Use o menu Tags para buscar informações sobre destinos! - Clique aqui e confira outras mudanças!

Ir para conteúdo
Karenldc

Rio Grande do Sul - Regiões Vinícolas - Guia de Informações

Posts Recomendados

[align=justify][t1]ROTEIRO DE VINHOS E ESPUMANTES SULRIOGRANDENSES[/t1]

 

Primeiramente é importante salientar que a colheita da uva na serra gaúcha se dá de janeiro a março anualmente. Nesta ocasião muitas vinícolas promovem a “festa da vindima”, em italiano “vindimia”, ou “dia da colheita”. Consiste num dia inteiro de atividades que vão desde a colheita da uva, isso mesmo, vc vai tirar as delícias do pé e jamais imagina que aquele cacho de cabernet sauvignon em sua mão possa virar um vinho tão rico! É emocionante. Alem disso, o pessoal te leva a conhecer as diversas formas de cultivo, funcionamento da vinícola, sendo que a maioria delas oferece duas refeições (café da manhã, e almoço, sempre regados ao bom vinho como harmonização). No final da tarde a gente é convidado a tirar sapatos, lavar os pés e pisar as uvas. Não ninguém te faz beber o liquido resultante não.

O preço varia entre R$ 100 e R$ 150 reais por pessoa por este dia.

 

Se existe enoturista para a região, acabamos por inventarmos como consumistas do vinho, chamando-nos de “enomochileiros”, que tal???

 

Pois bem a enomochileira aqui, visitou várias das vinícolas da região sul do Brasil e agora escreve baseando-se nas infos recebidas nas principais vinícolas e de degustação pessoal dos vinhos nacionais. Recomendo que se visite duas vinícolas por período, não adianta querer ver tudo de uma vez só, não!!!

Lembrar aos não apreciadores que vinho não é somente aquele liquido arroxeado que se usa para fazer sagu e sim um liquido precioso derivado da fermentação de castas vitivinicolas, cujo sorver lembra o sorver próprio dos deuses em toda sua plenitude.

A região passa cada estação do ano por uma trasnformacao da mae natureza.

 

No verão: a estação da colheita da uva, o aroma das uvas invade a região, suas cores, formas e sabores são percebidos sensivelmente.

 

4054152046_5d68c188e8.jpg Paisagem típica do verão

 

Outono: o verde e roxo dão lugar as mais variadas cores tons de alaranjado, marrom e amarelo tomam conta da paisagem.

Inverno: é tempo de beber vinhos para alguns, porem para mim todo dia do ano é um brinde a vida, mereceria a abertura de uma garrafa, pois existem vinhos para ser consumidos em cada estação.

 

Primavera: as roseiras que existem em cada trilha de parreira florece, sinal de que tudo está muito bem com a planta. Inicia a brotação das folhas e frutos, a paisagem começa a esverdear e tomar forma. As folhas espalmadas e os pequenos cachos de uva vão ocupando seu espaço, é a estação do crescimento e da maturação.

 

Portanto, em qualquer época do ano que se venha para o Sul do nosso Brasil se vêem estas maravilhas da natureza.

 

Na cidade de Bento Gonçalves a cada dois anos, nos anos impares, no inicio do ano acontece a Fenavinho, feira Nacional da Uva e do Vinho. Na cidade de Garibaldi, igualmente a cada dois anos, ocorre a Fenachamp, Festa Nacional do Champanhe. Nestas datas Senac oferece gratuitamente cursos básicos de degustação de vinhos e espumantes.

 

 

 

4050965078_a3d4f89d1c_b.jpg

 

Cada vinícola se orgulha da conquista de medalhas.

 

Antes de harmonizar o vinho com os alimentos talvez para nós mulheres os mais adocicados e os brancos tipo Gewürstraminer ou os espumantes moscatéis sejam os preferidos.

