Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Peça ajuda, compartilhe informações, ajude outros viajantes e encontre companheiros de viagem!
    Faça parte da nossa comunidade! 

nnaomi

11 dias na BA - Parte 1 e 3: Salvador

Posts Recomendados

Período: 30/11 a 01/12 e 09 a 10/12/2013

Cidades: Salvador

 

Salvador faz parte do destino turístico da Baía de Todos os Santos. A capital do estado da Bahia foi a primeira capital do Brasil e é conhecida como a "capital cultural do país". Belas praias, significativo patrimônio histórico, incluindo o famoso Pelourinho e animadas festas populares atraem turistas o ano todo.

 

Confira abaixo as dicas e informações gerais sobre a cidade. Esse relato contempla apenas a região turística da Barra, que foi a única área visitada nessa curta passagem pela capital baiana, a caminho de Morro de São Paulo e Boipeba. Poderá, eventualmente, ser atualizada após uma próxima visita à cidade.

 

Obs.: Além da seção "Dicas" antes do relato, há outras dicas específicas espalhadas pela página. "Outras opções" referem-se às indicações que não foram testadas. ATENÇÃO: não possuo nenhum vínculo com pousada, hotel, restaurante, agência, loja e qualquer outro tipo de estabelecimento divulgado nos meus relatos de viagem. Alguns dos pontos turísticos, bem como alguns estabelecimentos, não foram visitados por mim e as informações foram pesquisadas em guias. Portanto, recomendo que antes de utilizar qualquer serviço, verifique com a secretaria de turismo da cidade, se os dados são atualizados e/ou verossímeis.

 

Índice

 

A cidade

 

Como chegar

 

Quando ir

 

Onde ir

 

Onde ficar

 

Onde comer

 

Dicas (Contatos úteis, Postos de Informações Turísticas, Links úteis, Receptivos Turísticos e Dicas)

 

Sugestão de roteiros

 

Relato de viagem

 

Mapas

 

Relatos 2013:

21 dias em SE e AL - fev-mar/2013 - Parte 1: Aracaju | Parte 2: Maceió | Parte 3: Maragogi

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Salvador, a capital do estado da Bahia, está localizada no litoral do estado. Faz limite com as cidades de Lauro de Freitas, Simões Filho, Candeias, Madre de Deus, Salinas da Margarida, Saubara, Itaparica, Vera Cruz e São Francisco do Conde. Possui área de 693,276 km² e população de 2.675.656 habitantes (dados IBGE 2010). Tem clima tropical com temperatura média de 26°C.

 

Relatos 2013:

21 dias em SE e AL - fev-mar/2013 - Parte 1: Aracaju | Parte 2: Maceió | Parte 3: Maragogi

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Salvador tem fácil acesso para quem vem de outros estados, por meio de transporte rodoviário ou aéreo.

• Aeroporto Internacional Deputado Luís Eduardo Magalhães, Pça. Gago Coutinho, s/n, 3204-1010 / 1269 / 1555 / 1544. SAT 3204-1444 das 8h30-23h

• Terminal Rodoviário de Salvador, Av. Antônio Carlos Magalhães, 4362, Iguatemi, 3460-8300. SAT 3450-3871 das 7h30-22h

• Terminal Marítimo de São Joaquim, Av. Oscar Pontes, 1051, Comércio/Calçada, 3319-2890. Saída de ferry-boat a Bom Despacho

• Terminal Turístico Marítimo, Av. da França, s/n, Comércio, (atrás do Mercado Modelo). Saída de catamarãs a MSP

 

Dicas e comentários sobre transporte:

• O aeroporto fica afastado da cidade, a corrida de táxi credenciado pelo aeroporto (tabelada) pode ficar bem cara dependendo do destino. Disseram que há outro ponto de táxi (não oficial do aeroporto), na saída do aeroporto, perto do estacionamento. Porém para quem quer economizar, mas não quer pegar ônibus, a dica é seguir para a área de embarque e negociar com um táxi que tenha trazido passageiros para o aeroporto. Como ele não pode aguardar no aeroporto para pegar passageiros e ele já ganhou sua corrida, costuma-se conseguir um preço melhor. Porém alguns criticam essa prática, por questões de segurança

• É possível contratar traslado de uma das agências de turismo receptivo

• Alguns disseram ter ônibus executivo do aeroporto, outros que este só opera em alta temporada. Porém, algumas linhas de ônibus convencionais passam pelo aeroporto. Recomendaram fazer esse trajeto de táxi e evitar ônibus, por questões de segurança

