Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

pri_diaz

Relato e dicas Maranhão - São Luis - Atins - Barreirinhas

Posts Recomendados

[ Relato e dicas ] [ Lençóis Maranhenses ] [ Atins ] [ Barreirinhas ] [são Luis ] [ Maranhão ]

 

Depois de alguns meses morando em São Luis no Maranhão fui finalmente conhecer o parque nacional dos Lençóis Maranhenses e quero dar algumas dicas para quem está indo ou tem vontade de conhecer. Se precisarem de maiores informações e tiverem interesse em algo podem me enviar mensagem, vou tentar detalhar, mas é bastante coisa.

 

Partindo de São Luis MA:  A sede do parque está a cerca de 260 km de São Luis do Maranhão, atualmente onde se localiza o aeroporto mais próximo, então é uma boa pedida conhecer um pouco de São Luis.

 

Hospedagem em São Luis: Sou moradora de São Luis desde alguns meses então não conheço opções de hospedagem em hotéis ou pousadas na cidade, mas sei que o pessoal gosta muito de ficar ou pelo centro histórico ou próximo as praias no bairro Calhau; um bairro bem próximo ao centro histórico e que dá fácil acesso as praias é também o bairro São Francisco que conta com vários hotéis; com essa informação é só ir buscando no Google mesmo.

 

Outra opção é hospedagem solidária: eu recebo pessoas pelo Couchsurfing por aqui sempre que possível e conheci outras pessoas muito legais que também recebem, recomendo fortemente buscar lugar pelo site do couchsurfing pra ter a oportunidade de conhecer moradores locais.

 

Lugares que recomendo conhecer em São Luis:

 

- Centro histórico, você vai encontrar uma arquitetura legal, vários casarões e museus, indico muito da visita guiada grátis na Casa do Maranhão para saber mais sobre a história e cultura do Maranhão; coma uma tapioca no “Rei do Beijú” (barraquinha que fica bem no miolo do centro histórico). Busque a programação do tambor de crioula no Centro Cultural Mestre Amaral, inclusive tem dias que é só aula pra aprender a dançar tambor; Visite o casarão onde está o “Re-ocupa”, lugar com ideal de luta e resistência onde foi montado um ambiente multicultural com uma energia incrível e programações muito legais (neste lugar você encontra opções de lanches e até feijoada vegana DELICIOSOS) podem ver a programação aqui:

https://www.facebook.com/reocupa/  lá tem boa musica, enfim, recomendo conhecer. A comida típica daqui é o arroz de cuxá que é temperado com uma erva chamada vinagreira, é bem gostoso e a maioria dos restaurantes oferece o prato.

 

- Reggae: O mais famoso e conhecido é o Bar do Nelson, tem um na litorânea (para o lado das praias) e tem outro também no centro histórico, alem de poder encontrar outras casas de reggae pelo centro histórico.  Um reggae alternativo e bem legal que conheci foi o “Bambu” que é próximo a faculdade UFMA então reúne muito a galera jovem, achei bem legal o lugar, mas aqui não vai ser um lugar turístico e sim uma oportunidade de conhecer um role bem nativo.

 

- Praias: eu vou pra praias mais próximas localizadas na litorânea, bairro Calhau, elas contam com excelente estrutura de bares e são muito lindas e frequentadas por pessoas se exercitando. Opções de praias mais distantes: Olho d’água, Araçagi, Raposa (essa ultima é uma vila de pescadores) – não conheço bem pra falar muito, mas é um dado pra pesquisarem. Nas proximidades tem também Alcântara, a cidade das ruínas, que é algo para passeio de dia inteiro, mas tem um catamarã que custa aproximadamente R$4 que vai para lá.

 

Transporte de São Luis para Barreirinhas: A primeira base para conhecer os lençóis maranhenses é Barreirinhas. Existem ônibus que vão desde São Luis para Barreirinhas da empresa Cisne Branco, mas eu prefiro o translado com mini ônibus, pois é um serviço de porta a porta (te busca no local que estiver hospedado em São Luis e te deixa no local que estiver em Barreirinhas). O transporte em mini van custa entre R$50 e R$70 dependendo de onde sair e da negociação. Segue contatos: Frank Tur whatsapp (98) 99178-4433 ou Leva Tur Van whatsapp (98) 99213-1779. Não sei se essas opções fazem translado desde\até o aeroporto, não conheço esse trecho, sempre fiz com uber (em São Luis já funciona o uber tranquilo).

