Rio Grande do Norte - Guia de Informações

Guias e troca de informações sobre os destinos do estado do Rio Grande do Norte


Rio Grande do Norte - Guia de Informações

Mensagem não lidapor Clebson Melo » 15 Dez 2009, 00:29

Olá amigo mochileiro. :D

Este é um tópico informativo, ou seja, começo a construí-lo com o intuito de postar aqui as respostas referentes as questões que vem sendo feitas a mim como Colaborador do RN bem como dicas, mapas, roteiros e toda e qualquer informação útil aos visitantes que desejam conhecer o Rio Grande do Norte. ::otemo::

Como citado, algumas dicas são simples respostas a dúvidas ou questões enquanto que outras, mais completas, são informações colhidas nas fontes - sites, entrevistas ou informações de prestadores de serviços. ::otemo::

A intenção é usar este tópico como referência as suas dúvidas. Por exemplo:
- "Quero fazer um passeio de bugre. Qual empresa contratar? Quanto custa? Quanto tempo leva? É melhor fazer todo o litoral do RN de bugre ou alugo um carro para os trechos de estrada e pego um bugre em determinados pontos?"

Claro que neste início nem tudo estará disponível pois a construção do tópico vai depender da disponibilidade do meu tempo livre e das informações que já tenho. :cry: Esse também é um trabalho que não pára pois exige a constante atualização das informações bem como a inclusão de novidades sempre que eu puder buscar novas informações. ::mmm:

Sugiro agora algumas regras de uso deste tópico para deixá-lo de forma mais clara e de fácil acesso e compreensão de todos. Vamos lá: :idea:

1. Por se tratar de um tópico de consulta, seria legal que as dúvidas, questionamentos e dicas fossem postadas em outro tópico que já vem sendo usado como, por exemplo: "Natal - perguntas e respostas" ou envie mensagem particular. :!:

2. Sempre que eu responder a alguma dúvida, mesmo que venha sob forma de MP, a resposta será em um dos fóruns para que todos tenham acesso. Na ocasião da resposta citarei a questão e a resposta como também informarei ao colega mochileiro que fez a pergunta em qual fórum postei a informação e também poderei responder (ou não) via email ou MP para que o mesmo não fique a "ver navios". ::otemo::

3. Se sua pergunta já tem uma resposta correspondente aqui, apenas citarei o tópico e a URL correspondente para se chegar a ela com apenas um clique do mouse. ::otemo::

4. E para terminar, peço um pouco de paciência. Em breve as informações começarão a aparecer e espero poder lhe oferecer respostas mais completas e fáceis de encontrar. ::otemo::

Obs: sugestões, críticas, elogios e puxões de orelha por alguma burrada que fiz ::putz:: são muito bem vindos. Envie uma MP e responderei de pronto.

Se você quer saber onde fica o lugar de seu interesse no RN é muito simples: apenas clique no link abaixo para abrir o Google Mapa de Clebson ::otemo::
http://maps.google.com.br/maps/ms?ie=UTF8&hl=pt-BR&t=h&msa=0&msid=108255188114656841579.0004744ff7a353b9ccca8&z=9
Se o lugar que você procura não está no mapa (ainda) é só me mandar um ::sos:: que atualizo com a informação que você procura.
Clebson Melo. Editor Rio Grande do Norte
Avatar do usuário
Clebson Melo
Membro de Honra
Membro de Honra
 
Mensagens: 403
Desde: 31 Mar 2006, 02:58
Localização: Natal / RN - Brazil

Re: Rio Grande do Norte - Guia de Referência

Mensagem não lidapor Clebson Melo » 15 Dez 2009, 00:32

PASSEIOS DE BUGRE

ATENÇÃO: escreva suas dúvidas e comentários no fórum "Natal - perguntas e respostas" (http://www.mochileiros.com/natal-perguntas-e-respostas-t30053.html). Vamos preservar este aqui apenas como fonte de consulta para facilitar a leitura ok? ::otemo::

Há vários tipos de passeios de bugre para destinos e roteiros diferentes. Também há passeios com ou sem emoção.

ATENÇÃO: O MINISTÉRIO DA SAÚDE E ESTE QUE VOS FALA ADVERTE - HÁ RISCOS REAIS DE ACIDENTES EM PASSEIOS COM EMOÇÃO. Pense bem antes. Isso não é uma piadinha.

O passeio mais tradicional parte de Natal em direção ao Litoral Norte. Esse roteiro pode incluir as seguintes praias (por ordem a partir de Natal):
1. Redinha - logo após atravessar a belíssima ponte Newton Navarro
2. Genipabu - onde tem os passeios de dromedário, lagoa de Genipabu e dunas móveis e fixas.
Imagem
3. Barra do Rio - há um rio entre Genipabu e Barra do Rio onde a travessia é feita em balsas rústicas.
Imagem
4. Graçandu
5. Pitangui - passeio pelas dunas, Lagoa de Pitangui e Cachoeirinha de Pitangui. Esta última, não se anime pq de cacheira não tem nada. Vc vai encontrar uma grande muvuca, farofeiros e carros de lotação destruindo um rio e o ambiente natural. Não vale a pena.
Legenda da Foto
Vista da Lagoa de Pitangui

6. Jacumã - passeio pelas dunas e lagoa com "aerobunda"
7. Porto Mirim
8. Muriu - alguns roteiros terminam aqui mas vc pode ir além para as seguintes praias:
9. Prainha, Barra de Maxaranguape, Cabo de São Roque, Ponta Gorda, Caraúbas, Maracajaú (mergulho nos parrachos).

Atenção: o mergulho nos parrachos ou arrecifes em Maracajaú é algo imperdível mas não se deise enganar. Em períodos com muito vento ou chuva a visibilidade da água diminui drásticamente. Vá consciente disso!
Legenda da Foto
Mergulho nos arrecifes em Maracajaú.


