Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Felipao86

Mini-relato: Final de Semana Em Cachoeira do Tabuleiro/MG e Parque Nacional da Serra do Cipó

Posts Recomendados

Olá galera,

 

Mais um mini-relato para vocês. Dessa vez um destino perto de casa. Lugar de beleza intocada, exuberante e que exige disposição física para conhecer a fundo!

 

Passamos um final de semana conhecendo um pouco desse lugar maravilhoso.

 

Dia 1: Cachoeira do Tabuleiro em Conceição do Mato Dentro/MG

Saimos de BH por volta de 07:30 da manhã com destino a Conceição do Mato Dentro, a 145km de BH. De lá, ainda tem mais 20km de estrada de terra até a entrada do Parque Municipal do Tabuleiro, área preservada onde fica a cachoeira. A estrada de terra é boa, sem maiores problemas.

 

ÀS 11:30 já estávamos no parque, cuja entrada custa R$ 10,00 por pessoa.

 

De lá são mais 1:30 hs de trilha até o Poço da Cachoeira, passando pelo Mirante. A trilha é bem puxada, a mais difícil que já fiz até hoje (sou um completo sedentário, rs). A descida é muito ingreme, em alguns momentos é preciso descer sentado para não escorregar e cair. O final da trilha até o poço é feito pelas pedras do leito do rio. (Cuidado com as cobras, vimos duas por lá).

 

Ao chegar a visão é fantástica. A cachoeira do tabuleiro é a maior do estado de Minas Gerais e a 3ª maior do país: são 273 metros de queda, o equivalente a um prédio de 91 andares.

DSC05346.JPG.b213c64d86788e64d325f854829ac026.JPG

É tão alta que a água caiu no final como uma chuva.

DSC05346.JPG.b213c64d86788e64d325f854829ac026.JPG

O poço é grande e bem fundo, tem que haver um bom cuidado para nadar.

 

A trilha da volta é puxadíssima! Uma subida sem fim, muito cansativa. Chegamos ao final bufando, sem nenhum exagero. Mas valeu a pena!

 

OBS: creio que não fizemos bem ao irmos direto de BH para lá. São 4 horas de viagem. Já chegamos um pouco cansados e encarar essa trilha realmente foi complicado. Teria sido melhor pernoitar em Conceição e depois irmos para o parque no dia seguinte cedo. Estaríamos mais descansados. Fica a dica.

 

Depois dessa trilha penosa nos dirigimos para a Serra do Cipó e pernoitamos numa pousadinha muito bacaninha e de ótimo custo-benefício: https://www.booking.com/hotel/br/pousada-sarala.pt-br.html (limpa, roupa de cama cheirosa e ótimo café da manhã).

 

Dia 2: Parque Nacional da Serra do Cipó

Dia de conhecer o tão falado e querido parque nacional da Serra do Cipó. O lugar é enorme e com boa infraestrutura. Melhor de tudo: não paga entrada! Lá é muito grande, são muitos atrativos, sendo necessários vários dia para conhecer tudo.

 

Tínhamos por objetivo conhecer nessa primeira visita a Cachoeira da Farofa e o Cânion das Bandeirinhas. O trajeto total ida e volta daria 29KM, então resolvemos alugar uma bike (lá no próprio parque alugam: R$40,00 simples e R$ 50,00 com suspensão. Ambas tem 21 marchas);

 

E lá fomos nós, sedentários que somos, pedalar 29km de uma vez. Rsrs.

O bom é que é praticamente plano em todo o trajeto, e a qualquer momento dá pra parar e descansar.

A natureza é exuberante, tudo muito lindo e bem cuidado.

DSC05442.JPG.fc659a2362202aa2b59ac0fdc736f6b2.JPG

Vale a pena a visita pessoal.

 

Estou a disposição para dúvidas e esclarecimentos!

DSC05369.JPG.868b8d45fc47c41450d334a8b36edc9c.JPG

DSC05396.JPG.b608c58f98f019cc2c16e982829be51f.JPG

DSC05421.JPG.d60d0d45a4e031dca652e1588b6db017.JPG

DSC05431.JPG.22fae958e973527a006872612d20d9c3.JPG

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora



×