 

Transporte de Barreirinhas para Atins: saem Toyotas todos os dias até umas 12:00 horas da rua de trás da veterinária correia bem no centro de barreirinhas; o custo é de R$25 e leva entre 1:30 e 2 horas para chegar em Atins (te deixa na porta da sua pousada também). Também dá pra ir de barco “voadeira” pelo rio preguiça com um custo entre R$50 e R$80 dependendo da negociação (dá pra negociar fazer um passeio que te leva pra conhecer vários lugares pelo rio e no final te deixa em Atins ou só negociar o transporte; isso tem que negociar na beira rio direto com os barqueiros que sempre estão por lá ou em uma agencia que fica próxima aos barqueiros. Se você entrar em contato com sua pousada em Atins eles podem fazer a ponte e pedir pra algum Toyota conhecido te esperar por lá, isso é bem comum.

 

Diferenças básicas entre Atins e Barreirinhas:

 

- Atins é um pequeno povoado, com preços um pouco mais altos que Barreirinhas quanto à hospedagem e alimentação. Atins não conta com iluminação elétrica, por isso é bacana ficar num local bem localizado no centro (a iluminação das pousadas já deixa tudo menos assustador) e ficar numa pousada que tenha wifi (algumas não tem), pois lá não pega 3G nem sinal de celular muito bem. Atins não tem calçamento nas ruas, as ruas são de areia e fica na beira da praia. A proximidade de Atins com o parque dos Lençóis Maranhenses é muito menor que Barreirinhas que está mais afastada. Desde Atins é possível ir andando até os Lençóis Maranhenses, mas tem que ter muito cuidado para não se perder. Eu resolvi ir conhecer o Canto do Atins por conta e cheguei andando até a lagoa das 7 mulheres. Foram aproximadamente 7 km andando para ir e 7 km para voltar (umas 2 horas e meia de caminhada); você deve ir andando pela praia até chegar no Canto do Atins. Essa caminhada é bem cansativa e tem que ir com muita disposição saindo pela manhã bem cedo e voltando antes de ficar escuro, mas vale muito a pena! Na caminhada dá pra ir se refrescando no mar, a praia é bem deserta e linda, é uma caminhada incrível de viver. A opção de ir andando por dentro das dunas é algo melhor de fazer com um guia, pois o parque é imenso e não deve ser legal se perder por lá sem ver ninguém pra lado nenhum na imensidão das dunas. Indo pela praia por conta achei fácil até pra mim que nunca fui muito de fazer trilha (e sou super desorientada quanto a direções), mas realmente dá pra chegar só nessa lagoa, outras lagoas maiores é legal pagar pelo menos um dos passeios que te leva de 4x4. Ao ir aos passeios desde Atins encontrei poucas pessoas, menos de 10 pessoas pelas lagoas que visitamos e uma galera realmente interessada em curtir aquilo. Foi muito incrível, amei Atins. Atins é bem roots, tem uma energia incrível e te transporta a calmaria e acolhimento do interior. Recomendo muito passar pelo menos 2 noites por lá para viver essa experiência sem medo de se arrepender. Recomendo é claro para quem achar que se encaixa depois de ler essas características ou quem sente vontade de experimentar. É um ritmo bem diferente do que estamos acostumados em qualquer cidade, é diferente até das pequenas cidades. A calmaria, o céu estrelado, os sons da natureza, tudo por lá é diferente e encantador.

 

- Barreirinhas é uma pequena cidade com uma forte estrutura turística e que onde ficam a maioria dos turistas que vem conhecer o parque dos Lençóis Maranhenses. A vantagem de Barreirinhas são os custos mais baixos de hospedagem e alimentação que podem ser encontrados e ter maior variedade de opções para escolher. Maior facilidade de locomoção para crianças e idosos (por ser cidade mesmo).Os passeios mais conhecidos para as dunas saindo de Barreirinhas são Lagoa Azul e Lagoa Bonita; por lá você encontra muitas pessoas (acredito ser mais 100 pessoas tranquilo) fazendo o mesmo circuito que você. Vão desde famílias inteiras até grupos mais badalados. A desvantagem, em minha opinião, é que quando você vai conhecer as dunas sempre está lotado de gente e inclusive, no passeio que eu fiz, a maioria das 12 pessoas que iam no mesmo 4x4 que eu estava iam consumindo bebidas, gritando, falando alto, realmente estavam festando (nada contra, mas não combinava com minha intenção de desfrutar a natureza); chegando no parque também, a maioria das pessoas pareciam preocupadas só em tirar fotos o que me deu uma sensação desgostosa. Mas fora a super lotação e o fato das pessoas estarem enchendo a cara e viciadas em selfies, as dunas e lagoas que dá pra conhecer por Barreirinhas são muito lindas. Isso foi minha impressão pessoal comparada com Atins; quero esclarecer isso por que estive a maior parte do meu tempo em Atins e meu perfil combina mais com Atins que com Barreirinhas. De qualquer forma o passeio desde Barreirinhas vale muito a pena, as paisagens são incríveis e a cidade tem uma vibe bem legal, principalmente a noite para passear pela beira rio e comer algo pela praça que está lotada de pessoas e ótimos restaurantes.

