Ir para conteúdo

Porto de Galinhas - uma semana maravilhosa!


Dcouto

Posts Recomendados

  • Membros

Oi pessoal, cheguei de Porto de Galinhas no início desse mês. Sem dúvida um dos destinos mais lindos do nordeste!

Bem, eu e meu marido compramos o pacote na promoção TAM/Mastercard, onde vc compra um pacote e ganha o do acompanhante e acho que foi um ótimo negócio: no total saiu por cerca de 2800 reais indo no dia 30/10 e voltando no dia 07/10, incluindo passagens aéreas, translado aeroporto-hotel e vice-versa e hospedagem no Hotel Village.

O hotel tem uma infra-estrutura muito boa: excelente área de lazer, 3 piscinas, boate, restaurante, bar, serviço de bar na praia com cadeiras, etc. Apesar do hotel ficar um pouco distante da vila, para os hóspedes da TAM viagens tem um micro-ônibus que leva e busca gratuitamente em horários pré-determinados, devendo-se fazer o agendamento pela manhã logo cedo todos os dias.

Fizemos a maior parte dos passeios com a Luck, que é a agência que faz os translados para a TAM, gostamos muito dos guias. O único passeio que não fizemos com eles foi o do Cabo do Santo Agostinho (praia de Calhetas), fizemos com uma agência que chama 40 graus. Não foi ruim, mas aparentemente eles não têm guias, o motorista é quem foi mostrando os pontos. Para esse passeio não senti necessidade de um guia, mas para Recife-Olinda, por exemplo, o guia é indispensável, pois ele apresenta todo o contexto histórico dos locais visitados. Por falar no passeio Recife-Olinda, é um passeio bem cansativo, pois fica a cerca de 65 Km de Porto. Andamos o dia inteiro, principalmente em Olinda, onde todo o percurso pelas ladeiras é feito a pé e chegamos de volta no hotel já era mais de oito da noite. Mas vale a pena, principalmente se você não tiver intenção de voltar para conhecer Recife.

Quanto as praias, são maravilhosas, cada qual com seu estilo:

- Carneiros: a praia é linda! Ficamos no restaurante Bora-Bora que fica bem na voltinha da praia no encontro do rio com o mar. Optamos por não fazer o passeio de barco que tem lá, pra podermos ficar mais tempo na praia. Caminhamos até a igrejinha de São Benedito e depois do almoço (excelente!), andamos para o outro lado da praia onde fica o restaurante Beijupirá, muito famoso, mas achamos os pratos exóticos demais, rsss.

- Cabo de Santo Agostinho: antes de chegar a Calhetas, passamos na enseada dos corais onde se formam piscinas naturais, praia de Gaibu e em um mirante de onde se tem uma vista sensacional do porto de Suapé. Em seguida fomos para Calhetas, uma das praias mais lindas em nossa opinião, é a praia que dizem ter o formato de um coração. Meu marido desceu até a praia de tirolesa, adorou, rss. Eles têm todos os equipamentos de segurança, pareceu muito tranquilo. Almoçamos no restaurante do Artur, que é o ponto de apoio da agência 40 graus, maravilhoso, o melhor "peixe delícia" da viagem!

- Ponta a ponta: conseguimos um preço bom com um taxista, 60 reais de 8:30h até às 14h. Os bugueiros cobram de 90 a 120 reais por 3 a 4 horas de passeios. Então não tivemos dúvida, fomos de táxi. Primeiramente fomos fazer o passeio de jangada (10 reais por pessoa) nas piscinas naturais da praia de Porto de Galinhas que é a praia da vila, já havíamos olhado a tábua das marés e o melhor horário era pegar a jangada por volta das 9h. Incrível! Já havia visto várias fotos na internet, mas algumas coisas só vendo pessoalmente. A água é transparente e tem um monte de peixinhos que vem comer na sua mão (ah, o jangadeiro te dá a ração, não precisa levar). Depois, seguimos para o Pontal de Maracaípe, na minha opinião umas das três praias mais lindas de lá, as outras são Carneiros e Calhetas. Almoçamos em Maracaípe que fica a caminho do pontal, não me lembro o nome, mas é muito bom. Por fim seguimos para Muro Alto, que eu não sei se porque a maré já estava subindo, mas não gostamos muito dessa praia.

- Praia de Porto de Galinhas ou praia da vila: com exceção das piscinas naturais, que são as mais incríveis de Porto de Galinhas, a praia em geral é muito cheia, toda hora tem um ambulante te oferecendo alguma coisa, as barracas muitas vezes não tem banheiros e ainda compram que você consuma pelo menos 35 reais (valor de um dos petiscos).

- Praia do Cupê: fica entre a praia de Porto e Muro Alto. O nosso hotel fica nessa praia, muito bonita e sem muita gente, mas o mar é bem perigoso. Fomos andando até o fim da praia, do lado oposto a direção da vila, onde fica o “pontal do Cupê”. É um lugar bonito, comumente freqüentado pelos moradores da região, onde também se formam piscinas. Os preços das duas únicas barracas que têm lá são bem em conta, mas elas não têm banheiros e nem duchas.

 

Espero que essas dicas sejam úteis...

 

Até a próxima. ::otemo::

Link para o comentário

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...