Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Fabiano Gauss

DUBAI ECONÔMICO , 6 DIAS – FAÇA UMA VIAGEM OSTENTAÇÃO SEM GASTAR MUITO! (REVEILLON 2016 + ROTEIRO + FOTOS + CUSTOS).

Posts Recomendados

Oi Fabiano!

To adorando seu relato! Conseguiu esclarecer várias dúvidas que eu tinha. Porém estou com dúvida quanto ao Dubai Connect! Terei uma conexão de mais de oito horas e menos de 24 em Dubai. Quando comprei o bilhete tinha opões com menos tempo de conexão, mesmo assim optei por ficar um tempo a mais lá. Tenho direito ao Dubai Connect? Como faço para solicitar? Sua experiência foi boa?

Obrigada

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá Erica Serejo, tudo bem? Eu também tive essa dúvida pois eu também tinha opções com escala menores mas optei pela de tempo com mais de 8 hs. Sem problemas, você vai usufluir do Connect mesmo assim, pelo menos foi assim comigo, sem problemas.

Lá no site da Emirates, na área da reserva, que aparece seus assentos, itinerário...no meu em algum lugarzinho aparecia se eu iria querer o connect dubai, lembro que deixei reservado por ali. No meio tempo da minha viagem, o horario do meu voo mudou, coisa pouca, diferença de 1 hora, e depois dessa mudança esse "Connect Dubai reservado" que aparecia, deixou de aparecer. Sem entender liguei no escritorio da Emirates São Paulo, mas eles disseram que estava tudo certo para o meu connect. Então, se no seu não aparece, pode ser normal, mas dá uma ligadinha no escritório deles em SP e pergunta. Não lembro o tel mas joguei no google na época e achei.

Adorei o serviço, excelente, prometo que logo posto o primeiro dia do relato e falo mais sobre.

 

Abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

DIA 0 – CONEXÃO DE 13HS EM DUBAI COM TUDO PAGO PELA EMIRATES. ANTES DA IDA A TAILÂNDIA.

 

Vou chamar de dia zero essa conexão em Dubai antes da Tailândia, na volta da Tailândia quando ficamos mais 6 dias, começarei o dia 1.

 

Aeroporto de Guarulhos SP, noite do dia 08/12/15. Nosso voo sairia de madrugada, às 1:25 hs e a ansiedade já quase não cabia no peito, nunca havia ido para tão longe e de culturas tão diferentes como no oriente Médio e Ásia. Chegamos com a devida antecedência e experimentamos jantar no Olive Garden do aeroporto de Guarulhos, ótima comida Italiana. Assim que disponível, nos dirigimos ao guichê da Emirates, com todas aquelas funcionárias de roupinhas fofas e fizemos o check-in rapidamente e sem burocracias. Não pediram cartão de crédito, nem visto, só o passaporte. Despachamos as malas e nos foi avisado que elas iriam direto para Bangkok, ou seja, se for usar esse Connect, leve uma muda de roupa na bagagem de mão. Depois disso foi aguardar o horário do voo e tentar conter toda a ansiedade.

 

O voo da Emirates foi tranquilo. Saiu pontualmente, e durou as 14 hs e pouco previstas. Logo depois de o avião levantar voo, foi servida a primeira refeição. O almoço e jantar na Emirates basicamente era composta de duas opções de carne: vermelha, frango e peixe, mais arroz, verduras, purê, bolachinhas, pão, manteiga, e sobremesa, além de sucos e refrigerante. Depois dessa refeição, consegui dormir e acordei faltando 7 horas para a chegada em Dubai. Assim que acordei, outra refeição chegou, mais leve como um café da manhã, um croissant, suco e um bolinho. Depois ainda tive tempo de ver dois filmes e comer mais uma refeição. A Emirates dispõem de serviço completo de filmes, séries e documentários, boa parte legendado em português, muitos lançamentos. Você também pode acompanhar a viagem através de 3 câmeras externas instaladas no avião.