Há também o passeio pelo litoral sul. Eu recomendo que esse passeio seja contratado em Tibau do Sul ou Pipa pelo seguinte motivo: boa parte do passeio para o litoral sul a partir de Natal é feito em estrada asfaltada. Assim é melhor vc alugar um carro e seguir o mesmo roteiro dos bugres até Tibau do Sul ou Pipa e lá alugar um bugre.
A partir de Tibau do Sul vc passará por Pipa, atravessará uma balsa como a de Barra do Rio em Sibaúma indo para Barra de Cunhaú. Depois segue para Baía Formosa e Sagi. A partir de Sagi vc pode entrar na Mata Estrela e ir até a Lagoa da Coca Cola.
Legenda da Foto
Vista da Lagoa Guaraíra a partir de Tibau do Sul.

Legenda da Foto
Praia do Amor em Pipa.

Legenda da Foto
Travessia de balsa no rio em Sibauma.

Legenda da Foto
Barra de Cunhau.

Legenda da Foto
Baía Formosa.

Legenda da Foto
Lagoa da Coca Cola.


Abaixo segue a listagem de algumas empresas que operam esses passeios:

Marazul - http://www.passeiodebuggy.com.br/
Buggy Passeios - http://www.passeiosdebuggy.com.br/index.html
Coopbuggy - http://www.coopbuggy.com.br/

Mais alguns links importantes:

Pipa - http://www.pipa.com.br/
Baía Formosa - http://www.baiaformosa.com.br/
Tibau do Sul - http://www.tibaudosul.com.br/
Natal - http://www.portalnatal.com/

Se você quer saber onde fica o lugar de seu interesse no RN é muito simples: apenas clique no link abaixo para abrir o Google Mapa de Clebson ::otemo::
http://maps.google.com.br/maps/ms?ie=UTF8&hl=pt-BR&t=h&msa=0&msid=108255188114656841579.0004744ff7a353b9ccca8&z=9
[color=#FF0040]Se o lugar que você procura não está no mapa (ainda) é só me mandar um ::sos:: que atualizo com a informação que você procu
Clebson Melo. Editor Rio Grande do Norte
Avatar do usuário
Clebson Melo
Membro de Honra
Membro de Honra
 
Mensagens: 403
Desde: 31 Mar 2006, 02:58
Localização: Natal / RN - Brazil

Re: Rio Grande do Norte - Guia de Referência

Mensagem não lidapor Clebson Melo » 15 Dez 2009, 00:33

Parque Estadual da Pedra da Boca

ATENÇÃO: escreva suas dúvidas e comentários no fórum "Natal - perguntas e respostas" (http://www.mochileiros.com/natal-perguntas-e-respostas-t30053.html). Vamos preservar este aqui apenas como fonte de consulta para facilitar a leitura ok? ::otemo::

Essa é para os amantes de trilhas, rapel, escalada e mountain bike.

Legenda da Foto
Vista geral do Parque.


O parque estadual da pedra da boca (PEPB) está localizado na cidade de Araruna a 170km de João Pessoa, 120km de Natal e 130km de Campina Grande, possui uma área de 156 hectares, com toda certeza é o principal lugar de destino na paraíba pra quem gosta de ecoturismo e esporte de aventura, sua beleza natural é composta de várias formações rochosas, as principais são a Pedra da Boca(336m), Pedra da Caveira, Pedra do Cordeiro, a Pedra do Forno e a da Santa, inclusive estas duas possuem inscrições rupestres feitas pelos índios da nação tapuia que habitaram aquela região, outros atrativos são as várias cavernas e grutas e a Mata do Gemedouro. O parque é visitado por muitos turistas de outros estados, principalmente do Rio Grande do Norte e até de outros países como Portugal e Holanda. A estrutura de hospedagem mais próxima fica em Passa e Fica a 6km, mas para quem quiser acampar, seu Tico dispõe de área específica nos limites do parque, ele também serve uma boa comida regional, Dona Zilda com toda sua simpatia também serve comida típica no seu humilde, porém aconchegante espaço.
Fonte: http://brejo.wordpress.com/2007/10/02/parque-estadual-da-pedra-da-boca/

Acomodações

Há pousada na cidade de Passa e Fica do lado do RN e dois campings:

A pousada e camping Pedra da Boca. É mais uma pousada que os proprietários disponibilizam uma boa área para camping. Possui banheiro, restaurante, quartos para alugar, refeições e sombra (item importantíssimo no NE). Os telefones para contato são: 84 3288 2188 / 84 9997 1588

Camping do Tico - o lendário e querido por todos "Seu Tico". Um senhor com seus quarenta e poucos anos, super simpático e acolhedor. Também é o melhor guia da região. No camping do Seu Tico tem banheiros, áreas para barracas (nem sempre com sombra) e serve refeições. É o point da galera que pratica escalada e também onde começam e terminam as trilhas. Seu Tico é disputado a tapa como guia, portanto é bom ligar antes se quiser agendar algum passeio com ele. O telefone é 84 9967 5037. Não aceite imitações, leve Seu Tico como guia! ::otemo::

Coordenadas (em graus decimais) do camping do Seu Tico:
S6.45196 W35.67237
Clebson Melo. Editor Rio Grande do Norte
Avatar do usuário
Clebson Melo
Membro de Honra
Membro de Honra
 
Mensagens: 403
Desde: 31 Mar 2006, 02:58
Localização: Natal / RN - Brazil

Re: Rio Grande do Norte - Guia de Referência

Mensagem não lidapor Clebson Melo » 15 Dez 2009, 00:35

Pico do Cabugi

ATENÇÃO: escreva suas dúvidas e comentários no fórum "Natal - perguntas e respostas" (http://www.mochileiros.com/natal-perguntas-e-respostas-t30053.html). Vamos preservar este aqui apenas como fonte de consulta para facilitar a leitura ok? ::otemo::

