Ir para conteúdo

Tailândia, Laos, Vietname e Camboja (32 dias)


Posts Recomendados

  • Membros
31 minutos atrás, pmichelazzo disse:

Diga lá meu jovem, o que precisa saber? Conte-me tudo e não me esconda nada;)

Mas, antes de mais nada, a primeira coisa que precisa saber chama-se "monções". Isso vai influenciar muito sua viagem. Leia sobre elas.

Estou 100% informado em relação às monções, e realmente para a data que pretendo viajar (Agosto e Setembro), vou ter que ter precauções e sei que poderá ser um impedimento ao longo da viagem... mas é a única altura do ano em que posso viajar por isso vou arriscar! 😁

O que precisava era de sugestões em termos de rotas a perseguir sendo que o meu voo aterra em Bangkok e não sei bem qual será o trajeto que compense em termos de dinâmica para aproveitar o tempo da melhor maneira (claro que com a atenção para as monções

Link para o comentário
  • Colaboradores

@afonsosouzaroza

Eu fiz roteiro similar anos atrás, da seguinte forma:

Bangkok para Udon Thani de avião. Lá, peguei um transfer que arrumei no hotel para Nong Khai, na fronteira com o Laos. De Nong Khai você atravessa para Vientiane de busão caindo aos pedaços por cima do Mekong e pega um tuk-tuk para chegar no centro, que fica longe.

De lá, fui para Luang Prabang de avião e, de lá, para Hanói de avião. Na região, fiz Ha Long Bay e Sa Pa, um com uma agência e o outro, peguei o trem e fui. De Hanói, fui para Ho Chi Minh de avião e depois para Cingapura. Aqui é o único momento onde muda o que fiz do que deseja fazer, pois eu já conhecia o Camboja. Porém, posso lhe dar a dica: você sai de Ho Chi Minh por ônibus ou speed boad até Phnom Penh ou ainda ônibus (funcionam, acredite). A viagem de barco acho muito mais interessante pois o delta do Mekong é algo maravilhoso de se ver. De Phnom Penh, claro, Siem Reap via barco para conhecer Angkor e de lá, avião até Bangkok.

Consultando minha planilha, eu fiz a viagem em Novembro. Peguei chuva somente em Sa Pa e não muita. O restante, um puta calor que dava dó (fiquei até com bolha em cima do pé). Em Ago/Set, terá que se virar nos 30 porque chove, e pacas.

Dicas que posso lhe dar sobre as cidades:

  • Bangkok -> já estive 5 ou 6 vezes, a última em 2020. É uma cidade que gosto e desgosto, tal qual São Paulo. O trânsito é infernal, tornou-se muito cosmopolita e zuada em todos os sentidos. Porém, ela tem um "quê" interessante nesta mistura. De todo o tempo que já estive na cidade, nunca fiquei boring. Sempre tive o que fazer e normalmente faço-a como "hub" para o Sudeste Asiático por causa do custo de passagens. O entorno tem muita coisa interessante também: Ayutthaya, a antiga capital do reino do Sião, os parques de Kanchanaburi e a famosa ponte do rio Kwai, Pattaya com lindas praias, etc.
  • Udon Thani/Nong Khai -> Em Udon Thani não tem nada interessante, exceto o aeroporto que precisaria dele. Nong Khain é uma nano cidade na beira do rio e possui, além da orla bonita, um parque de estátuas muito interessante. Vale a pena alugar uma scooter para bater perna pois a cidade é estreita mas comprida.
  • Vientiane -> Uma de minhas maiores decepções em viagens na vida. A cidade é sem graça, tem dois ou três monumentos interessantes e somente lá estive porque vivia quando criança vendo uma foto da stupa dourada num atlas da escola. Inclusive mudei meu voo em um dia para sair antes pois não tinha mais o que fazer (e olhe que sou rato para achar o que fazer).
  • Luang Prabang -> Essa é o inverso de Vientiane. Muito interessante, muito simpática e bastante coisa para se ver/fazer. Vale a pena pegar um barco e ir até as cavernas de Pak Ou.
  • Vietnã -> Não falo das cidades em particular pois sou suspeito de falar sobre o Vietnã. De todos os países do Sudeste Asiático que conheço (faltam só 2 para fechar a cartela), o Vietnã é aquele que mais me encanta. Dá para passar 30 dias fácil no país sem se cansar de ver coisas bonitas e interessantes e daria um ponto 3 folhas só para falar dele.
  • Phnom Penh -> Cidade complicada. Lixo para todo o lado, um trânsito infernal, ruas esburacadas e pouco a se ver. Não entra na minha lista de cidades que gostaria de voltar, porém, lá estive simplesmente por causa dos killer fields e da S21. Duas visões aterradoras do que o ser humano é capaz de fazer.
  • Angkor -> Separe 3 dias para o parque. É enorme e você não conseguirá ver num dia só. Se der sorte e ainda existir (deve existir), assista um show que fazem nas ruínas a noite. Quando fui, vendiam o pacote em tudo que é hotel, composto de transfer, jantar ao ar livre na frente das principais ruínas e o show em si. Tudo muito arrumado e bem organizado. Isso é algo que gostaria de fazer novamente. Já Siem Reap também é uma cidade interessante, vale a pena uma boa volta por ela.