 

Hospedagem em Barreirinhas: tem muitas opções, só buscar no booking mesmo, tem pra todo bolso. No meu caso fiquei uma noite em uma pousada bem baratinha (a mais barata que achei). Vejo o pessoal recomendar muito o hostel Casa do professor e passei pela porta, parece um excelente lugar pra quem vai sozinho. Já para casais tem muita opção pra escolher de boas pousadas na faixa de R$100.

 

Hospedagem em Atins: Hospedagem para quem vai sozinho e quer ficar em um hostel bem maneiro, com uma galera legal, bem localizado: O Peixe de Boa HOSTEL contato do Facundo: (98) 99151-6164 (aproximadamente R$50) – Para quem quer um camping ou dormir em redes com ótima estrutura e excelente localização: Rota da Praia hostel e camping contato do Amsterdã (98) 98207-4116 (para dormir na rede R$30) – Para quem vai em casal, quer economizar e não tem problema de ficar em uma pousada BEM RUSTICA: Pousada do Melo; reserva pelo booking (R$80 por noite para o casal). Para quem quer uma pousada incrível, com excelente atendimento: Pousada Flamboyant; verificar no booking. Essas são opções que eu achei legal estando por lá. É importante pra quem quer economizar verificar se sua pousada tem wifi incluso e cozinha para fazer seu próprio alimento, pois restaurantes são caros por lá e não pega sinal de telefone muito bem.

 

Opções de passeios em Barreirinhas: Barreirinhas tem infinidade de oferta em passeios tanto pelas dunas nos Lençóis Maranhenses, como passeios pelo rio Preguiças, sobrevoo sobre os lençóis, passeios em barco, passeios de quadriciclo, etc. São realmente muitas opções e muita gente visitando por lá, principalmente na temporada alta. Os passeios mais comuns saem entre R$50 e R$70 dependendo do poder de negociação também. Eu fiz o passeio da Lagoa Bonita e o Cardoso (com boia cross, descendo numa boia pelo rio); paguei R$50 em cada um, gostei dos dois.

 

Opções de Passeios em Atins: Fiz lagoa da capivara + Lagoa das 7 mulheres + Almoço no Canto do Atins pela manhã e pela tarde fiz Lagoa Tropical + por do sol nas dunas; o valor de cada passeio era R$70 mas negociando ambos deu para fechar em R$120 os dois passeios. Gostei muito mesmo. As dunas são vazias, você não encontra nem 10 pessoas por lá e as paisagens são lindíssimas. Como mencionado fiz também o passeio andando por conta seguindo a trilha pela praia em Atins e o passeio de barco no transporte de Barreirinhas para Atins. Pra quem gostar Atins tem opção de passeio a cavalo pelas dunas, stand up, kitesurf e praia pra se refrescar bem próximo ao centro do vilarejo.

 

Em conclusão geral: O parque dos Lençóis Maranhenses é muito  muito muito lindo e vale muito a pena visitar. Tanto desde Atins como desde Barreirinhas beleza não vai faltar nunca. Escolher entre Atins e Barreirinhas vai depender do seu estilo e do seu desejo. Escolha o que achar que combina mais com você e o que suas possibilidades permitirem. Minha intenção foi passar minha impressão de forma o mais clara possível pra servir como ferramenta na hora de decidir, mas acho sempre que a viagem somos nós quem construimos e se colocarmos positividade em tudo sempre será lindo de viver. Boas viagens para todos nós!!!!

 

Observação final: existe também Santo Amaro para conhecer, não fui pra lá e não tenho maiores informações. Tanto Atins como Barreirinhas são lugares que oferecem opções para todos os bolsos e luxos, é só buscar (tem camping e hotel de luxo nos 2 lugares). 

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post

Olá! Estou indo para sao Luís no dia 13.07. sabe se é onde é possível assistir apresentação do Bumba meu boi?

Olá Sandro estou indo dia 14 sozinha. Já sabe sobre apresentação do Bumba meu boi?

Compartilhar este post


Link para o post

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.



×
×
  • Criar Novo...