Imagem

Único vulcão extinto do Brasil o Pico do Cabugi também conhecido como Serra do Cabugi ou Serrote de Itaretama (mas nós chamamos mesmo de Pico do Cabugi) está situado nas proximidades do município de Lajes. Possui 590 m de altitude que pode ser conquistado em 1:30 h de subida. Não é necessário ser um montanhista experiente e nem utilização de equipamentos especializados para sua conquista mas recomendamos o uso de capacete para evitar ser atingido por alguma pedra que por ventura possa rolar.
A subida inicia em um trecho plano que logo passa a ser um aclive acentuado em certos trechos e um pouco cansativo. Ao final do aclive você encontrará um enorme reservatório de água que faz parte de uma das estações elevatórias do aqueduto que leva água da Lagoa do Bonfim próximo a Natal às regiões secas do RN.
Após o reservatório há mais um pequeno trecho de subida mais leve, em seguida uma enorme área plana e você entrará em uma trilha a esquerda de mata mais fechada em direção ao Pico.
Ao fim desta trilha você encontrará o início da trilha de subida ao pico onde as pedras características de origem vulcânica serão suas parceiras e base até o topo. Tenha muito cuidado para não cair, pois em muitos trechos você estará dando pequenos saltos de pedra em pedra.
Siga para a direita seguindo pela trilha de pedra que está bem visível até uma curva de quase 180 graus para a esquerda.
ATENÇÃO: a partir deste ponto siga reto mirando o cume. NÃO siga pela trilha que vira os quase 180 graus à esquerda; esta acaba logo mais a frente e a subida passa a ser sem rumo até o pico.
Seguindo reto o caminho é “sem trilha”, mas mirando o cume mantenha o rumo. Alguns trechos são um pouco mais verticais, mas de fácil transposição. Durante esses trechos mais verticais “aparecerá” outra trilha a direita que leva ao cume. A partir daí é só festa. A trilha faz a volta na montanha até o topo.
Você tem duas opções para subir o Cabugi:
1. Subir e voltar no mesmo dia – neste caso quanto mais cedo iniciar a subida, melhor! Lembre que o Nordeste é quente e você estará em pleno sertão! Portanto o ideal seria iniciar as 06h00min h da manhã e iniciar a descida as 09h00min h. Leve bastante água, um bastão para ajudar a equilibrar nas pedras, use boné, camisa de manga longa e passe protetor solar.
2. Subir, pernoitar no topo e descer no dia seguinte – minha opção preferida. Tanto faz lua cheia ou nova. Na primeira opção além da beleza da lua você terá luz extra e o uso da lanterna é quase dispensável. Na segunda a lanterna é fundamental, mas a falta da luz da lua revela um extraordinário céu estrelado quando podemos avistar pequenos cometas (estrelas cadentes). Inicie a subida às 14h00min h. Ainda estará quente, mas com o decorrer do tempo o “sol esfria” e você chegará a tempo de presenciar um belo pôr-do-sol no horizonte. Para o pernoite além dos itens citados na opção bate e volta leve uma mochila média com roupas para a noite (faz um pouco de frio), proteção para chuva, comida, mínimo de 2 l de água por pessoa, lanterna com pilhas e pilhas extras, primeiros socorros, telefone celular, saco de dormir ou cobertor, isolante térmico para acolchoar o chão e uma lona para forrar. Além disso bons companheiros de aventura são essenciais.
Como chegar:
Saindo de Natal a partir do Natal Shopping siga pela BR-101 até o viaduto de Parnamirim e continue pela BR-304 em direção a Fortaleza. A partir do Natal Shopping são 134 km de estrada até o acesso ao Pico na BR-304 após a cidade de Lajes. Deixe o carro no terreno perto do início da subida ou em um posto de apoio da Viação Nordeste (você precisará de um transporte até o local de acesso ao pico na BR-304). Além desse ponto de apoio da Viação Nordeste, atravessando a rodovia logo em frente há um restaurante simples e barato que serve comidas regionais.
O vídeo abaixo mostra bem como é a subida e a geografia do lugar:

Coordenadas (em graus decimais): S5.70560 W36.32145

Para saber mais:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Pico_do_Cabuji
Clebson Melo. Editor Rio Grande do Norte
Avatar do usuário
Clebson Melo
Membro de Honra
Membro de Honra
 
Mensagens: 403
Desde: 31 Mar 2006, 02:58
Localização: Natal / RN - Brazil

Re: Rio Grande do Norte - Guia de Referência

Mensagem não lidapor Clebson Melo » 15 Dez 2009, 00:36

Mergulho em Maracajaú - litoral Norte

ATENÇÃO: escreva suas dúvidas e comentários no fórum "Natal - perguntas e respostas" (http://www.mochileiros.com/natal-perguntas-e-respostas-t30053.html). Vamos preservar este aqui apenas como fonte de consulta para facilitar a leitura ok? ::otemo::

O mergulho nos parrachos (ou arrecifes) na Praia de Maracajaú, litoral norte do RN e a 65 km de Natal é uma das maiores atrações para aqueles que curtem o mundo marinho.
Para chegar lá você pode aproveitar o passeio de bugre pelo litoral norte ou ir de carro pela BR-101. Em ambos os casos reserve um dia inteiro para este passeio.
Os parrachos são formações de corais e pedras distantes da praia cerca de 7 km e o acesso é feito somente através de barco. A profundidade varia de 1 a 4 m nos locais de mergulho.
O mergulho pode ser feito utilizando apenas o equipamento básico (snorkel, máscara e nadadeira) ou equipamento de mergulho autônomo acompanhado por instrutor.

Quanto custa:
O mergulho de Snorkeling custa R$ 60,00 por pessoa e incluir o aluguel do equipamento com transfer em lanchas rápidas.
Mergulho utilizando máscara, snorkel.
O mergulho autônomo custa R$ 150,00 e inclui acompanhamento de instrutor, cilindro de ar, colete, equilibrador, regulador, lastro, máscara, snorkel, nadadeiras.

