Roma: Tradições, histórias e lendas


Desde sua fundação, a capital italiana é o berço de várias histórias, lendas e mitos que são fruto das diversas culturas que já passaram nesta região. A mais famosa lenda sobre a formação e fundação da cidade tem como protagonistas os gêmeos Rômulo e Remo, que foram abandonados quando crianças e amamentados por uma loba.
Rômulo e Remo cresceram como pastores e, quando adultos, decidiram fundar a cidade de Roma sobre uma das sete colinas. Por um lado, Rômulo escolheu o Palatino e por outro, Remo escolhe o Aventino. Após de alguns enfrentamentos, Rômulo matou ao seu irmão e se tornou o primeiro governante da cidade.

Rômulo e Remo | Foto: JavierR/Shutterstock.

O palatino é reconhecido como o marco zero da cidade e por isso existem várias edificações antigas nesta colina, além de estar próximo de monumentos famosos como o Coliseu e o Fórum Romano, locais famosos na atualidade e onde aconteciam atividades como comércio, política e entretenimento.
Não há dúvida que está cidade é cheia histórias que encantam a todos! Visitar Roma é uma oportunidade para lembrar os antigos mitos da época clássica, conhecer alguns detalhes religiosos e saber mais sobre um dos impérios mais relevantes da época clássica.

Coliseu | Foto: Viacheslav Lopatin/Shutterstock.

Para ter a chance de desfrutar ao máximo as histórias que Itália oferece, alugar um carro em Roma é uma excelente decisão, pois nem todos os detalhes interessantes estão dentro da cidade e há muitas lindas praias, belos vinhedos e legados históricos que encantam nestes fantástico país. Por isso, seguem alguns destinos que cativam pelo valor das suas narrativas, com certeza, você vai voltar da sua viagem com a mala cheia de coisas para contar.
Ainda perto do Palatino, a Bocca della Verità é uma escultura de 1,75 metros de diâmetro com um rosto masculino de boca aberta localizada na porta da igreja de Santa Maria in Consmedin. A lenda é um teste de verdade, todos aqueles que tiverem coragem, podem colocar a mão na boca do homem. Se a boca permanecer aberta é sinal da honestidade da pessoa, porém, se a boca fechar, significa um caráter mentiroso e quem sabe se a pessoa recupera a mão.

Bocca della Verità | Foto: Stefano Carocci Ph/Shutterstock.

Por outro lado, a Fontana Trevi é um dos destinos mais conhecidos da capital italiana. A fonte, que é maior na cidade, é conhecida pela beleza e por ser o local onde se começou a tradição de jogar moedas nas fontes para cumprir os desejos.
Segundo a lenda, as moedas devem ser lançadas com a mão direita por cima do ombro esquerdo e se jogar uma moeda você vai voltar a Roma, se jogar duas, vai encontra um amor italiano e, se jogar três, vai casar com esse amor.
Todos os anos na Fontana Trevi são retirados aproximadamente um milhão de euros e são destinados a doação. Este ponto de interesse é bastante concorrido e a Praça de Trevi não é grande, por isso é possível encontrar o local lotado e ser difícil tirar uma boa foto. Nos arredores há vários restaurantes, boutiques e cafés, que são uma excelente opção para descansar, degustar das igualarias romanas e dar um tempo para ver se o espaço a fonte fica mais vazio.

Fontana di Trevi | Foto: Gabriele Maltinti/Shutterstock.

O vaticano também é local de algumas lendas. A estátua de São Pedro, feita de bronze, tem os pés desgastados pelos beijos e toques dos crentes em busca da benção do santo. Há quem diga que esta estatua já foi o deus romano Júpiter e que sofreu uma adaptação da igreja católica para representar São Pedro, por isso, a tradição de beijar e tocar seus pés se remete a uma origem pagã.
Há também quem diga que o espírito de imperador Nero vaga pelas ruas de Roma, após da sua morte na Piazza di Poppolo. Enterrado na mesma praça, dizem que sua tumba foi local para rituais de magia negra até que o Papa Pascoal fez um exorcismo e construiu a basílica de Santa Maria do Povo.

Praia em Anzio | Foto: Aleksandr Butsenin/Shutterstock.

Um destino perto da capital para aproveitar na sua viagem se for no verão é a localidade de Anzio, a cidade onde nasceu Nero. É uma cidade no mediterrâneo famosa pelas suas praias de areia fina e água cristalina e pelas grutas de Nero, um conjunto de sendeiros e cavernas desgastadas pela erosão que formam uma paisagem excepcional que convida a aventura.
Tanto o interior como o litoral são destinos repletos de peças históricas que falam da cultura italiana. Alugar um carro para fazer um road trip pelo mediterrâneo ou aproveitar para ir até Florença é uma excelente oportunidade.

Vista de área em San Gimignano, na Toscana | Foto: monticello/Shutterstock.

Uma das melhores maneiras de conhecer uma cultura e sua história e a partir dos seus pratos típicos. Por isso, na sua viagem a Roma, uma boa pedida é aproveitar os mergulhos no mediterrâneo para degustar os pratos típicos região ou ir até um vinhedo na região Toscana, conhecida pela sua ampla produção de vinho que encantam todos. Como sugestão, o Vernaccia di San Gimignano, um vinho típico da região, foi, segundo Dante, a bebida que levou o Papa a cometer o pecado da gula.
Com certeza, há outras histórias para conhecer nestes destinos. Desbravar estas narrativas e se encantar com as paisagens e edificações é uma experiencia excepcional, daquelas que somente Itália pode proporcionar.

Mochileiros.com

Comunidade de ajuda mútua entre viajantes independentes e mochileiros. No ar desde 1999, tem dicas e informações e mais de 10.000 relatos de viagens publicados. Ganhador do Prêmio 'Influenciadores Digitais' por dois anos consecutivos.
Aqui no blog traz histórias inspiradoras e notícias relacionadas ao universo viajante.
Mochileiros.com

Deixe um comentário