Ir para conteúdo

Brasileiros e venezuelanos são os mais rechaçados em aeroporto de Madri


Posts Recomendados

  • Membros de Honra

:arrow: FONTE: Epa

http://www.google.com/hostednews/epa/article/ALeqM5iAm7K2-rYSFbINNeqpR__aKwPxPQ

 

[align=Justify]Os brasileiros compõem o grupo com o maior número de expulsões durante 2009 no aeroporto madrilenho de Barajas seguidos dos venezuelanos, cujas expulsões aumentaram no ano passado 33,8%, segundo os dados provisórios aos quais a Agência Efe teve acesso.

 

Em 2009 foram contabilizados 1.902 expedientes de rejeição de cidadãos brasileiros, 24% menos que os 2.500 de 2008, enquanto foram 1.338 expulsões de venezuelanos, frente a mil de 2008.

 

O aumento de expulsões de venezuelanos causou em outubro do ano passado a visita às instalações do aeroporto do embaixador da Venezuela na Espanha, Isaias Rodríguez, para pedir às autoridades espanholas que flexibilizassem "os rigorosos controles" a seus cidadãos.

 

Também experimentaram um aumento os expedientes de rejeição aos cidadãos argentinos, já que em 2009 foram 1.254, 56% mais que em 2008, e dos paraguaios caíram 29,5%, ao passar dos 1.500 em 2008 para 1.050 em 2009.

 

No total, a Polícia espanhola tramitou 9.215 expedientes de rejeição na fronteira do aeroporto madrileno de Barajas durante 2009, o que representa queda de 23% frente a 2008, quando se impediu a entrada na Espanha de 12 mil pessoas.

 

Segundo fontes aeroportuárias, em dezembro chegaram a Barajas cerca de 9.250 argentinos, 8.200 venezuelanos, 6.600 brasileiros e 900 paraguaios.

 

Fontes da embaixada venezuelana explicaram à Efe que o endurecimento das medidas de controle dos estrangeiros começou em maio de 2007, data em que foram modificados os requisitos para a expedição da carta de convite e os meios econômicos necessários para entrar na Espanha.

 

Para entrar na Espanha, o viajante deverá dispor de 62,40 euros (cerca de US$ 90) para cada dia de estadia prevista, embora em nenhum caso a quantidade poderá ser inferior a 561 euros (US$ 808), o que representa 90% do salário mínimo interprofissional vigente na Espanha.

 

Quando os viajantes têm o acesso ao território espanhol negado no aeroporto de Barajas, são conduzidos às denominadas salas 3 e 4, situadas nos terminais 1 e 4, onde permanecem até que sejam enviados ao mesmo local de onde chegaram a Madri e com a mesma companhia que os transportou.[/align]

Link para o comentário
  • Membros de Honra

Basta dar uma passadinha em praias da Bahia em época de férias na europa e baixar o pau nos que vem atras de turismo sexual. Manda tudo de volta enxotado. Não sou a favor de agir igual com os que chegam com boas intenções. Tentar ganhar a vida em outro pais não é crime. Tantos deles estão aqui milionários e aceitamos e até nos tornamos empregados. Foda isso... ::bad::

Link para o comentário
  • Membros de Honra
Lei da Reciprocidade nos espanhóis... talvez quando os mesmos começarem a voltar pro velho continente sem que possam, sequer, sentir o cheio do nosso país, as coisas mudem.

 

broder, acho q a historia eh um pouco mais complicada q isso. Todo esse 'pente fino' so acontece pq tem um zilhao de brasileiros e latino americanos q vao para a europa - e o mesmo acontece nos eua - para ficar la ilegalmente. Essa operacao visa eliminar o problema mas o q acontece eh q outros q nao tem nada com isso acabam rodando pq os caras tao com medo de linguiça (cachorro picado de cobra). Nos nao temos problema de espanhois ou europeus vindo pra ca pra ficar ilegalmente.

 

Podemos discutir a questao das fronteiras e o qto eles se dao bem em nosso pais mas isso ja eh outra historia.

 

mandar os caras q vem em busca de prostituicao infantil de volta pro pais deles nao acho q deveria acontecer, eles deveriam eh ir pra cadeia aqui mesmo!!!

Link para o comentário
  • Membros de Honra

isso eh verdada, mas eh um preco bem pequeno a pagar pra nao ter mais esses gringos filhos de uma puta q vem aqui fazer turismo sexual e comer as menininhas menores de idade. Se os caras comecarem a rodar vc vai ver se nao inibe horrores.

 

No pais deles acho q nao da nada, eles nao estao preocupados.

Link para o comentário
Visitante
Este tópico está impedido de receber novos posts.
×
×
  • Criar Novo...