• Do aeroporto, existem basicamente dois caminhos para a região da Barra, por dentro (parece que é um pouco mais perto) ou pelo litoral. Seguimos pela orla, mas não deu para ver muito bem a paisagem, pois os carros no outro sentido é que seguiam pela via mais próxima da praia. Trânsito estava um pouco caótico, por causa das obras. Ruas foram fechadas e o trânsito desviado para outras vias que passaram a ter sentido único e/ou invertido. Parte da Av. Oceânica, perto do Farol da Barra estava impedida com obras no calçadão. Trechos da Av. Otávio Mangabeira estavam sendo recapeados e a orla revitalizada com nova iluminação. O calçadão da orla deve ficar bonito depois de pronto, mas por enquanto enfrenta-se a bagunça das obras. Uma parte será entregue no Carnaval e a outra na Copa. Havia congestionamento e levamos cerca de 1h do aeroporto até a Barra

• Acho que a dica de negociar o valor do táxi antes de embarcar é válida, ainda mais com as obras na orla, pois se o táxi ficar dando voltas, quem não conhece a região ficará sem saber se é por conta das obras. Para quem vai de ônibus, é bom checar se houve mudança nos itinerários. Independente do meio de transporte, é bom sair mais cedo por causa dos congestionamentos

• Algumas informações sobre transporte podem ser consultadas no site da AGERBA - Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia, inclusive as linhas que ligam e/ou passam por duas localidades podem ser pesquisadas na página de Consulta ao Sistema de Transporte Intermunicipal de Passageiros

 

Relatos 2013:

21 dias em SE e AL - fev-mar/2013 - Parte 1: Aracaju | Parte 2: Maceió | Parte 3: Maragogi

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A alta temporada se dá no período de férias escolares, com picos no ano novo e no carnaval. Como outras capitais litorâneas do nordeste, recebe um grande fluxo de turistas o ano todo e sempre tem movimento, embora seja mais tranquila fora da alta temporada. A capital tem boa infraestrutura turística com hotéis e restaurantes abertos o ano todo. Quanto ao clima, tem pluviosidade bem distribuída durante o ano, não apresentando uma estação seca bem definida, embora geralmente apresente um índice pluviométrico maior entre abril e julho.

 

Para curtir as festas populares, como a do Senhor dos Navegantes, a Lavagem do Bonfim e a de Iemanjá, vale consultar o calendário festivo no site http://bahia.com.br/viverbahia/festas-populares/

 

Relatos 2013:

21 dias em SE e AL - fev-mar/2013 - Parte 1: Aracaju | Parte 2: Maceió | Parte 3: Maragogi

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Na Barra:

• Marco Zero da Cidade de Salvador, Porto da Barra

• Igreja de Sto Antonio da Barra, Pça Sto Antonio da Barra/Ladeira da Barra, s/n, 3013-3117/8325-3796. Vista da Baía de Todos os Santos

• Forte de São Diogo (1722), R. Forte São Diogo, s/n, Porto da Barra, 3267-3307, ter-dom das 9h30-12h e 13h30-17h30. Vista da orla, mirante para a Baía de Todos os Santos, simulação de tiro de canhão às 12h do sáb. Ingresso pago

• Instituto de Artesanato Visconde de Mauá: Loja Barra, Largo do Porto da Barra, 02, Térreo, 3116-6196, [email protected]

• Praia do Porto da Barra, faixa de areia estreita, badalada

• Forte de Santa Maria, Av. 7 de Setembro, s/n, Porto da Barra, 3326-5667

• Forte de Santo Antonio da Barra - Farol da Barra (1696): Pça. Almirante Tamandaré, Largo do Farol, s/n, 3264-3296 / 3331-8039, ter-dom das 8h30-19h. Museu Náutico da Bahia, torre com 81 degraus. Ingresso pago

• Praia do Farol da Barra, recifes, piscinas naturais na maré baixa, badalada com bares e restaurantes

• Morro do Cristo

• Shopping Barra, Av. Centenário, 2992, 2108-8288, http://shoppingbarra.com/

 

Dicas e comentários sobre passeios:

• Verifique as condições de balneabilidade das praias no site do INEMA - Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos

• O calçadão da Praia do Porto da Barra e da Praia do Farol da Barra conduz às duas praias e a fortes e museus e convida para uma caminhada, mas recomendaram tomar bastante cuidado na área, aliás, o conselho é ficar atento em toda a cidade que tem fama de ser insegura