 

Após conhecer tb, os vinhos roses passam a ter papel muito importante, e vc deixa de considera-los como um vinho tinto fraco!!!

 

 

[t1]Vamos aos roteiros dos vinhos e espumantes gaúchos:[/t1]

 

 

 

[t1]Bento Gonçalves:[/t1]

 

Saindo do centro da cidade em direção ao vale dos vinhedos.

 

[t3]Aprovale[/t3]

No site existe um mapa interativo que vc escolhe as vinícolas que quer visitar e eles te enviam por email o roteiro. Aprovale

 

[t3]Vinícola Cordelier[/t3]

Vinícola inicial do roteiro, com cave simples, bem estruturada. Oferecem degustação de vinhos, espumantes, licorosos e um tipo de Whisky também fabricado por eles.

O principal produto é o Cordelier Reserva Merlot, cujas notas lembram vinhos guardados por muito tempo (principalmente o da garrafa fosca com um idoso no rótulo). Este R$ 18,00, garrafa de 750 ml.

4054207592_df8efcd809.jpgVinícola Cordelier 4053459375_a5ce4a0eb2.jpgMuitas gaiolas de espumantes.

 

Durante a rota, encontram-se alem das vinícolas algumas queijarias e lojas de artesanato, osterias, bistrô, e paisagem deslumbrante.

 

[t3]Queijaria Valbrenta[/t3]

Aquela que tem uma simpática vaquinha holandesa na entrada!e graças ao São Lúcio de Cavargna, protetor da arte da fabricação de queijos, a queijaria garante o sucesso de seus itálicos, goudas, provolone, morbier,reggiano, tilsit, experimente o Saint paulin com nozes!!! Fabricam e vendem salames também. Preços variam entre R$ 30 a R$ 70 o quilo do queijo e R$ 20 a R$ 60 o do salame.

 

[t3]Valontano Café e Vinícola Valontano[/t3].

Vallontano.

Email: [email protected] ou fone: 54 3459 1006.

 

 

[t3]Angheben Vinhos[/t3]

Orgulham-se do Teroldego (casta proveniente do norte italiano, especificamente região de Trento), as uvas ccultivadas por esta vinícola para a elaboracao dos finos provem de Encruzilhada do Sul – RS. Angheben, significa “habitante do vale”.

Angheben

 

4053399017_6c9fe271a6.jpgCabernet Sauvignon

 

[t3]Miolo[/t3]

Miolo

Prove o pinot noir e gammay, proveniente da região de Fortaleza do Seival – RS próximo a divisa brasileira com o Uruguai. Cabernet sauvignon + merlot, produzido na região de Muitos Capoes – RS, nos vinhedos de Campo de Cima da Serra. Shiraz, produzido na região de Casa Nova – BA e outras castas da linha Terra Nova são provenientes da Bahia. Vinhos da linha Costa Pacifico, castas produzidas no Chile, experiente o Carmenère e Syrah ou Shiraz. Osborne, linha produzida no Vale do São Francisco, BA e por ser uma aliança entre a empresa Brasileira Miolo, e a espanhola Osborne, comercializa tb produtos da Osborne, como os vinhos do porto da região do Porto, licor de anis da Cataluña entre outrso tantos terrois. Linha los nevados, terroir de Mendoza, AR. Desta não deixe de esperimentar o Malbec!!!

 

[t3]Cave de Pedra[/t3]

Cave de Pedra

Linda, construída toda em basalto, aquele pedra que predomina na construção dos porões das casas de fazenda (ou do interior) da região. Linha cave de pedra, esperimente o special Blend (merlot/Marcellan/Ancelotta). Linha adaga apresenta toda uma peculiaridade. Linha rosa Negra (pinot noir, ancelotta e tannat), vinho frutado, jovem.

 

[t3]Cavalleri[/t3]

Vinícola Cavelleri

Espumantes e vinhos de altíssima qualidade, apesar de pequena fabricação. Espumante moscatel safra 2008, de perlage intensa e duradoura. No site eles tem dicas de harmonizações.

