Ir para conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  
raphaelcamposandrade

Trekking Cachoeira das Ostras - Distrito Casa Branca - MG

Posts Recomendados

Inicialmente venho convidar vocês a acessar meu blog... essa e outras viagens dentro de Minas Gerais estão relatadas lá em HD, com fotos e vídeos, segue o link: https://leoesdamontanhamg.blogspot.com.br/
 
Caros amigos (as),
 
IMG_7716-2.jpg
Gostaria de dividir com vocês uma boa experiência que tivemos no trekking Cachoeira das Ostras  no distrito de Casa Branca.
 
Saindo de BH, pegamos a BR 040 sentido Rio de Janeiro até o Posto Chefão, logo antes do posto já se pode ver  uma placa indicando entrada para o Distrito Casa Branca a direita. Chegando no posto você irá virar a direita na primeira rua após o mesmo e seguir até a "Rua 1" pegando depois a avenida Montreal seguindo nela até a entrada de Casa Branca. É bem fácil localizar o distrito, basta seguir as placas.
 
IMG_7705-2.jpg
Chegando no distrito nós estacionamos o carro na praça principal, perto de alguns bares, restaurantes e pousadas e seguimos a primeira entrada a esquerda da praça já a pé em busca da trilha. Qualquer pessoa pode informar o caminho para encontrar a trilha, só que é aconselhável a contratação de um guia pois a trilha é bem difícil de ser seguida sem erros até a cachoeira.
 
IMG_7686.JPG
Seguindo essa rua Alameda Canela de Ema ela termina antes da entrada de um condomínio fechado onde ela encontra seu término viramos a esquerda e seguimos a estrada que logo se transforma em estrada de chão começando a aventura, depois de passar por um bar chamado sol e lua e uma oficina de reparo de veículos.
 
 
A partir deste momento o contato com a natureza já é abundante, podendo ser vistas diversas plantas do cerrado, topografia de morros, fauna e flora típicas da região mineira.
 
Vale frisar que o sol é muito intenso, pois não tem sombreamento de árvores sendo ideal que a trilha seja feita o mais longe possível de meio dia e sempre com protetor solar e equipamento adequado.
 
IMG_7697.JPG
Depois de seguir essa estrada de terra ela a cada passo se tornou mais estreita, até que no pé do morro ela se duplifica, devendo ser seguida para a esquerda, onde ela continua subindo morro acima. Nós nos perdemos andamos muito para o outro lado no meio do mato até descobrirmos que estávamos errados graças a dois trilheiros que encontramos também perdidos João e Matheus, eles estavam acompanhados por seu cachorrinho Scoob que já estava exausto e teve que ser carregado.
 
 
Os três se juntaram a nossa turma e voltamos todo o caminho que erramos até o pé do morro
IMG_7694-2.jpg
A subida morro acima é complicada, sendo muito pesada e irregular, em alguns pontos é necessário a ajuda das mãos. O Scoob foi carregado praticamente todo percurso.
Chegando no topo do morro achamos mais algumas pessoas perdidas e um casal que nos informou que deveria agora descer o morro através das pedras.
 
A partir dali já dava para notar a presença da água.
 
A descida é extremamente forte e perigosa, devendo ser feita com bota ou calçado adequado e com bastante cautela. O scoob novamente continuou no colo e tivemos um pouco de problema para transportá-lo junto com a água e as mochilas.
 
 
IMG_7718-2.jpg
 
 
Depois dessa forte descida já ouvimos o barulho da cachoeira e logo a frente nos deparamos com a maravilhosa queda d´água.
 
 
As águas são claras, límpidas e extremamente frias, depois de toda caminhada exaustiva ainda tivemos dificuldade para entrar e suportar a temperatura.
 
 
 
IMG_7731-2.jpg
IMG_7720-2.jpg

 

 
 
IMG_7721-2.jpg
 
 
 
As pedras são curves e tem um aspecto muito singular, sendo o paredão do fundo ligeiramente marrom em contraste com o fundo dos poços que é verde cor esmeralda.
 
 
 
 
 
IMG_7750-3.jpg
 
 
 
Subindo um pouco contra a corrente pelas pedras se encontra um poço lindo, bom para repouso e banho, fundo de águas límpidas com uma bela queda de água e a possibilidade salto para os mais aventureiros, pela sua fundura e uma pedra que por si só já aduz a idéia de um trampolim.
 
O local é muito bonito e sem dúvida apesar de pesada a caminhada se torna extremamente gratificante!
 
 IMG_7702-2.jpg
 
 
 
IMG_7730-2.jpg
 
 
 
Na volta a decida íngreme se torna uma árdua subida que em alguns pontos é praticamente uma escalada, mas chegando de novo no topo do morro tivemos a vista de o início de um por do sol dourado e brilhante, onde o sol reluzia nas folhas do cerrado, criando uma sensação de vertigem em meio o emaranho de tons de laranja em degradé com o verde da flora.
 
 
 
IMG_7734-2.jpg
 
 
IMG_7742-2.jpg
 
IMG_7756-2.jpg
 
 
* Distância da trilha: Nível médio
* Localização da cachoeira: Nível difícil
* Topografia: Nível regular / difícil
 
 
                                                         Raphael Andrade
 
 
IMG_7703-2.jpg
"Uma vida sem desafios não vale a pena ser vivida."
Sócrates

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  

×