Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Posts Recomendados

Olá mochileiro, essa é a primeira vez que escrevo por aqui... queria compartilhar com vocês minha ultima experiência de viagem.

Como o titulo da publicação já diz, decidi fazer uma viagem de Uno Mille até o Uyuni, passando por Atacama e muitas comunidades no norte da Argentina. Eu sou curitibano mas atualmente vivo em Santa Catarina, Garopaba... uma linda e pequena cidade ao sul de Florianópolis. 

A algum tempo comecei a planejar uma viagem com meu Uno Mille por terras argentinas, chilenas e bolivianas... a ideia era desde inicio ser uma viagem de baixo custo, e a condição era de chegar até o salar de Uyuni, a data e saída marcada no meu calendário foi dia 25/de maio, por ironia do destino os caminhoneiros começaram uma greve e no dia 24 já estava difícil se encontrar gasolina, mesmo  assim contrariando os pessimistas seguimos viagem, por sorte o Uno Mille é um tipo de carro que não consome muito combustível, isso contribuiu para que nós conseguíssemos deixar o Brasil.

Estávamos indo em três pessoas, um amigo que conheço a mais de vinte anos, Peterson, e um amigo de poucos meses que Couchsurfing me apresentou,Roberto do projeto @ocatarinense, inicialmente seguimos até Catamarca onde ocorreria uma competição  de Drift Trike ao qual o Peterson representou o Brasil.
A viagem foi realmente incrível, o carro fez todo o percurso e nem água pediu, cruzamos o deserto do Atacama com ele, ficamos em San Pedro de Atacama em um hostel e conseguimos muitas dicas com os brasileiros que estão por toda a parte em San Pedro... 

Conhecer Volcan uma pequena comunidade ao pé de um vulcão, ter a oportunidade de falar com uma senhora que pastoreava umas ovelhas, e ela relatar sobre o ultimo acontecimento em que o vulcão derramou suas lavas sobre a pequena comunidade foi um dos momentos mais marcantes nesta viagem... a comunidade esta sendo reconstruída aos poucos, ela perdeu alguns familiares e teve sua casa inteira destruída, mesmo assim sorria e me deu um abraço apertado ao se despedir.

Purmamarca e o Cerro Siete Colores, que lugar especial. Também tão pequena quanto Volcán, esta cercada por montanhas de muitas cores e tons, vale muito a pena conhecer... montanhas coloridas, cactos, pouca vegetação porém uma paisagem encantadora. 

Seguimos então a viagem passando por Salinas Grandes de Jujuy, até entrar no deserto de atacama em Paso de Jama fronteira Argentina/Chile. Já em San Pedro decidimos fazer os passeios de Termas de Puritana e do Valle de la Luna, ambos lugares incríveis, se eu pudesse morava dentro das aguas do termas, coisa mais boa do mundo. Tanto no termas como no Valle se cobra entrada, e se você estiver de carro simples como o meu pode chegar tranquilamente porque a estrada não tem risco de atolar ou coisa do tipo.

Como nós tínhamos pouco tempo para concluir o roteiro chegando até Uyuni, no dia seguinte seguimos viagem, de San Pedro de Atacama até a fronteira com a Bolívia as estradas são otimas e a paisagem bem linda como sempre, porém da fronteira com a Bolívia até Uyuni a estrada é bem ruim, muito pó, muitos caminhoes e é realmente bem difícil, a paisagem é tão linda quanto o restante do percurso, mas as condições da estrada te fazem desejar chegar o quanto antes. 

Em Uyuni é tudo muito diferente, as pessoas e suas roupas, os restaurantes tudo me chamava muito a atenção. Chegamos no feriado então as ruas da cidade estavam lotadas, e tinha uma feira gigantesca com uma diversidade de coisas, caminhamos por ali, paramos para comer em um lugar que vendia carnes assadas. Experimentamos carne de llama, é bom... 

Para conhecer o Salar de Uyuni, contratamos um tour com uma agência, e ainda bem que fizemos isso, porque o salar estava com umas partes alagadas e talves não conseguíssemos sair de lá... desayunamos no mercado publico, bebemos chá de coca, eu particularmente não gostei, não gosto muito de chá. Foi interessante tomar café da manha no mercado publico, ao lado dos bolivianos, ver o que eles pediam para beber e comer... gosto dessa imersão

Quero com essa publicação encorajar você, não importa se você tem um carro popular, vá, faça acontecer, viajar é bom demais...  o medo é o pior sentimento que alguém pode ter, ele te diz não mesmo quando todas as coisas ao seu redor forem favoráveis.  

1656976343_trip201801.thumb.jpg.779a46562fb413b082eef6e5c91721eb.jpg293407414_trip201802.thumb.jpg.99431c653937656ff6a6aff7454002f4.jpg944821171_trip201805.thumb.jpg.d859efc358c58c678739806bb1979932.jpg1151668153_trip201806.thumb.jpg.0626f535bb8ca9144bc985348c7dbba1.jpg

  • Gostei! 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi Andre.

Estou planejando uma viajem pela bolivia, chile, argentina e Uruguay em um carro pequeno. Já pesquisei mto a respeito e sei que dá pra realizar, minha unica preocupação é justamente o trecho da travessia uyuni até san pedro do Atacama, vejo muitos relatos da estrada estar em péssimas condições e acontecer do carro estragar mto, mas são relatos antigos, ou sempre são relatos de pessoas que vão em camionetes e falam que é indispensável um 4x4. O seu relato me deu uma luz no fim do túnel. Você poderia detalhar mais um pouco sobre sua experiência nesse trecho? Dá pra fazer essa ruta tranquila? O trecho que você passou foi San Pedro - Calama - Ollague - Uyuni? Quanto tempo foi gasto nesse trecho?

Obrigada

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Seja [email protected] ao Mochileiros.com

    Faça parte da maior comunidade de mochileiros e viajantes independentes do Brasil! O cadastro é fácil e rápido! 😉 

×