 

[t3]Pizzato vinhas e vinhos[/t3]

Fausto de Pizzatto, Merlot/ Cabernet Sauvignon

 

[t3]Casa de madeira[/t3]

Dos Valduga, elaboração de geléias, doces de uva e outras frutas da região, elaboração de sucos de uva, vinagres, acetos balsâmicos, elaboração de graspa, visitação a fabrica, osteria.

 

[t3]Casa Valduga[/t3]

Realizei aqui alguns dos meus cursos de degustação, harmonização, etc. e recomendo, só o preço dos vinhos fica alto!!!

Casa Valduga

Existem três pousadas dentro do que eu chamo de complexo, porém nunca me hospedei ali ($$$).

 

[t3]Vinícola Dom Candido[/t3]

Bag in Box, é o vinho dentro da caixa. Quarta geração: elaboradas através da Marsellan (já citei acima em outras vinícolas, mas para quem não sabe é resultante do cruzamento das uvas Grenache Preto e Cabernet Sauvignon - importadas da França). O Sr Candido Valduga e a Mamma Lourdes estão por ali ora para te dar receitas de pratos italianos, ora para fornecer preciosas infos sobre os vinhos.

Vinícola Dom Cândido

 

4050244513_84896cbbef.jpgChardonnay

 

[t3]Marco Luigi[/t3]

Marco Luigi

Bag in Box.

 

Saindo o vale dos vinhedos, na direção do município de Veranópolis – RS, vinícola Salton, distrito de Tuiuti.

 

[t3]Vinícola Santon[/t3]

Vinícola Salton

De arquitetura moderna, porem lembrando uma vinícola antiga, talvez a mais bela da região. Desta vinícola eu tive uma má impressão, gostaria de provar um dos vinhos de casta diferente das que eu conhecia (era um Teroldego que estava aberto para o casal que degustava ao nosso lado), e a enóloga não permitiu, dizendo que eu teria que pagar pra isso, bem não paguei, não provei ali a dita casta e tb deixei no balcão todos os vinhos que eu havia selecionado para trazer. O branco Flower é um dos meus favoritos, a partir das castas Gewürstraminer, Malvasia e Moscato Giallo. Os frisantes tb tem importante papel, são os da linha Lunae.

Daqui que ssai tb o conhaque presidente, conhece?

 

[t3]Vinícola Aurora[/t3]

No centro de Bento Goncalves. Talvez a vinícola mais antiga e famosa do pais, rede-se ao moderno, tecnológico e promissor. Famosa pelo keep cooler

Uma das enólogas fez a abertura da garrafa com uma taça. A “sabragem” realizada com uma taça de vidro...

Esperimente o “colheita tardia”, geladinho, num final de tarde de verão (uau!!!)

Os da linha Varietal e Marcus James são perfeitos para o dia-a-dia no quesito custo x benefício.

 

Saindo de Bento Goncalves pela BR que dá acesso a Porto Alegre tem a vinícola Duomo, tb dos Valduga[/align]

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

[align=][t1]Bento Gonçalves distrito de Pinto Bandeira[/t1]

 

[t3]Cave de Amadeu[/t3]

Cave de Amadeu

Tem vinhedo no Vale do Colchágua, Chile, de onde provem o carmenère. Provar merlots e cabernet sauvignon

 

 

 

[t1]Monte Belo[/t1]

 

[t3]calza[/t3]

Linha 80 da Leopoldina s/nº - Monte Belo do Sul

Fone (54) 3457.1173

Cabernet e merlot...