 

598dd9ca82ab3_AviodaEmirates.jpg.ed9aea68af2aa8e3f4ecc31949f6708a.jpg

 

Chegamos em Dubai era umas 19h30, horário local do dia 09/12/2015, tinha pela frente uma conexão de 13 horas que eu mesmo escolhi ter, por que? A Emirates tem o que eles chamam de Connect Dubai, que nada mais é que um serviço que te fornece gratuitamente hotel, transfer, alimentação e visto de Dubai, para voos da Emirates com tempo de conexão maior que 8 horas. Se não me engano isso não é exclusivo da Emirates, mas toda companhia aérea te fornece hotel e alimentação para conexões longas com mais de 8 hs.

 

O aeroporto é majestoso demais, gigante, com várias pilastras em prata espelhadas sei lá eu e tapetes estilo árabe.

Seguimos as placas sentido imigração. Você pega um metrô dentro do aeroporto para chegar a imigração. Passamos em um balcão da Emirates após o metrô, tem balcões e funcionários da Emirates por todo canto, e questionei sobre o Connect. Ela me mandou em um tipo de banco para emitir nosso visto de turismo, nos deu vouchers para o Hotel e nos mandou seguir para a imigração e logo após, na saída, nos dirigirmos as vans que nos levaria ao nosso Hotel.

Nos balcões da imigração só homens barbudos, estilo Talibã haha, com suas roupas árabes toda branca. Mas foi tranquilo, pouca fila, alguns minutinhos e já estávamos embarcando na van que nos levaria ao Copthorne, o hotel que a Emirates usa para o Connect, não sei se é somente este o hotel que faz parceria com a Emirates.

 

598dd9caced76_AeroportodeDubai2.jpg.d1121f328a2618ccdf62bbc17871e802.jpg

 

O Hotel fica a 5 minutinhos do aeroporto. Chegando fizemos o checkin, perguntaram qual o horário do nosso voo pela manhã, era as 8h40, disse que deveríamos pegar a van das 6h30. As vans fazem os tranfers 24 hs. O hotel era muito bom e com ótimo quarto. Tínhamos o direito de jantar e tomar café da manhã à vontade. O restaurante também muito bom, tipo de resort, muitas opções de comidas, vários pratos indianos, uma carne com curry sensacional, mas tinha comida para todos os gostos. Máquina de refri, nossa, comi como um doido haha. Eram umas 21hs e resolvemos sair na rua para dar uma primeira olhadinha de leve na cidade. Na saída do hotel taxistas nos ofereceram fazer tipo um tour pela cidade, nos principais pontos por 40 dólares. Não nos interessava pois ainda voltaríamos a Dubai para ficar 6 dias. A região do Hotel é bem deserta, não tinha quase nada e estava frio, sim, estava frio em Dubai à noite. Mas havia um mercadinho, bem de bairro, ali próximo. Aproveitamos a oportunidade e fomos dar uma olhada. Muito legal ver produtos com todas as escritas em árabe, muitas coisas diferentes mas com preços bem similares ao do Brasil. Não comprei nada pois nem tinha feito câmbio de nenhum centavo em Dirhan. Depois disso, voltamos ao hotel, banho, um pouco de tv sem entender nada e dormimos.

 

598dd9cae7d8c_QuartodoCopthorneHotel.jpg.6848569d8aad0fafb750bd8b8eaff39e.jpg

 

Pela manhã tomamos o café, muito bom, muitas opções, checkout no hotel, nada nos foi cobrado e embarcamos na van que sai de 20 em 20 minutos. De volta ao aeroporto, fizemos o checkin e ficamos vendo as lojas no aeroporto de Dubai. Gigante a área de lojas nesse aeroporto. O voo para Bangkok saiu no horário e foi mais um voo tranquilo com a Emirates.

 

598dd9cb6309f_EntradadoaeroportodeDubai.jpg.364a1df6dd10c275eb7a49e16c75c7bd.jpg

 

Essa foi a nossa experiência com o Connect Dubai. No próximo post começo a falar das nossas andanças em Dubai, inclusive da loucura do réveillon

 

 

CONTINUA...DE VOLTA A DUBAI, CONHECENDO A REGIÃO DE BUR DUBAI!

598dd9ca9e596_AeroportodeDubai1.jpg.efe781111791f5adccb59f2dc2721edc.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bem completo o relato....Tira uma duvida? Na volta vc pegou o visto normal ne? Tirou ele pelo site da emirates? quais documentos precisou enviar? Realmente precisa enviar Declaração de Imposto de Renda e Comprovação de Investimentos?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fala Rodrigo Dellatorre!