• Na orla da Praia do Porto da Barra, por volta das 20h de sábado, tudo, com exceção de bares e restaurantes, estava fechado, o CIT, lojas, etc. Tinha movimento nos bares e restaurantes, mas pouca gente andando na rua e praticamente ninguém com cara de turista. As ruas com pouco movimento e ainda com obras não davam uma boa impressão e não foi uma caminhada agradável, embora exista um posto policial em frente ao Instituto de Artesanato Visconde de Mauá. Deve melhorar, depois que o calçadão da orla ficar pronto e for revitalizado. Porém, ainda acho que falta uma feirinha, lojas, mais restaurantes, enfim algo que incentive mais a circulação de turistas pela orla e dê uma aparência mais agradável ao lugar, como acontece em Meireles (Fortaleza) ou Pajuçara (Maceió), por exemplo. Achei o calçadão da Praia do Porto da Barra mais deserto, talvez por ser sábado e não ter pessoas se exercitando. Na segunda-feira à noite, o calçadão da Praia do Farol da Barra tinha mais gente, principalmente caminhando e correndo, com mais movimentação dava outra cara ao local

• A Praia do Farol da Barra é pequena, bonita, tem recifes e piscinas naturais, por isso o visual é mais bacana na maré baixa. Outro período também propício à visitação é ao pôr do sol. Fica entre dois pontos turísticos: o Morro do Cristo e o Forte de Santo Antonio da Barra - Farol da Barra. Não recomendo para nadar, por ser muito urbana, a balneabilidade da praia tende a ficar prejudicada. Infelizmente, são frequentes as queixas sobre a quantidade de lixo, o assédio de vendedores e a falta de segurança na área. Na alta temporada, fica lotada e os problemas se agravam. Entretanto, na baixa temporada, admirar o visual durante o dia, seja do Restaurante Barramares ou através de uma caminhada pelo calçadão, é um bom programa

• A Praia de Porto da Barra é pequena, bonita, mar calmo. Porém a faixa de areia é estreita e pequena para a quantidade de movimento que recebe. Localizada entre dois pontos turísticos: o Forte de São Diogo e o Forte de Santa Maria, recomendam a visitação ao pôr do sol. Vizinha da Praia do Farol da Barra, tem os mesmos problemas relativos à balneabilidade*, ao assédio de vendedores e à falta de limpeza e de segurança. Na alta temporada, fica lotada e os problemas se agravam. Entretanto, na baixa temporada, uma caminhada pelo calçadão durante o dia é um bom programa

• O Morro do Cristo é basicamente um morro pequeno com uma escultura pequena, mas com bela vista, principalmente ao pôr do sol. Dizem que a vista alcança desde o Farol da Barra até o Rio Vermelho. Entretanto, o local não convida à visitação, pois passa uma sensação de insegurança

• No Shopping Barra e no aeroporto vi uma loja, acho que se chamava Planeta Bahia, que vende artigos típicos para turista, como camisetas e cangas de estampas alegres e coloridas. Os preços não são baratos, mas parecem ser de boa qualidade

 

Relatos 2013:

21 dias em SE e AL - fev-mar/2013 - Parte 1: Aracaju | Parte 2: Maceió | Parte 3: Maragogi

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Na Barra:

• Monte Pascoal Praia Hotel, Av. Oceânica, 591, Farol da Barra, 4062-8745/2103-4000/4005 Fax, [email protected]. Ambiente funcional, não chega a ser aconchegante, mas tem alguma decoração. Boa localização, de frente para a Praia do Farol da Barra, a algumas quadras do Shopping Barra e de bons restaurantes. Quarto com duas camas de casal bem estreitas, TV LCD com poucos canais de TV a cabo, AC split e cofre digital (não funcionava). Banheiro com ducha com aquecimento central de água, secador de cabelos. Tem uma porta que parece ser para um quarto conjugado, mas pelo menos tem 2 portas e com tranca por dentro, assim não dá a impressão que alguém vai entrar no quarto por essa porta e também abafa o barulho do outro quarto. Achei a limpeza e a roupa de cama e banho médias. Café da manhã bom, com boa variedade, itens bons, mas acho que faltavam tapioca e omelete feitas na hora, pelo nível (e preço) do hotel. Achei melhor do que o Hotel Sol Barra, mas parece que sempre alguma coisa tem que falhar, o cofre não funcionava. Pedi para checarem, mas cansamos de esperar, ninguém veio e resolvemos sair. Não sei se tentaram arrumar na nossa ausência, mas não nos deram retorno. Dica de quarto: quartos na lateral tem preço menor, mas tem vista parcial do mar; quartos na frente são mais caros, mas tetm vista para o mar e para a avenida que deve ser uma boa pedida na época do carnaval

