14 coisas pra fazer em San Pedro de Atacama e arredores

Se você busca um lugar inesquecível para viajar, pode colocar na lista o Deserto do Atacama. Localizado no norte do Chile, seus cerca de 105.000Km² abrigam salares, cordilheiras, geiseres, lagos coloridos, cânions e vulcões. E do pequeno povoado de San Pedro de Atacama é que partem os principais passeios organizados pelo deserto. Neste post você confere algumas sugestões do que fazer por lá.

Lembrando que desde 1º de novembro de 2021 já podemos (com todos os cuidados e atendendo a alguns requisitos) entrar no Chile e conhecer seus incríveis destinos!

Tour astronômico pelo Deserto de Atacama

Existem várias agências que operam tours na região. Algumas fazem apenas descrição das estrelas e constelações que podem ser vistas a olho nu; outras mais sofisticadas já contam com poderosos telescópios. Boa parte dos viajantes tem interesse em viver a experiência ímpar de estar no Deserto do Atacama à noite.

Antenas do projeto Alma (sigla em inglês de Atacama Large Millimeter Array), o maior projeto astronômico da Terra | Foto: Reprodução/Projeto Alma.
Antenas do projeto Alma (sigla em inglês de Atacama Large Millimeter Array), o maior projeto astronômico da Terra | Foto: Reprodução/Projeto Alma.

Percorrer o Centro Histórico de San Pedro de Atacama

Seu coração está na praça central onde também estão os principais restaurantes e serviços turísticos. Ruas de terra, casas de adobe e uma igreja do século XVIII fazem parte do cenário.

Igreja de San Pedro de Atacama | Foto: Francisca Plaza G.
Igreja de San Pedro de Atacama | Foto: Francisca Plaza G.

Visitar a vila de Artesãos de San Pedro de Atacama

O lugar reúne diversos trabalhos típicos da região atacameña.

Artesão atacameño em San Pedro de Atacama | Foto: valtencir.
Artesão atacameño | Foto: valtencir.

Visitar o Museu Arqueológico Gustavo Le Paige

O pequeno museu reúne objetos da cultura atacameña, tais como metais preciosos, têxteis e utensílios para uso de alucinógenos.
A maior parte das peças foi coletada entre cemitérios preincaicos e aldeias da região, pelo padre jesuíta Gustavo Le Paige. Mais informações sobre o museu no https://www.visitchile.com.br/museo-gustavo-le-paige/

Área do museu | Foto: Carlos Varela.
Área do museu | Foto: Carlos Varela.

Visitar o sítio arqueológico de Pukará de Quitor

Fica a 3Km do povoado e é formado por uma série de ruínas de fortificação construída em pedra entre os anos 1000 e 1500 d.C.

Área de Pucará de Quitor | Foto: Márcio Cabral de Moura.
Área de Pucará de Quitor | Foto: Márcio Cabral de Moura.

Visita a Aldea de Tulor

É um dos sítios arqueológicos mais antigos do norte do Chile, construído e habitado até o século V, pelos atacameños. Fica a cerca de 10Km de San Pedro.

Área da Aldea de Tulor | Foto: Terry Feuerborn.
Área da Aldea de Tulor | Foto: Terry Feuerborn.
Foto: Diego.Aviles.
Foto: Diego.Aviles.

Sandboarding no Valle de la muerte

Vale de areia em meio a Cordillera de Sal, fica a 2Km de San Pedro. Rodeado de dunas, montes coloridos e curiosas formações. Agências locais oferecem passeios pela área bem como a prática de Sandbording. Para quem não é chegado ao ‘surf de areia’, a paisagem por si só, sobretudo ao entardecer é espetacular.

Área do Valle de la muerte (Vale da Morte) | Foto: Mijaeus.
Área do Valle de la muerte (Vale da Morte) | Foto: Mijaeus.
Visitantes praticam sandboarding | Foto: Livio Barcella.
Visitantes praticam sandboarding | Foto: Livio Barcella.
Passeio a cavalo também é opção | Foto: elrentaplats.
Passeio a cavalo também é opção | Foto: elrentaplats.

Percorrer o Valle de la luna

O vale fica a cerca de 13Km de San Pedro, na Reserva Nacional Los Flamencos. O nome vem da semelhança da paisagem lunar e suas cores, formas e o cenário ao redor fazem do local algo especial.

Valle de la luna (Vale da Lua) | Foto: Mariano Mantel.
Valle de la luna (Vale da Lua) | Foto: Mariano Mantel.