 

Isso mesmo, na volta o visto normal, tirado antes da viagem pela Emirates.

 

É assim, você precisa enviar escaneado por email obrigatoriamente:

 

-Comprovante de pagamento da taxa de visto.

-Foto nas medidas pedidas

-Algumas páginas do passaporte específicas que eles pedem

-Formulário preenchido (tem no próprio site)

-E além disso eles falam que para ajudar no processo, enviar "documentos adicionais". Que seriam documentos que de alguma forma comprovem que você está estabelecido no seu país e não tem desejo de ficar no deles. Aqui é meio que aberto, você pode enviar uma carteira de trabalho com registro, um extrato bancário, declaração de irpf, documento de algum bem que você tenha no seu nome, cartão de crédito etc.

 

No meu caso enviei escaneado: carteira de trabalho com meu registro, extrato bancário (que nem tinha muito dinheiro), declaração de irpf, até o doc do meu carro no meu nome kk.

 

Mas assim, pareceu bem de boa pra tirar o visto pra Dubai.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

DIA 1 – DE VOLTA A DUBAI! CONHECENDO A ÁREA DE BUR DUBAI ONDE FICAVA NOSSO HOTEL.

 

Nosso voo de Bangkok para Dubai saiu às 16h30 e chegamos em Dubai às 19hs, horário local. Foram 6 hs de voo. A imigração foi tranquila, aplicamos aqui o nosso visto que foi tirado pela Emirates.

 

Pegamos nossas malas na esteira e seguimos as placas de metrô, antes fizemos câmbio de cerca de 30 dólares que tínhamos trocado. Há estação de metrô no aeroporto que te leva a várias regiões da cidade. Na estação do metrô, nos dirigimos até a máquina onde vc mesmo compra seu ticket do metrô, é fácil. O valor do metrô é estipulado por área que você percorre, mas para todos os trechos de metrô que pegamos pagamos 6 dirhans. Na primeira compra você paga 2 dirhans a mais pelo cartão que você deve guardar consigo e só ir recarregando, se chama Nol Card. A máquina aceita moedas e notas. Pegamos o metrô, que não demora mais que 5 minutos para chegar, com nossas malas e fomos até a estação Al Fahidi, a mais próxima do nosso hotel. Houve uma conexão na estação Burjuman. No total o trajeto deve ter durado de 10 a 15 minutos. Há mapas com todas as rotas do metrô na estações, acredito que olhando esses mapas você não deva ter problemas, são só duas linhas, verde e vermelha, mais o Dubai Tran que faz a área do Dubai Marina. Eu baixei no google play o aplicativo chamado “Dubai metrô”, ou algo assim, e já fui dando uma olhada no avião para ir entendo as estações e pontos de conexão. As estações de metrô são um show, lindas!

 

Saindo da estação Al Fahidi, pelos 8 minutos de caminhada ao meu Hotel, vi uma região tipo um centro de cidade, cheia de comércios, mas bem mais simples que a Dubai que estamos acostumados a ver nas fotos. Várias lojas gigantes do tipo “Tudo por no máximo 10 Dirhans”. Muitas lanchonetes, algumas lojas de câmbio e muitas lojas de joias lotadas, cheias mesmo, e não era loja de bijuterias não, nem folheado, era tudo virado no ouro puro, e o mais curioso é que as pessoas que estavam dentro das lojas comprando eram todas de aparência modesta. Eu não satisfeito me aproximei para ver os valores, e me impressionei mais ainda ver que não tinha nada por menos de 2000 Dirhans, alguém me explica isso? Pelas ruas muitos homens, alguns de mãos dadas, há muitos indianos por Bur Dubai. Alguns olhavam um pouco mais para minha esposa, mas nada que chegava a preocupar.

Nesse caminho, e por toda viagem nessa região, surgiam homens do nada na sua direção e vinha falando bem baixinho no seu ouvido como se estivessem te vendendo drogas ou te contando um segredo muito grande. Eles diziam: Hey boss! Watches, bags, jewels, shoes? A primeira vez levei um susto do caramba, mas depois acostumei: No thanks! Eles não eram vendedores muito insistentes. O motivo do falar baixinho tipo na surdina deve ser porque é coisa roubada ou é ilegal vender assim nas ruas, sei lá.