Essa é só uma ideia de roteiro. Existem outras dezenas onde pode incluir mais cidades, tirar outras, etc porém, hoje com a experiência que tenho da região, gastaria mais tempo entre Vietnã e Tailândia que no Laos e Camboja.

Espero que te ajude um pouco.

  • Gostei! 4
Link para o comentário
  • Membros
Em 12/04/2022 em 07:26, pmichelazzo disse:

@afonsosouzaroza

Eu fiz roteiro similar anos atrás, da seguinte forma:

Bangkok para Udon Thani de avião. Lá, peguei um transfer que arrumei no hotel para Nong Khai, na fronteira com o Laos. De Nong Khai você atravessa para Vientiane de busão caindo aos pedaços por cima do Mekong e pega um tuk-tuk para chegar no centro, que fica longe.

De lá, fui para Luang Prabang de avião e, de lá, para Hanói de avião. Na região, fiz Ha Long Bay e Sa Pa, um com uma agência e o outro, peguei o trem e fui. De Hanói, fui para Ho Chi Minh de avião e depois para Cingapura. Aqui é o único momento onde muda o que fiz do que deseja fazer, pois eu já conhecia o Camboja. Porém, posso lhe dar a dica: você sai de Ho Chi Minh por ônibus ou speed boad até Phnom Penh ou ainda ônibus (funcionam, acredite). A viagem de barco acho muito mais interessante pois o delta do Mekong é algo maravilhoso de se ver. De Phnom Penh, claro, Siem Reap via barco para conhecer Angkor e de lá, avião até Bangkok.

Consultando minha planilha, eu fiz a viagem em Novembro. Peguei chuva somente em Sa Pa e não muita. O restante, um puta calor que dava dó (fiquei até com bolha em cima do pé). Em Ago/Set, terá que se virar nos 30 porque chove, e pacas.

Dicas que posso lhe dar sobre as cidades:

  • Bangkok -> já estive 5 ou 6 vezes, a última em 2020. É uma cidade que gosto e desgosto, tal qual São Paulo. O trânsito é infernal, tornou-se muito cosmopolita e zuada em todos os sentidos. Porém, ela tem um "quê" interessante nesta mistura. De todo o tempo que já estive na cidade, nunca fiquei boring. Sempre tive o que fazer e normalmente faço-a como "hub" para o Sudeste Asiático por causa do custo de passagens. O entorno tem muita coisa interessante também: Ayutthaya, a antiga capital do reino do Sião, os parques de Kanchanaburi e a famosa ponte do rio Kwai, Pattaya com lindas praias, etc.
  • Udon Thani/Nong Khai -> Em Udon Thani não tem nada interessante, exceto o aeroporto que precisaria dele. Nong Khain é uma nano cidade na beira do rio e possui, além da orla bonita, um parque de estátuas muito interessante. Vale a pena alugar uma scooter para bater perna pois a cidade é estreita mas comprida.
  • Vientiane -> Uma de minhas maiores decepções em viagens na vida. A cidade é sem graça, tem dois ou três monumentos interessantes e somente lá estive porque vivia quando criança vendo uma foto da stupa dourada num atlas da escola. Inclusive mudei meu voo em um dia para sair antes pois não tinha mais o que fazer (e olhe que sou rato para achar o que fazer).
  • Luang Prabang -> Essa é o inverso de Vientiane. Muito interessante, muito simpática e bastante coisa para se ver/fazer. Vale a pena pegar um barco e ir até as cavernas de Pak Ou.
  • Vietnã -> Não falo das cidades em particular pois sou suspeito de falar sobre o Vietnã. De todos os países do Sudeste Asiático que conheço (faltam só 2 para fechar a cartela), o Vietnã é aquele que mais me encanta. Dá para passar 30 dias fácil no país sem se cansar de ver coisas bonitas e interessantes e daria um ponto 3 folhas só para falar dele.
  • Phnom Penh -> Cidade complicada. Lixo para todo o lado, um trânsito infernal, ruas esburacadas e pouco a se ver. Não entra na minha lista de cidades que gostaria de voltar, porém, lá estive simplesmente por causa dos killer fields e da S21. Duas visões aterradoras do que o ser humano é capaz de fazer.
  • Angkor -> Separe 3 dias para o parque. É enorme e você não conseguirá ver num dia só. Se der sorte e ainda existir (deve existir), assista um show que fazem nas ruínas a noite. Quando fui, vendiam o pacote em tudo que é hotel, composto de transfer, jantar ao ar livre na frente das principais ruínas e o show em si. Tudo muito arrumado e bem organizado. Isso é algo que gostaria de fazer novamente. Já Siem Reap também é uma cidade interessante, vale a pena uma boa volta por ela.