Observar os flamencos (e tudo que está em volta)

Na região de Antofagasta, norte do Chile onde está San Pedro de Atacama há uma área de proteção à fauna. Dentre os animais protegidos está o flamenco – bichinho que dá nome à reserva e que, não raro você vê nas fotos de quem vai ao Atacama.
Na Reserva Nacional los Flamencos as principais trilhas são:
Lagunas Altiplânicas Miscanti-Miñiques (existem duas trilhas permitidas em torno das lagunas, ambas de dificuldade média).
Laguna Chaxa. Tem trilha que pode ser feita com guia local.
Valle de la Luna. Possui 4 trilhas permitidas (de dificuldade média).
Aldea de Túlor. Trilha que pode ser percorrida com guias da comunidade local de Coyo.
Mais informações sobre a reserva (serviços disponíveis, acessos etc) podem ser obtidas no site http://www.conaf.cl/parques/reserva-nacional-los-flamencos/

Área da Laguna Chaxa | Foto: Dwilliams851.
Área da Laguna Chaxa | Foto: Dwilliams851.
Laguna Miscanti | Foto: Luca.
Laguna Miscanti | Foto: Luca.

Visitar os geiseres del Tatio

As nascentes termais lançam água quente e vapor para o ar formando um dos mais belos espetáculos naturais do Atacama. Fica a cerca de 90Km de San Pedro.

Geiseres de Tatio | Foto: ArmanMesh.
Geiseres de Tatio | Foto: ArmanMesh.

Visitar as Termas de Puritama

Estão a cerca de 35Km de San Pedro, no caminho para os geiseres del Tatio. São administradas por um hotel, mas estão abertas ao público em geral (que paga entrada).

Visitante em um dos 'poços' termais | Foto: Kamon (Monitos en la pared).
Visitante em um dos ‘poços’ termais | Foto: Kamon (Monitos en la pared).

Visitar a Laguna Cejar

Esta laguna fica no interior do Salar, a cerca de 28Km de San Pedro. Devido a alta concentração de sal na água, por ali você poderá ficar flutuando com uma das mais belas paisagens do mundo ao seu redor.

Laguna Cejar | Foto: Tsun Ho.
Laguna Cejar | Foto: Tsun Ho.

Visitar o Salar de Tara

Locais inóspitos, paisagens de magnificas cores e formas, rodeada de lagunas coloridas são alguns dos atrativos do Salar de Tara. Imperdível.

Viajante contempla a incrível paisagem do Salar de Tara | Foto: Marcos Hoffman/Arquivo pessoal
Viajante contempla a incrível paisagem do Salar de Tara | Foto: Marcos Hoffman/Arquivo pessoal
Salar de Tara visto por outro ângulo | Foto: Vitor Cervi.
Salar de Tara visto por outro ângulo | Foto: Vitor Cervi.

Escalada ou ascensão ao vulcão Licancabur

O Licancabur é um vulcão semi-ativo localizado entre Chile e Bolívia, nas proximidades de San Pedro. Na área do Salar, é possível avistá-lo quase o tempo todo, exceto quando a região está com céu encoberto, o que é bastante raro.

Licancabur visto a partir da Laguna Cejar | Foto: Vicente Carmona.
Licancabur visto a partir da Laguna Cejar | Foto: Vicente Carmona.

Certeza que você ficou com ainda mais vontade de conhecer o Deserto do Atacama, San Pedro de Atacama e arredores. Para organizar sua viagem pra lá é fundamental a leitura do nosso post que fala sobre como entrar no Chile atualmente, aqui. É o primeiro passo 😉

Mais dúvidas sobre San Pedro de Atacama e o Deserto do Atacama

Qual a melhor época para ir ao Deserto do Atacama?

Os meses mais recomendados para visitar o Deserto do Atacama são de Outubro a Março.

Quando o Deserto do Atacama fica florido?

O Chile é o único país da América Latina que regiões de deserto florido, um verdadeiro espetáculo que ocorre com a chegada da Primavera.
De qualquer forma prever quando o deserto estará de fato florido não é tão fácil, já que trata-se de um fenômeno natural, que irá depender das chuvas (se ocorreram ou não antes da Primavera).
Se você quer muito conhecer o Deserto do Atacama belamente florido, vale ficar de olho na previsão do tempo com antecedência.
Ah, a rota com as melhores paisagens do deserto florido é a Copiapó-Vallenar, que fica a pouco mais de 800Km de San Pedro de Atacama. Confira mais informações sobre clicando aqui.

Como ir de San Pedro do Atacama para Salar de Uyuni?

Apesar do Salar de Uyuni estar na Bolívia, estes incríveis “pedacinhos” do planeta estão perto um do outro, podemos dizer. A Reserva Nacional Los Flamengos, no Chile praticamente se mistura à boliviana Reserva Nacional de Fauna Andina Eduardo Avaroa e é bem comum operadoras de turismo locais oferecerem passeios em ambas áreas naturais. É assim que a maioria dos viajantes costuma ir de San Pedro do Atacama para o Salar de Uyuni e vice-versa, com agências locais.
Geralmente este não é somente um deslocamento, inclui o transporte em si, paradas para fotos e refeições e em alguns casos hospedagem.

6 comentários em “14 coisas pra fazer em San Pedro de Atacama e arredores”

Deixe um comentário