 

 

 

[t1]Garibaldi[/t1]

 

[t3]Vinícola Garibaldi[/t3]

Vinícola Garibaldi

No site inclusive tem um teste virtual chamado “desafio de Baco”, faça... (hehehehe)

 

4053445119_28fd5fde02.jpg

 

Os da linha Milesime em especial da casta Cabernet Sauvignon são deliciosos. Vinícola muito conhecida por seus vinhos de mesa: sangue de boi, Frei Damião,

Acquasantiera, Vinhos Varietais Garibaldi são tb de ótimo custo x benefício. Junto com os “espuma de Prata”da vinícola Petrelongo estão os "Gotas de Cristal” da Vinicola Garibaldi, familiares estes nomes, né?

 

 

[t3]Vinicola Peterlongo[/t3]

 

4053419269_9f13c8c4b2.jpg

 

Esta vinícola é repleta de historia. A cave subterrânea, a primeira do Brasil é fantástica, assim como o museu do vinho que existe dentro das caves, assim como o “túnel do gelo”, onde consideramos importantes conhecimentos adquiridos com o passar do tempo. Deixa de ser a vinícola conhecida apenas pelo “espuma de prata” e de tintos de mesa secos e suaves e passa a ser reconhecida pela vinícola de excelentes vinhos e espumantes produzidos com uvas finas. É a única vinícola brasileira que consegue usar o termo “champagne”nos seus espumantes, devido a decreto do governo Francês. O espumante da casta Prosecco é delicioso.

Os varietais das mais diversas castas são imperdíveis no quisito qualidade x preço. O espumante Elegance brut (champenoise) tb é fantástico. Experimente-o com foccacia e queijos maturados.

 

 

[t3]Cereser[/t3]

Cereser

Famosa pela chuva de prata, cortezano, chanceler, roskoff, espuma de ouro, e a sidra. Os vinhos finos estão na linha Massimiliano.

 

 

 

 

[t1]Farroupilha[/t1]

 

[t3]Vinícola Perini[/t3]

Prove o licor de grapa, de sabor distinto tanto de licorosos como de grapas... Só a chegada, a vista da paisagem do local vale o passeio até a vinicola

 

Vinícola Perini

 

[t3]Adega Chesini[/t3]

 

Adega Chesini

 

 

 

 

[t1]Flores da cunha – RS e Nova Pádua – RS (Vinhos dos Altos Montes)[/t1]

 

As vinícolas se encontram na RS 314 - Vicinal que liga Nova Pádua a Flores da Cunha. Aqui vc encontrará principalmente Merlot e Cabernet Sauvignon.

 

[t3]Vinícola Luis Argenta[/t3]

Prove o Rose que como é feito com a Cabernet franc promove um leve adocidado, mais a cabernet Sauvignon e a Merlot. Vinho encorpado, tirando o preconceito que eu trazia dos roses de que eram vinhos fracos. Tb os merlots e cabernet sauvignon são fenomenais!

Luiz Argenta

 

[t3]Mioranza[/t3]

O Chardonnay é muito bom. (branco). Assim como o cabernet sauvignon e merlot. E de mesa tinto seco tb é delicioso (dia-a-dia).

Mioranza

 

[t3]Fabian Vinhos Finos[/t3]

Fabian Vinhos Finos

O intuição rose brut (champenoise) é ótimo.

 

[t3]Panizzon[/t3]

Sociedade de Bebidas Panizzon LTDA.

Fone: +55 54 3297.5111

Estrada Ricardo Panizzon - Travessão Martins - s/nº, Flores da Cunha.

Esperimente o Chardonnay Brut (champenoise) aff!!!

 

[t3]Salvador[/t3]

Rua Júlio de Castilhos, 1880 - Flores da Cunha. Fone: 54 3292 3388, E-mail: [email protected]

Salvattore Merlot eu recomendo.

 

[t3]Terrasul[/t3]

Travessão Alfredo Chaves, sn°, Fone 054 3297 5051, Flores da Cunha.

Terrasul

O malvasia de Candida, é espetacular (branco) e é cultivada em Pinheiro Machado – RS

 

[t3]União de Vinhos do Rio Grande[/t3]

Rua Don Finotte, 320, Flores da Cunhas – RS

Cabernet sauvignon é bom.