Essa é só uma ideia de roteiro. Existem outras dezenas onde pode incluir mais cidades, tirar outras, etc porém, hoje com a experiência que tenho da região, gastaria mais tempo entre Vietnã e Tailândia que no Laos e Camboja.

Espero que te ajude um pouco.

Muito muito obrigado pelo comentário e pelo seu tempo, vou agora analisar as várias opções! Um abraço 🙏 🙌

  • Obrigad@! 1
Link para o comentário
  • 1 mês depois...
  • Membros
Em 12/04/2022 em 03:26, pmichelazzo disse:

@afonsosouzaroza

Eu fiz roteiro similar anos atrás, da seguinte forma:

Bangkok para Udon Thani de avião. Lá, peguei um transfer que arrumei no hotel para Nong Khai, na fronteira com o Laos. De Nong Khai você atravessa para Vientiane de busão caindo aos pedaços por cima do Mekong e pega um tuk-tuk para chegar no centro, que fica longe.

De lá, fui para Luang Prabang de avião e, de lá, para Hanói de avião. Na região, fiz Ha Long Bay e Sa Pa, um com uma agência e o outro, peguei o trem e fui. De Hanói, fui para Ho Chi Minh de avião e depois para Cingapura. Aqui é o único momento onde muda o que fiz do que deseja fazer, pois eu já conhecia o Camboja. Porém, posso lhe dar a dica: você sai de Ho Chi Minh por ônibus ou speed boad até Phnom Penh ou ainda ônibus (funcionam, acredite). A viagem de barco acho muito mais interessante pois o delta do Mekong é algo maravilhoso de se ver. De Phnom Penh, claro, Siem Reap via barco para conhecer Angkor e de lá, avião até Bangkok.

Consultando minha planilha, eu fiz a viagem em Novembro. Peguei chuva somente em Sa Pa e não muita. O restante, um puta calor que dava dó (fiquei até com bolha em cima do pé). Em Ago/Set, terá que se virar nos 30 porque chove, e pacas.

Dicas que posso lhe dar sobre as cidades:

  • Bangkok -> já estive 5 ou 6 vezes, a última em 2020. É uma cidade que gosto e desgosto, tal qual São Paulo. O trânsito é infernal, tornou-se muito cosmopolita e zuada em todos os sentidos. Porém, ela tem um "quê" interessante nesta mistura. De todo o tempo que já estive na cidade, nunca fiquei boring. Sempre tive o que fazer e normalmente faço-a como "hub" para o Sudeste Asiático por causa do custo de passagens. O entorno tem muita coisa interessante também: Ayutthaya, a antiga capital do reino do Sião, os parques de Kanchanaburi e a famosa ponte do rio Kwai, Pattaya com lindas praias, etc.
  • Udon Thani/Nong Khai -> Em Udon Thani não tem nada interessante, exceto o aeroporto que precisaria dele. Nong Khain é uma nano cidade na beira do rio e possui, além da orla bonita, um parque de estátuas muito interessante. Vale a pena alugar uma scooter para bater perna pois a cidade é estreita mas comprida.
  • Vientiane -> Uma de minhas maiores decepções em viagens na vida. A cidade é sem graça, tem dois ou três monumentos interessantes e somente lá estive porque vivia quando criança vendo uma foto da stupa dourada num atlas da escola. Inclusive mudei meu voo em um dia para sair antes pois não tinha mais o que fazer (e olhe que sou rato para achar o que fazer).
  • Luang Prabang -> Essa é o inverso de Vientiane. Muito interessante, muito simpática e bastante coisa para se ver/fazer. Vale a pena pegar um barco e ir até as cavernas de Pak Ou.
  • Vietnã -> Não falo das cidades em particular pois sou suspeito de falar sobre o Vietnã. De todos os países do Sudeste Asiático que conheço (faltam só 2 para fechar a cartela), o Vietnã é aquele que mais me encanta. Dá para passar 30 dias fácil no país sem se cansar de ver coisas bonitas e interessantes e daria um ponto 3 folhas só para falar dele.
  • Phnom Penh -> Cidade complicada. Lixo para todo o lado, um trânsito infernal, ruas esburacadas e pouco a se ver. Não entra na minha lista de cidades que gostaria de voltar, porém, lá estive simplesmente por causa dos killer fields e da S21. Duas visões aterradoras do que o ser humano é capaz de fazer.
  • Angkor -> Separe 3 dias para o parque. É enorme e você não conseguirá ver num dia só. Se der sorte e ainda existir (deve existir), assista um show que fazem nas ruínas a noite. Quando fui, vendiam o pacote em tudo que é hotel, composto de transfer, jantar ao ar livre na frente das principais ruínas e o show em si. Tudo muito arrumado e bem organizado. Isso é algo que gostaria de fazer novamente. Já Siem Reap também é uma cidade interessante, vale a pena uma boa volta por ela.

