A espetacular Ruta 40 na Argentina está reaberta ao Turismo

Uma das mais emblemáticas estradas da América do Sul, a Ruta Nacional 40 (RN40), ou Ruta 40 (ou em português Rota 40), na Argentina, está reaberta ao Turismo.
Depois do confinamento provocado pela pandemia, o desejo de botar o pé na estrada segue ainda mais forte e uma road trip pelos 5.200Km da Ruta 40 é boa pedida para quem quer interagir com algumas das mais belas paisagens do continente e fazer desvios para apreciar cenários de cartão postal.
Agora, com a flexibilização das regras de ingresso ao país ficou mais fácil entrar na Argentina e realizar o sonho de conhecer o vizinho rodando pela mítica estrada.

Área do Parque Nahuel Huapi, em Bariloche | Foto: Divulgação/Argentina.travel

A Ruta Nacional 40

A estrada é uma das maiores do mundo. Vai do Cabo Virgenes, no Sul, em plena Patagônia – à beira do Estreito de Magalhães – até o extremo norte da Argentina, em La Quiaca, Provincia de Jujuy, próximo à Bolívia, correndo paralela à Cordilheira dos Andes.

Foto: Reprodução/Argentina.travel

Ao longo de cerca de 5.200 km, a estrada é vizinha de glaciares ao Sul e desertos ao Norte. Em seu caminho encontra 20 Parques Nacionais e Monumentos Naturais, cruza 236 rios e 27 postos de fronteira com o Chile.
Das 7 Maravilhas Naturais da Argentina, eleitas pelo voto popular, quatro ficam em seu caminho – o Glaciar Perito Moreno, o deserto de Salinas Grandes, o Parque Nacional de Talampaya e o Parque Nacional de Nahuel Huapi, em torno do lago que banha a cidade de Bariloche.
A rodovia começa próxima ao nível do mar, no Sul, no farol do Cabo Vírgenes. Chega a 4.895 metros de altitude, no trecho rodoviário mais alto do continente americano, ao passar por Abra del Acay, na Província de Salta, ao Norte.

Famosa mundialmente, presente em diversas listas das estradas mais cênicas do mundo, ela é acessível de diversas maneiras pelos brasileiros. Quem mora no sul do país está mais próximo e pode chegar mais facilmente; quem mora mais longe pode chegar de avião em alguma das cidades maiores ao longo do caminho, como Mendoza, Salta ou Bariloche, e de de algum ponto alugar um veículo. Há ainda aqueles que já estão na estrada e grandes distâncias não são empecilho, ao contrário, são o melhor da viagem (mais cenários a serem apreciados, mais experiências a serem vividas…)

Alguns viajantes optam por fazer a rota por trechos e viajar durante o Verão, de dezembro a março é uma ótima escolha. É momento de apreciar todas as paisagens. A região patagônica por exemplo, tem invernos rigorosos e durante o Verão a viagem fica mais tranquila para quem não está acostumado com temperaturas muito baixas | Na imagem, vista do Glaciar Perito Moreno, na Patagônia. Foto: Divulgação/Argentina.travel

Você pode conferir todas as informações sobre como entrar na Argentina atualmente clicando aqui.

A imagem que abre o post é de área de Cafayate, na província de Salta, norte da Argentina | Foto: Divulgação/Argentina.travel

5 comentários em “A espetacular Ruta 40 na Argentina está reaberta ao Turismo”

  1. Conheço a Argentina melhor que o Brasil e esta viagem é maravilhosa. Super recomendo, mas tem que ter planejamento, pois nem sempre tem postos de gasolina ou lugares para pernoitar.

    Responder
  2. Conheço, já fiz de caminhonete até a terra do fogo Uchuaya, passando por Bariloche, Perito Moreno, é espetacular, paisagens lindíssimas, pra ficar na memória, recomendo.

    Responder
  3. A Ruta 40 é lindíssima!! Super recomendo. Fizemos a viagem de carro no início de 2020, já estamos planejando voltar😎

    Responder

Deixe um comentário