 

[t3]Valdemiz / Monte Reale[/t3]

Monte Reale

Dueto branco: chardonnay + moscato giallo. Quarteto tinto: Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Merlot e Alicante Bouschet.

 

[t3]Góes & Venturini[/t3]

Góes & Venturini

Travessa Felisberto da Silva, S/n

O branco reiseling.

 

[t3]Boscato[/t3]

Boscato

RS 314, km 12,5, Nova Padua – RS

Gran reserva Boscato, é pra trazer pra casa! O boscato licoroso (e tantos outros licorosos) é ótimo pra harmonização com sobremesa.

 

[t3]Fante[/t3]

É quem fabrica a raiska, o filtrado doce (sem álcool Drushy), e os vinhos e espumantes Oremus, rum cocoblanc, steinhaeger Kosten.

Os da linha sol de Chile são Mara!

Rs 122, km 96, Flores da Cunha

Vinícola Fante

 

[t3]Viapiana[/t3]

Vinícola Valpiana

O corte V, que tem Merlot e Cabernet Sauvignon como protagonistas é um ótimo vinho[/align]

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

[align=][t1]Caxias do Sul[/t1]

 

[t3]Chateau Lacave[/t3]

Castelo...chateau.

Chateau Lacave

BR 116 - Km 143, Fone: (54) 4009.4822

Eu recomendo o Anticuario com cortes de merlot, cabernet sauvignon e franc. A grappa é bem boa! Além dos elaborados com a Ancelotta e Tannat.

 

[t3]Vinícola Tradiçao[/t3]

Vinícola Tradição

Duas rotas de chegada pela estrada o imigrante ou pela 116.

Merlot e tannat são os melhores da vinícola

 

[t3]Zanrosso[/t3]

Teroldego e Ancellota são bons. Foi bem aqui que eu provei o Teroldego que na Salton não me serviram...

Vinícola Zanrosso

Rua Vereador Ari Bergozza, 2280, Bairro N. Sra. da Saúde

Fone/Fax: (54) 3211.0730 / 3211.0544

 

[t3]Cantina Tonet[/t3]

Travessão Thompson Flores, S/N, Linha 40, Fone: (54) 3224-1020

De janeiro a marco a empresa tem um programa chamado “faça seu próprio vinho”, dura um ano inteiro, e vc acompanha desde a colheita até o envase. Na primeira vez vc vai colhe a uva, no ano seguinte vc volta e vê como está o processo, eles engarrafam, daí vc curte! Eu não fiz o “faça seu próprio vinho”, mas outros enófilos estavam por lá curtindo. Nebbiolo e Cabernet Sauvignon são encorpados!

 

[t3]Forqueta[/t3]

Vinícola Forqueta

Rua Luis Franciosi Sério,350, Bairro Forqueta.

Tem o chopp de vinho, mas para o meu paladar chop é chop e vinho é vinho!!! é um chopp sem o encorpado normal da cevada e com muito açucar e corante!!! Nesta vinícola tem um museu.

 

[t3]Piagentini[/t3]

Vinícola Piagentini

Nesta tb há fabricação de vodka, rum, cachaça, vinagres. Quem não provou o branco da garrafa azul Villagewein??? Que apesar de ser de mesa tem ótima qualidade.

 

 

 

[t1]Campanha gaúcha, região de Santana do Livramento[/t1]

 

[t3]Cordilheira de Santana[/t3]

Merlot e gewurztraminer. Tannat com terroir bastante próximo ao uruguaio

 

 

 

[t1]Encruzilhada do Sul e Pinheiro Machado[/t1]

 

[t3]Lidio Carraro[/t3]

Tannat (cujo terroir se assemelha ao do Uruguai).

Lídio Carraro[/align]

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante
Este tópico está impedido de receber novos posts.

×