Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Rafa Meireles

O lindo sul do Peru! Puno, Lago Titicaca e ilhas Uros e Taquile - janeiro 2017, com roteiro e fotos

Posts Recomendados

Olá mochileiros :P

 

Em janeiro de 2017, depois de muitos preparativos, muitos fóruns lidos, muitas perguntas e muita pesquisa eu e meu companheiro de viagem Danilo finalmente fizemos um pequeno mochilão de 20 dias pela América do Sul - Chile, Bolívia e sul do Peru -no qual dedico esse meu relato. Foram apenas 3 dias em solo peruano, mas que me marcaram profundamente e que me deixaram uma certeza: eu preciso voltar a esse país fascinante o mais rápido possível!

DSC_0835.JPG.1d6cdd12d026192fa3b8181c388e1ebb.JPG

DSC_0919.JPG.80eb4294ab615aef085cc01afffb6d7b.JPG

DSC_0991.JPG.8770f7050f8f6c3f74d1e7506138a6fd.JPG

 

 

Viemos direto de La Paz, na Bolívia (onde passamos 8 dias) e o legal é que visitar o Peru não estava em nossos planos. Tinhamos alguns dias sobrando no nosso cronograma, aí resolvamos dar uma olhada nos destinos existentes na rodoviária de La Paz. Um dos primeiros guiches estava escrito Puno-Peru e pensei, porque não? haha. Partimos então para mais essa aventura :P - o lado bom de ser mochileiro :D

 

Compramos a passagem na rodoviária de La Paz para o dia seguinte, com a empresa Titicaca (80 bolivianos + taxa de 2 bol. cobrados no embarque). Havia mais 2 empresas que faziam esse trajeto, mas decidimos ir com essa, por parecer mais bem estruturada, mas o ônibus era bem antigo, com assentos apertados e sem banheiro :roll: Partimos as 8 hrs da manhã e por volta das 12 hrs já estávamos na cidade de Copacabana, onde a desceu a maior parte dos passageiros e subiram mais alguns. Foi ali, na frente da agência da viação que eles pediram para assinarmos uma lista com nome completo e o número do documento de identidade (usei meu passaporte, já o Dan usou o RG dele) e nos entregaram dois formulários para serem preenchidos e entregues na imigração (tudo feito na correria e sem organização nenhuma, por isso tente se informar ao máximo lá para não ficar perdido). Embarcamos novamente e 15 minutos depois chegamos na divisa entre Bolívia e Peru, onde fica a imigração (pediram para jogar qualquer alimento que tivessemos fora, pois seria ilegal passar na divisa, porém ninguém revistou malas ou o próprio ônibus). Havia uma fila enorme, mas que não demorou tanto. Passaporte carimbado, seguimos a pé mesmo por algumas quadras até a imigração peruana -é nesse trecho que fica aquele famoso letreiro escrito Peru com o lago Titicaca ao fundo. Existem também vários ambulantes vendendo inúmeros produtos nesse trecho e umas 5 casas de cambio (aqui vale uma dica: pesquise entre as casas de cambio, pois elas tem cotações bem diferentes entre si - encontramos uma onde um real valia 85 centavos de soles e na outra um real valia apenas 45 centavos :roll: ).

20170121_141605.jpg.5e5ed9b35c5b4759498b111854eded1e.jpg

A imigração peruana é muito, mas muito mais demorada que a boliviana. Depois de algum tempo, embarcamos novamente e seguimos viagem por mais 3 horas até chegar na rodoviária de Puno! (nesse trajeto passamos por vários vilarejos bonitinhos).

 

A primeira impressão de Puno não é das melhores: cidade suja, caótica, aparentemente perigosa :roll:, algo que ão faz sentido nenhum, pois a cidade é demais <3.

 

Conversando com um dos funcionários da empresa Titicaca que estava no bus, o mesmo nos perguntou se já tinhamos hotel na cidade. Como falamos que não, ele nos ofereceu um hotel no centro por apenas 35 soles a diária + translado da rodoviária até esse hotel. Achamos estranho de início, mas como a rodoviária fica um pouco distante do centro, onde fica a plaza de Armas e a Catedral, decidimos aceitar ::otemo:: E por incrível que pareça, foi a melhor coisa que fizemos. Pegamos esse translado (por incrível que pareça estava incluso mesmo Uffa) até o Hotel Gran Puno Inn (Calle Arequipa, 130) que fica em frente ao Teatro Municipal e a poucas quadras da Plaza de Armas :D .