• Sol Barra Hotel, Av. 7 de Setembro, 3577, Porto da Barra, 3418-7000 / 3264-7973 Fax, [email protected]. O prédio do hotel é meio velho, mas parece reformado. A localização é boa, a uma quadra da Praia do Porto da Barra, mas achei meio deserto à noite, talvez porque o calçadão estivesse em reforma. O ambiente é funcional e não tem decoração aconchegante, está mais para quem está a serviço do que a turismo. Não conferi a área de lazer, mas achei a estrutura geral do hotel fraca, poderia ser melhor pelo preço cobrado. Tivemos problemas com o ar condicionado split que não funcionava e com o cofre que emperrou e só foi aberto depois de várias tentativas de um dos funcionários. O ponto positivo foi o bom atendimento dos funcionários que rapidamente tentaram resolver os problemas, mas a estrutura deficiente e/ou falta de manutenção não ajudaram. Não foi possível trocar de quarto, o hotel estava lotado, parece que tinha um concurso público naquele final de semana. O quarto tem cama box grande, TV de tubo, frigobar, cofre com chave. Banheiro com secador de cabelo e ducha com aquecimento central. O quarto parecia ser um antigo quarto conjugado, pois tinha porta para o quarto vizinho que estava trancada (sem maçaneta), mas não era bom, pois dava para escutar barulho vindo do outro quarto. Café da manhã médio, tinha alguma variedade, mas não era convidativo

 

Outras opções:

• Marazul Hotel, Av. Sete de Setembro, 3937, Porto da Barra, 3264-8200 / 8193 Fax, [email protected]

• Grande Hotel da Barra, Rua Forte São Diogo, 02, Porto da Barra, 2106-8600 / 3264-6506 Fax, [email protected]

• Porto Farol Apart-Hotel, Rua Engenheiro Milton de Oliveira, Farol da Barra, 134, 3267-8000 / 3267-6555, [email protected]

 

Dicas e comentários sobre hospedagem:

• Na Barra, tem alguns pontos turísticos, alguns restaurantes bons e um shopping, mas recomendaram não andar a pé. Saímos a pé, mas era antes das 22h e andamos apenas pelas vias principais, à beira-mar

• Disseram que é bom ficar no Rio Vermelho por causa dos bares e restaurantes e que dava para circular por ali a pé, inclusive que era mais rápido do que pegar táxi, pois o congestionamento é grande nessa região, onde estão localizados os hoteis Ibis, Mercure, Pestana e as famosas barracas de acarajé da Cira e da Dinha. Outros disseram que não é indicado circular a pé pela região, mesmo que as distâncias sejam curtas

• Curiosamente os dois quartos que peguei, em dois hotéis diferentes, eram conjugados, tinha uma porta de comunicação com o quarto vizinho que ficava trancada, mas não era bom, pois dava para escutar um pouco de barulho. Da próxima vez lembrarei de pedir um que não seja conjugado

 

Relatos 2013:

21 dias em SE e AL - fev-mar/2013 - Parte 1: Aracaju | Parte 2: Maceió | Parte 3: Maragogi

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

• Restaurante Pereira, Av. Sete de Setembro, 3959, Barra, 3264-6464. Ambiente agradável, não chega a ser chique, mas é bem ajeitado. Na entrada, uma moça recepciona e conduz à mesa. Tem dois ambientes, um fechado com AC e outro aberto, localizado na parte da frente do prédio. Cardápio à la carte com pratos individuais e caros, mas a comida é boa, bem preparada, com boa apresentação, porção de tamanho médio, não é grande, mas também não é só enfeite. Preço caro, relação custo-benefício razoável

• Restaurante Barravento, Av. Oceânica, 814, Barra, 3245-5916, [email protected]. Ambiente agradável, tem mesas em área fechada e em área externa numa espécie de sacada sobre a Praia do Farol da Barra, bem ventilado e com vista ampla desde o Morro do Cristo até o Farol da Barra. Cardápio à la carte. Experimentamos um bobó de camarão que estava bom, mas de acompanhamento só tinha arroz e farinha. Bom atendimento, boa comida, mas cara, paga-se pela bela vista, relação custo-benefício razoável

