Ir para conteúdo
  • Faça parte da nossa comunidade! 

    Encontre companhia para viajar, compartilhe dicas e relatos, faça perguntas e ajude outros viajantes! 

Andréa Favero

Cânions Fortaleza e Itaimbezinho- Cambará do Sul-RS 🇧🇷

Posts Recomendados

Cambará do Sul- RS- 🇧🇷️ (Viajei em maio de 2018)

Parque Nacional da Serra Geral- Cânion Fortaleza

Parque Nacional de Aparados da Serra- Cânion Itaimbezinho

Uma palavra define o dois: "ESPETACULAR"

Viajei sozinha, saí de São Paulo a Porto Alegre de avião, depois de carro alugado (carro popular, peguei o mais barato) até Cambará, cheguei de noite e cansada pra caramba. São umas  3hr de viagem, muito cansativa pois como cheguei no fim da tarde no aeroporto, até pegar o carro e sair já estava anoitecendo, dirigir sozinha, a noite, e sem conhecer as estradas, sempre é um pouco mais tenso, mas no geral foi tranquilo, eu escolhi ir pelo litoral que é o melhor caminho, BR101 até Terra de Areia, depois sair em sentido Tainhas, e depois pegar a RS020, nessa hora me enrolei um pouco, é numa rotatória essa saída, muito escuro e eu cansada, acabei me confundindo, mas consegui, depois de entrar na RS020, é só seguir sempre em frente, e chega-se a Cambará.

Me hospedei numa pousada nova que fica fora da cidade, gosto de lugares mais isolados, a pousada era ótima, simples mas aconchegante, a cabana era bem arrumada e confortável, e tinha ar condicionado quente se não fosse isso eu teria congelado pois fez 0º, Pousada Recanto do Lago.

Primeiro dia: Cheguei por volta das 21hr, um banho quente e dormir depois de uma sopa de capeletti maravilhosa oferecida pelo casal donos da pousada, acho que ficaram com dó de mim, sozinha, morrendo de fome, congelando e depois de dirigir tanto tempo... kkkkk. (Eu teria que ir até a cidade para comer algo, coisa que eu não faria, e vale a dica de que Cambará a noite e durante a semana é totalmente deserta, somente com alguns lugares abertos, e os preços são bem salgados) Vale ressaltar que foi a melhor sopa de capeletti que já provei e também a melhor comida de Cambará. Marcelo, o dono na pousada foi quem fez! Casal jovem e lindos, Marcelo e Paola, muito gente boa os dois, estão começando com a pousada e no caminho certo, o lugar é lindo e aconchegante, inesquecível acordar e ver tudo branquinho coberto de geada, e aquele lago lindo. (Tem algumas fotos da pousada).

Parque Nacional da Serra Geral- Cânion Fortaleza

Segundo dia: depois do café da manhã, segui para o Cânion, tem sinalização de como chegar saindo do centrinho de Cambará. Chegando lá, primeiro fiz o Mirante 3,2km ida e volta. Desci e fui para a próxima trilha, a da Cachoeira do Tigre Preto e Pedra do Segredo, cerca de 3km ida e volta. 

DICAS 1:

- NÃO precisa de guia, e nem de carro 4x4, assim como eu tinham outras pessoas com carro comum, e indo na contramão do que li quando estava pesquisando, a estradinha que leva até lá é razoável, tem muitas pedras, porém não é esburacada, então dá para chegar tranquilamente, mas acho que em dia de chuva seja mais complicado. 

