Brasil terá selo para reconhecer boas práticas do Turismo contra o coronavírus


O Ministério do Turismo lançou, no último dia 8, o projeto do selo “Turista Protegido”, a primeira etapa do programa que criará protocolos de segurança sanitária e de boas práticas para cada um dos segmentos do setor.

Segundo informações divulgadas pela pasta, o programa busca apoiar as atividades turísticas que assegurarem por exemplo, o cumprimento de requisitos de higiene e limpeza para prevenção da propagação do coronavírus. Inicialmente estão 16 protocolos de boas práticas, ainda não divulgados. Eles buscarão “ser segmentados de acordo com as especificidades de cada um dos setores atendidos, como meios de hospedagem, agências de turismo, locadoras de veículos, transportadoras, parques temáticos, casas de espetáculo, guias de turismo.”
A orientação para cada categoria será divulgada nos próximos dias.

A criação do “Turista protegido” faz parte do Plano de Retomada do Turismo Brasileiro, coordenado pelo MTur, a fim de minimizar os impactos da pandemia e preparar o setor para um retorno gradual às atividades.

Turista Protegido mtur
Foto: Divulgação/MTur.

De acordo com o Ministério, o selo estará vinculado ao Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur).

Recentemente uma empresa espanhola lançou uma certificação “Covid-free” voltada ao Turismo. “A primeira do mundo”. Mais informações aqui.

Com informações do Ministério do Turismo.
A foto (da home e) que traz até este post é de Contente Pixie/Unsplash.


Deixe um comentário