Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Entre para seguir isso  
rogerio.oliveira2

De Limeira-SP a São Lourenço-MG – viajando de carro

Posts Recomendados

20/11 a 22/11 de 2015

 

Para quem está no estado de São Paulo perto da região de Campinas ou até mesmo distante e quiser se aventurar para uma cidade também termal, assim como Poços de Caldas – São Lourenço é uma ótima opção e é fácil de se chegar apesar das estradas em Minas serem mais simples e com pouca sinalização, mas nada que faça você perder a cabeça e se desesperar! Além de postos de combustível ao longo do trajeto é possível também pedir informação dentro de algumas cidades que se passa!

 

Total rodado = 315 km (ida)

Pedágios = Somente 2 no estado de São Paulo – (rumo a Mogi-Mirim e Itapira)

PREPARANDO O PERCURSO

 

Quando lancei no google.maps Limeira-SP a São Lourenço-MG o programa me deu várias rotas e decidi ir pela do interior passando por Ouro Fino-MG, não sei se fiz bem, visto que a estrada nesse trajeto foi a pior parte devido aos inúmeros buracos no asfalto e acostamentos pequenos, entretanto quando sentia insegurança por não haver tantas placas ao longo da estrada, conseguia parar em algum posto e confirmar rota.

Chegando em Pouso Alegre-MG foi o momento mais tenso, por que nesse interim resolvi pegar a rodovia Fernão Dias BR381 como o google havia me mostrado, como aquilo tinha se tornado um pouco complicado para mim, parei em uma concessionária e pedi informação para um moço, o qual de imediato me desaconselhou pegar tal rota pela distancia e me informou que seguindo reto entraria na estrada rumo à Santa Rita do Sapucaí, passando pelas cidades de Pedralva, Cristina e Carmo de Minas(rodovia MG-459 e 347 )e dirigindo mais alguns quilômetros estaria finalmente no meu destino. Vale mencionar que fiz o caminho como ensinado – a sinalização é péssima, apesar da estrada ser muito boa, mas devagar se vai longe, tanto é que cheguei na cidade e aproveitei muito.

 

Dicas na cidade

 

É uma cidade bem movimentada por turistas, existem várias lojas de doces e queijos assim como poços de Caldas, o mercadão municipal é pequeno comparado ao de Poços, mas vale a pena conferir! O calçadão principal da cidade onde se concentram hotéis mais caros, lojas de souvenir, bares e restaurante é muito legal. Um bom lugar para beber e comer algo e conversar muito.

Na hora do almoço os preços são bem acessíveis, há muitas promoções nos restaurantes. Entretanto, a noite esses mesmos restaurantes cobram mais caro, pois muitos só oferecem lanches e pizzas no cardápio! Lembro-me que sai da rua dos turistas e adentrei mais na cidade, na parte dos moradores, ali você encontra outras lanchonetes tão boas quanto a rua principal, mas com preço muito mais justo! Isso a meu ver, se você quiser ficar só no circuito para turistas tudo bem!

 

Passeio de Maria Fumaça

 

Você pode andar ainda por outras ruas onde há lojas de artesanatos – assim que chegamos na pousada às 14:00, descansamos um pouco e nesse primeiro dia rodamos o centro da cidade. No segundo dia, logo após o café da manhã fomos para o famoso passeio de Maria fumaça entre as cidades de São Lourenço e Soledad de Minas – Em 2015 o passeio custava R$50,00 por pessoa e isso incluía a todos independente se era a pessoa fosse aposentada, estudante ou professor. Todos pagavam a mesma tarifa, no guichê da estação falavam que o ingresso custava na verdade R$100,00, mas já haviam dado o desconto para todos.

*(na minha opinião: mentira!, apenas mais uma forma de tirar dinheiro de turista, já que os vagões iam lotados)

O passeio vale a pena, muito divertido com violeiros cantando nos vagões e a parada que você faz até a outra estação você vê mais artesanato e comidas. Creio que o passeio dura cerca de 1 hora e meia. Indo para São Lourenço, não tem escapatória faça o passeio! Creio que o passeio só acontece aos sábados e domingos, procure no Google ou na cidade os horários de embarque!

 

O parque termal da Nestlé

 

O parque era municipal, mas houve uma concessão para que a Nestlé o explorasse. Ao meu ver, embora pagando o ingresso de R$7,00, vale a pena conhecer e passar umas horas ali. Tudo é muito bem conservado, com manutenção constante, banheiros limpos e há uma área no parque que você toma uma ducha bem gostosa, não há piscinas – somente uma duchão e em volta dele há cadeiras de piscinas e um restaurante. Minha namorada e eu tomamos um banho gostoso ali e ficamos um bom tempo, havíamos encontrado pessoas muito bacanas para conversar naquele local. Ah! Quando fizer o passeio no parque, vá então com um biquíni e/ou shorts mais leve por baixo das roupas para se molhar! Muitos fazem isso! E digo: vale a pena!

 

Enfim, creio que 3 dias são suficientes para ficar na cidade – é um lugar que oferece lazer e tranquilidade para quem procura esse tipo de turismo! Um ótimo lugar para casais com filhos, namorados e idosos! Tem acessibilidade a deficientes físicos principalmente na área central! Há também pessoas que reservam um tempo para conhecer as cidades vizinhas de Caxambu e Lambari! Se tiver mais tempo em seu roteiro faça tais visitas.

 

***Para voltar você pode fazer o mesmo percurso da ida ou se preferir, pegue sentindo Lambari, Campanha e caia na Fernão Dias BR-381 e dirija até Atibaia-SP, chegando no entroncamento da Dom Pedro I SP-065, vá rumo a Campinas e lá rumo a Limeira pela Anhanguera BR-50.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Entre para seguir isso  



×
×
  • Criar Novo...