Essa é só uma ideia de roteiro. Existem outras dezenas onde pode incluir mais cidades, tirar outras, etc porém, hoje com a experiência que tenho da região, gastaria mais tempo entre Vietnã e Tailândia que no Laos e Camboja.

Espero que te ajude um pouco.

Amigo, quero muito fazer esses 4 países,  e pelo visto vc já é um catedrático.  Dá pra fazer sozinho? É muito caro? Se puder me ajudar agradeço.  No aguardo.

Link para o comentário
  • Colaboradores
6 horas atrás, Gilbert_Carioca disse:

Amigo, quero muito fazer esses 4 países,  e pelo visto vc já é um catedrático.  Dá pra fazer sozinho? É muito caro? Se puder me ajudar agradeço.  No aguardo.

Sim, dá para fazer sozinho tranquilamente (eu o fiz).

Caro? Depende o que pode-se chamar de "caro".  O custo maior é, sem dúvida, o voo do Brasil para o sudeste Asiático. Hotéis são baratos e hostels muito mais (por 10 dólares, dorme, com certeza). Os voos, sempre realizados com companhias low-fare, também são baratos. Sendo flexível, consegue voos por um dólar mais taxa de embarque (peguei um assim uma vez de Cingapura para Bangkok que custou 1 dólar + 23 dólares de taxas :)

  • Obrigad@! 1
Link para o comentário
  • 3 meses depois...
  • Membros
Em 23/05/2022 em 03:52, pmichelazzo disse:

 

Caro? Depende o que pode-se chamar de "caro".  O custo maior é, sem dúvida, o voo do Brasil para o sudeste Asiático. Hotéis são baratos e hostels muito mais (por 10 dólares, dorme, com certeza). Os voos, sempre realizados com companhias low-fare, também são baratos. Sendo flexível, consegue voos por um dólar mais taxa de embarque (peguei um assim uma vez de Cingapura para Bangkok que custou 1 dólar + 23 dólares de taxas :)

pmichelazzo, por 10 dólares pra conseguir dormir em hostel, você tá falando de qual país? Tanto no Vietnã, quanto Laos e Tailândia, dá pra conseguir acomodações por esse preço? E de alimentação? Alguém que foi recentemente saberia quanto que dá pra gastar diáriamente, em média, nesses três países?

 

Tô muito animado, querendo ir agora em janeiro, por um mês :)

Link para o comentário
  • Colaboradores
2 horas atrás, Gabriel Viajandeiro disse:

pmichelazzo, por 10 dólares pra conseguir dormir em hostel, você tá falando de qual país? Tanto no Vietnã, quanto Laos e Tailândia, dá pra conseguir acomodações por esse preço? E de alimentação? Alguém que foi recentemente saberia quanto que dá pra gastar diáriamente, em média, nesses três países?

 

Tô muito animado, querendo ir agora em janeiro, por um mês :)

Bora fazer a lição de casa?

https://www.hostelworld.com/st/hostels/asia/vietnam/

Quanto dá para gastar? Se vc me der 50 mil dólares/dia, eu torro os 50k fácil ;) A questão é quanto NÃO gastar. Isso varia muito. Na minha época de mochileiro, conseguia viajar pelo sudeste asiático com 30 dólares/dia e acredito que isso ainda é possível, haja visto alguns relatos de amigos que por lá estiveram nos últimos anos. Quando se sai do circuito turístico, os preços caem drasticamente. Mas para mim, hoje, certamente estes mesmos 30 só me dão para a cerveja, e olhe lá :)

Link para o comentário

Participe da conversa

Você pode postar agora e se cadastrar mais tarde. Se você tem uma conta, faça o login para postar com sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

×
×
  • Criar Novo...