio não é vendido mas apenas distribuido gratuitamente à comunidade; os legumes e verduras são vendidos aos restaurantes. Com a renda arrecadada com a venda de legumes e com turistas eles apoiam a comunidade, dão aulas de inglês para crianças etc. Custa cerca de 30 dólares essa tour, para mim valeu muito a pena ainda mais sabendo que se apoia um projeto tão bacana ;)

 

DSC04130.JPG.725a655c5e7fc518bdf56ae80a1e401a.JPG

 

lee.jpg.207e38e0a9b6ba4060db67b1111cc7d8.jpg

 

DSC04132.JPG.844945ae59152c3eda633b6e725dfade.JPG

 

IMG_4439.JPG.506ba1f92e39f244ab6520975dcfb8e3.JPG

 

DSC04133.JPG.089b559ec3f0104ad7653fd9947f9f9d.JPG

 

DSC04161.JPG.02d57524919f34ab05df5183885cf48d.JPG

 

DSC04142.JPG.574e93ca6a6b1985addc15613cc25c49.JPG

 

O transporte do hotel e de volta para a cidade está incluído no preço (tuk tuk). A tarde aproveitamos para passear pela cidade e visitar alguns templos.

 

DSC04284.JPG.dde7802a67c11d9dbb3e21b6860d7254.JPG

 

DSC04288.JPG.763458fce6429346c45e505051683966.JPG

 

DSC04297.JPG.ec2fe8a14b7d7537788ec0455ceda44e.JPG

 

DSC04309.JPG.a0c92046caa12235c533859b538cb310.JPG

 

DSC04298.JPG.59c01287966098417726ad126dfb1951.JPG

 

DSC04325.JPG.ad793f9057176a3bbd935824c0b1bca6.JPG

 

DSC04375.JPG.790945a7f0df9e3701097f7ca58ae4a9.JPG

 

DSC04420.JPG.4d3a1283e71040d10fcb088cdd7252b2.JPG

 

DSC04416.JPG.7b0dd0659fa834c3a4854452d5fa9711.JPG

 

No terceiro dia em Luang Prabang participamos de um curso culinário do restaurante Tamarind. O dia começa com uma visita ao mercado local, onde o chefe explica os temperos, ervas e vários outros ingredientes da cozinha lao. Depois do mercado vamos a um sítio pertencente ao restaurante onde há uma cozinha ao ar livre com um lindo jardim em volta. Ali preparamos 5 pratos diferentes e sobremesa. A cozinha lao é bem interessante e saudável , utilizando muitas ervas. A base da alimentação das pessoas é o arroz (stiky rice). Nós preparamos variações dos pratos apresentados, já que somos vegetarianos e carne / peixe é a base da culinária (também molho de peixe que é usado também em saladas). Mas foi uma experiência muito interessante.

 

DSC04480.JPG.83f37d752c5521e1d7f94be77c64d92b.JPG

 

DSC04490.JPG.0cf179c39113c55da909c57789ba42d1.JPG

 

DSC04523.JPG.f51c75418c5d667d65f6287e77aaf686.JPG

 

DSC04530.JPG.7ad07a92142d07a61d7fd2ec1b4d6299.JPG

 

DSC04566.JPG.e5d07b72b3a8d72c0470bd9b1676ab21.JPG

 

O curso ia das 9 até as 15 ; aproveitamos a tarde para descansar um pouco e depois passear mais um pouco pela cidade:

 

DSC04593.JPG.2f3104d71f498cf24e691c0f005609dd.JPG

 

DSC04959.JPG.dda8467a0ab824df8b2bb282ba10d9ec.JPG

 

IMG_4483.JPG.0aad0ed908934619ef5b18521adf996f.JPG

 

 

No dia seguinte íamos ao "Elephant Village". No sudeste asiático existem vários "elephant camps" , alguns no Laos. Eu achei a idéia interessante mas queria ter certeza de encontrar algo sério, que tem os elefantes como foco e não apenas como forma de ganhar dinheiro de turistas. O Elephant Village foi fundado por um alemão e é gerenciado por laos, no site deles se pode ler a história dos elefantes que eles mantem no camp ( no momento 12) ; são elefantes que costumavam trabalhar (por ex. na extração de madeira). Laos , uma vez conhecido como o país dos milhões de efantes, hoje abriga cerca de 1500 elefantes apenas, somente cerca de 1000 - 1100 vivendo em liberdade.

