Chile fechará fronteiras por 14 dias na próxima quarta (18)


Na manhã desta segunda-feira (16/O3) em anúncio no Palácio La Moneda , o presidente do Chile, Sebastián Piñera, anunciou o fechamento de todas as fronteiras por 14 dia e confirmou que há 155 pessoas infectadas no país.

Assim como fez a Argentina, só poderão entrar nativos ou residentes que vierem em voos que ainda estiverem ativos.

“Decidimos fechar todas as fronteiras terrestres, marítimas e regionais de nosso país para o trânsito de estrangeiros. Isso não afetará a entrada e saída de carga ou transportadoras, para continuar garantindo o fornecimento normal de nosso país. Esta medida entrará em vigor a partir de quarta-feira, 18 de março. Cidadãos chilenos e residentes permanentes no Chile, vindos de locais de alto risco, podem entrar em nosso país passando pela Alfândega Sanitária e por uma quarentena obrigatória de 14 dias “, reforçou.

Piñera também enfatizou que o Governo exercerá todos os poderes concedidos pela lei para processar aqueles que não cumprirem as instruções que a autoridade de saúde deu e põe em risco a saúde de outras pessoas. “Isso significa aplicar as multas e penas de prisão estabelecidas pelo Código Sanitário e pelo Código Penal”.

As Forças Armadas colaborarão com o controle de fronteiras “para garantir que o fechamento que determinamos seja totalmente respeitado”, reforçou o presidente do Chile.

Assista o pronunciamento na íntegra:

 

 


Deixe um comentário