• Restaurante Caranguejo de Sergipe, Av. Oceânica, Condomínio Inema Arembepe, Lj 2, Barra, 3245-9826. Ambiente agradável, bom atendimento, bem movimentado para uma segunda-feira, parece que o pessoal vai mais para petiscar e beber. Bem ventilado, tem mesas dentro e na calçada. Cardápio à la carte. Experimentarmos a chapa de polvo com legumes, mas achei a consistência do polvo mole demais. Como não tinha outros acompanhamentos, acabamos pedindo porções de arroz, feijão e farinha. Pratos não são caros, mas achei a comida mediana e a relação custo-benefício razoável

 

Dicas e comentários sobre alimentação:

• Dizem que os restaurantes e bares estão concentrados no Rio Vermelho e no Pelourinho

• Gostei do bolinho de estudante, feito com tapioca e coberto com açúcar e canela

• Se em Sergipe, o vinagrete costuma vir com coentro, na Bahia vem com pimenta, mas não é um temperinho suave, não, é pimenta das bravas! Os garçons costumam avisar, mas é bom ficar atento, pois tem até nos bufês self-service. Usam bastante o coentro também, principalmente nas moquecas

 

Relatos 2013:

21 dias em SE e AL - fev-mar/2013 - Parte 1: Aracaju | Parte 2: Maceió | Parte 3: Maragogi

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Contatos úteis:

• Prefeitura Municipal de Salvador, Pça. Municipal, s/n - Palácio Thomé de Souza, Centro, 2201-600

• Secretaria de Desenvolvimento, Turismo e Cultura, R. Humberto de Campos, 251, Graça, 3176-4200 / 4201 / 3381-8255 Fax

 

Informações Turísticas:

• Disque Bahia Turismo, através de telefone (3103-3103) ou de chat (link no site http://bahia.com.br/servicosturisticos/disque-bahia-turismo/): atendentes disponíveis 24 horas por dia podem ser consultados. Eu usei o serviço de chat e tirei algumas dúvidas antes da viagem, o serviço é muito bom

• Serviço de Atendimento ao Turista (SAT) - Bahiatursa, Rua das Laranjeiras, 02, Pelourinho, 3321-2133 / 2463 / 3370-8694, diar das 8h30-21h. Tem SAT no aeroporto e na rodoviária também

• Emtursa, Av. Vasco da Gama, 206, Dique do Tororó, 3176-4200

• Centro de Convenções da Bahia, Jardim Armação, s/n, Armação, 3370-8494, seg-sex das 8h30-18h

• Elevador Lacerda, Pça. Municipal, s/n, 3321-2697 / 2598 / 3176-4200

 

Agências de Turismo Receptivo:

• Salvador Receptivo, Av. Vasco da Gama, 2335, sl 111, Shopping Vasco da Gama, Rio Vermelho, 3245-1312 / 9961-2274 / 8796-9171, [email protected]

• Cassi Turismo, (71) 9111-1111 / 9222-2222 / 4101-9760, [email protected], [email protected], [email protected], http://cassiturismo.com.br/

 

Outras opções:

• Privetur, R. Manuel Andrade, 55, sl 310 e 311, 3535-0707 / 3205-1414. Loja Aeroporto de SSA 3377-2320 / Ponto de Atend. do Hotel Monte Pascoal 2103-4000, [email protected]

 

Links úteis:

Bahia

Bahiatursa | Terra de todos nós

Secretaria do Turismo do Estado da Bahia | Geografia do Turismo

Portal Oficial de Turismo de Salvador-Bahia-Brasil

Prefeitura Municipal de Salvador

 

Relatos 2013:

21 dias em SE e AL - fev-mar/2013 - Parte 1: Aracaju | Parte 2: Maceió | Parte 3: Maragogi

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sábado, 30/11/2013 - dia ensolarado com algumas nuvens

Aeroporto de Guarulhos, Aeroporto de Salvador, Porto da Barra, Hotel Sol Barra

 