 

No Elephant Village se recebe ao chegar um rápido treinamente de "mahout" (condutores de elefante) onde se aprendem alguns comandos. Depois de memorizar os comandos o turista sobe na nuca do elefante (sempre com o mahout acompanhando) e damos uma voltinha, rs... Depois levamos os elefantes até a floresta onde eles dormem e nós dormimos no Elephant Village, já que eles oferecem programas com estadia. Na manhã seguinte nosso guia foi nos esperar para irmos buscar os elefantes na floresta e leva-los ao rio para dar banho.

 

DSC04633.JPG.07f885170a981f5bc5f0a6fe31fbb32c.JPG

 

DSC04734.JPG.a300da3a0d91f57bbea9b451519c0438.JPG

 

DSC04792.JPG.10d4d961b0eddead489c593a3ef3bda4.JPG

 

As pessoas da comunidade local encontraram trabalho no Elephant Village como guias, mahouts, cozinheiros ... muitos puderam aprender inglês, a comida para os elefantes é comprada da população local. Um projeto exemplar: http://www.elephantvillage-laos.com/community-support/ Foi uma experiência incrível, nunca tinhamos chegado tão perto de elefantes, interessante também observar a relação deles (ou melhor "delas", apenas fêmeas são mantidas no camp pois são menos agressivas) com seus respectivos mahouts.

 

Depois do Elephant Village tinhamos apenas mais um dia em Luang Prabang. Uma pena, gostei muito da atmosfera calma desta cidade. No nosso último dia fui visitar o templo Wat Xieng Thong, o mais antigo de Luang Prabang. Entrando no templo um noviço me cumprimentou em inglês e depois veio puxar conversa comigo. Me mostrou o templo, me contou sobre as tradições budistas e de ano novo (me perguntou se eu queria derramar água sobre uma estátua de buda, o que fiz: se pega uma bacia com água e pétalas de flores e a água é derramada numa espécie de cano que leva a água até a estátua ; durante este pequeno ritual se deve fazer um pedido :) ) Foi uma forma singela de terminar esta linda viagem.

 

DSC04905.JPG.f0a6f45cb2bb1920a7e237099537c1c3.JPG

 

DSC04906.JPG.5e285f2f2ec81fa9efd08a74bfc2800b.JPG

 

DSC04925.JPG.e13f5d34547a8751a20ad9294cbe595b.JPG

 

DSC04948.JPG.7b6780b4ef8d8e9e70aba58a6d853540.JPG

 

DSC04952.JPG.9880bdb2fc5e09010432ff9ccd6cd351.JPG

 

Uma cerimônia que virou atração turística em Luang Prabang é a chamada ronda das almas ou "alms giving". Os monges e noviços fazem uma ronda na cidade a partir das 5:30 da manhã coletando comida doada pelos fiéis, uma prática do budismo Therevada praticado em países como Laos e Tailândia. E bonito de se ver mais infelizmente alguns turistas não tem respeito, ficam a menos de meio metro da fila de monges para tirar fotos, um dia vi uma turista que ficava perseguindo os monges de bicicleta e parava a 20 centimetros da fila... Me irrita este tipo de comportamento; claro que tirei fotos também entendo a fascinação das pessoas, mas eu ficava do outro lado da rua, encolhida, tinha até um pouco de vergonha de tirar foto mas não resisti.

 

IMG_4470.JPG.4c3977b538ad42e0efac91201ecbd600.JPG

 

Nossa viagem ao Laos então chegada ao fim. Tínhamos ainda quase 2 dias (uma noite) em Bangkok até voltar pra casa. Pegamos um tuk tuk do hotel até ao aeroporto, cerca de 15 minutos.