- Trilha do Mirante, o início é onde termina o acesso de carro, um pequeno estacionamento, a trilha é fácil, tem um trecho plano no início e depois só de subida, mas nada muito cansativo, e é bem aberta. Já na parte mais alta da subida, começa o visual do Cânion, e me faltariam palavras para descrever a beleza, impactante e deslumbrante, eu passei umas duas horas lá em cima admirando aquele lugar. Incrível! (Quero morar lá)

- Trilha da Cachoeira do Tigre Preto e Pedra do Segredo (o segredo já começa por conseguir encontrá-la...) depois que descer do Mirante, de carro volte pela estradinha uns 4km, não tem muita indicação (acho que tem uma plaquinha de madeira, mas não lembro) mas tem uma pequena parada com um telhadinho (bem pequena mesmo, é só um marco) e os carros ficam estacionados na estradinha mesmo, a trilha começa bem aberta, é intuitiva, só seguir sempre em frente, vai chegar no rio e no topo da Cachoeira do Tigre Preto onde se tem mais uma visão do Cânion, depois de atravessar a cachoeira, dá para atravessar pelas pedras na borda da cachoeira, continue caminhando pela borda do Cânion, mesmo achando que não vai chegar à lugar nenhum, chegará sim, na Pedra do Segredo. Essa trilha é um pouco mais cansativa, mas qualquer um consegue, é só ir com calma, vale a pena mais uma visão do Cânion e da cachoeira de frente. Em dia de chuva, com certeza fica perigosa pois precisa atravessar por dentro do rio, bem em cima da queda da cachoeira do Tigre Preto que é a primeira parte da trilha.

- O Parque Nacional da Serra Geral, não tem estrutura nenhuma, tipo banheiros ou centro de informações, não tem nada somente uma pequena cancela com um funcionário, onde você preenche uma ficha para sua entrada no Parque, e nada mais, e também não tem cercas ou qualquer segurança em lugar nenhum, portanto muito cuidado ao caminhar nas encostas.

Parque Nacional de Aparados da Serra- Cânion Itaimbezinho

Terceiro dia- Saí em direção ao Cânion, saindo do centrinho de Cambará tem sinalização para chegar. Fiz as duas trilhas, primeiro a mais longa, Cotovelo com 6,3km ida e volta, e a Trilha do Vértice 1,4km ida e volta. Tentei chegar na cachoeira dos Venâncios, mas o gps me levou para o meio do nada.

DICAS 2: 

- A estrada que leva até lá em quase toda a sua extensão é de terra, e também mais longa que a do Canion Fortaleza, eu particularmente, achei mais cansativa, pois tinha muitos buracos.

- Trilha do Cotovelo, super tranquila, é basicamente uma estradinha toda plana, no fim dela você chega ao Cânion, é muito lindo, tem alguns mirantes feitos de madeira, e o Cânion é todo cercado, e bem diferente do Fortaleza, tanto na segurança quanto no visual.

- Trilha do Vértice, está bem ao lado do centro de informações turísticas e é bem curtinha e totalmente calçada, uma visão diferente e bem menor do Cânion e tem uma vista para a Cascata Véu de Noiva.

- O Parque Nacional de Aparados da Serra, tem estrutura turística. Na entrada tem uma portaria e banheiro, também tem que preencher uma ficha para entrar, a partir da entrada é todo asfaltado, seguindo em frente chega-se a um grande estacionamento, tem um centro de informações turísticas, e mais banheiros, não vi se tinha lanchonete. Tem cercas de segurança em tudo. No meio da trilha do Cotovelo tem um banheiro, tem uma plaquinha indicando.

- Tentativa frustrada de chegar na cachoeira do Venâncios- saindo do Parque, na volta resolvi correr para conhecer a cachoeira, procurei no gps e segui pra lá, foram mais uns 50min dirigindo, para chegar num beco sem saída, cheguei numa porteira fechada no fim de uma estradinha de terra estreita e ruim, e pior não tinha uma viva alma nesse lugar, nessa estradinha toda, como já eram quase 17:00, acabei voltando para a pousada. Conversando com o Marcelo e a Paola (donos da pousada) me disseram que no centrinho da cidade também tem  sinalização indicando o caminho, e que esse lugar que o gps me mandou não estava de todo errado, mas só quem conhece o local consegue chegar por ali, porque tem que seguir a pé passando por aquela porteira (entrar naquela propriedade que é particular) e caminhar pelo mato mesmo para chegar na cachoeira...kkkkk... bom, essa ficou só na vontade, mas sei que é um lugar lindo, vale a pena ir, masssss sigam as placas saindo da cidade!