Pegamos o ônibus para o Aeroporto de Guarulhos. Chegamos cedo. Notamos que faltava AC e tomadas em alguns portões de embarque, acho que a estrutura poderia ser melhor. Decolamos e pousamos no Aeroporto de Salvador no horário previsto com voo tranquilo. Marquei assento do lado direito, mas não deu para ver o litoral direito, pois parece que ele sobrevoa mais do lado do mar. Sem horário de verão na Bahia, ganhamos 1h na ida. Demos uma grande volta no aeroporto até alcançarmos a esteira de bagagem e pegamos as nossas bolsas. Encontrei o motorista Raimundo, muito simpático e conversador, segurando a plaquinha com meu nome. Acabei optando por traslado de agência. Passamos no CIT, pegamos um folder do estado, um de Salvador e um da Costa do Dendê. O folder de Salvador só em inglês ou espanhol, pois em português tinha acabado. Achei o material meio fraco, poderia ser melhor considerando-se o grande fluxo de turistas que recebe. Peguei um contato da Agência Cassi, para ver o traslado para Boipeba.

 

Saímos do aeroporto por volta das 17h30. Atravessamos um belo túnel verde de bambuzal, vimos dunas bem branquinhas com vegetação e depois seguimos pela orla. Trânsito estava um pouco caótico, por causa das obras, com ruas sendo recapeadas e o calçadão da orla revitalizado. Havia congestionamento e levamos cerca de 1h do aeroporto até o Hotel Sol Barra, no Porto da Barra. Achei a estrutura geral do hotel fraca, poderia ser melhor pelo preço cobrado. O ar condicionado não funcionava e o funcionário da manutenção tentava arrumar. Não havia como mudar de quarto, pois estava lotado, segundo a recepção. Pedi para arrumarem um ventilador. Liguei para a agência Cassi que deu um desconto e fechamos o traslado com ela. A princípio tinha pensando em ir por conta própria, mas não achamos Salvador tranquila para andarmos por conta própria.

 

Fomos ao Restaurante Pereira, a pé, pois ficava muito próximo. Era por volta das 20h e tudo, com exceção de bares e restaurantes, estava fechado, o CIT, lojas, etc. Tinha movimento nos bares e restaurantes, mas pouca gente andando na rua e praticamente ninguém com cara de turista. O calçadão estava em obras, as ruas tinham pouco movimento e não davam uma boa impressão. Foi uma caminhada meio tensa até o restaurante, o qual não chega a ser chique, mas é ajeitado e caro. Jantamos e logo retornamos ao hotel. Ao tentar abrir o cofre, vimos que estava emperrado. Toca a ligar, de novo, para a recepção para pedir ajuda. Um funcionário veio rapidamente, mas demorou um pouco até conseguir abrir. Por essas e outras, a primeira impressão de Salvador não foi boa. Chegar tarde, sem sol, também não ajudou. Prefiro chegar mais cedo e poder fazer um reconhecimento da área ainda com dia claro.

 

Domingo, 01/12/2013 - dia ensolarado com algumas nuvens

Terminal Turístico Marítimo, Terminal de Mar Grande, Terminal ou Cais de Valença, Vila de Velha Boipeba, Pousada Aldeia

 

Continua no relato de Ilha de Boipeba e Morro de São Paulo...

 

Segunda, 09/12/2013 - ensolarado com poucas nuvens, chuvinha rápida no meio do caminho, sol escaldante em Salvador

Cais de MSP, Atracadouro de Bom Jardim, Terminal Turístico Marítimo, Hotel Monte Pascoal, Farol da Barra

 

Encontramos o pessoal da Cassi em frente à Igreja de N. Sra. da Luz e recebemos nossas pulseiras, bem organizado. Estava combinado de sair às 10h30, mas atrasou um pouquinho. Hora de se despedir de MSP. A lancha da Cassi saiu com 11 pessoas fazendo a travessia de MSP ao Atracadouro Bom Jardim. Vimos a Praia de Ponta do Curral, parada do passeio para Gamboa, disseram que é deserta, sem estrutura. O atracadouro tinha pouco movimento na segunda-feira. Partimos de van espaçosa, por volta das 11h. Já era quase 13h quando chegamos ao Terminal Mar Grande e pegamos um barco de madeira com 2 andares e capacidade para 300 passageiros. É barco convencional, de linha, mas uma pessoa da Cassi vai junto. Cada um por si, tomando conta de sua bagagem, mas pelo menos pulamos a fila da bilheteria e tem alguém para te conduzir. Chegando ao Terminal Turístico Marítimo, seguimos a pé até a agência da Cassi e os grupos são separados, uma van para o aeroporto e outra para hotéis. Apesar de serem poucas pessoas, separaram em duas vans, achei bem organizado, mas acaba sendo demorado de qualquer forma.

