Seguro Viagem Chile: como contratar o seguro exigido para entrada no país

Com algumas das paisagens mais surpreendentes da América do Sul, conhecer o Chile está nos planos de 10 entre 10 viajantes e agora que o país reabriu suas fronteiras você já pode começar a planejar sua viagem para lá.

Vale lembrar que brasileiros não precisam de visto nem passaporte para viajar ao Chile (você pode utilizar seu RG em bom estado de conservação, por exemplo). Agora só é necessário atender a alguns requisitos para entrada no país, como ter um Seguro Viagem Chile, tema sobre o qual falaremos neste post, além de outras informações importantes.

É obrigatória a contratação de um Seguro Viagem Chile para entrar no país?

Sim. Por causa da pandemia este é um dos requisitos para entrada no país. O seguro deve ter cobertura mínima de US$ 30.000 para a Covid-19.

Covid-19: cuidados e requisitos e protocolos para entrada no Chile

Desde 1º de novembro de 2021 para entrar em solo chileno é preciso:

  • apresentar comprovante de vacinação completa (1 ou 2 doses dependendo da vacina).
  • apresentar exame PCR negativo para a Covid-19 feito até 72 horas antes do embarque.
  • preencher até 48 horas antes do embarque a “Declaração Jurada para Viajantes” (aqui), que incluirá suas informações de contato, histórico de saúde e viagem etc.
  • contratar um Seguro Viagem com cobertura Covid-19. A cobertura mínima deve ser de US$ 30.000 e contemplar “Cobertura para assistência médica de emergência, atendimento hospitalar, repatriação por motivos médicos ou morte, incluindo cobertura para qualquer despesa causada pela Covid-19.”

– Dica: utilize o mesmo documento para fazer todos os trâmite online dos preparativos para a viagem ou já no país. Após o preenchimento da declaração você deverá receber um e-mail informando se será necessário anexar outros documentos para validação do processo.

Completando os requisitos básicos mencionados acima, o viajante deverá solicitar através do site mevacuno.gob.cl o “Passe de Mobilidade” que lhe será entregue pelo Ministério de Saúde (Minsal) chileno, através de um email com QR code que será exigido pela empresa de transporte e pelo Controle Sanitário de fronteira. Na página 14 deste documento elaborado pelo governo chileno você pode encontrar todos os detalhes.

Também será necessário fazer um isolamento de 5 dias, no endereço declarado pelo viajante (pode ser em um hotel, pousada, hostel ou residência) o qual deverá ser informado no seu formulário de entrada no país.
Desde 1º de novembro de 2021 “as pessoas com ‘Passe de Mobilidade’ ou certificado de homologação de vacinas que ingressem ao Chile poderão terminar seu isolamento assim que receberem o resultado negativo para a Covid-19 do teste PCR feito no país.”, informou o Servicio Nacional de Turismo (Sernatur) chileno.

Mesmo assim, todos os viajantes deverão cumprir o processo de rastreamento, que consiste no envio de um autorrelato diário sobre o estado de saúde, localização e testes via e-mail durante 10 dias.

Crianças estrangeiras menores de 6 anos de idade que viajam com suas famílias que apresentam esquema de vacinação completo e validado deverão cumprir com o isolamento até que obtenham o resultado de seu exame PCR realizado na entrada do país.

Vacinados com a ‘dose de reforço’

As pessoas que tomaram a dose de reforço da vacina contra a Covid-19 (dose extra da vacinação completa) serão isentadas do exame de PCR realizado na chegada ao Chile, bem como do período de isolamento (de 5 dias) previamente estabelecido. Vale ressaltar que para ser dispensado de cumprir estes 2 requisitos de entrada, a dose de reforço deve ter sido aplicada nos últimos seis meses de antecedência à viagem ao Chile e deve constar no ‘Passe de mobilidade’. No Brasil as doses de reforço foram liberadas para serem aplicadas na população maior de 18 anos, no final da terceira semana de novembro de 2021.