Fonte: Todas as informações aqui contidas foram coletadas no site da empresa que opera o passeio e o mergulho e informações mais detalhadas podem ser acessadas no site: http://www.maracajaudiver.com.br/index.php
Clebson Melo. Editor Rio Grande do Norte
Avatar do usuário
Clebson Melo
Membro de Honra
Membro de Honra
 
Mensagens: 403
Desde: 31 Mar 2006, 02:58
Localização: Natal / RN - Brazil

Re: Rio Grande do Norte - Guia de Referência

Mensagem não lidapor Clebson Melo » 15 Dez 2009, 00:38

Atenção ... muita atenção!!!! :idea:

Para auxiliar na localização de pontos de interesse para nós mochileiros aqui no Rio Grande do Norte (e em outros estados também), estou iniciando um Google Mapa personalizado com a localização e breve informação sobre locais legais para conhecer.
Na medida do possível as informações dos pontos que poderão ser vistos no Google Mapa de Clebson terá fotos, dicas ou links para saber melhor sobre o tema.

Se você quer saber onde fica o lugar de seu interesse no RN é muito simples: apenas clique no link abaixo para abrir o Google Mapa de Clebson ::otemo::
http://maps.google.com.br/maps/ms?ie=UTF8&hl=pt-BR&t=h&msa=0&msid=108255188114656841579.0004744ff7a353b9ccca8&z=9

Se o lugar que você procura não está no mapa (ainda) é só me mandar um ::sos:: que atualizo com a informação que você procura.

Mas atenção: peço que não escreva a sua mensagem neste fórum. Por favor envie como mensagem privada - MP - para que este tópico fucione apenas como consulta e pesquisa.
Clebson Melo. Editor Rio Grande do Norte
Avatar do usuário
Clebson Melo
Membro de Honra
Membro de Honra
 
Mensagens: 403
Desde: 31 Mar 2006, 02:58
Localização: Natal / RN - Brazil

Re: Rio Grande do Norte - Guia de Referência

Mensagem não lidapor Clebson Melo » 15 Dez 2009, 00:39

Natal a Pipa – um caminho alternativo e seus atrativos

ATENÇÃO: escreva suas dúvidas e comentários no fórum "Natal - perguntas e respostas" (http://www.mochileiros.com/natal-perguntas-e-respostas-t30053.html). Vamos preservar este aqui apenas como fonte de consulta para facilitar a leitura ok? ::otemo::

Muitos colegas mochileiros alugam carro para ir a Pipa. O caminho mais curto é pela BR-101 mas se você tiver tempo pode transformar essa pequena viagem em um belo passeio. A idéia é seguir pela Rota do Sol a partir do Bairro de Ponta Negra.
Logo que deixar Ponta Negra você passará em frente da Barreira do Inferno, antigo centro de lançamento de foquetes espaciais. Atualmente o centro de lançamentos se encontra em Alcântara no Maranhão. Uma breve parada para fotos e siga em frente.
Imagem

A próxima parada será em Pirangi para conhecer O Maior Cajueiro do Mundo.
Imagem
No local há, além do cajueiro, um pequeno centro de artesanato, local para lanche e ainda um mirante de madeira onde você poderá ver do alto toda a extensão do cajueiro.
Vizinho ao Maior Cajueiro do Mundo está a sede do Marina Badauê. Neste local você pode pegar um barco e desfrutar de um passeio aos parrachos de Pirangi e mergulhar em suas águas mornas e límpidas (atenção: o mergulho só é bom com a maré seca).
Imagem
Se for fazer o mergulho é necessário programar e agendar antecipadamente e como demora, é melhor reservar um dia inteiro para fazer este caminho até Pipa.

Deixando o cajueiro siga ainda pela Rota do Sol até a praia de Tabatinga onde você poderá apreciar a vista do mar a partir do Mirante de Tabatinga.
Imagem
Se der sorte você verá alguns golfinhos, mas de longe. O mirante fica próximo a uma igrejinha. Ambos estão “na estrada”, ou seja, você passará obrigatoriamente ao lado do mirante. Também há um pequeno bar no mirante.
Seguindo adiante você irá se deparar com uma rotatória. Nesse ponto siga a direita. O outro caminho leva a praia e apenas veículos 4x4 pegam esse atalho arenoso até Tibau do Sul. Mas espere um pouco: em frente a esta rotatória há uma casa de morador que faz tapioca de um modo bem ... digamos ... rústico.
Imagem
Então pare na rotatória e pergunte onde é a “casa das tapiocas”. Se você tiver sorte poderá ver como é feito o preparo das deliciosas tapiocas e grudes e, claro, degustar essas guloseimas.

Barriga cheia de tapioca? Ainda não é hora de parar. Agora siga até a cidade de Nisia Floresta. Lá há três breves atrações:
Um baobá (aquela árvore do livro O Pequeno Príncipe):
Imagem

A antiga Estação de trem de Papari onde atualmente funciona um restaurante e o Mausoléu de Nísia Floresta:
Dados sobre a estação e sobre o Mausoléu:
Município de Nisia Floresta, RN
HISTORICO DA LINHA: A linha que originalmente unia a estação de Brum, no Recife, a Pureza, próximo à divisa entre Pernambuco e Paraíba, foi aberta de 1881 a 1883 pela Great Western do Brasil, empresa inglesa que tinha a posse e a concessão da E. F. Recife ao Limoeiro. Esta linha avançou até Pilar, na antiga E. F. Conde D'Eu, incorporada à GW em 1901, onde sua linha, aberta em 1883, entre outros ramais, avançava até Nova Cruz, já no Rio Grande do Norte e da E. F. Natal a Nova Cruz, que também passou à GW, na mesma época. Para ligar estas duas últimas, a GW construiu em 1904 um trecho de 45 km, formando então o que veio a ser chamado de Linha Norte. Quando ocorreu a venda da GW para a Rede Ferroviária do Nordeste, no entanto, o trecho do RN já não mais pertencia à GW, mas foi incorporado à RFN, e em 1957 tudo isso foi uma das formadoras da RFFSA. A linha está ativa até hoje sob o controle da CFN, que obteve a concessão da malha Nordeste em 1996, mas trens de passageiros não circulam mais por essa linha desde os anos 1980.