 

boi85.JPG.496d6e0f53903f0fc1c334f7c4169ae4.JPG

 

boi86.JPG.19a6d6b9e36f4b4be50d6947baa0d610.JPG

 

Fizemos um tour pela cidade e eu achei muito bom, pois ia para o hotel e não tinha horário a cumprir. A van deixou um casal em um bairro que eu suponho ser Santo Antônio Além do Carmo. Ruas estreitas, casarões antigos e coloridos, vários em reforma, outros bem decadentes. Vimos algumas igrejas antigas, uma ou outra em reforma. Passamos pelo Dique do Tororó, uma lagoa bem grande, com calçadão em volta e esculturas dentro da água e às margens. O local é famoso devido às oito esculturas de orixás dentro da água e seria muito aprazível para uma visitação e/ou prática desportiva, não fosse a localização no meio da cidade com tráfego pesado e insegurança. Passamos pelo Shopping Barra e finalmente fomos deixados no Hotel Monte Pascoal, melhor do que o Hotel Sol Barra, mas parece que sempre alguma coisa tem que falhar, o cofre não funcionava. Pedi para checarem, mas cansamos de esperar, ninguém veio e resolvemos sair para aproveitar um pouco a tarde. Não sei se tentaram arrumar na nossa ausência, mas não nos deram retorno.

 

Saímos e almoçamos no Restaurante Barravento, bem ventilado à beira da Praia do Farol da Barra, na verdade, acima da praia com vista ampla desde o Morro do Cristo até o Farol da Barra, bom atendimento, comida boa. A praia, na maré baixa, tem faixa de areia larga, pedras e recifes à mostra, é bonita. Fomos ao Shopping Barra que fica uma quadra para dentro. A loja Planeta Bahia me chamou a atenção, vende artigos típicos para turista estrangeiro, camiseta e cangas de estampas alegres e coloridas, de boa qualidade.

 

Jantamos no Restaurante Caranguejo do Sergipe, ambiente agradável, atendimento bom, bem movimentado para uma segunda-feira, parece que o pessoal vai para petiscar e beber. Bem ventilado, tem mesas dentro e na calçada. O calçadão, bem iluminado, estava movimentado com várias pessoas caminhando ou correndo, o que dava uma impressão melhor, principalmente ali perto do Restaurante Barravento. Esse trecho parece mais agradável do que a Praia do Porto. Só as obras prejudicavam um pouco. Montaram árvore com luzes coloridas perto do Cristo e tinha alguns enfeites luminosos coloridos na avenida.

 

Terça, 10/12/2013 - ensolarado com poucas nuvens, chuvinha rápida no meio do caminho, sol escaldante em Salvador

Hotel Monte Pascoal, Aeroporto de Salvador, Aeroporto de Guarulhos

 

Café da manhã bom, com boa variedade, itens bons, mas acho que faltavam tapioca e omelete feitas na hora, pelo nível (e preço) do hotel. Pegamos táxi para o aeroporto, seguimos pela orla e foi mais legal do que na chegada, pois nesse sentido, o carro passa mais perto das praias. Tinha alguns trechos em obras, com asfalto sendo recapeado e a orla revitalizada com nova iluminação. Por volta das 7h30/8h tinha bastantes pessoas caminhando/correndo pelo calçadão. Passamos por várias praias da orla urbana, difícil guardar todos os nomes. Alguns trechos têm quadras e infraestrutura na areia da praia, mas restaurantes são esparsos e não parece legal de ficar hospedado, a menos que esteja de carro ou pretenda usar táxi. Levamos 45min até o Aeroporto de Salvador, o trânsito estava bom, mas tem vários semáforos no percurso. O aeroporto está em obras, tem boa estrutura de lojas e praça de alimentação. Tinha uma loja da Planeta Bahia com aquelas camisetas e cangas coloridas. Fizemos check-in no totem, mas na hora de despachar a bagagem, a atendente da TAM sugeriu outro voo, sem conexão, que chegaria mais cedo. O voo foi tranquilo, chegamos ao Aeroporto de Guarulhos e compramos nossa passagem de ônibus, encerrando essa viagem.

 

Relatos 2013:

21 dias em SE e AL - fev-mar/2013 - Parte 1: Aracaju | Parte 2: Maceió | Parte 3: Maragogi

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...