 

IMG_4523.JPG.99214eb5a17dcc938bc642d19f912453.JPG

 

Em Bangkok aproveitamos o tempo restante para visitar o Grand Palace. Estava muito calor, um sol forte (talvez por estar escondido atrás da fumaça achei o calor mais suportável no Laos), centenas de turistas , mas vale a pena é um complexo majestoso.

 

DSC04978.JPG.e67d839c77626d18f2b4aabcca5e2e40.JPG

 

DSC05028.JPG.e79ff999f8f311cc64acc5d19a9b4687.JPG

 

DSC05002.JPG.be7307157bc727613b98bb2dec54e821.JPG

 

Esse foi então o fim da nossa curta viagem de 2 semanas.. votamos pra casa cheios de impressões e boas lembranças.

 

Quanto a custos em geral: hotéis , comida e locomoção são baratos. Nos hotéis pagamos cerca de 35 a 40 doláres por noite por um quarto duplo (tipo superior ou deluxe). As passagens aéreas de Bangkok - Vientiane e Luang Prabang Bangkok cerca de 100 euros por pessoa (cada trecho). Comida de rua (noudle soup etc) acredito que fique na faixa de uns 2 euros, comendo em restaurante pagávamos para 2 pessoas (com bebida e as vezes sobremesa) aprox. 10 euros. Transporte na cidade de tuk tuk varia um pouco , só na cidade mesmo pode ficar entre 20 a 30.000 kip (2 a 3 euros). Fizemos uma tour com tuk tuk para visitar as Pak ouk caves, 45 a 50 minutos por trecho o motorista cobrou 30 dolares (por quase 2 horas incluindo o tempo de espera até nós visitarmos as cavernas o que deu de meia hora a 45 minutos). O Lao Kip é bastante desvalorizado, em algums cidades se pode pagar também em Thai Bat e geralmente dólar e aceito em muitos lugares. Em cidades com Vientiane e Luang Prabang também é possível pagar com cartão nos restaurantes e lojas. Os restaurantes e hotéis costumam ter WiFi (somente um hotel, no Elephant Village,não havia WiFi).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi, muito bom o seu relato... foi objetivo e bem informativo... Obrigado pela contribuição...

Estou planejando uma viagem para o sudeste asiatico, ficaria dois dias inteiros em vientiane e dois inteiros em vaing vieng e creio que tres em laung pra bang.. acha que esse tempo seria o suficiente para ver o principal com calma???? outra duvida, li em relatos que o trajeto de vientiane para viang vieng é bem complicado, cheguei a ler q levara até 6 horas no trajeto... como foi que fez esse trajeto??? agencia, onibus??? o mesmo li com relação ao trajeto viang vieng para laung pra bang.. como fez esse trajeto também??? obrigado pela informação...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Oi, muito bom o seu relato... foi objetivo e bem informativo... Obrigado pela contribuição...

Estou planejando uma viagem para o sudeste asiatico, ficaria dois dias inteiros em vientiane e dois inteiros em vaing vieng e creio que tres em laung pra bang.. acha que esse tempo seria o suficiente para ver o principal com calma???? outra duvida, li em relatos que o trajeto de vientiane para viang vieng é bem complicado, cheguei a ler q levara até 6 horas no trajeto... como foi que fez esse trajeto??? agencia, onibus??? o mesmo li com relação ao trajeto viang vieng para laung pra bang.. como fez esse trajeto também??? obrigado pela informação...