A ESTAÇÃO: A estação de Papari foi inaugurada com a linha em 1881, segundo historiadores da região. Esta data não aparece, no entanto, nas relações de estações. A cidade passou a se chamar Nisia Floresta em 1948, mas a estação, pelo menos nos guias, jamais teve o nome alterado para o da cidade - embora o Guia Geral das Estradas de Ferro do Brasil, de 1960, utilize o nome de Nisia Floresta para a estação. Mas, afinal quem foi Nisia Floresta? Ela é considerada "a mais notável mulher que a História do Rio Grande do Norte registra" e nasceu em Papari. Escritora, seu nome real era Dionísia Gonçalves Pinto (1810-1885), mas ficou conhecida com o seu pseudônimo, Nísia Floresta Brasileira Augusta. Na estação, os trens de passageiros deixaram de passar em meados de 1977, e os cargueiros continuaram até que a CFN, atual concessionária, ficou com a linha, em 1997. A estação, em si, teria sido totalmente desativada em 1981, 4 a 5 anos após o fim dos trens de passageiros. Já há um bom tempo cargueiros não circulam no Rio Grande do Norte. Atualmente (2010) o prédio da estação abriga um restaurante, O "Marinas Camarões", de Fernando Bezerril.
Fonte: http://www.estacoesferroviarias.com.br/rgn/papari.htm
Imagem
Imagem


São paradas rápidas para ver, fazer fotos e saborear as delícias regionais regado a um bom gole de cachaça.

Deixando a cidade de Nísia Floresta logo você estará na BR-101 no município de São José de Mipibu. Entre na cidade para conhecer a igreja de arquitetura neoclássica:
Imagem

Bom, agora siga pela BR-101 até a cidade de Goianinha e depois Pipa. Essas breves dicas podem alegrar um pouco mais seu caminho. É um pouco mais longe mas vale a pena conhecer mais esses recantos do RN.

Se você quer saber onde fica o lugar de seu interesse no RN é muito simples: apenas clique no link abaixo para abrir o Google Mapa de Clebson ::otemo::
http://maps.google.com.br/maps/ms?ie=UTF8&hl=pt-BR&t=h&msa=0&msid=108255188114656841579.0004744ff7a353b9ccca8&z=9
Clebson Melo. Editor Rio Grande do Norte
Avatar do usuário
Clebson Melo
Membro de Honra
Membro de Honra
 
Mensagens: 403
Desde: 31 Mar 2006, 02:58
Localização: Natal / RN - Brazil

Re: Rio Grande do Norte - Guia de Referência

Mensagem não lidapor Clebson Melo » 15 Dez 2009, 00:41

Praias urbanas em Natal

ATENÇÃO: escreva suas dúvidas e comentários no fórum "Natal - perguntas e respostas" (http://www.mochileiros.com/natal-perguntas-e-respostas-t30053.html). Vamos preservar este aqui apenas como fonte de consulta para facilitar a leitura ok? ::otemo::

As principais praia urbanas em Natal são (do norte para o sul):
1. Redinha (também já podemos inclui-la em praias do Litoral Norte)
2. Praia do Forte - Praia do Meio - Praia dos Artistas (na verdade é uma mesma praia, extensa e separada mais pelos nomes que por elementos físicos)
3. Areia Preta
4. Via Costeira
5. Ponta Negra

Redinha
Praia muito frequentada pelos moradores da Zona Norte de Natal. Possui o Mercado da Redinha com a tradicional "ginga com tapioca". Ginga é o nome que se dá a pequenos peixes pescados no Rio Potengi e assado no óleo. O mercado é beeem popular e provavelmente vc verá muita gente bêbada principalmente nos fins de semana. Saborear a ginga com tapioca é uma tradição mas não espere algo muito legal pra comer. Próximo ao mercado tem uma antigra igreja construída não sei quando mas suas paredes são em pedra colhidas na região e característica de nossos arrecifes. É legal para fazer fotos.
Imagem
Um outro atrativo é um dique artificial de pedra construído na saída do Rio Potengi para facilitar o acesso de navios no porto. Caminhar até a ponta do dique que vai mar adentro até a "praça" que se encontra na ponta é algo legal de fazer também.
Imagem
Dá para fazer ótimas fotos da Fortaleza dos Reis Magos e da Ponte Newton Navarro.
Imagem
Imagem
Obs: não é um lugar perigoso quanto a assaltos mas também não dá pra ficar relaxado. Fique ligado.

Praias do Forte, do Meio e dos Artistas

A Praia do Forte recebe este nome pela proximidade da Fortaleza dos Reis Magos - http://fortalezareismagos.blogspot.com/ -. Das três é a mais familiar e boa para tomar banho devido a uma enorme piscina natural formada entre a praia e os arrecifes. A Fortaleza dos Reis Magos é uma das principais atrações turísticas do nosso Estado. Não deixe de visitar..
A Praia do Meio é caracterizada principalmente pelo extenso calçadão em toda sua extensão bem como pelos arrecifes que se estendem da Praia do Forte até a Praia dos Artistas e formam muitas piscinas naturais. É praia popular e nos fins de semana, se vc prefere não ver muita muvuca, é melhor apenas passar por ela se necessário.
A Praia dos Artistas segue a mesma descrição da anterior mas com destaque para uma pequena abertura entre os arrecifes aberta para o mar muito boa para a prática de surf. Tem também a Ponta do Morcego onde se concentram muitos bares e restaurantes e boate. Essas três praias são mais populares.

Legenda da Foto
Praia do Forte com destaque para a piscina natural formada pelos arrecifes.


Legenda da Foto
Calçadão na Praia do Meio.


