Com fronteiras fechadas e voos cancelados brasileiros não conseguem sair do Peru


O Peru anunciou ontem (15) o fechamento de suas fronteiras por 15 dias e muitos viajantes tentam voltar para seus países de origem e já há relatos de brasileiros com dificuldade para voltar para o Brasil.
Ao jornal O Tempo, a médica mineira Isabela Martins Becattini que está em Cusco, contou que voltaria ao Brasil no dia 23 de março, mas tentou antecipar seu retorno. “Tentamos ir ao aeroporto mas já estava lotado e todas as passagens esgotadas”, comenta acrescentando que está com dificuldades de falar com a companhia aérea. “As linhas estão ocupadas, não conseguimos falar com eles. Mas todos os voos estão cancelados de qualquer maneira”.
Isabela está com outros dois amigos que moram na Austrália, uma chinesa e um britânico – também “presos” no Peru.
O G1 falou com outros turistas que estão em Cusco e que relataram à reportagem uma situação “desesperadora”. Eles dizem ter sido pegos de surpresa. “[Nos] Avisaram pela manhã. Vamos ter que ficar até o dia 1º de abril. Mas não tem hotel. Está tudo fechado”, comenta a mineira Fernanda Eliopoulous que viajou ao Peru com uma amiga no dia 7 de março. Elas e outros brasileiros estão no Aeroporto Internacional Alejandro Velasco Astete, onde não conseguiram embarcar.
O turista capixaba Max Miller Miranda dos Santos disse à publicação que o aeroporto fecha às 21h e que eles serão “colocados literalmente na rua. O comércio está fechado. A situação é desesperadora”. Segundo ele há grávidas e crianças no grupo de turistas.

cusco cc0
Vista de área de Cusco, uma das cidades mais visitadas do Peru | Foto sob licença Creative Commons Zero – CC0

Outra matéria, também do G1 fala do grupo de brasileiros que teve que dormir no aeroporto e da sensação de abandono que tomou conta de alguns. “Alguém conseguiu falar com a embaixada [brasileira] e eles responderam assim: ‘a quarentena do governo atinge a todos que estão em território peruano por 15 dias'. A gente tá tipo abandonado. Tem muita gente aqui, todo mundo desesperado”, conta à reportagem, a turista cearense, Camila Teixeira que chegou a Cusco na quinta-feira (12) para quem a viagem “aderiu clima de tensão”.


3 comentários em “Com fronteiras fechadas e voos cancelados brasileiros não conseguem sair do Peru”

  1. COMUNICADO IMPORTANTE PARA QUEM NÃO ESTÁ CONSEGUINDO VOLTAR PARA O BRASIL….COMPARTILHEM…

    +55(61) 98197-2284 – [email protected]amaraty.gov.br – Núcleo de Assistência a Brasileiros (NAB) – Repatriação, visitas a presos, hospitalizações, falecimentos, tráfico de pessoas, desaparecimentos, distúrbios psiquiátricos, disputa de guarda de menores, subtração internacional, inadmissões, crises humanitárias, desastres naturais, conflitos sociais e demais emergências. Assistência jurídica e psicológica nos consulados (para brasileiros residentes ou em trânsito no exterior)

    Responder
  2. Eles precisa entrar em contato com a Embaixada do Brasil no Peru! Eles com certeza vão dar assistência aos brasileiros. Moro em Lima no Peru e as ações tomadas pelo governo frente ao Covid-19 são radicais mas totalmente necessárias.
    Endereço da Embaixada Avenida José Pardo 850 – Miraflores
    Fone: (01) 5120830

    Responder
    • Na matéria dizem que conseguiram falar com a embaixada do a resposta foi: Alguém conseguiu falar com a embaixada [brasileira] e eles responderam assim: ‘a quarentena do governo atinge a todos que estão em território peruano por 15 dias’

      Responder

Deixe um comentário