 

O Sun City International Hotel era um prédio de uns 5 andares, com grande fachada, fácil de achar. Ao lado do Museu de Dubai. Os recepcionistas não são dos mais simpáticos. O quarto era cômico, bem estilão árabe, brega pra caramba, mas era um bom quarto. Bom ar condicionado, banheira, frigobar e o hotel disponibilizava um café da manhã bem simples.

 

Após um banho descemos para comer algo na rua. Havia muitos restaurantes Indianos, muitas opções vegetarianas, tinha um KFC, entre outros. Paramos em uma das lanchonetes que tinham Kebab de frango. Pedimos um prato que era a carne do Kebab, com fritas, uma pasta que talvez fosse humus, tudo isso prensado dentro de um pão deles na chapa. Tipo um crepe, mas maior. E vinha batata frita fora do lanche também acompanhando. Cada um desses custava 15 Dirhans e o refrigerante lata custou 3 dirhans.

Engraçado que já beirava a meia noite e as ruas e lojas continuavam cheias, inclusive cabeleireiros. Após mais uma volta, retornamos ao hotel e encerramos nossa noite. Amanhã seria um dia com muitas atividades, bem no dia 31/12/15, véspera de Ano Novo.

 

ABAIXO ALGUMAS FOTOS, DE DIA, NA REGIÃO DE BUR DUBAI ONDE ME HOSPEDEI.

 

598dd9d098421_BurDubai9.jpg.0cebd4bb6553aa6dce90d74a608b964d.jpg

 

 

CONTINUA…DIA 31/12/15, VÉSPERA DE ANO NOVO. PRAIA, MADINAT JUMEIRAH, DUBAI MARINA, MALL OF THE EMIRATES E RÉVEILLON NA

598dd9cf90a84_BurDubai1.jpg.14043a977f242ce8ad9cd22e77e411d4.jpg

598dd9cfa9769_BurDubai2.jpg.b31ff05af7b550ad7a0c72737586f475.jpg

598dd9cfc2755_BurDubai3.jpg.6dbd2625b8c045120f99a48900a04f28.jpg

598dd9cfdb1ae_BurDubai4.jpg.212787b473c2cc0951cb7fdf46164a69.jpg

598dd9d0008da_BurDubai5.jpg.8eb9d75b4bb255aea47fb6dc2725ac63.jpg

598dd9d01750f_BurDubai6.jpg.f1b574ce85a11a5d895996043a1ee676.jpg

598dd9d068af7_BurDubai7.jpg.4bbb7fcf3e6a3c04d3b83f9e09de000a.jpg

598dd9d0825fe_BurDubai8.jpg.39e635c572f9e4e606b29bd3e44325e3.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Fala Rodrigo Dellatorre!

 

Isso mesmo, na volta o visto normal, tirado antes da viagem pela Emirates.

 

É assim, você precisa enviar escaneado por email obrigatoriamente:

 

-Comprovante de pagamento da taxa de visto.

-Foto nas medidas pedidas

-Algumas páginas do passaporte específicas que eles pedem

-Formulário preenchido (tem no próprio site)

-E além disso eles falam que para ajudar no processo, enviar "documentos adicionais". Que seriam documentos que de alguma forma comprovem que você está estabelecido no seu país e não tem desejo de ficar no deles. Aqui é meio que aberto, você pode enviar uma carteira de trabalho com registro, um extrato bancário, declaração de irpf, documento de algum bem que você tenha no seu nome, cartão de crédito etc.

 

No meu caso enviei escaneado: carteira de trabalho com meu registro, extrato bancário (que nem tinha muito dinheiro), declaração de irpf, até o doc do meu carro no meu nome kk.

 

Mas assim, pareceu bem de boa pra tirar o visto pra Dubai.

 

Opa vlww...farei isso ::cool:::'> ::cool:::'>

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Lembrando que, para ter direito ao Dubai Connect, a tarifa das passagens deve ser maior do que 1000 dólares!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bem lembrado Janes87!

Eu e meu esposo compramos uma passagem promocional (menor de 1000 dolares) e eu liguei feliz e contente para marcar o hotel pra descansar com a Emirates e ouvi um não ::putz::::putz::::putz::::mmm:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...