Legenda da Foto
Praia dos Artistas a noite. Foto feita a partir da Ponta do Morcego.
Clebson Melo. Editor Rio Grande do Norte
Avatar do usuário
Clebson Melo
Membro de Honra
Membro de Honra
 
Mensagens: 403
Desde: 31 Mar 2006, 02:58
Localização: Natal / RN - Brazil

Re: Rio Grande do Norte - Guia de Referência

Mensagem não lidapor Clebson Melo » 16 Jan 2010, 09:57

Praia da Pipa e redondezas (em construção)

ATENÇÃO: escreva suas dúvidas e comentários no fórum "Natal - perguntas e respostas" (http://www.mochileiros.com/natal-perguntas-e-respostas-t30053.html). Vamos preservar este aqui apenas como fonte de consulta para facilitar a leitura ok? ::otemo::

Enfim começo a preparar um tópico relacionado a Pipa. Esse vai ser grande!!!
Pra começar quero fazer uma observação importante: vá a Pipa mas não esqueça dos arredores e programe uma visita as vizinhas Tibau do Sul e as praias mais ao sul entre Pipa e a divisa com a Paraíba, ou seja: Cibauma, Barra de Cunhau, Baía Formosa e Sagi. Vou falar de cada uma delas no devido tempo.

Para ir a Pipa a partir de Natal o caminho é pela BR-101 (sentido Natal - Recife) até a cidade de Goianinha. Neste ponto você deve entrar em Goianinha em direção a igreja e se informar com os moradores como continuar na estrada para Pipa. É fácil! Após uns 20 min (de carro) você verá uma bifurcação a direita. Esse é um atalho construído recentemente e que encurta o percurso. Mas se é a primeira vez que você vem por essas bandas, ignore a bifurcação e siga em frente em direção a Tibau do Sul. Logo você ficará maravilhado com o visual da Lagoa Guaraíra ao chegar em Tibau e, após passar a cidade, se encantará mais ainda com a vista sobre as falésias que ficam entre o mar e a estrada que liga Tibau a Pipa.
Legenda da Foto
Visual a partir das falésias entre Tibau e Pipa.

É parada obrigatória! ::otemo::

Como chegar:

De busão:Saindo de Natal (rodoviária) os horários para Pipa de segunda a sábado são os seguintes: 07:15 / 08:00 / 09:00 / 10:00 / 11:30 / 13:15 / 14:10 / 16:00 / 17:15 / 18:45 e domingos: 08:00 / 10:00 / 16:00 / 18:25. De Pipa para Natal de segunda a sábado saindo do "estacionamento" em Pipa são: 05:00 / 06:30 / 07:25 / 10:00 / 12:00 / 13:15 / 14:20 / 15:20 / 16:00 / 18:00 e domingos: 07:30 / 13:15 / 16:00 / 18:25.
O valor da passagem Natal - Pipa ou Pipa - Natal = R$ 9,00. Pipa a Goianinha = R$ 2,50 e Pipa a Tibau = R$ 1,25. (valores em 08/12/2009)
OCEANO é o nome da empresa responsável pelo serviço e os telefones são: (84) 3205-3656 (na Rodoviária), (84) 3203-2440 e (84) 3205-3833 .
Fonte: http://www.pipa.com.br

De Táxi: A corrida de Táxi do Aeroporto a Pipa custa cerca de R$ 120,00 (Cento e vinte reais), e deve-se confirmar no Aeroporto Augusto Severo pelo telefone: (84) 3644-1000.

Alternativo - Micro-ônibus: Em micro-ônibus fone: (84) 9973-0353 com ar-condicionado com saídas do centro da pipa em frente da loja de material de contrução chamada CONSTRUJÁ. Informações pelo fone (84) 9973-0353.

Alternativo - Vans: Funcionam para o percurso de Pipa/Tibau do Sul até Goianinha e, vice-versa, durante toda semana de 2ª a Domingo em horários diversos que começam as 5:00 horas e vão até as 22:00 horas.

Outras Opções: Além de táxi, outra maneira de chegar à Pipa, é verificar se a pousada escolhida para se hospedar faz traslados, ou ainda então você mesmo pode contactar empresas em Pipa, que fazem traslados e passeios pela região, como a Pipatour ou Receptivos. Em Pipa, Pipa2U Traslados e Transfers (0xx84) 3246-2317

Fonte de "como chegar": http://www.pipa.com.br

O que fazer - praias:

Praia do Centro ou Praia da Pipa : é a praia mais movimentada do vilarejo. Com larga faixa de areia e piscinas naturais, onde se escondem pequenos peixes, moluscos e caranguejos, a Praia do Centro é servida por diversas barracas, que comercializam frutos do mar e iguarias regionais capaz de tirar qualquer um da dieta. Toda a extensão da praia é protegida por recifes e pedras, formando as tais piscinas naturaias na maré baixa e deixando o local apropriado para a descontração da família, que pode liberar os pequeninos para brincar na água ou fazer os castelos de areia do sonho de toda a criança. É a praia preferida dos nativos, também, onde se tem contato direto com a gente e a cultura desta região privilegiada. Também é nessa praia que se encontra "o lajão". Quando a maré está cheia as ondas quebram (lááááá dentro) sobre as pedras que aparecem na maré seca formando boas "direitas". São ondas com boa formação para a prática do surf. Infelizmente também é aqui que rola aquele pagodão e farofada. A partir desta praia você pode ir para a Baía dos Golfinhos ou para a Praia do Amor seguindo a pé pela beira-mar.

Imagem

Baía dos Golfinhos: é aqui onde habitam os golfinhos! Você tem 99,99% de chances de avistar um ou mais golfinhos. Por vezes nadando entre os banhistas ou até caçando peixes na beirinha da água! As falésias são recobertas pela Mata Atlântica e a areia é palco para futebol na praia, banhos de sol e caminhadas descontraídas. Pode-se chegar caminhando pela orla, na maré baixa, tanto vindo da Praia do Centro de Pipa quanto da Praia do Madeiro. É interessante consultar a tábua de marés antes de se aventurar nesta caminhada. Não vá com a maré cheia pois você poderá ter problemas para atravessar os trechos com pedras a beira mar. As águas são calmas e o vento é moderado, por tratar-se de uma enseada, sendo tranqüilas para banho e natação.É também conhecida por Praia do Curral, porque conta-se que, antigamente, o local era uma extensa faixa de areia que servia de curral de bois para os nativos. Porém, com o avanço da maré, o local desapareceu. Se na Guaraíras o pôr-do-sol é mágico, a magia da Baía dos Golfinhos é o alvorecer, com o sol surgindo forte e esplendoroso no Oceano Atlântico.

