Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Descritivo gastos Argentina e Chile: 21 dias de carro


Posts Recomendados

  • Membros

Descritivo de despesas da viagem de carro que realizados em junho de 2009, saindo de Pelotas/RS e percorrendo Uruguai, Argentina e Chile.

Foram 21 dias de viagem totalizando 8539Km rodados.

 

As despesas abaixo são totais para 2 pessoas (casal).

 

Alimentação

R$ 746,07

 

Hospedagem

R$ 1672,86

 

Combustível

R$ 1218,41

 

Pedágios

R$ 211,12

 

Passeios

R$ 137,63

 

Seguros e Permissão Internacional para Dirigir

R$ 366,69

 

Buquebus – carro + 2 pessoas (ida e volta)

R$ 536,5

 

Diversos (serviço de troca de óleo do carro, etc)

R$ 55,74

 

Total

R$ 4945,02

 

* Observações:

 

Os valores acima não incluem despesas com presentes e compras pessoais.

 

* Alimentação

Os nossos gastos com alimentação foram baixos porque somente fazíamos uma refeição por dia em restaurantes. A outra refeição geralmente era feita com lanches rápidos, geralmente comprados em supermercados e lojas de conveniências.

 

* Hospedagem

Nosso gasto médio com hospedagem foi de R$ 84,00 por dia. Isto foi possível porque nossa viagem foi feita na baixa temporada, quando os preços de hotéis e pousadas estão baixos. De todos os locais que nos hospedamos, somente não gostamos de dois. Pagamos no máximo R$ 130,00 por uma diária de hotel.

 

* Pedágios

No Chile existem diversos pedágios e não são nada baratos, em torno de R$ 7,00 cada. Na Argentina existem diversos pedágios também, porém custam somente em torno de R$ 2,00 cada. Lembre-se que moedas estrangeiras não são aceitas nos pedágios.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

  • 4 semanas depois...
  • Membros

olá!

 

Preciso saber se realmente áté que ponto é necessário Autorização para tráfego de veículo fora do território nacional (autenticado em cartório e legalizado no Ministério das Relações Exteriores em Brasília)

 

Pergunto: o carro é da financeira, pois está financiado pela mesma e está me da uma autorização, mesmo assim preciso pegar permissão do ministerio das relações exteriores em Brasilia.?? é isso!!!

 

aguardo retorno.

Grata,

timmartins

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros
olá!

 

Preciso saber se realmente áté que ponto é necessário Autorização para tráfego de veículo fora do território nacional (autenticado em cartório e legalizado no Ministério das Relações Exteriores em Brasília)

 

Pergunto: o carro é da financeira, pois está financiado pela mesma e está me da uma autorização, mesmo assim preciso pegar permissão do ministerio das relações exteriores em Brasilia.?? é isso!!!

 

aguardo retorno.

Grata,

timmartins

 

Boa noite Tim

 

Para transitar na Argentina com carro financiado, a autorização para tráfego de veículo fora do território nacional dada pela financeira precisa obrigatóriamente ser autenticada em cartório e legalizada no Ministério das Relações Exteriores em Brasília. Além disso você terá que legalizar este documento nos consulados chileno e uruguaio. Isto tudo porque os documentos registrados em cartório somente tem validade dentro do Brasil.

Muitas pessoas arriscam viajar somente com a autenticação em cartório (foi o nosso caso na viagem em junho), mas corre-se o risco de ter problemas com a polícia.

 

O documento raramente é solicitado pela polícia. Acreditamos que o problema é maior quando o CRLV está no nome da financeira, e não no nome do comprador (com o nome da financeira no campo de observações).

 

Abraços

 

Alexandre e Rosângela

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros

Estou indo pra ARGENTINA e CHILE. E tô com uma dúvida qto ao $: O que é melhor:

1) levar PESOS (chilenos e argentinos) aqui do Brasil mesmo;

2) levar DOLARES é comprar pesos lá na ARG e CHILE;

3) levar REAIS e trocar por pesos lá na ARG e CHILE ???

 

Se puder me dar uma dica.

 

Valeu

 

I s a h

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Membros de Honra

Depende para quais cidades pretende ir.

Eu sempre levo reais e dólares.

De modo geral:

Na Argentina, o real vale muito, mas só encontra câmbio fácil nas cidades grandes ou centros turisticos.

No Chile melhor levar dólar.

Cartão de crédito é bem aceito no Chile.

Na Argentina, lugares econômicos não aceitam cartão e alguns lugares cobram até 10% a mais qdo paga com cartão, se for em dinheiro, pode chorar desconto.

Abs!

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...