- AMEI os dois Cânions, vale muito a pena conhece-los, os dois Parques são lindos e bem diferentes, os dois Cânions são lindos, mas o Fortaleza arrebatou meu coração.

- Cambará é bem pequena, não tenho muito a dizer porque não explorei muito a cidade, mas em relação aos preços achei bem caro os restaurantes, como eu só jantava, ia pra lá só a noite, com 50% dos estabelecimentos fechados, comi em três lugares diferentes e além de caros também não gostei da comida, mais uma vez repito, a sopa de capeletti do Marcelo (na pousada) foi a melhor que já comi, maravilhosa.

- Guias- antes de ir eu pesquisei os valores- média de 255,00 para fazer exatamente as mesmas trilhas o que eu fiz, saindo do centro de Cambará, num carro 4x4, e eles te dão água, eles dizem também que está incluso os ingressos para os Parques, porém para o Fortaleza não paga nada, já para o Itaimbezinho, eu não lembro de paguei algo...kkkk. Gente não estou dizendo para não usarem o serviço de guia, isso é pessoal e também depende da necessidade de cada um.

- Carona e meios de locomoção: pessoal, eu não vi ninguém pedindo carona por lá, até porque eu estava atenta a isso, pois estava com o carro vazio e pronta para dar carona para os Cânions caso encontra-se alguém pelo caminho. Não sei se tem algum serviço público na cidade que disponibiliza a locomoção até os Parques, eu não cruzei com nada assim nos dias em que estive por lá. As distâncias para chegar aos Parques são grandes. Vale a pena pesquisar sobre isso, qual a melhor opção, eu optei por alugar um carro em Porto Alegre, mas o custo é alto, isso ficou mais caro do que a passagem aérea e também mais caro que a hospedagem e alimentação juntos, mas no meu caso valeu a pena. 

- Deixei de fazer outras trilhas e também de ir a Cachoeira dos Venâncios (pelo caminho certo... kkk) porque estive lá bem naquela semana da greve dos caminhoneiros, como eu teria que voltar para Porto Alegre, tive que economizar o combustível que tinha. 

É isso pessoal, qualquer dúvida é só perguntar!

Ah só para complementar, fora a Cachoeira dos Venâncios, as outras duas trilhas que não pude fazer foram:

-Trilha do Rio do peixe- 14km ida e volta, nível difícil e precisa de guia.

- Trilha do Cânion Malacara- 6km ida e volta- nível fácil, acho que também precisa guia

As duas são acessadas pela cidade de Praia Grande/SC, são trilhas pela parte interna dos Cânions, e se caminha em vários trechos pelo leito do rio, bom, com certeza deve ser um show ver os imensos paredões dos Cânions por baixo!!! 😁❤️🇧🇷

Na volta para Porto Alegre, passei dois dias em Gramado e Canela, depois relato.

 

D0A54EE1-ADA3-4A1B-8882-246B605F8C8B.jpeg

157F8715-DB9F-42AC-A375-3906AD33FCD1.jpeg

1A7EAF51-482B-4656-99B6-8603629510F2.jpeg

90C24259-4017-40A7-B1FE-6A24C2D3598B.jpeg

1C0908C3-CC36-4E77-9719-A97CBECEE641.jpeg

E1AA94AB-882F-4A96-AAAE-868962A5F5C3.jpeg

C306D0C0-EDB2-47B8-8426-31B1A6D42430.jpeg

55E8E7B5-7515-43A1-A839-3C9AA0C5BA56.jpeg

0B424208-D7B3-4C2D-8078-19AC302D094D.jpeg

8F0E68FB-A32C-4181-9257-A6540ECEBC61.jpeg

  • Gostei! 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa!

Você pode ajudar esse viajante agora e se cadastrar depois. Se você tem uma conta,clique aqui para fazer o login.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emoticons no total são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.




×
×
  • Criar Novo...