O governo chileno destaca que as medidas e exigências adotadas podem ser modificadas segundo o cenário epidemiológico, sendo responsabilidade do viajante cumprir a norma sanitária vigente no momento de ingresso ao país e, por consequência, durante a viagem.

Medidas de autocuidado como uso correto de máscara (cobrindo nariz e boca), higienização constante das mãos e distanciamento físico devem ser seguidas durante a viagem pelo país.

Contratação de um Seguro Viagem Chile é um dos requisitos de entrada no país | Foto: Reprodução.
Na imagem, um resumo dos requisitos para entrada no Chile. Você pode conferir informações mais detalhadas (em espanhol) aqui. ou (em português) aqui (ao final da página há uma área de ‘Perguntas Frequentes’ que pode lhe ser bastante útil) | Foto: Reprodução.

Entrada na Ilha de Páscoa

O território Rapa Nui (localizado no Oceano Pacífico, a 3.700 quilômetros do continente), que por nós é mais conhecido como Ilha de Páscoa (ou Isla de Pascua, em espanhol) reabrirá para turistas estrangeiros em fevereiro de 2021. O anúncio foi feito no dia 19/11/21 pelas autoridades chilenas.

Neste link (atualizado esporadicamente) é possível acompanhar como estão as operações em cada região turística chilena.

Como contratar um Seguro Viagem Chile?

Para contratar seu seguro ou fazer uma cotação, o ideal é usar um comparador de planos de seguro viagem, pois num mesmo lugar você irá encontrar informações de diversas seguradoras simultaneamente. Pra exemplificar nós vamos usar o “Seguros Promo”, que é um dos mais utilizado pelos viajantes.

A primeira coisa a fazer é entrar no site (aqui) e escolher o destino (no caso, América do Sul), as datas de embarque e desembarque no Brasil; preencher os campos com seu nome, e-mail e número de telefone celular e depois clicar no botão “pesquisar seguro viagem”.

Vale ressaltar que o Chile exige que seu seguro viagem tenha Cobertura Covid-19.

Assim que abrir a lista com os planos disponíveis, clique no botão “Cobertura Covid-19” como mostra a imagem abaixo:

Quais são os planos com cobertura para Covid-19 e quanto custam?

Nós fizemos uma cotação para uma viagem de 31 dias no mês de janeiro de 2022 e encontramos os 4 melhores planos de seguro viagem América do Sul com cobertura COVID-19 que preenchem todos os atuais requisitos e variam de R$ 17 até R$ 65 por dia de viagem.

Em nossa opinião, os planos abaixo oferecem o melhor custo benefício:

Plano mais barato: Affinity 35 LATAM COVID-19 SILVER5

Custo de R$ 21 por dia de viagem (ou R$ 17 aplicando Cupom de Desconto clicando aqui)

Este plano da Affinity Seguradora é destinado para viajantes de 0 a 64 anos e oferece cobertura total de US$ 35.000 para Despesas Médicas Hospitalares; cobertura de US$ 5.000 para COVID-19 e US$ 1.200 para casos de extravio de bagagem. Apesar de ser mais barato também inclui cobertura em casos de acidentes envolvendo a prática de esporte amador.

Plano intermediário com ótimo custo-benefício: UA 40 MUNDO (exceto EUA) COVID-19

Custo em média R$ 37 por dia de viagem (ou R$ 31 aplicando Cupom de Desconto clicando aqui ) 

Este plano da seguradora Universal Assistance para viajantes de 0 a 70 anos, oferece cobertura de US$ 40.000 para Despesas Médicas Hospitalares e cobertura de US$ 10.000 para COVID-19. O plano também oferece US$ 1.300 para casos de extravio de bagagem e outras coberturas para diversas situações.

Plano intermediário com o melhor custo-benefício: AC 35 MUNDO COVID-19 (Exceto EUA)

Custo em média R$ 42 por dia de viagem (ou R$ 33,60 aplicando Cupom de Desconto clicando aqui )

Este plano da seguradora Assist Card para viajantes de 0 a 85 anos, oferece cobertura de US$ 35.000 para Despesas Médicas Hospitalares e cobertura de US$ 30.000 para COVID-19. O plano também oferece US$ 1.200 para casos de extravio de bagagem e outras coberturas para diversas situações.