Imagem

Praia do Amor e Afogados: É ela o point do surf em Pipa. Ondas radicais, areia larga, galera descolada, barracas de praia, artesãos e mais, e mais, e mais ondas. O resultado? Surfistas por todos os lados e princesinhas do surf também. Os corpos mais sarados e a moçada mais bonita e descolada estão na Praia dos Afogados, tanto pelo surf, quanto pelo body-board, e também pelo frescobol, futebol, vôlei de praia... As principais competições de surf da Pipa e algumas das mais importantes do estado e da região são decididas nesta praia, que deu a fama que a Pipa tem. O mirante que se ergue em suas falésias, é o componente extra dessa viagem pela natureza e pelo esporte dos deuses. Esta praia lança moda e é a moda da Pipa, renovada a cada Verão.
Na seqüência, a mais bela; a Praia do Amor, onde o desenho das pedras das piscininhas naturais tem o formato do coração. Amor e Afogados se confundem e, do Chapadão, elas são a mesma, são contínuas. Uma com o surf, a galera jovem; outra, com as famílias, as crianças. O acesso pode ser feito pela beira-mar a partir da Praia da Pipa (com a maré baixa) ou através das falésias por onde se chega de carro passando por dentro das ruas da Pipa. Tem muitas barracas de praia de estilo rústico e bom serviço de bar no entanto os preços são meio salgados. Tenha especial cuidado com o banho de mar pois aqui o bicho pega. As ondas são fortes e rola uma traiçoeira correnteza.

Legenda da Foto
Quatro ângulos diferentes das Praias do Amor e Afogados.
Canto superior esquerdo - vista das barracas a partir da falésia.
Canto superior direito - vista geral com destaque para as piscinas naturais formadas com a maré baixa.
Canto inferior esquerdo - destaque para as falésias por onde se chega a Praia do Amor.
Canto inferior direito - com a maré seca recomendo caminhar entre as Praias da Pipa e do Amor. Trecho praticamente deserto com formações curiosas de pedras negras em contraste com a areia branquinha. No mínimo uma paisagem bastante exótica.



Se você quer saber onde fica o lugar de seu interesse no RN é muito simples: apenas clique no link abaixo para abrir o Google Mapa de Clebson ::otemo::
http://maps.google.com.br/maps/ms?ie=UTF8&hl=pt-BR&t=h&msa=0&msid=108255188114656841579.0004744ff7a353b9ccca8&z=9
Clebson Melo. Editor Rio Grande do Norte
Avatar do usuário
Clebson Melo
Membro de Honra
Membro de Honra
 
Mensagens: 403
Desde: 31 Mar 2006, 02:58
Localização: Natal / RN - Brazil

Re: Rio Grande do Norte - Guia de Referência

Mensagem não lidapor Clebson Melo » 16 Jan 2010, 10:08

Tibau do Sul (em construção)

Imagem

Tibau do Sul é um lugar onde a natureza, a paz e a tranqüilidade reinam em perfeita harmonia. Aqui a natureza exuberante garante dias de paz ao visitante e também o sustento da pequena comunidade que aqui vive. A cidade antecipa a beleza da Praia de Pipa, mas é muito diferente de seu bairro tão famoso e agitado.
A praia de Tibau do Sul é uma praia abrigada sob falésias altas e bastante sossegada. Sua paisagem inclui areias brancas e fofas, conchas, pedras e coqueirais, e ondas fracas, graças aos recifes e molhes. Ao sul, considera-se como última praia, a praia de Cacimbinhas, as praias seguintes já pertencem ao distrito de Pipa. Ao norte, a Lagoa de Guaraíras separa Tibau do Sul de Malembá. Ali na lagoa, tem-se uma das melhores vistas do pôr-do-sol no local.
Dados:
Distância da Capital: 87 km (pela BR-101 até Goianinha. Pega-se, então, a RN-003 até Tibau do Sul e, daí, a estrada para a Praia da Pipa).
Clima e Altitude: A altitude do município é de 38m (em relação ao nível do mar). O clima se caracteriza como sub-úmido com umidade relativa média anual de 74%. Os meses de maior incidência de chuvas são abril e julho.
Temperatura: Média de 27°C.
Coordenadas: S 06º 11' 12", W 35º 05' 31"
População (Tibau do Sul): 7.757 habitantes
Corrente elétrica: 220v.
Prefeitura Municipal (Tibau do Sul): (84) 3246-4117.
Informações Turísticas: (84) 3246-2234.
Fonte: http://www.tibaudosul.com.br/conteudo/i ... onheca.asp

O que fazer

Passeio de caiaque na Lagoa Guaraíra
Esse é imperdível!
Um passeio de caiaque pela Lagoa Guaraíra em Tibau do Sul orientado e acompanhado por guias locais que levam você a conhecer não só as belezas naturais da lagoa como também um pouco do ecossistema mangue e ainda fazer paradas para tomar banho nas águas da lagoa. Durante o passeio o guia também registra através de fotos as imagens do passeio e ao final poderá ser feito um CD para você guardar de lembrança.

O passeio sai da praia de Tibau onde a lagoa encontra o mar (coordenadas: S 06 10 55.3 W 35 05 25.3). É necessário agendar previamente, pois acontece apenas uma vez ao dia para aproveitar o movimento da maré, ou seja: inicia com a maré enchendo e retorna com a maré vazando (secando). Dessa forma é possível aproveitar sempre as correntes favoráveis.

