Ir para conteúdo

Tromba d´água deixa pessoas ilhadas no Parque Nacional dos Aparados da Serra


Posts Recomendados

  • Colaboradores

Tromba d´água deixa pessoas ilhadas no Parque Nacional dos Aparados da Serra

 

:arrow: Fonte: Jornal Zero Hora

 

26/3/2010 | 12:37:00 Sem poder cruzar rio, grupo enfrentou frio e chuva por quase 24 horas

Três pessoas viveram momentos de tensão no interior do Parque Nacional dos Aparados da Serra, entre Cambará do Sul (RS) e Praia Grande (SC).

 

Eles estavam percorrendo uma trilha, quando foram surpreendidos por uma chuva de verão. A chuva provocou o fenômeno de Tromba d´água, que faz o nível e a velocidade das águas dos rios aumentar consideravelmente, deixando-os ilhados em meio à mata sem poder voltar por onde vieram.

 

O grupo ficou quase 24 horas ao relento, exposto ao frio e à chuva que não deu trégua, até ser resgatado pelo Corpo de Bombeiros catarinense.

 

Um alerta foi lançado para a direção do parque por volta das 18h. O diretor da unidade, Deonir Zimmermann, acionou o socorro.

 

– Eles não tinham rádio, não pega celular no interior da trilha. Não conseguiram prever que o rio ia subir. O socorro chegou rápido, levando comida, roupa seca e uma lona. Não tinha como fazer o resgate à noite, era muito perigoso. Por isso, foi feito pela manhã – disse Zimmermann.

 

O primeiro a chegar ao local, por volta das 22h, foi o grupo de salvamento organizado pelos guias da região. Foi um alívio para os aventureiros.

 

– O nosso guia tinha lanterna e, quando a gente ouviu as primeiras vozes, ele sinalizou. Depois eles jogaram as cordas e montamos uma tirolesa (cordas amarradas horizontalmente entre dois pontos), que serviu para passar a comida e os agasalhos – contou Almeida.

 

Por volta das 7h chegou o Corpo de Bombeiros, que se deslocou de Araranguá (SC). O resgate durou até as 12h de ontem.

 

As trombas d´água são problemas típicos de verão, entretanto, como este ano tem sido mais quente que o normal, as trombas d´água podem ainda ocorrer neste outono em lugares como a Serra Geral, Serra do Mar e Serra da Mantiqueira.

Link para o comentário
  • 2 semanas depois...
  • Membros

O contato com a natureza é muito gratificante. Mas exige uma série de cuidados.

Trombas d'água, raios, animais peçonhentos, e muito mais, podem transformar uma aventura maravilhosa numa experiência terrível e fatal.

Conhecer os perigos e adotar os procedimentos para minimizá-los é fundamental. Mas o medo de acidentes não devem impedir a realização das aventuras.

Afinal, "o maior perigo para um aventureiro é... não ir..."

Link para o comentário
Visitante
Este tópico está impedido de receber novos posts.
×
×
  • Criar Novo...