Plano mais completo: UA 150 MUNDO (exceto EUA) COVID-19

Custo em média R$ 65 por dia de viagem (ou R$ 52 aplicando Cupom de Desconto clicando aqui ) 

Este plano da seguradora Universal Assistance para viajantes de 0 a 70 anos, oferece cobertura de US$ 150.000 para Despesas Médicas Hospitalares e cobertura de US$ 30.000 para COVID-19. O plano também oferece US$ 1.500 para casos de extravio de bagagem e outras coberturas para diversas situações.

Nota: Os preço citados acima correspondem a simulação de uma viagem de 31 dias no mês de janeiro de 2022 para uma pessoa. Esse valor pode variar para mais ou para menos dependendo da cotação do dólar. Essa simulação foi realizada no dia 15/11/2021 com dólar cotado a R$ 5,46

Dicas importantes antes de comprar seu Seguro Viagem

  • Leia com atenção o descritivo que traz todos os detalhes da cobertura completa de cada plano, pois além das coberturas citadas acima como exemplo, todos os planos possuem coberturas para diversas situações, incluindo cobertura odontológica e farmacêutica; traslado de corpo, regresso sanitário; assistência jurídica por acidente de trânsito, seguro de invalidez permanente por acidente entre outras.
  • Se você pretende praticar atividades esportivas durante a viagem, escolha um plano que ofereça esse tipo de cobertura.
  • Use um cupom de desconto. Clique neste link, preencha o formulário com seus dados e clique no botão “Pegar Cupom de Desconto” e garanta até 15% de desconto. Pague via PIX ou boleto e garanta mais 5%. O desconto é válido para a contratação de qualquer plano na plataforma da Seguros Promo.

Outras recomendações e informações relacionadas a Saúde no Chile

Se você utiliza algum medicamento de uso contínuo certifique-se de levá-lo para toda viagem. Analgésicos e itens básicos de farmácia (como curativos e antissépticos) são vendidos como no Brasil, mas é sempre recomendável ter sua própria “farmacinha de viagem” com os remédios que está acostumado para situações corriqueiras. No site https://farmanet.minsal.cl/maps/ é possível acessar um mapa com as farmácias abertas, endereços e telefones por região.

Além de paisagens incríveis e variadas, você também encontrará diferentes climas no Chile, de desérticos no norte a polares no sul, certifique-se de estar com roupas e calçados adequados. Use protetor solar e chapéus e hidrate-se.

Viajantes já podem concretizar o sonho de conhecer as belezas do país. Uma das exigências para entrada é um Seguro Viagem Chile | Foto: Lorraine Kinnear/Unsplash.
Área do Parque Nacional Torres del Paine, um dos incríveis cenários naturais chilenos | Foto: Lorraine Kinnear/Unsplash.

Que requisitos e documentos preciso para viajar para ao Chile?

Além dos requisitos informados acima você precisará de:

  • RG ou passaporte válido em boas condições de conservação e foto recente.
  • Brasileiros não precisam de visto para entrar no Chile. É possível permanecer como turista em solo chileno por até 90 dias.

Esperamos que este post tenha lhe ajudado a saber mais sobre como viajar para o país neste momento e como fazer um seguro viagem Chile, que atenda as suas necessidades. Se tiver alguma dúvida deixe nos comentários que tentaremos ajudá-lo(a) buscando a resposta (caso não a tenhamos).

Ah, o Sernatur disponibilizou canais de atendimento para quem ainda tem dúvidas sobre como está a reabertura do país ao Turismo. Você pode tirar dúvidas através do e-mail [email protected] ou chat WhatsApp (+562 2731 8337) de segunda a sexta-feira entre 9h e 18h e aos sábados das 10h às 15h.

Boa viagem! 🙂

Para saber sobre os requisitos de entrada e planos de seguro para outros países da região, confira nosso post Seguro Viagem América do Sul

Deixe um comentário