Pode ser feito em caiaques para duas ou uma pessoa, dura cerca de duas horas e meia percorrendo aproximadamente 8 km. O valor por pessoa independente de ser caiaque individual ou duplo é de R$ 30,00. Para agendar o passeio você pode entrar em contato diretamente com “Farmácia” pelo telefone (84) 9928-1087 ou através do e-mail: bichodomangue@yahoo.com.br

Segue abaixo um vídeo que ajuda a ilustrar. Não é do passeio em sim mas dá pra ter uma idéia do que rola por lá.



Crepe, pô-do-sol e Lagoa Guaraíra

Que tal saborear um delicioso crepe ao fim da tarde em um ambiente rústico sob um belo pôr-do-sol? Pois isto é possível! Há em Tibau do Sul uma creperia com um característica bem peculiar: está localizada sobre as águas da Lagoa Guaraíra em uma instalação conhecida como palafita. O acesso é feito através do Hotel Marina Tibau do Sul, na cidade de mesmo nome. É aberto ao público portanto não tem desculpa para não ir. Conheço o lugar pessoalmente: os preços são bons, o atendimento é agradável e eficiente e de quebra o visual é algo deslumbrante. Local ideal para casais apaixonados ou mesmo para solteiros que curtem e querem um momento de paz em interação com a natureza.
Coordenadas geográficas em graus decimais: S 6.183489° W 35.091393°

Imagem

Passeios de cavalo, barco, off-road e pesca esportiva.
Através o Hotel Marina você tem as opções de fazer os seguintes passeios:
1. Passeio de Barco pelo Estuário que forma a Lagoa Guarairas.
2. Passeios a cavalo.
3. Passeios com veículos 4x4
4. Pesca esportiva
Para saber os detalhes dos roteiros, valores e como agendar os passeios citados acima visite o site do Hotel Marina Tibau do Sul: http://www.hotelmarinas.com.br/passeios.asp?lang=pt_br
Clebson Melo. Editor Rio Grande do Norte
Avatar do usuário
Clebson Melo
Membro de Honra
Membro de Honra
 
Mensagens: 403
Desde: 31 Mar 2006, 02:58
Localização: Natal / RN - Brazil

Re: Rio Grande do Norte - Guia de Informações

Mensagem não lidapor Clebson Melo » 06 Set 2010, 08:17

Galinhos


Imagem

O povoado de Galinhos, inserido em uma região salineira que faz parte do pólo turístico Costa Branca está localizado em uma península, local com difícil acesso por onde se chega apenas de barco ou em veículos 4x4 quando a maré está baixa. Possui clima árido com temperaturas médias em torno de 26ºC. Está a 2 m de altitude, possui extensas e desertas praias de areias brancas e finas, água morna, dunas e manquezais.

Há 166 km de Natal é lugar para quem procura paz, sombra e água fresca. Nada de agito e badalação. Os principais atrativos deste recanto do Brasil são a natureza litorânea com suas praias, manguezais, rios e um belo pôr-do-sol além do contato intenso com o hábito de vida do nordestino que vive na região litorânea e sua cultura ligada ao mar e a pesca.

A base da economia da região está concentrada na pesca, produção de sal marinho, o cultivo de camarão em cativeiro, o turismo e uma tendência “natural” para os esportes ligados ao vento devido a sua privilegiada localização geográfica. O comércio possui apenas o básico mercadinho. Nada de boutiques, supermercados, shoppings ou grandes restaurantes.

Tudo é muito simples e rústico. Operadoras de celular, apenas TIM, OI E Claro vão tocar por lá.
O acesso principal é feito através de barco por uma praia próxima chamada Pratagil. A travessia dura cerca de 20 min. Como praticamente não há veículos motorizados em Galinhos (e nem estradas), o transporte é feito em charretes que fazem translados e passeios pela região.

Os principais atrativos ficam por conta dos passeios de barcos pelo “capim” e Ilha da Coroa situada nos rios por entre os manguezais, passeios a cavalo, a pé pelas praias e arredores, passeio no exótico “jegue táxi” e a prática de esportes como kite surf, Wind surf ou kite bugg.
Para usar em Galinhos não esqueça de incluir na bagagem: sandálias, roupa de banho, roupa leve, óculos escuros, boné, protetor solar e, claro, máquina fotográfica para registrar os bons momentos juntos a esse encantado recanto do Brasil.

Como chegar:

De avião: o aeroporto mais próximo é mesmo em Natal.

De carro: siga pela BR-406 passando pelas cidades de Ceará Mirim, João Câmara, Macau e Jandaíra. Após esta última haverá um desvio sinalizado a cerca de 15 km. Após o desvio siga mais 25 km até chegar em Pratagil onde o seu carro poderá ficar em um estacionamento gratuito da prefeitura com segurança 24 h. Após deixar o carro no estacionamento vem o barco: 20 min de travessia em barcos sem horários definidos que estão por lá das 06:00 h as 18:00 h (R$ 2,00 por pessoa). Das 18 h as 22 h há ainda um barco de serviço que custa R$ 3,00 por pessoa.

Imagem

De ônibus: através da empresa Cabral com saída da Rodoviária Nova (de nova não tem nada) em Natal. A primeira saída ocorre as 06:00 h com freqüência a cada 3 h e o último sai as 18:00 h. No ônibus informe ao motorista que vai para Galinhos e peça para lhe deixar no trevo para Galinhos. Durante a semana o ônibus vai somente até este trevo. Aos domingos vai até Pratagil com saída de Natal as 06:00 h e retorno as 17:00 h. A viagem dura cerca de 02h 30 min e a passagem custa R$ 15,00.
Clebson Melo. Editor Rio Grande do Norte
Avatar do usuário
Clebson Melo
Membro de Honra
Membro de Honra
 
Mensagens: 403
Desde: 31 Mar 2006, 02:58
Localização: Natal / RN - Brazil


Voltar para Rio Grande do Norte



Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 2 visitantes