 

 

Oi Leandro, é tempo suficiente sim em cada lugar, em Vang Vieng a atração principal é a paisagem, atividades outdoor etc. Quanto aos trechos entre as cidades: as estradas sao ruins, com buracos e principalmente o trecho Vang Vieng - Luang Prabang é o tempo todo por estradas sinuosas pelas montanhas então vai meio que balançando o tempo todo, rs.. fizemos 2 paradas, 1 em só pra ir ao banheiro e uma para comer, claro que as paradas são diferentes do que temos no Brasil, eram umas cabanas de madeira onde viviam familias que vendiam comida / souvenirs pra turistas para ganhar um dinheiro. Vang Vieng - Luang Prabang sao 250 km acho, levou 5 horas. Vientiane - Vang Vieng eram 150 km se bem me lembro e levou umas 3 horas. Voce pode comprar as passagens de onibus em agencias de viagems pelas cidades, fomos de Van que é um " VIP Bus" (com aircon) . No nosso caso as passagens estavam incluidas / ja reservadas no pacote que compramos na Alemanha mas dá pra comprar lá também nas agencias que tem espalhadas pela cidade.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ok, Obrigado pela resposta... estou indo para vang vieng mais por causa da agitação, creio que seja bem exótico... vou fazer tambem vientiane, mas seria muito rápido.. só de um dia para o outro tem o buda park e pha tha luang, acha que consigo visita los em metade de um dia?? e essa agencia de viagem que reservou o transporte, sabe o site??

não estou dando muita prioridade as capitas do laos e camboja, pois pelo que li não tantas atrações quanto no interior dos paises...certo??

valew pela ajuda...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Buddha Park é um pouco afastado da cidade mas dá pra fazer numa manha por ex, leva uma meia hora de tuk tuk até la, vale a pena. Em Vientiane mesmo tem os templos para visitar, da pra fazer Buddha Park e That Luang em um dia, ou talvez numa metade de um dia se voce nao tiver muito tempo e fazer outras coisas.

 

Comprei o pacote numa agencia alema que trabalha com uma agencia local, Khiri Travel: http://khiri.com/ . Eu nao reservei so o transporte mas tinha um pacote completo incluindo hoteis, transfer de uma cidade pra outra com Vans, algumas atividades com guias etc. Vang Vieng vale a pena pela natureza, paisagem, eu pessoalmente nao gosto dessa "agitacao" , que era muito maior ha alguns anos atrás; depois que alguns turistas bebados morreram fazendo tubing o governo começou a combater certas atividades entao diminui esse fluxo de turistas jovens (20 e tantos) que iam lá pra fazer baladas e tal... a natureza é deslumbrante.

 

Eu gostei muito de Vientiane mas concordo que nao e necessario muito tempo, 2 dias esta bom para ver as atracoes da cidade.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Buddha Park é um pouco afastado da cidade mas dá pra fazer numa manha por ex, leva uma meia hora de tuk tuk até la, vale a pena. Em Vientiane mesmo tem os templos para visitar, da pra fazer Buddha Park e That Luang em um dia, ou talvez numa metade de um dia se voce nao tiver muito tempo e fazer outras coisas.

 

Comprei o pacote numa agencia alema que trabalha com uma agencia local, Khiri Travel: http://khiri.com/ . Eu nao reservei so o transporte mas tinha um pacote completo incluindo hoteis, transfer de uma cidade pra outra com Vans, algumas atividades com guias etc. Vang Vieng vale a pena pela natureza, paisagem, eu pessoalmente nao gosto dessa "agitacao" , que era muito maior ha alguns anos atrás; depois que alguns turistas bebados morreram fazendo tubing o governo começou a combater certas atividades entao diminui esse fluxo de turistas jovens (20 e tantos) que iam lá pra fazer baladas e tal... a natureza é deslumbrante.

 

Eu gostei muito de Vientiane mas concordo que nao e necessario muito tempo, 2 dias esta bom para ver as atracoes da cidade.

 

Natie, valew pelas dicas.. creio que vou usar essa agencia que vc indicou para fazer as reservas... e tentar fazer um "Vientiane express" rsrs muito obrigado.. Abc

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá!

Primeiro parabéns pelo relato!

To indo agora em abril pra Tailandia e arredores, e to com o tempo meio apertado, mas gostaria de visitar Luang Prabang. Porém li que nessa época as cachoeiras de água azul turquesa ficam praticamente secas. Vcs visitaram? Sabe de algo a respeito?

Obrigada!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora


×