As acomodações e o atendimento são muito bons. Ficamos em quartos individuais, com ducha quente e café da manhã e foi cobrado realmente os 35 soles. No próprio hotel existe uma agência de turismo, então fechamos para o dia seguinte um delicioso passeio para as ilhas de Uros e Taquile ::otemo:: . (não me lembro bem, mas acredito que pagamos uns 60 soles por pessoa nesse passeio, incluindo transporte e almoço).

 

Nesse mesmo dia, descansamos um pouco e fomos conhecer a noite em Puno. Fiquei supreendido com a animação da região. São inúmeros bares, lojas e restaurantes que ficam abertos até altas horas da noite. Nas ruas, a movimentação de pessoas é muito grande e há inúmeros artistas de ruas. Fomos em um restaurante na Calle Lima chamado El Tambo del Inca :) Ambiente, atendimento e principalmente cardápio ótimos, além de ter música ao vivo. Super recomendo!!! Os preços não são tão baratos assim, mas valeu super a pena (ainda ganhamos um agradinho do garçom: vendo que éramos brasileiros, ele trouxe nosso prato escrito Brasil com o molho haha).

Nessa mesma rua (Calle Lima) é que ficam a maioria das agências de turismo (quase todas tem para Machu Pichhu, por exemplo).

DSC_0793.JPG.5ceae2b7ba664ac46f5db052aeb5f397.JPG

DSC_0810.JPG.74a82900d28cef1c090bc3f8ad42fd49.JPG

DSC_0805.JPG.79695d25f1ac70d4d77fbd2956250cfd.JPG

DSC_0817.JPG.5b505bceeb28af415c61b8a84900e142.JPG

20170122_092145.jpg.0767c42b92a3758a1c3fdc94a2fe8688.jpg

 

No dia seguinte acordamos cedo, tomamos café da manhã no hotel e pegamos uma van até o cais do porto de Puno onde pegamos uma lancha turística para dar início ao nosso passeio. Haviam argentinos, chilenos, colobianos e até uma italiana em nosso barco. O guia foi super simpático e nos contava inúmeras histórias da região.

 

A primeira parada foi em Uros, comunidade pré-colombiana que vive em ilhas flutuantes artificiais nas águas do Lago Titicaca. Essas ilhas são as atrações mais famosas da região o que as transformaram em fisga turista e tiranram um pouco da originalidade da comunidade. Mesmo assim é incrível ver como eles vivem e constrem as ilhas, seus hábitos diários. Ficamos cerca de uma hora e meia em uma única ilha (incluindo um passeio com o barco típico deles em volta dessa ilha). Preparem os bolsos, pois no finalzinho os Uros nos oferecem inúmeros objetos feito por eles para comprar (preços em soles e um pouco salgados).

 

DSC_0881.JPG.65576505a767e83fddbc592d0ce191c4.JPG

DSC_0691.JPG.0e3f336ab0840a4b672b6b475b533f77.JPG

 

Depois fomos até a Ilha Taquile - que fica umas 2 horas de distância de Uros.

Chegamos no cais e nosso passeio era atravessar toda a ilha até o outro lado, onde o barco estaria nos esperando. Fomos direcionados até a praça central do vilarejo. Por ficar em uma área bem alta, tivemos que subir uma escadaria enormeeeeee e devido a altitude, é melhor ir com calma :P . É nessa praça que fica a chamosa igrejinha da ilha, um centro de exposições e um maravilhoso mirante.

 

O almoço foi servido em um restaurante ali mesmo e estava incluido no passeio. Tinhamos que escolher entre omelete, truta ou alguma outra coisa que não lembro rs. Escolhi truta e estava muito bom.

 

Para quem gosta de comprar lembrancinhas (eu) é na região da praça central que ficam os vendedores locais.

 

DSC_0913.JPG.4a881a7e6cc0cd9147c639b285649e40.JPG

DSC_0920.JPG.38e1539fbc882cbb2ece5e097cbc2524.JPG

598de18890ecf_DSC_0927.JPG.2a3fd9f76d4846c52982cdd40b4882b3.JPG

 

Tanto a ida como a volta do passeio foi super tranquila (as aguas do titicaca estavam calmas :P ). Assim que chegamos no cais fomos informados que estava acontecendo na cidade a tradicional festa da Padroeira de Puno, uma das maiores festas religiosas do Peru. Aproveitamos e acompanhamos um pouco da festa, que é realmente grandiosa - a ,maioria das ruas do centro da cidade são tomadas por procissões, músicos e dançarinos com roupas típicas, em uma espécie de carnalval peruano.

 

DSC_0957.JPG.5fa20952ded6065ef669003f9acd82da.JPG

DSC_0959.JPG.4e387634cf0f4f66d019caf16549e8e2.JPG

DSC_1004.JPG.92d055d3e6c99e4b233faaa66e22141e.JPG

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora



×